Próximo Jogo


01.03 vs 19h15

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Modalidades: Futsal leonino alcança vitória difícil na Póvoa | Andebol leonino goleia São Mamede rumo à Final-Four da Taça de Portugal | Hóquei leonino volta a perder fora de portas, ante OC Barcelos | Rugby leonino soma vitória importantíssima em Caldas

  • Futsal (Liga Sport Zone Futsal - Fase Regular)
O Bicampeão Nacional teve dificuldades para ultrapassar o Póvoa FC, acual último classificado da Fase Regular da Liga Sport Zone Futsal, estando mesmo a perder por duas ocasiões, conseguindo, ainda assim, dar a volta e vencer por 2-4.

O jogo não podia ter começado de pior forma. Logo aos dois minutos, os poveiros chegaram à vantagem, adoptando depois uma postura muito defensiva, na tentativa de segurar o resultado com unhas e dentes. O Sporting CP tentava pressionar, mas o seu jogo era lento e as finalizações quase sempre desenquadradas com a baliza, ficando a sensação de que era maior o demérito leonino do que o mérito poveiro.

No segundo tempo o jogo mudou de feição. Logo aos 26 segundos, Fábio Lima voltou a igualar o marcador, abrindo espaço para uma exibição mais convincente dos comandados de Nuno Dias, que imprimiram mais dinâmica no seu futsal. Num lance infeliz, em que André Sousa permite a recarga de Márcio em zona frontal à baliza, a equipa local restabelece a vantagem mínima no marcador, mas os cinco minutos finais foram decisivos para as ambições leoninas. Alex entrou para a posição de guarda-redes avançado e o 5x4 deu frutos. Diogo e Pedro Cary colocaram o Sporting CP na frente e Paulinho, que surgiu isolado no último minuto, sentenciou o jogo ao bater Brioso, autor de uma boa exibição, à semelhança do encontro da primeira volta.

Na próxima jornada, agendada para as 16h do próximo dia 8 de Março, Domingo, os leões recebem a formação do AD Modicus-Sandim.

  • Andebol (Taça de Portugal)
O Sporting CP carimbou esta tarde a passagem à Final-Four da Taça de Portugal, ao vencer o AA São Mamede por confortáveis 36-18 num jogo de sentido único, estando assim mais perto de revalidar o título que detém há três épocas consecutivas.

Como era de esperar, o Sporting CP entrou dominante e chegou à vantagem logo no primeiro lance do jogo, num golo em queda de Diogo Domingos. A superioridade evidente dos leões traduziu-se em números e aos 13’ já os comandados de Frederico Santos venciam por duas mãos cheias de golos contra apenas dois dos nortenhos. Ao intervalo, a vantagem fixava-se nos 17-8, com Pedro Portela e Sérgio Barros, com quatro golos cada, a serem os melhores marcadores da equipa.

O resultado dilatado abria caminho a uma segunda parte tranquila. Pedro Spínola, logo a abrir, estabeleceu pela primeira vez uma vantagem de dez golos (18-8) e seria também pelas mãos de Spínola – que, no segundo tempo, apontou seis golos – que o Sporting CP chegaria à mais larga vantagem da partida, 19 golos de diferença (33-14). O AA São Mamede foi cada vez mais sucumbindo e o Sporting CP, com a consistência defensiva e com as facilidades em sair para o ataque que evidenciou durante toda a partida, chegou à vitória final com tranquilidade.

O próximo jogo, já relativo aos Quartos-de-Final do Play-Off do Campeonato Fidelidade Andebol 1, os leões deslocam-se aos Açores para defrontar a formação do SC Horta, em partida agendada para as 21h do próximo dia 7 de Março, Sábado.

  • Hóquei em Patins (Campeonato Nacional - I Divisão)
O Sporting CP não conseguiu levar de vencida o Óquei Clube de Barcelos que, a jogar em casa, venceu por esclarecedores 5-1. A formação de Nuno Lopes desceu assim para o sexto lugar da classificação, posição ocupada até à presente jornada pelo conjunto minhoto.

O dissabor começou a ser desenhado ao minuto 19 do primeiro tempo, altura em que Zé Pedro fez o primeiro dos barcelenses, fixando o resultado ao intervalo já que Luís Querido não conseguiu converter um livre directo a dois minutos do descanso.

Na segunda-parte o Sporting CP voltou a facilitar no capítulo disciplinar; desta vez foi Ricardo Figueira quem viu a cartolina azul e, depois de novo livre directo desperdiçado, Luís Querido aumentou para 2-0 quando o Sporting CP ainda se encontrava com menos um elemento em pista, estavam jogados seis minutos da etapa complementar. Um minuto depois Zé Braga aumentava para 3-0 e ao minuto 12 era Joca Guimarães a fazer o quarto para os minhotos, de grande penalidade. Até ao final o Sporting CP ainda falhou dois livres directos por Ricardo Figueira e Nico Fernández, marcando o tento de honra pelo meio, por intermédio de João Pinto, a cinco minutos do final. A quatro minutos do fim novo golo barcelense, marcado por Vieirinha, fixando o 5-1 final que coloca os leões na sexta posição do campeonato.

Na próxima jornada, agendada para as 21h do próximo dia 11 de Março,  uma Quarta-feira, os leões recebem a formação do CD Paço de Arcos. Antes, pelas 16h do próximo dia 7 de Março, Sábado, os leões recebem a formação da UD Oliveirense, em partida referente à 1.ª-Mão dos Quartos-de-Final da CERS Cup.

  • Rugby (Campeonato Nacional - I Divisão - Fase de Apuramento)
O Sporting CP deu hoje um passo decisivo para conquistar uma vaga no Play-Off do Campeonato Nacional da I Divisão, após derrotar o Caldas RC por 10-22.

As duas equipas partiam para o encontro separadas por apenas um ponto, pelo que a vitória era essencial para a permanência no top 6. O Sporting CP até chegou ao intervalo a perder por 10-7 mas, na segunda-parte, e com o vento a favor, os leões conseguiram alcançar um importantíssimo triunfo, por 10-22, vingando também a derrota da primeira volta (18-26).

Os pontos verde-e-brancos foram obtidos através de três ensaios (dois com transformação) e uma penalidade.

Com este resultado, o Sporting CP ascende ao 5.º lugar com 33 pontos, mais três do que o Caldas RC e mais cinco do que o Rugby Vila da Moita, que só amanhã encerra a ronda 15 com a deslocação ao terreno do CR Évora.

Na próxima jornada, agendada para o próximo fim-de-semana, os leões recebem a formação do RC Lousã.

Formação: Juniores leoninos vitoriosos na Madeira | Iniciados leoninos vencem em Coimbra

  • Juniores (Campeonato Nacional - Fase Final)
O Sporting CP deslocou-se ao terreno do CD Nacional, na manhã deste Sábado, de onde saiu com uma vitória por 1-2, em jogo a contar para a Jornada 2 da Fase de Apuramento de Campeão.

Os comandados de Luís Boa Morte entraram bem no encontro, controlando a partida. Foi sem surpresas que surgiu o primeiro golo, dos pés de José Postiga, que inaugurou o marcador e levou os leões em vantagem para o intervalo.

No reatamento do encontro, o mesmo José Postiga bisou, aumentando a vantagem. A equipa leonina continuou a dominar o jogo e a construir jogadas perigosas, mas Dani Ladeira, a dois minutos do fim, conseguiu fintar o guardião dos leões e fez o 1-2.

Com este resultado, o Sporting CP ocupa a quarta posição da tabela, com uma derrota e uma vitória nesta Fase Final do Campeonato Nacional de Juniores.

Na próxima jornada, agendada para as 15h do próximo dia 7 de Março, Sábado, os leões recebem a formação do UD Leiria.

  • Iniciados (Campeonato Nacional - Fase Intermédia - Série Centro)
O Sporting CP deslocou-se a Coimbra para defrontar a AA Coimbra, em jogo a contar para a Jornada 6 da Série Centro da Fase Intermédia do Campeonato Nacional de Iniciados e, apesar das várias dificuldades encontradas, conseguiu arrecadar a vitória.

A equipa comandada por Pedro Venâncio entrou motivada para garantir que o desaire frente ao Anadia FC não se repetia, mas na primeira-parte pouco perigo chegou à baliza dos estudantes, pese embora o maior ascendente leonino.

No segundo tempo, a história já foi outra: a equipa apresentou uma maior mobilidade e circulação de bola, o que permitiu causar desequilíbrios à equipa de Coimbra, resultando por fim num golo de Sérgio Velosa de cabeça selou o resultado em 0-1 para a equipa verde-e-branca.

Na próxima jornada, agendada para o próximo fim-de-semana, os leões recebem a formação do UD Leira.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Liga Europa: Leão reduz Lobo à vulgaridade no Adeus à Europa, mas festival foi de desperdício (0-0)

Árbitro
Ruddy Buquet (França)

Assistência | Média (Casa)
23 097 | 31 153

Titulares: Rui Patrício (cap.); Cédric Soares, Paulo Oliveira, Tobias Figueiredo e Jonathan Silva; William Carvalho, Adrien Silva e João Mário; André Carrillo, Nani e Junya Tanaka.
Suplentes: Marcelo Boeck; Miguel Lopes; Oriol Rosell e André Martins; Carlos Mané; Islam Slimani e Fredy Montero.
Fora da Ficha de Jogo: Naby Sarr, Ryan Gauld e Diego Capel.
Treinador: Marco Silva.

Golos: Nada a registar.
Substituições:
  • 64' - Entra Islam Slimani, sai Adrien Silva. Junya Tanaka fica no apoio ao argelino.
  • 77' - Entram Carlos Mané e Fredy Montero, saem André Carrillo e Junya Tanaka.
Disciplina:
  • 16' - Falta de Christian Träsch sobre André Carrillo. Ruddy Buquet manda seguir...
  • 18' - Tobias Figueiredo entra duro sobre Kevin de Bruyne (apesar de tocar primeiro na bola). O árbitro francês poupa o jovem central á cartolina amarela.
  • 20' - Notória a perda de tempo dos alemães do VfL Wolfsburg na marcação das bolas paradas.
  • 21' - Entrada a destempo de Paulo Oliveira sobre André Schürrle, a valer a mortragem da cartolina amarela ao central do Sporting CP. É o 1.º cartão amarelo do central nas Competições Europeias, e o 4.º no total das competições.
  • 25' - Luiz Gustavo escapa ao cartão amarelo, por falta sobre João Mário
  • 31' - Falta de Christian Träsch sobre Nani nas imediações da área dos alemães. Ruddy Buquet deixa seguir...
  • 32' - Primeiro uma falta sobre Cédric Soares, seguida de uma outra sobre Kevin de Bruyne. O árbitro francês assinala a segunda e esquece a primeira.
  • 41' - Luiz Gustavo pisa e atinge Nani na sequência de um remate do extremo. Novamente, sem sanção... 
  • 57' - Falta de Ricardo Rodriguez sobre Junya Tanaka. O árbitro não assinala.
  • 67' - Ruddy Buquet poupa o cartão amarelo a Kevin de Bruyne, por atirar a bola para longe após lhe ter sido assinalada mão na bola. 
  • 71' - As perdas de tempo dos alemães intensificam-se, mas o árbitro francês não quer saber... 
  • 81' - Finalmente um cartão amarelo para os alemães. Naldo, por falta dura sobre Islam Slimani.
  • 84' - Penalty por assinalar a favor do VfL Wolfsburg. Por falta de Jonathan Silva sobre Bas Dost.
  • 86' - Offisde mal assinalado a Islam Slimani.
  • 90' - Ruddy Buquet concede 3 minutos de compensação. Curto...

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Andebol: Leões derrotam Xico Andebol e marcam encontro com Sporting da Horta nos "Quartos" do Play-off

O Sporting CP recebeu e venceu esta noite de Quarta-feira o CD Xico Andebol por 27-20, no Pavilhão do Ginásio do Sul, num encontro a contar para a 22.ª e última jornada da Fase Regular do Campeonato Fidelidade Andebol 1.

Com este triunfo, o conjunto verde-e-branco assegurou o segundo lugar da classificação da Fase Regular, indo agora defrontar o SC Horta (que venceu hoje o ABC nos Açores por 44-34) nos Quartos-de-Final do play-off de apuramento de campeão.

O encontro começou de forma atípica e só aos quatro minutos e meio de jogo surgiu o primeiro golo, apontado pelo ponta Sérgio Barros, após algumas falhas técnicas e remates sem sucesso. No entanto, os leões estabilizaram o jogo e, à passagem dos dez minutos, já venciam por confortáveis 7-2 perante a ténue reacção do CD Xico Andebol. Até ao intervalo, a formação verde-e-branca foi gerindo o marcador, optando muitas vezes pelas solicitações de segunda linha e pelas transições rápidas, uma marca habitual da equipa. Sérgio Barros e Pedro Portela foram os melhores marcadores nesse período do Sporting CP, que chegou ao descanso com seis golos de avanço em relação ao último classificado (15-9).

No segundo tempo, Frederico Santos aproveitou a vantagem para testar outras soluções a nível defensivo (passou da defesa 6:0 para 5:1 com Rui Silva mais avançado, num posto que costuma ser ocupado pelo ausente Pedro Solha) e no plano ofensivo, com entradas dos pontas para duplo pivot e combinações directas entre laterais. Os leões chegaram a ter uma margem de dez golos, que foi diminuindo com as muitas alterações efectuadas no decorrer dos derradeiros 30 minutos, quando a partida já estava resolvida. No final do encontro, vitória por 27-20 para o Sporting CP, um resultado que não traduz a diferença de valores entre os dois conjuntos mas onde os leões dominaram sempre sem dar quaisquer hipóteses ao último posicionado da Fase Regular do Campeonato.

Os pontas Pedro Portela e Sérgio Barros foram os melhores marcadores com nove e sete golos, respectivamente, seguidos de Rui Silva (três), Bosko e Diogo Domingos (ambos com dois).

Com este resultado, os leões finalizam a Fase Regular do Campeonato Andebol 1 no 2.º posto e marcam encontro com a formação do SC Horta nos Quartos-de-Final do Play-Off da prova. O próximo jogo, referente aos Quartos-de-Final da Taça de Portugal, será frenta ao AA São Mamede, pelas 17h do próximo dia 28, Sábado.

Equipa B: Leões empatam líder

O Sporting B recebeu, esta tarde, o GD Chaves, em jogo a contar para a Jornada 30 do Campeonato Nacional da Segunda Liga. O encontro terminou com um empate a uma bola.

Na primeira-parte, os verde-e-brancos demonstraram algumas dificuldades em chegar à área adversária, permitindo ao GD Chaves controlar o jogo e construir algumas jogadas mais perigosas aos leões. O vento forte que se fazia sentir em Alcochete foi uma condicionante para ambas as equipas, que saíram para o intervalo a zero.

No reatamento do encontro, a formação leonina entrou melhor na partida, mais subida no terreno, criando mais oportunidades de golo, frente a um GD Chaves que continuou sempre com a sua organização individual e à procura do golo. Aos 81 minutos, o camisola 34, Diego Rubio, com um excelente remate, inaugura o marcador para os comandados de João de Deus. Contudo, volvidos apenas três minutos, os leões facilitam e Arnold, de pé esquerdo, coloca o esférico no fundo das redes de Luís Ribeiro e faz o 1-1. Este encontro ficou marcado pela estreia de Ewerton, o reforço de inverno dos verde-e-brancos. O brasileiro foi substituído ao intervalo por João Palhinha.

Na próxima jornada, agendada para as 11h15 do próximo dia 1 de Março, Domingo, os leões deslocam-se ao reduto do SC Freamunde.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Sporting vs Wolfsburgo: Remontada ou o fim anunciado?

Quinta-Feira voltam as noites europeias a Alvalade. A eliminação é o cenário mais provável mas no futebol tudo pode acontecer, e em Alvalade já se assistiram a verdadeiros milagres em situações do género. Mais interessante do que abordar o que será o Sporting CP colectivamente falando, parece-me ser a escolha do 11 inicial - isto porque em pouco dias não se pode esperar um Sporting CP muito diferente do ponto de vista colectivo, mas a inclusão de um ou mais jogadores em detrimento de outros pode provocar alterações significativas. 

Posto isto, lanço neste post uma discussão sobre qual o 11 inicial que deverá ser opção para a 2.ª-Mão dos 16-avos-de-Final da UEFA Europa League. Tendo em conta que Rui Patrício, Paulo Oliveira, Tobias Figueiredo, Jefferson, William Carvalho, João Mário e Nani são praticamente certezas no 11, quais serão os restantes? 

  • As opções

    • CédricSoares/Miguel Lopes
      Não morro de amores por nenhum dos 2, principalmente pelo que (não) oferecem à equipa em organização ofensiva. Para este jogo, escolheria Miguel Lopes por ser mais forte que Cédric Soares nos lances de bola parada e por, de vez em quando, procurar outras soluções que não sejam o cruzamento sem critério.

    • André Martins/AdrienSilva/RyanGauld
      Relativamente ao ultimo elemento do trio do meio-campo, a minha escolhia recairia em Ryan Gauld. É preciso critério com bola, é preciso qualidade técnica e inteligência para criar situações de finalização, por isso nada melhor do que o criativo escocês. Caso jogue André Martins também me parece ser uma boa opção. Adrien Silva nem pensar.

    • Carlos Mané/André Carrillo
      Jogadores diferentes que oferecem coisas diferentes. Com André Carrillo na ala garantimos mais verticalidade e imprevisibilidade no processo ofensivo. Se jogar Carlos Mané certamente que o espaço entre-linhas no corredor central será melhor ocupado. A minha escolhia seria Carlos Mané pelo já referido.

    • Junya Tanaka/Fredy Montero                                                                                     Sem dúvida, Fredy Montero. Não me parece que o japonês seja melhor que Fredy Montero em algum momento do jogo pelo que a minha escolha seria o colombiano. Caso a escolha fosse entre Fredy Montero e Islam Slimani, talvez ficasse na dúvida, dado o contexto actual, ou seja, o  futebol praticado pelo Sporting CP...
E para vocês sportinguistas, qual seria o melhor 11 inicial e a respectiva justificação?

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Vitória inequívoca dos leões ante Gil Vicente, no regresso aos golos de Tanaka e Nani (2-0) numa péssima arbitragem

Árbitro
Jorge Tavares

Assistência | Média (Casa)
42 098 | 31 600

Titulares: Rui Patrício (cap.); Miguel Lopes, Paulo Oliveira, Tobias Figueiredo e Jefferson; William Carvalho, André Martins e João Mário; Carlos Mané, Nani e Junya Tanaka.
Suplentes: Marcelo Boeck; Jonathan Silva; Adrien Silva e Ryan Gauld; Diego Capel e André Carrillo; Fredy Montero.
Fora da Ficha de Jogo: Naby Sarr e Oriol Rosell.
Treinador: Marco Silva.

Golos:
  • 52' - GOLO de Junya Tanaka (1-0). O japonês marca na sua estreia a titular! Na sequência de um canto marcado por Jefferson, o japonês liberta-se da marcação (após desvio de Nani, ao 1.º poste) e empurra a contar, com a coxa. É o 3.º golo do avançado japonês no Campeonato, e o 5.º golo no total das competições. 
  • 69' - GOLO de Nani (2-0). QUE GRANDE GOLO!! QUE GRANDE, GRANDE GOLO!!! GOLAÇO!!! Nani enche o pé de fora da área, de pé esquerdo, a 35 metros da baliza, para o golo da temporada!!! É o 4.º golo do extremo no Campeonato, e o 9.º no total das competições.
Substituições:
  • 56' - Entra André Carrillo, saem Carlos Mané
  • 64' - Entra Ryan Gauld, sai André Martins
  • 73' - Entra Diego Capel, sai Nani.
Disciplina:
  • 4' - Falta mal assinalada a André Martins.
  • 15' - Penalty por marcar a favor dos leões, devido a agarrão de Cadú a João Mário.
  • 21' - Carlos Mané é travado em falta. Jorge Tavares manda seguir. Na sequência do lance é assinalada falta a João Mário.
  • 28' - Cartão amarelo para João Mário. Por entrada a destempo sobre Vítor Gonçalves. É o 2.º cartão amarelo do médio no Campeonato, e o 5.º no total das competições.
  • 31' - Lance duvidoso entre Markus Berger e Jefferson, no limite da entrada da área gilista. O árbitro mandou seguir...
  • 34' - O árbitro permite a marcação de um livre favorável aos leões, com Yazalde a obstruir a marcação do mesmo. Na sequência, uma ocasião soberana de golo para os gilistas. O lance deveria ter sido repetido, com a devida sanção disciplinar (cartão amarelo) para o adversário.
  • 40' - Markus Berger empurra Paulo Oliveira na área gilista, na sequência de um canto. Penalty por marcar a favor dos leões e cartolina amarela por mostrar ao central do Gil Vicente FC.
  • 45' + 1 - Livre perigoso por assinalar a favor dos gilistas, por falta de Tobias Figueiredo sobre Yazalde.
  • 51' - Nani é agarrado quando se preparava para ir à linha cruzar. Jorge Tavares não assinala. 
  • 55' - Cartão amarelo para Nani, devido a escaramuça com Rúben Ribeiro. É o 7.º cartão amarelo do extremo no Campeonato, e o 9.º no total das competições. 
  • 63' - Falta mal assinalada a Simy
  • 68' - Offside mal assinalado a Junya Tanaka
  • 70' - Cartão amarelo para Tobias Figueiredo. É o 1.º cartão amarelo do central leonino pela equipa principal.

Modalidades: Futsal leonino sobe ao 2.º posto após vitória ao Cascais | Hóquei leonino volta às vitórias frente ao Turquel | Rugby leonino soma 2.º derrota consecutiva | Futsal feminino dos Leões sagra-se Campeão Regional de Lisboa com nova vitória | Basket Feminino dos Leões soma nova vitória | Leões sagram-se Campões femininos nos Nacionais de Atletismo em Pista Coberta e Vice-Campeões em Masculinos | Filipe Reis sagra-se Campeão Nacional em Karaté

  • Futsal (Liga Sport Zone Futsal - Fase Regular
A equipa de Futsal do Sporting CP recebeu e venceu, esta tarde, o GDS Cascais em jogo a contar para a Jornada 21 da Fase Regular da Liga Sport Zone Futsal.

Os comandados de Nuno Dias entraram a vencer no jogo: aos três minutos, Marcelinho abre o marcador a favor dos leões, que controlaram a primeira-parte da partida. Paulinho, um minuto antes do intervalo, aumenta a vantagem para 2-0.

Aos 3’ do segundo tempo, na sequência de um remate ao poste, Tiago Santos, guarda-redes do GDS Cascais, sai em contra-ataque e reduz o resultado para os 2-1. Cinco minutos volvidos, Diogo responde fazendo o terceiro para os verde-e-brancos. A fechar o encontro, depois de uma má recepção de Chinobi, novamente Diogo, recebe a bola e fixa o 4-1.

Com este resultado, o Sporting CP soma 52 pontos na tabela classificativa

Na próxima jornada agendada para o próximo fim-de-semana, os leões deslocam-se ao reduto da formação do Póvoa FC.

  • Hóquei em Patins (Campeonato Nacional - I Divisão)
O Sporting CP recebeu e venceu, no Pavilhão do SC Livramento, o HC Turquel por 5-1, num jogo a contar para a Jornada 19 do Campeonato Nacional da I Divisão.

Um regresso aos triunfos na prova (após o empate registado fora com o CD Póvoa) aliado a uma boa exibição que serve de estímulo para o complicado ciclo que o conjunto verde-e-branco vai agora enfrentar.

Os leões entraram melhor no encontro e, logo no primeiro minuto, Nico Fernández acertou no poste, no seguimento de uma jogada ‘inventada’ por João Pinto. Estava dado o mote para aquilo que se iria registar na primeira-parte, com ascendente verde-e-branco e tentativa de transições rápidas do HC Turquel, sempre com Vasco Luís – um dos melhores marcadores do Campeonato, com 21 golos – a ser o elemento mais solicitado. Curiosamente, a bem montada muralha do conjunto de Alcobaça só cedeu com a entrada de Tiago Losna (rendeu Nico), que inaugurou o marcador no primeiro minuto em pista através de um excelente remate de meia-distância. Até ao intervalo, nota para um disparo de Poka ao poste e para uma grande defesa de Ângelo Girão a evitar o golo de Paulo Passos, em cima do apito.

A exibição do Sporting CP nem sempre foi brilhante, mas pautou-se pelo pragmatismo e pela maturidade táctica que permitiram, por exemplo, deixar a equipa do HC Turquel a zero no final dos primeiros 25 minutos, algo que acontecera apenas por três vezes esta época.

No segundo tempo, os leões, mesmo com André Moreira em campo, voltaram a optar por um modelo de jogo que abdicava de uma unidade mais fixa na área e que resultou na perfeição – logo aos quatro minutos, Tiago Losna desviou de primeira com sucesso uma boa jogada de Ricardo Figueira. O 2-0 causou mossa no HC Turquel e acabou por ditar o resultado, na medida em que o conjunto da ‘Aldeia do hóquei’ não mais se reencontrou em campo, algo aproveitado pelos comandados de Nuno Lopes que, de bola parada, acabaram por dilatar o marcador através de dois livres directos muito bem executados pelo capitão Ricardo Figueira (antes, Poka já tinha falhado).

Num final de encontro incaracterístico, onde se chegou a jogar com apenas cinco jogadores de campo (mais os dois guarda-redes, claro), fruto de uma série de cartões azuis sobretudo por protestos dos elementos do HC Turquel, os visitantes ainda reduziram por German Dates, de livre directo, depois de Ângelo Girão – que fez uma grande exibição – ter parado antes um livre directo e uma grande penalidade. Nos últimos segundos, João Pinto fez o 5-1 final após boa assistência de Carlitos.

Com este resultado, o Sporting CP passa a somar 35 pontos (11 vitórias, dois empates e seis derrotas), aguardando agora o desfecho dos restantes encontros da jornada para saber em que lugar irá ficar no final da ronda.

Na próxima jornada, agendada para as 21h30 do próximo dia 28, Sábado, os leões deslocam-se ao reduto do OC Barcelos.

  • Rugby (Campeonato Nacional - Primeirona - Fase de Apuramento)
O Sporting CP não conseguiu contrariar o favoritismo do CR Évora, perdendo na recepção aos alentejanos por 0-39 num jogo a contar para a Jornada 14 da Fase de Apuramento do Campeonato Nacional da I Divisão.

Recorde-se que, no ano passado, o CR Évora acabou por ser o carrasco dos leões no play-off, batendo o conjunto verde-e-branco por 23-16 depois de dois triunfos na Fase de Apuramento do Campeonato Nacional da I Divisão (39-11 e 30-29).

Com este resultado, e face aos triunfos de RC Santarém (28-25 com o Vitória FC) e Caldas RC (34-13 frente ao RC Loulé), o conjunto verde-e-branco desceu ao sexto lugar da classificação com 29 pontos, a um da quinta e a dois da quarta posição.

Na próxima jornada, agendada para o próximo fim-de-semana, os leões deslocam-se ao reduto do Caldas RC.

  • Futsal Feminino (Campeonato Distrital - AF Lisboa - Divisão de Honra)
A equipa feminina de Futsal do Sporting CP deslocou-se ao reduto da formação do CF "Os Paulenses", este Sábado, em partida relativa à Jornada 21 (penúltima) da Divisão de Honra do Campeonato Distrital da AF Lisboa, vencendo o desafio por 4-5.

Recorde-se que, devido à derrota do UA Povoense, as leoas sagraram-se Campeãs Distritais de Lisboa e irão disputar a Taça Nacional que definirá a promoção ao Campeonato Nacional.

(Em actualização)

Na próxima jornada - a última, agendada para as 19h do próximo dia 7 de Março, um Sábado, as leoas recebem a formação do GCD Del Negro.

Classificação & resultados aqui.
  • Basquetebol Feminino (Campeonato Nacional - I Divisão - Fase Regular)
A equipa feminina de Basquetebol do Sporting CP recebeu e venceu hoje, no Pavilhão do Casal Vistoso, a Juvemaia ACDC por 49-40, numa partida relativa à Jornada 17 da Fase Regular do Campeonato Nacional da I Divisão.

As leoas entraram da melhor forma no encontro, terminando o primeiro parcial com uma vantagem de dez pontos (20-10) que foi reduzida até ao intervalo para apenas seis (29-23). As visitantes reagiram, entraram no último período com apenas dois pontos de atraso (35-33) mas, nos últimos minutos, as comandadas de Luís Abreu dominaram e conseguiram assegurar a oitava vitória nos últimos nove jogos.

Com este resultado, o Sporting CP passa a somar 27 pontos (11 vitórias e cinco derrotas), esperando pelo resultado dos encontros de Coimbrões, Ovarense e ESA para saber em que lugar conclui a jornada.

Na próxima ronda, a formação leonina recebe o Guifões SC, agendado para as 17h30 do próximo dia 1 de Março, Domingo.

Classificação & resultados aqui.
  • Atletismo (Campeonato Nacional de Clubes em Pista Coberta)
Após o final do primeiro dia de competição no Pombal, onde decorre o Campeonato Nacional de Clubes em Pista Coberta, o Sporting CP lidera com larga vantagem no sector feminino, quedando-se na vice-liderança no lado masculino.

Confira abaixo a classificação actual e os resultados dos atletas leoninos este Sábado:
  • Classificação FEMININO
  1. Sporting CP, 55 pontos
  2. Juventude Vidigalense, 41.50 pontos
  3. SL Benfica, 40 pontos
  4. ACR Senhora do Desterro, 30 pontos
  5. SC Braga, 27 pontos
  6. JOMA, 24 pontos
  7. Maia AC - Crio Baby, 18.50 pontos
  8. GRECAS Vagos, 16 pontos
  • Classificação MASCULINO 
  1. SL Benfica, 48 pontos
  2. Sporting CP, 31 pontos
  3. Juventude Vidigalense, 30 pontos
  4. ACR Senhora do Desterro, 28 pontos
  5. CA Seia, 21 pontos
  6. Gira Sol - Ramos Catarino e SC Braga, 20 pontos
  7. NA Cucujães, 17 pontos
  • Resultados FEMININO 
    • 60 metros – Carla Tavares (1º, 7.50 segundos)
    • 1.500 metros – Joana Costa (1º, 4.36,12 minutos)
    • 3000 metros marcha – Vera Santos (1º, 13.10,16 minutos)
    • Salto em altura – Anabela Neto (1º, 1.71 metros)
    • Salto em comprimento – Shina Mags (2º, 6.11 metros)
    • Lançamento do peso – Irina Rodrigues (1º, 15.30 metros)
    • 400 metros – Cátia Azevedo (1º, 53,92 segundos)
  • Resultados MASCULINO 
    • 60 metros – David Lima (2º, 6.88 segundos)
    • 1.500 metros – João Brás (2º, 3.54,38 minutos)
    • 5000 metros marcha – Paulo Afonso (8º, 25.08,26 minutos)
    • Salto em comprimento – Carlos Veiga (3º, 7.24 metros)
    • Salto com vara – Edi Maia (2º, 5.25 metros)
    • 400 metros – Miguel Sambé (7º, 51,97 segundos)
Consulte a classificação final do Campeonato Nacional de Clubes em Pista Coberta que se realizou este fim-de-semana em Pombal e os resultados do último dia de provas, que contou com seis vitórias verde-e-brancas em 15 competições.

  • Classificação final
  • FEMININO
1º SPORTING, 109,50 pontos
2º Juventude Vidigalense, 77,50 pontos
3º Benfica, 76 pontos
4º ACR Senhora do Desterro, 66 pontos
5º JOMA, 52,50 pontos
6º Sporting de Braga, 45 pontos
7º Maia AC, 38,50 pontos
8º GRECAS – Vagos, 36 pontos
  • MASCULINO
1º Benfica, 104 pontos
2º SPORTING, 72 pontos
3º Juventude Vidigalense, 68 pontos
4º CA Seia, 50 pontos
5º Gira Sol – Ramos Catarino, 49 pontos
6º ACR Senhora do Desterro, 45,50 pontos
7º Sporting de Braga, 43 pontos
8º NA Cucujães, 35,50 pontos

Resultados de domingo:
60 metros barreiras
Andreia Felisberto – 2ª (8,70 segundos)
Rúben Conchinho – 6º (8,79 segundos)

800 metros
Salomé Afonso – 1ª (2.09,66 minutos)
João Brás – 3º (1:52,26 minutos)

200 metros
Cátia Azevedo – 1ª (24,44 segundos)
David Lima – 2º (21,55 segundos)

3000 metros
Sara Moreira – 1ª (8.56,83 minutos)
Eduardo Mbengani – 2º (8.23,32 minutos)

Triplo salto
Patrícia Mamona – 1ª (14,10 metros)
Carlos Veiga – 2º (15,78 metros)

Salto em altura
Roman Guliy – 2º (2,07 metros)

Lançamento do peso
Heredio Costa – 4º (14,53 metros)

Salto com vara
Marta Onofre – 1ª (4,15 metros)

Estafetas 4x400
Feminino – 1º (3.43,74 minutos)
Masculino – 7º (3.32,34 minutos)
  • Karaté (Campeonato Nacional de Seniores)
Filipe Reis sagrou-se hoje Campeão Nacional de +84kg em Karaté, batendo na final, realizada no Pavilhão do FC Alverca, o também Sportinguista Mauro Hernandez.

Recorde-se que, em 2014, Filipe Reis já se tinha sagrado Vice-Campeão Nacional, posição que conseguiu agora melhorar.

Além destas duas medalhas, também Hélio Hernandez (-84kg) e Susana Beijinha (-50kg) conseguiram a medalha de bronze nas respectivas categorias.

Por fim, Diogo Fernandes (-75kg) e Gonçalo Marta (-60kg) terminaram na quinta posição, ao passo que João Bernardo (-60kg) alcançou o sétimo lugar.


Amanhã realiza-se o Campeonato Nacional de Sub-21, onde o Sporting CP estará representado por Hélio Hernandez, Gonçalo Marta e João Bernardo.

Formação: Equipa B vence em Portimão | Juniores leoninos iniciam fase final com derrota caseira | Juvenis leoninos resistem com 9 e vencem NS RioMaior | Iniciados leoninos perdem em Anadia

  • Equipa B (Segunda Liga
O Sporting B conseguiu hoje uma grande vitória na deslocação a Portimão, vencendo o Portimonense SC por 0-1 num jogo a contar para a Jornada 29 do Campeonato Nacional da Segunda Liga. Ousmane Dramé, com um fabuloso golo aos 16 minutos, decidiu a partida e impôs a primeira derrota em casa dos algarvios na presente temporada.

Os leões entraram bem no encontro, apostando na velocidade de Gelson Martins e Ousmane Dramé para tentar chegar com perigo à baliza algarvia como aconteceu aos 10 minutos, quando o francês chegou ligeiramente atrasado a um cruzamento venenoso de Gelson Martins. O aviso estava dado e não demorou a materializar-se: num remate fabuloso de fora da área, Ousmane Dramé colocou a bola no ângulo superior da baliza de Ricardo Ferreira e inaugurou o marcador pouco depois do primeiro quarto de hora de jogo. Os visitados acusaram o tento sofrido, tiveram um período de muitos erros e passes falhados até que, a meio da primeira metade, Pires, isolado, chegou a introduzir a bola na baliza de Luís Ribeiro quando o jogo já estava interrompido por fora-de-jogo (mal) assinalado ao avançado dos algarvios. Até ao intervalo, Gelson Martins teve a melhor ocasião para marcar mas o remate acabou por sair enrolado e sem perigo (42 minutos).

Na segunda-parte, as características da partida alteraram-se e o Sporting B teve de baixar linhas para contrariar a maior aposta ofensiva do Portimonense SC, não conseguindo esticar o jogo como tinha ocorrido no primeiro tempo. Ainda assim, e com o jogo mais partido, os leões tiveram menos posse e ataques, sem que os algarvios tenham beneficiado de muitas oportunidades para visar a baliza leonina a não ser nos descontos, quando Fidélis cabeceou ao poste após uma insistência na grande área dos comandados de João de Deus. O triunfo acaba por premiar a forma como o conjunto verde-e-branco soube interpretar os vários momentos do jogo, com transições ofensivas acutilantes e objectivas quando o encontro estava aberto (primeira-parte) e com grande sentido táctico e de entreajuda defensiva quando o Portimonense SC partiu o encontro em busca do empate (segundo tempo).

Com este resultado, o Sporting B soma a quarta vitória em cinco jogos na segunda volta, passando a contabilizar 45 pontos em 29 jogos (13 vitórias, seis empates e dez derrotas). 

Na próxima jornada, agendada para as 15h do próximo dia 25, Quarta-feira, os leões recebem a formação do GD Chaves.

  • Juniores (Campeonato Nacional - Fase Final)
Os Juniores do Sporting CP receberam a equipa do Gil Vicente FC e perderam o primeiro jogo da Fase de Apuramento do Campeão Nacional por 0-1, num jogo onde o vento e a escassez de ideias ditaram o nulo de golos por parte dos verde-e-brancos.

Os leões podiam ter-se adiantado no marcador logo no primeiro minuto, mas Ever Gomez não deu o melhor seguimento ao cruzamento de Lisandro Semedo e atirou perto do poste direito da baliza defendida por Júlio. O Sporting CP estava melhor na partida e, aproveitando a boa entrada em jogo, criou mais duas oportunidades de golo. Primeiro, Luís Elói tabelou bem com Rafael Barbosa e serviu Lisandro Semedo, que, no interior da área, permitiu a defesa ao guardião do Gil Vicente FC. Pouco depois, foi Rafael Barbosa quem, à entrada da área, rematou forte, mas ao lado da baliza adversária. O conjunto verde-e-branco controlava as operações, quando entrou em jogo o maior aliado dos gilistas: o vento forte que se fazia sentir soprava na direcção da baliza leonina e dificultava a saída para o ataque à formação da casa. Por várias vezes, Ndiaye bateu o pontapé de baliza e viu a bola voltar para perto da sua grande área. O Gil Vicente FC aproveitou as condições climáticas para subir no terreno e levar o jogo para o meio-campo leonino. Só através de bolas paradas os gilistas conseguiram incomodar, com destaque para o livre directo batido por Rocha, que obrigou o guardião verde-e-branco a uma boa defesa. A caminho do intervalo, o avançado leonino Ever Gomez caiu na área e viu o árbitro André Almeida mostrar-lhe amarelo, num lance, no mínimo, duvidoso. O primeiro tempo terminou como começou: com o Sporting CP perto do golo. Gonçalo Araújo cruzou bem, mas Abou Touré não conseguiu acertar no alvo e cabeceou a rasar os ferros da baliza gilista. Ao intervalo, 0-0 no marcador.

A segunda-parte iniciou-se com o golo do Gil Vicente FC. Jonathan recebeu a bola na área, tirou um adversário da frente e atirou a contar. O Sporting CP reagiu e esteve perto do empate, com Abou Touré a dispor de três oportunidades consecutivas. De livre directo, o extremo obrigou o guardião Júlio a boa defesa; minutos depois, entrou na área e atirou perigoso à malha lateral; de seguida, num lance semelhante ao anterior, rematou forte para defesa do guarda-redes gilista. Os leões jogavam agora a favor do vento e também isso dificultou a tarefa verde-e-branca. O conjunto da casa falhou muitos passes fáceis, não conseguindo medir a força necessária para que estes saíssem bem. A segunda-parte jogou-se toda no meio-campo do Gil Vicente FC, mas a escassez de ideias da equipa de Luís Boa Morte traduziu-se em incapacidade para marcar. Assim, valeu o golo apontado por Jonathan no início do segundo tempo, que estabeleceu o 0-1 final a favor do Gil Vicente FC.

Na próxima jornada, agendada para as 16h do próximo dia 28, Sábado, os leões deslocam-se à Madeira, para defrontar a formação do CD Nacional.

Classificação & resultados aqui.
  • Juvenis (Campeonato Nacional - Fase de Manutenção - Série D)
A equipa de Juvenis do Sporting CP recebeu e venceu, na Academia, o NS Rio Maior por 2-1, num jogo a contar para a Jornada 4 da Série D da Fase de Manutenção do Campeonato Nacional da categoria.

Apesar de não terem feito uma grande exibição, ou pelo menos ao nível a que já estiveram em algumas partidas, os leões chegaram ao intervalo em vantagem por 1-0, com um golo de Gonçalo Vieira aos 15 minutos no seguimento de um lance de estratégia.

No segundo tempo, Abdu Conté foi expulso por acumulação de amarelos mas, ainda assim, a formação verde-e-branca conseguiu aumentar o resultado graças a um golo de Hélder Almeida de canto directo. Parecia que o encontro estava resolvido mas, aos 68 minutos, apenas três depois do 2-0, Gonçalo Vieira viu o cartão vermelho por alegada falta sobre um avançado do NS Rio Maior na área e deixou o conjunto leonino reduzido a nove elementos. Na transformação do castigo máximo, os visitantes não perdoaram mas o resultado ficaria mesmo pelo 2-1.

Com este resultado, o Sporting CP passa a ter 54 pontos, somando por triunfos os quatro jogos realizados na segunda fase da prova.

Na próxima jornada, agendada para as 11h do próximo dia 1 de Março, Domingo, os leões deslocam-se ao reduto da formação do GR Amigos da Paz.

Classificação & resultados aqui.
  • Iniciados (Campeonato Nacional - Fase Intermédia - Série Centro)
O Sporting CP deslocou-se ao terreno do Anadia FC, esta tarde, de onde saiu com uma derrota por 1-0, em jogo a contar para a Jornada 5 da Série Centro da Fase Intermédia do Campeonato Nacional de Iniciados.

A jovem formação verde-e-branca entrou bem no jogo e controlou o encontro nos dois tempos. Contudo, apesar das várias oportunidades de golo criadas pelos comandados de Pedro Venâncio, foi a equipa da casa que, numa das poucas vezes que chegou à área dos leões, marcou o primeiro e único golo da partida.

No segundo tempo, a equipa leonina pressionou o adversário e continuou a construir jogadas e ocasiões de golo, no entanto, não foi feliz na concretização, não conseguindo igualar o marcador.

Com este resultado, o Sporting CP soma 10 pontos na tabela classificativa, mantendo-se em segundo lugar, a cinco pontos do primeiro classificado.

Na próxima jornada, agendada para o próximo fim-de-semana, os leões delocam-se ao reduto da formação da AA Coimbra.

Classificação & resultados aqui.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Europa League: Leão aguentou 46 minutos... e Bas Dost derrotou a muralha (2-0); Penalty por marcar penalizou os leões, laterais estiveram desastrosos

Árbitro
Alon Yefet (Israel)

Assistência | Média (Fora)
19 027 | 17 870

Titulares: Rui Patrício (cap.); Cédric Soares, Paulo Oliveira, Tobias Figueiredo e Jefferson; Oriol Rosell, Adrien Silva e João Mário; André Carrillo, Nani e Fredy Montero.
Suplentes: Marcelo Boeck; Jonathan Silva e Naby Sarr; André Martins; Diego Capel e Carlos Mané; Junya Tanaka.
Fora da Ficha de Jogo: Guilherme Oliveira; André Geraldes; Ryan Gauld.
Treinador: Marco Silva.

Golos:
  • 46' - Golo de Bas Dost (1-0). Fredy Montero perde uma bola quando o Sporting CP saia para o ataque e Naldo lança Bas Dost, com Jefferson a deixar o avançado em posição legal. O avançado, sem oposição, bateu Rui Patrício
  • 63' - Bis de Bas Dost (2-0). Ataque rápido pela direita, com Vieirinha a lançar de Kevin de Bruyne que cruza em arco para o segundo poste onde surge Bas Dost em carrinho para o segundo golo dos alemães.
Substituições:
  • 70' - Entra Carlos Mané, sai André Carrillo
  • 80' - Enram André Martins e Junya Tanaka, saem Oriol Rosell e Fredy Montero.
Disciplina:
  • 10' - Falta mal assinalada a André Carrillo, por falta inexistente sobre Aaron Hunt.
  • 13' - Cartão amarelo para Oriol Rosell. Por falta sobre Aaron Hunt. É o 1.º cartão do trinco catalão nas competições europeias, e o 3.º no total das competições.
  • 25' - Falta sobre Jefferson, não assinalada.
  • 36' - Duas faltas consecutivas, a primeira de Christian Träsch sobre João Mário e a segunda de Cédric Soares sobre André Schürrle. O árbitro só assinala a segunda.
  • 45' - Vieirinha joga a bola com o braço na área dos alemães. Penalty por assinalar a favor dos leões.
  • 48' - Cartão amarelo para André Carrillo. Por falta sobre Kevin de Bruyne. É o 1.º cartão amarelo do peruano nas competições europeias, e o 2.º em todas as competições. 
  • 52' - Muitas dúvidas num offside assinalado a Fredy Montero. Parece estar em linha. 
  • 61' - Tobias Figueiredo comete uma falta dura sobre um adversário, passível de cartão amarelo. O árbitro nada assinala. 
  • 71' - Entrada dura de João Mário sobre Sebastian Jung, assinalada. Ficou, no entanto, a cartolina amarela por mostrar ao jovem médio.

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Futsal Feminino: Leoas goleiam e ficam a 1 ponto do Título

A equipa feminina de Futsal do Sporting CP recebeu a formação do Carnide Clube, esta Quarta-feira, em partida relativa à Jornada 20 da Divisão de Honra do Campeonato Distrital da AF Lisboa, vencendo o desafio por esclarecedores 10-1.

Eliana (bis), Cheila (poker), Catarina (bis), Ana Marques e Inês foram as amrcadoras leoninas desta partida.

Com esta vitória, as leoas ficam desde já qualificadas para a Taça Nacional e estão apenas a 1 ponto do título de Campeãs Regionais da AF Lisboa, sendo que em duas épocas não perderam ainda qualquer dos desafios disputados, quer na I Divisão quer na Divisão de Honra.

Na próxima jornada, agendada para as 19h do próximo dia 21, Sábado, as leoas deslocam-se ao reduto da formação do CF "Os Paulenses".

Formação: Equipa B desperdiça vantagem de dois golos mas vence ao cair do pano | Iniciados leoninos derrotam Sanjoanense

  • Equipa B (Segunda Liga
A Equipa B venceu o SC Beira-Mar por 3-2 em Alcochete, em jogo da Jornada 28 da Segunda Liga.

Os pupilos de João de Deus chegaram a ter dois tentos de vantagem que foram anulados pela equipa aveirense. Um remate espectacular de Hadi Sacko acabou por fazer a diferença no jogo, quando os leões jogavam com menos um elemento.

Os primeiros 15 minutos não podiam ter sido melhores para a formação verde-e-branca que nesse espaço de tempo construiu uma vantagem de dois golos. Primeiro por Wallyson Mallmann aos dois minutos, de cabeça, e depois por Diego Rubio, ao minuto 13, com duas jogadas surgidas dos pés de Gelson Martins. Apesar de alguns erros de concentração, o Sporting B foi-se demonstrando superior ao adversário e controlou a partida até ao minuto 37, altura em que Vítor Vinha converteu exemplarmente um livre directo, situação onde meia hora antes havia atirado à barra.

Com a vantagem mínima a pertencer ao Sporting B, o jogo foi acalmando e as oportunidades de golo começaram a escassear para ambos os lados. Só ao minuto 64 o SC Beira-Mar voltou a fazer a diferença com novo tento, este de grande penalidade convertida por Chaparro, originada por Ramy Rabia que acabou expulso no lance por acumulação de cartões amarelos. Após o empate a formação leonina adoptou uma postura mais defensiva tendo em conta o facto de actuar com menos um elemento. As oportunidades de golo continuaram a ser parcas nas duas balizas e só com a entrada de Hadi Sacko houve uma mudança de rumo. O francês entrou aos 71 minutos e na primeira vez que tocou na bola rematou com perigo, alertando para o que iria acontecer já no primeiro minuto dos descontos, onde atirou cruzado e a contar, colocando o resultado final em 3-2 a favor dos leões. Vitória justa para a equipa que mais fez para vencer, ainda que as desconcentrações em demasia tenham dificultado uma tarefa que, de início, parecia não ser tão complicada como acabou por ser.

Na próxima jornada, agendada para as 11h15 do próximo dia 22, Domingo, os leões deslocam-se ao reduto da formação do Portimonense SC.

  • Iniciados (Campeonato Nacional - Fase Intermédia - Série Centro)
O Sporting CP recebeu e venceu hoje a AD Sanjoanense por 3-1, num encontro a contar para a Jornada 4 da Série Centro da Fase Intermédia do Campeonato Nacional de Iniciados.

Logo aos nove minutos, os leões beneficiaram de um auto-golo do capitão da equipa de São João da Madeira, Paulinho, para se adiantarem no marcador, resultado com que se acabaria por atingir o intervalo apesar das tentativas leoninas de visar a baliza contrária.

No reatamento, a AD Sanjoanense surgiu melhor e conseguiu mesmo chegar ao empate aos 44 minutos, por intermédio de Rafael Cardoso. O conjunto verde-e-branco não acusou o tento sofrido e, no minuto seguinte, Tiago Rodrigues fez o 2-1. Já na fase final do jogo, Bernardo Sousa sentenciou o encontro com um remate forte de pé esquerdo.

Com este resultado, o Sporting CP passa a somar dez pontos (três vitórias e um empate).

Na próxima jornada, agendada para as 16h do próximo dia 22, Domingo, os leões deslocam-se ao reduto da formação do Anadia FC, que lideram actualmente a Série Centro.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Sem título?


Devo confessar que, até mais que o empate em Alvalade frente ao SL Benfica, o empate deste fim-de-semana no Restelo me deixou animicamente de rastos. Depois de todos os acontecimentos da semana que antecedeu o jogo, só seria admissível a vitória, desse por onde desse...

É verdade que o Sporting Clube de Portugal não perde há 12 jogos consecutivos para a Liga NOS, mas também é verdade que em 21 jogos contamos 8 empates e 1 derrota; sãoo demasiados pontos perdidos, 19. Até agora, amiúde, as críticas que tenho feito a Marco Silva sustentavam-se essencialmente nos processos e dinâmicas defensivas - o que foi melhorando à medida que a época ia decorrendo, para que muito contribuiu a progressiva subida de forma de William Carvalho e a entrada de Tobias Figueiredo para o eixo da defesa. Só um critério completamente desadequado poderia consagrar que Maurício e Naby Sarr - os titulares no início da época - poderiam ser melhores ou estar melhor preparados que a actual dupla de centrais, mas o treinador assim o decidiu (e, recorde-se, só foi mudando quase por obrigação face aos constantes erros de Naby Sarr e à recente saída de Maurício).

Por estes dias insiste-se no jogo exterior. Posso compreender até que, contra equipas demasiado fechadas, aquele tipo de jogo seja o mais fácil. Mas é tão fácil optar por fazê-lo como se torna previsível para os adversários e, por consequência, mais fácil de anular. Se levarmos em conta que, jogando Fredy Montero, se faz precisamente o mesmo como se estivesse Islam Slimani em campo facilmente se percebe a incoerência no nosso futebol. O futebol exterior é necessário, q.b., mas deve ser uma de várias soluções e não a única. Não é este tipo de jogo que distingue a qualidade das equipas...

À medida que o Sporting CP foi melhorando defensivamente ia piorando ofensivamente. Mesmo estando há 22 jogos consecutivos a marcar pelo menos 1 golo por jogo - não se confunda eficácia com eficiência - é claro e notório que a equipa procura, hoje, menos soluções que num passado relativamente recente, e está perigosamente mais perto daquele "futebolzinho" de fim da época transacta, sob a orientação de Leonardo Jardim. Não consigo entender nem aceitar isto. Uma equipa que conta com Jefferson, Cédric Soares, William Carvalho, João Mário, Adrien Silva, Nani, André Carrillo e Fredy Montero (já nem falo em eventuais opções de escolha individual) tem qualidade para mais que isto e deve fazer mais que o que tem feito. E não estou a falar de resultados, positivos ou negativos; falo da qualidade do futebol praticado!

Marco Silva não tem culpa que Fredy Montero falhe golos isolado ou que Rui Patrício desate a chutar contra os próprios colegas, mas tem culpa da (não) produção da equipa, quer em quantidade quer em qualidade. Justificar isto com erros individuais é estar na horta e não ver as  couves, passe a expressão... Lembram-se de quantas reais oportunidades tivemos em Belém? Duas: o remate de Fredy Montero, isolado, e um cabeceamento de William Carvalho após cruzamento de Jefferson. Ambas na 1.ª-parte em que o treinador refere termos entrado mal. Teremos entrado melhor na 2.º-parte, já sem João Mário e Fredy Montero, porventura?

Marco Silva sabe bem mais que isto. Que o demonstre, e se deixe de desculpabilizações bacocas. E que os adeptos ultrapassem a defesa intransigente de um treinador carismático e abandonem o acriticismo conveniente. Marco Silva tem que entender onde está, tem jogadores e equipa para fazer mais e melhor (sim, mesmo que não tenha tido influência na construção do plantel). Não se trata de condenar o treinador, trata-se de perceber que Marco Silva é mais que isto, e daí a desilusão crescente.

Quinta-feira e Domingo temos dois jogos importantíssimos para o que resta da época. Oxalá saiamos por cima deste desafio e que possamos ainda lutar pelo 2.º lugar. E a Taça de Portugal é para ganhar. Temos equipa para isso!

Licença de Conteúdos

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons.Quem copiar conteúdos sem especificar a origem está infringir os termos de copyright e fica sujeito a coima.
myfreecopyright.com registered & protected

Etiquetas

Tags:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best Web Hosting Coupons