Próximo Jogo

13/02/2016

Leão goleia na Madeira (0-4) e volta à liderança isolada no Campeonato

Liga NOS

Estádio da Madeira

Assistência
4 127

Árbitro
Bruno Paixão

Titulares: Rui Patrício; João Pereira, Rúben Semedo, Sebastián Coates e Marvin Zeegelaar; William Carvalho e Adrien Silva (cap.); João Mário e  Bruno César; Bryan Ruíz e Islam Slimani.
Suplentes: Ažbe Jug; Ezequiel Schelotto e Ewerton; Alberto Aquilani; Carlos Mané e Gelson Martins; Téofilo Gutiérrez.
Fora da Ficha de Jogo: Vladimir Stojkovic e Ricardo Esgaio.
Treinador: Jorge Jesus.

Golos:
  • 3' - GOLO de Islam Slimani (0-1). Canto batido por João Mário na esquerda e Islam Slimani aparece ao primeiro poste a desviar para o fundo das redes! Entrada em grande do Sporting CP! É o 17.º golo do avançado argelino na Liga NOS, e o 21.º em toda a temporada. 
  • 52' - GOLO de Adrien Silva (0-2). Na conversão de uma grande penalidade, bem assinalada, por mão na bola, de Rui Correia. Gottardi ainda toca na bola, mas não evita o 2.º golo dos leões. É o 7.º golo de Adrien Silva na Liga NOS, e o 8.º em toda a temporada (4.º golo do médio, da marca de grande penalidade).

  • 63' - GOLO de João Mário (0-3). Erro tremendo de um defesa do CD Nacional, que alivia a bola contra o corpo de Islam Slimani. O argelino fica isolado e atira à barra. Na recarga, João Mário faz o terceiro para os leões! É o 3.º golo do médio leonino na Liga NOS e em toda a temporada.
  • 86' - BIS de Islam Slimani (0-4). Na conversão de uma grande penalidade, mal assinalada (há falta sobre Ezequiel Schelotto, mas é ainda fora da grande área) É o 18.º golo do argelino na Liga NOS, e o 22.º em toda a temporada.

Substituições:
  • 34' - Entra Carlos Mané, sai Bruno César. Por dificuldades físicas.
  • 71' - Entra Alberto Aquilani, sai Adrien Silva. William Carvalho ostenta, agora, a braçadeira de capitão.
  • 80' - Entra Ezequiel Schelotto, sai Marvin Zeegelaar. João Pereira está agora a lateral-esquerdo.
Disciplina:
  • 11' - Cartão amarelo para Marvin Zeegelaar. Por falta dura sobre Salvador Agra. É o 7.º cartão amarelo do lateral holandês na Liga NOS, e o 10.º em toda a temporada.
  • 17' - Offside duvidoso, assinalado a Bryan Ruíz, que parece estar em linha com o último defensor do CD Nacional. Desse lance resultaria golo do costa-riquenho. 
  • 24' - Cartão amarelo para William Carvalho. Por entrada sem bola sobre Wyllian. É o 5.º cartão amarelo do médio leonino na Liga NOS (fica, portanto, de fora da próxima jornada, na recepção ao Boavista FC), e o 8.º em toda a época.
  • 31' - Falta assinalada a Adrien Silva... quando era falta, sim, mas do jogador do CD Nacional
  • 32' - Falta de João Pereira sobre Wyllian, à entrada da área dos leões. Bruno Paixão deixou o cartão amarelo no bolso.
  • 71' - Offside mal assinalado a Bryan Ruíz
  • 73' - Islam Slimani não cabeceia nas melhores condições após um "encosto" de Rui Correia. Já se marcaram penalties por muito menos...
  • 79' - Cartão amarelo para Alberto Aquilani. Por simular uma falta. É o 3.º cartão amarelo do médio italiano na Liga NOS, e o 4.º em toda a temporada.

Partilhar:
Ler Post

11/02/2016

Hóquei: Novidades para 2016/2017

O Treinador Guillem Perez e os jogadores Caio, Sergi Miras e Pedro Gil são reforços confirmados no Sporting CP para a próxima época.

Enquanto o Sporting CP, sob o comando de Nuno Lopes, se aproxima paulatinamente dos lugares cimeiros, estando agora a apenas 1 ponto dos lugares de acesso à Euroleague Cup, a próxima temporada está a ser tranquila e atempadamente preparada. Guillem Perez já assinou e os jogadores supracitados terão também já rubricado os respectivos contratos.

Os rumores já tinham chegado à Comunicação Social e passam agora a certezas. Guillem Perez, ex-Seleccionador espanhol de Sub-20 – sagrou-se Vice-Campeão Europeu e Mundial - e actual treinador do CE Vendrell, assumirá o comando técnico dos leões. Pese este ser o primeiro ano do técnico à frente de uma equipa sénior, a estrutura leonina entende que, aos 33 anos – completa 34 este mês de Fevereiro – tem o perfil ideal para um projecto que se quer vencedor, e Guillem já assinou um compromisso por duas temporadas.

Com a chegada do catalão Guillem Perez na próxima temporada, o actual Treinador da equipa principal, Nuno Lopes, assume outro papel mas não sai do Sporting CP. Orientará a equipa de Sub-20.
À frente do Sporting CP desde Fevereiro de 2014, Nuno Lopes não continuará à frente da equipa principal, mas merece a confiança da estrutura para regressar ao comando técnico dos Sub-20. O treinador já esteve à frente do escalão anteriormente, acumulando funções, e assumirá um papel importante num projecto em que os jovens leões serão aposta para reforçar os seniores de forma progressiva nos próximos anos.
Nuno Lopes é um apaixonado pelo Sporting CP e nunca o escondeu. Confrontado em Viana do Castelo sobre a sua continuidade após a quinta derrota (última até ao momento) no Campeonato Nacional, o treinador declarou que tinha “contrato vitalício” com o Sporting CP. Nasceu leão e morrerá leão.
Natural de Estremoz e radicado na Marinha Grande, Nuno Lopes soma até ao momento 73 jogos oficiais na sua “cadeira de sonho”, contabilizando 45 vitórias, oito empates e 20 derrotas. Sob a sua batuta, os leões marcaram 314 golos e sofreram 242, tendo conquistado a CERS Cup e a Supertaça António Livramento.
Pese o mau arranque de Campeonato, a afastar precocemente os leões da luta pelo título, o Sporting CP parece recuperar e tem ainda muito em jogo nesta temporada. Para já vive a melhor série de resultados às ordens de Nuno Lopes – 9 vitórias consecutivas – e está no quinto lugar a 1 ponto da UD Oliveirense, que fecha o lote de equipas que se apurarão para a próxima Euroleague Cup. Na Taça de Portugal, os verde-e-brancos ainda não entraram em prova e na CERS Cup, em que defendem o título, estão novamente à beira da Final-Four, após derrotarem os italianos do Hockey Sarzana por 2-8 na 1.ª-Mão dos Quartos-de-Final da prova.
Os Sub-20 leoninos, já apurados para o Nacional do escalão, estão actualmente a cargo de João Baltazar e perderam recentemente o título regional para o SL Benfica.

Também de Vendrell chega Sergi Miras. Alvo do interesse do SL Benfica no passado e associado ao FC Porto, em particular depois da chegada de Cabestany ao comando técnico dos dragões, seu ex-treinador no CE Vendrell, o defensor, que já representou o HC Liceo e o FC Barcelona, ruma enfim a Portugal à beira de completar 30 anos. Miras chegou ao CE Vendrell em 2013 e não tardou a afirmar-se como o seu jogador “franquicia” (referência de equipa), assumindo mesmo o posto de capitão.

Outro catalão a caminho dos verde-e-brancos é Pedro Gil. Dispensando apresentações em Portugal, o competitivo capitão da Selecção espanhola e do HC Forte dei Marmi não dá sinais de abrandamento, mesmo à beira de completar 36 anos. Na última jornada realizada para a Euroleague Cup, precisamente em Vendrell, apontou cinco dos seis golos da sua equipa, numa impressionante demonstração de vontade, força e técnica. O HC Forte dei Marmi está apurado para os Quartos-de-Final da mais importante prova europeia de Clubes.

Este será o quarto capítulo da história de Gil em Portugal. Aos 20 anos estreou-se no principal Campeonato português pelo Clube Infante de Sagres, saltando daí para o FC Porto aos 22 anos para cinco temporadas de sucesso. Regressaria ao FC Porto, que considera a sua segunda casa, em 2009, depois de duas épocas ao serviço do Reus Deportiu. Deixou Portugal pela última vez em 2012, resistindo – até agora – aos apelos de UD Oliveirense e Sporting CP para regressar ao Campeonato português.

De mais perto chega Caio. O internacional português completou 34 anos e já no último defeso foi falado para um Sporting CP onde actualmente joga o irmão, Daniel Oliveira (“Poka”). No entanto, acabaria por rumar a Oliveira de Azeméis com os ex-colegas dragões, Pedro Moreira e Ricardo Barreiros, para além do técnico Tó Neves.

Caio é um tecnicista de créditos firmados e o compromisso de três épocas com o Sporting CP torná-lo-á um caso raro – no passado recente haverá apenas memória do caso de Filipe Gaidão – a vestir a camisola dos denominados “três grandes do futebol” no contexto do Hóquei em Patins. Na sua carreira, o atacante representou o FC Porto em três momentos distintos, os dois últimos intercalados por duas épocas ao serviço do SL Benfica.

Casa composta? Estes três reforços certos – havendo interesse em Henrique Magalhães e Vieirinha – obrigarão a mexidas no plantel actual. Poka poderá ser cedido por empréstimo e são certas as saídas de Ricardo Figueira – que deverá abandonar – e Tiago Losna, ambos a terminarem o vínculo com os leões. Perfila-se assim – e para já - um elenco constituído por Ângelo Girão e Zé Diogo Macedo (guarda-redes), Estebán Abalos "Tuco", André Centeno, Sergi Miras, João Pinto "Mustang", Caio, Pedro Gil, Cacau e Luís Viana "Zorro". Mas, mesmo com contrato em vigor para a próxima temporada, poderão ainda registar-se mais alterações. 
Partilhar:
Ler Post

10/02/2016

Apocalipse Now (?)

Comecemos pelo princípio.

No início da temporada, não pude ver alguns dos jogos do Sporting Clube de Portugal, à excepção da disputa da Supertaça Cândido de Oliveira. Primeiro por questões familiares e, depois, por questões de ordem técnica que continuam por resolver, perdi algumas das primeiras jornadas da Liga NOS. Desde aí já passaram quase 7 meses, e caminhamos agora para a fase crucial do Campeonato.

Mesmo depois daquelas exibições periclitantes e das vitórias curtas, até hoje, tenho uma convicção inabalável que, julgo, será transversal a grande parte da massa adepta do Clube: estamos hoje muito mais próximos do nível desportivo dos nosso mais directos rivais, senão ao mesmo nível. Bem sei; dir-me-ão que ainda falta corrigir algumas coisas. Prova disso são alguns resultados menos confortáveis, que nos fizeram perder pontos que podem ditar a perda do Campeonato - curiosamente, quase sempre contra equipas improváveis.

Jorge Jesus também tem defeitos, sendo ou não o melhor Treinador português a treinar em Portugal, sendo ou não o mais bem pago Treinador do nosso Campeonato. Talvez o maior, no meu entender, seja a aposta em Téofilo Gutiérrez (cuja aquisição, refira-se, significou um investimento considerável), já que o internacional pela Colômbia pouco empresta ao jogo colectivo da equipa - e estou a ser simpático. Sim, Jorge Jesus é o melhor Treinador a treinar em Portugal, e sim, também é o mais bem pago. Mas não, não é infalível, nem está acima da crítica, como muitos do que agora me estão a ler estarão já a pensar escrever. Sim, Jesus sabe mais de Futebol que qualquer um de nós ou que nós todos juntos. Mas não, não é infalível...

Honestamente, e sem qualquer tipo de lugar-comum ou conveniência, olhando unicamente para o plantel com que começámos a época, e por comparação directa com os nossos mais directos rivais, não esperaria estar a ter este desempenho, fruto de um trabalho absolutamente notável de todos os envolvidos. E continuo hoje convicto que o título de Campeão Nacional será pouco menos que uma miragem. Tal como já o considerava antes da época começar. Considero-me um pessimista moderado: é sempre melhor esperar o pior e ter uma boa surpresa, que esperar o melhor e ter uma grande desilusão. No fundo, é uma questão de auto-gestão de expectativas...

É verdade que estamos há 13 anos sem vencer este título, e também é verdade que ganhá-lo seria um passo crucial na reafirmação do Sporting Clube de Portugal enquanto potência futebolística nacional. Porém, também é verdade que a situação financeira do Clube continua sensível, apesar do aparente desafogo - fruto do trabalho que tem vindo a ser levado a cabo por quem de direito no Clube. Como se costuma dizer, o dinheiro não compra a felicidade... mas lá que é sempre uma boa ajuda, é!

Neste sentido, importa sempre voltar a sublinhar que o Clube esteve, de facto, à beira de fechar portas - algo que certa e determinada falange teima em "esquecer", ao ponto de não admitir sequer referi-lo, de passagem que seja... Foram muitos e muitos anos de gente que mais não fez senão empregar cuidados paliativos ao Clube e serão precisos, por isso, anos e anos de cuidados intensivos para que o Sporting Clube de Portugal possa de novo voltar ao seu lugar por direito. E mesmo que acabemos por erguer a Taça de Campeões Nacionais já este ano - oxalá!, tal não poderá nem deverá encerrar em si mesmo todo este trabalho de base, que tem não só de ser executado como mantido, de forma a que não voltemos de novo a a uma Era Negra, como não há muitos anos.

Bem sei que, fruto do aumento de investimento operado esta temporada e com todo o arcaboiço contextual desta época, haverá muito quem perca a paciência e entre, novamente, naquela espiral depressiva que tanto e tão só os Sportinguistas sabem sentir. E tal só comprova tudo o que disse: o problema não desapareceu, continua à espreita, como sempre esteve. Não há estalares-de-dedos milagrosos, não há soluções mágicas... Eu, Sportinguista desde sempre, estive 15 anos até ver o meu Sporting ganhar um título, depois vi 2 em 3 anos e, desde aí, já lá vão 13 que podem ser 14 anos: se há coisa de que me orgulho e orgulharei sempre é que não escolhi o Sporting Clube de Portugal pelos títulos. É um ideal, uma forma de vida. A única de que não abdicarei nunca, por mais tempestades e furacões que nos fustiguem...

Mas não será por acaso que somos dos mais fiéis adeptos. Para o melhor ou para o pior, nunca abandonamos o Sporting Clube de Portugal. E o que quer que venha a acontecer, cá estaremos para fazer desta teoria um facto, mais uma vez. Hoje, como sempre, juntos somos mais fortes!
Partilhar:
Ler Post

09/02/2016

OFICIAL: William Carvalho renova até 2020

É oficial: William Carvalho renova pelo Sporting CP até 2020. A cláusula do médio leonino fica fixada nos mesmos 45M €.

Chega ao fim um processo que estava a preocupar os adeptos leoninos, ao qual a quebra de forma do jogador não pode ser dissociada por ter um contrato ainda de 2013. Um dos contratos mais desactualizados do plantel sendo ele um dos maiores activos do Clube e com maior cotação internacional.

Relembro que foi eleito melhor jogador no Europeu sub-21 e foi considerado pela prestigiada revista 442 como o 86.º melhor jogador do mundo.

O panzer leonino renovou há momentos e está finalmente no patamar dos mais bem pagos do Sporting CP. É muito importante para a equipa ter o melhor William à entrada do último terço do Campeonato, e que esta renovação alivie o estado psicológico do jogador e o liberte para as suas melhores exibições.

Para o sucesso desta operação William abdicou da representação de Jorge Mendes que emperrou um processo que há muito tempo devia estar resolvido, e terá requerido a empresa Endless Services que resolveu, ontem, o processo de renovação do capitão Adrien Silva.

Na minha opinião, o "melhor" William é um dos melhores do mundo na sua posição.

Recorde-se que William Carvalho chegou a Alvalade em 2007, então com 14 anos, e ainda com idade de Iniciado, entrou logo para os Juvenis da formação leonina. Hoje, em vias de completar 24 anos (no próximo mês de Abril), o trinco soma já 98 jogos oficiais com a camisola verde-e-branca (num total de 7 988 minutos), assinando 7 golos e 6 assistências. Estreou-se com Leonardo Jardim, na época de 2013/2014 (quando esteve quase a ser dispensado) , e assumiu uma preponderância tal que se tornou titular indiscutível da principal equipa dos leões, pese embora esta época esteja claramente em baixo de forma.

Seguem-se os processos de renovação de Rui Patrício e Rúben Semedo.

Temos saudades deste jogador e esperamos voltar a vê-lo rapidamente:

Partilhar:
Ler Post

08/02/2016

Leão não sofre... mas também não marca ao Rio Ave (0-0) e perde liderança no Campeonato

Liga NOS

Estádio José Alvalade

Assistência
39 721

Árbitro
Carlos Xistra

Titulares: Rui Patrício; João Pereira, Sebastián Coates, Paulo Oliveira e Marvin Zeegelaar; William Carvalho e Adrien Silva (cap.); João Mário e Bryan Ruíz; Téofilo Gutiérrez e Islam Slimani.
Suplentes: Ažbe Jug; Rúben Semedo; Alberto Aquilani; Carlos Mané e Gelson Martins; Bruno César e Hernán Barcos.
Fora da Ficha de Jogo: Nada a registar.
Treinador: Jorge Jesus.

Golos: Nada a registar.
Substituições:
  • 52' - Entra Rúben Semedo, sai Paulo Oliveira. Por lesão. 
  • 61' - Entra Hernán Barcos, sai Téofilo Gutiérrez.
  • 73' - Entra Gelson Martins, sai William Carvalho. João Mário deriva para o centro do terreno.
Disciplina:
  • 8' - Por estranho que parece, Cássio, guarda-redes do Rio Ave FC, já começa a queimar tempo, nas reposições de bola. 
  • 18' - Cartão amarelo para João Mário. Por falta sobre Edimar. É o 1.º amarelo do médio leonino na Liga NOS, e o 3.º em toda a temporada.
  • 60' - Golo bem anulado ao Sporting CP. Por falta de Sebastián Coates sobre Yazalde. Desta vez, Carlos Xistra... já viu!
  • 62' - Offside mal assinalado a Islam Slimani.
  • 68' - Cartão amarelo para Sebastián Coates. Por agarrar Kuca. É o 1.º cartão amarelo do defesa-central uruguaio com a camisola verde-e-branca
  • 90' - Cartão amarelo para Rúben Semedo. Por travar Kayembe. É o 3.º amarelo do defesa-central na Liga NOS e o 4.º em toda a temporada.

Partilhar:
Ler Post

OFICIAL: Lukas Spalvis confirmado no Sporting

O Sporting CP chegou a acordo com o Aalborg BK, segundo indica o próprio Clube dinamarquês, para a transferência do ponta-de-lança lituano, formado na Alemanha.

Lukas Spalvis, de 21 anos, foi falado para o mercado de Janeiro , mas apenas chegará no Verão. Esta era a transferência mais desejada pelos adeptos (depois de alegadamente ter falhado Moussa Marega, Suk e quejandos). Esperemos que confirme esta boa empatia com os Sportinguistas. Primeira mexida no mercado para época de 2016/2017 e os leões mostram que já preparam o seu futuro. 

Até ao momento, Lukas Spalvis alinhou em 18 jogos (1 376 minutos) pelos dinamarqueses, somando 15 golos e 1 assistência.

Da parte do Sporting CP ainda não foi confirmada a transferência e os valores são também desconhecidos neste momento, especulando-se que rondarão 1M €.

Em declaração ao site do Clube dinamarquês, Spalvis afirmou:
Tinha outras opções, mas o Sporting é um clube de sonho para mim. Todos sabem que me sinto bem no Aalborg, por isso tinha de ser algo especial para me levar daqui. Agora estou ansioso por mostrar serviço no Sporting. É bom que já se tenha resolvido tudo.
O meu foco agora é terminar em boa forma a temporada pelo Aalborg, estamos em segundo e nos Quartos-de-Final da Taça, pelo que temos objectivos excitantes pela frente. O Aalborg e os seus treinadores tiveram um grande impacto no meu desenvolvimento e como tal é muito importante para mim corresponder nos próximos meses.

Eis algumas imagens do novo ponta-de-lança leonino:

Partilhar:
Ler Post

OFICIAL: Adrien Silva renova até 2020

Adrien Silva, capitão dos leões de Alvalade, renovou esta manhã com o Sporting Clube de Portugal até 2020, com mais uma época de opção.

Um jogador fundamental para a equipa, pese embora nem sempre seja bem entendido pelos adeptos, que esta época tem sido um verdadeiro "esteio" e que demonstrou uma enorme evolução jogando num colectivo que favorece o seu jogo. O médio leonino está a fazer a sua melhor época da sua carreira onde já leva 7 golos e 4 assistências. Ao que consegui saber, com esta renovação, Adrien é actualmente o jogador mais bem pago em Portugal, isto depois de ter abdicado de uma proposta financeira exorbitante - tanto para ele como para o Clube - da China.

Adrien é um dos jogadores que eu considerava estar na redline para a renovação [aqui], vamos ver quem se segue nos próximos dias.

Recorde-se que o internacional português, hoje com 26 anos, chegou a Alvalade com 12 anos, percorrendo as camadas jovens leoninas até chegar à formação principal, em 2007/2008, então com 18 anos, sob a égide de Paulo Bento. Desde então, alinhou em 185 jogos oficiais com a camisola verde-e-branca, num total de 13 025 minutos (média de 145 jogos), somando 30 golos e 12 assistências. Esta época, soma já 30 jogos (2 369 minutos), e soma 7 golos e 4 assistências.

Leia abaixo o Comunicado Oficial:
Nos termos e para efeitos do cumprimento da obrigação de informação que decorre do disposto no artigo 248.º, n.º 1 al. a) do Código dos Valores Mobiliários, o Conselho de Administração da Sporting Clube de Portugal – Futebol, SAD (Sporting SAD) informa que o atleta Adrien Sébastien Perruchet da Silva vai ser jogador do Sporting Clube de Portugal – Futebol SAD até à época de 2019/2020, com opção de prorrogar por mais uma época desportiva, 2020/2021, fixando-se a cláusula de rescisão em €45.000.000,00 (quarenta e cinco milhões de euros).
Alguns dos melhores momentos de Adrien Silva esta época:

Partilhar:
Ler Post

07/02/2016

O Sporting e as renovações

O jornal Record publicou uma lista com os ordenados mais altos do Sporting Clube de Portugal , vale o que vale , visto que estas informações são confidenciais e apenas aparecem no relatório da SAD , para aparecerem nos jornais ou é especulação ou então a SAD deixou fugir para os jornais uma informação destas. A maioria das vezes os jornalistas tentam descobrir logo quando os jogadores assinam contrato, portanto não assumo como total a precisão desta imagem , mas suponho que por estimativa não andará longe da verdade. Na lista está demonstrada o ordenado líquido dos jogadores que equivale aproximadamente a 40% dos encargos [ custo bruto ( bruto = líquido * 2.5 ) ] do Clube.

Dentro daquilo que são factos e é de conhecimento público , prefiro fazer uma análise pelas renovações de contrato que julgo ser o indicador mais preciso para se perceber quem são os jogadores que têm os seus contratos (des)atualizados.

Renovações/ Assinaturas de contrato sob a égide de Bruno de Carvalho:

2013: William Carvalho , Rúben Semedo , Ricardo Esgaio , Tobias Figueiredo.
2014: Paulo Oliveira
2015: Carlos Mané , João Mário , Ewerton , Slimani , Teo Gutiérrez , Bruno César , Bryan Ruiz , Naldo , Jefferson , João Pereira , Matheus Pereira , Gelson Martins , Hernán Barcos , Aquilani , Marvin Zeegelaar , Azbe Jug , Schelotto , Bruno César.

Contratos a cessar nos próximos 2 anos:

2016: André Martins
2017: Adrien , Rúben Semedo
2018: Patrício , William Carvalho


O que é possível perceber através destes dados , é que William Carvalho é o jogador com o contrato mais desatualizado entre os titulares do Sporting CP , sendo que quando rubricou a renovação o Clube estava em alta contenção financeira para cumprir os compromissos tanto da reestruturação financeira como do fair play da UEFA. Na minha opinião é o maior ativo do Sporting , sendo o jogador mais bem cotado a nível internacional, foi eleito o melhor jogador  do Europeu Sub-21 e jamais deveria estar num patamar salarial (muito) abaixo dos jogadores mais importantes da equipa , esta é a razão -a meu ver- pela qual o jogador tem estado muito abaixo do seu nível , que a bem da verdade diga-se viu-se muito pouco nos últimos 2 anos.


No futebol actual a posição 6 é a mais importante , e o modelo de Jorge Jesus não é nisso uma excepção. Assim sendo, acredito que William motivado e ao seu melhor nível poderá elevar a equipa leonina a outro patamar competitivo, e a ter mais sucesso no último terço do campeonato, principalmente na solidez defensiva. E não vamos fingir: um jogador que sabe que é dos melhores da equipa e o mais valioso, não pode deixar de sentir o facto da maioria dos seus colegas terem novos e bem remunerados contratos, sendo que o dele ainda está sem resolução à vista. No dia 30 de Novembro de 2015, William na flash interview  após o triunfo em casa com o CF "Os Belenenses" já demonstrava alguma impaciência pela renovação: " espero que se resolva o mais rapidamente possível ", atirou nessa altura o médio leonino.


Por uma questão de estratégia este devia ser o tema central em Alvalade e prioridade por parte da direcção, visto que estamos em ano de Europeu e essa montra é fundamental para a valorização dos activos do Sporting CPWilliam concorre com Danilo do FC Porto para titular da posição 6 na selecção, e até esta altura o portista tem apresentado maior rendimento que Sir William. Para além disso, é provável, mesmo com a lesão que sofreu, que Tiago receba o prémio de carreira e esteja dentro dos convocados, tal como o indiscutível João Moutinho. Já Adrien, pela incrível época que está a fazer dificilmente não será um dos eleitos, tal como João Mário, que é o melhor médio português da actualidade. O meio campo da selecção para o Euro 2016 está num verdadeiro "jogo das cadeiras" pelas 6 vagas que o seleccionador terá para os médios, e sendo William indiscutivelmente mais talentoso que Danilo, terá forçosamente de subir o seu rendimento nesta fase final da época. Se tal não acontecer corre o sério risco de falhar a competição, já que tenho sérias dúvidas que Fernando Santos leve 4 jogadores capazes de fazer a posição 6 (Tiago , William , Adrien , Danilo). É importante então que a direcção faça a sua parte, e caso os entraves à renovação sejam questões banais como a cláusula de rescisão, então deverá  abdicar, pois só tem a ganhar com isso, fazendo com que o médio esteja motivado e garanta um lugar não apenas nos convocados, mas no 11 titular da equipa das "Quinas".


Nota final: Depois do "caso Carrillo" , penso que o direcção deve entender que a 2 anos do fim de contrato, não pode estar nenhum jogador considerado importante, tanto a nível desportivo como a nível financeiro. Quando um jogador entra nos últimos 2 anos de contrato, ganhará sempre poder na mesa de negociações e o Clube perderá o controlo já que apenas terão de aguentar 4 janelas de transferências para poderem assinar a custo zero por quem bem entenderem. Considero que abaixo dos 2 últimos anos de contrato é uma "redline" que o Sporting CP não deve permitir ultrapassar , ou renovam ou são vendidos , e os contratos mais urgentes para resolver são André Martins , William , Adrien , Rúben Semedo e Rui Patrício.


Partilhar:
Ler Post

06/02/2016

Carrillo e Bruno de Carvalho

Esta semana fomos informados pelo próprio Clube que André Carrillo é mais um jogador do Sporting Clube de Portugal que decidiu seguir a sua carreira num rival. Obviamente, não foi a primeira vez e nem será a última que isto acontece.

Alguma desilusão do universo leonino, principalmente pela forma como o caso foi conduzido, mas nunca pelo que a Comunicação Social quis fazer passar: equiparar esta saída de Carrillo para SL Benfica com a saída de Jesus para o Sporting CPJorge Jesus é um dos melhores treinadores da História do Clube da Luz e o mais titulado de sempre; já o extremo peruano não tem nem fez História no Clube, e não era - na minha opinião - o melhor jogador. Porém, ao que já li, se estivesse distraído, quase poderia pensar que estamos a falar do Yazalde, Travassos ou Manuel Fernandes.

O peruano foi sempre desvalorizado em Alvalade, primeiro pelos adeptos e ultimamente pelos dirigentes. Só alguns lhe foram reconhecendo talento para alcançar um nível de classe mundial, tendo em conta as suas características únicas  - como a "explosão" e o dribble em velocidade, La Culebra é acima de tudo um jogador muito inteligente e demonstrava isso quando percorria terrenos mais interiores. Mas, a verdade é que Carrillo não é nenhum Paulo Sousa ou, muito menos, nenhum João Pinto. Só começou a ter rendimento com Marco Silva (na época passada) e, já este ano, com Jesus, que tentou fazer dele o dínamo da equipa. O jogador demonstrou ser muito acima da média e confirmou o seu talento. Depois esse processo de crescimento foi interrompido pelos problemas com a renovação que o afastaram da competição.

A verdade é que no Sporting CP, os adeptos (na sua esmagadora maioria) e dirigentes, inclusive, nunca deram grande valor a Carrillo (pese embora a Comunicação Social, que quer colocar os Sportinguistas de "luto" para maximizar o golpe do SL Benfica), e esta desvalorização do jogador terá sido, porventura, a razão pela qual este processo teve este desfecho.

La Culebra levou a maior assobiadela que eu já presenciei a um jogador, no novo Estádio José Alvalade, no último jogo da época 2013/2014, com Leonardo Jardim, que castigou a sua má exibição com uma saída aos 30 minutos e - claro - foi vilipendiado pelo "tribunal de Alvalade". No final da época passada, na Final da Taça de Portugal no Jamor , foi outra vez substituído - embora já na 2.ª-Parte, após um jogo muito fraco e, novamente, levou assobiadelas como se de um adversário se tratasse. Nem quero lembrar os tempos em que Diego Capel era ídolo para os adeptos e o peruano assim que perdia uma bola era rapidamente assobiado.

Uma coisa é certa: a Direção não está isenta de responsabilidades. De todo. Visto que entrou a 23 de Março de 2013 e o peruano só assinou pelo SL Benfica em Janeiro de 2016.

A informação que tenho é que, desde a pré-época com Marco Silva, Bruno de Carvalho tinha vindo a tentar renovar com Carrillo , mas a sua primeira proposta indignou o jogador, visto que lhe ofereceu o mesmo salário e um aumento da cláusula de rescisão  - e é isto que o empresário está a desafiar que se apresente!

Durante esse ano, as seguintes tentativas para renovar foram infrutíferas. A Direcção foi aumentado gradualmente a proposta salarial e Carrillo foi recusando. Isto porque Bruno de Carvalho, tal como a maioria dos adeptos, olhou para o rendimento do jogador e não para o seu talento e margem de progressão. Para, ele o extremo era tudo menos fundamental à equipa, já que o jogador sempre foi inconstante. Foi traído pela forma emocional com que vive o Clube e o jogo em si, pelo menos até à chegada de Jorge Jesus, que "avisou" sobre o quão fundamental podia vir a ser o peruano e que podia vir a dar trabalhando com ele.

Aí sim o Sporting CP teve seriedade nas negociações, mas já era tarde demais. Após falhar o "teste da caneta" e enveredar por algumas "fintas", de modo a procrastinar a renovação - o peruano certamente já estaria "calçado" noutro Clube e, quiçá, preso a um adiantamento de prémio de assinatura (já que uma operação destas dá suspensão do jogador, caso seja denunciada).  Na minha opinião. La Culebra optou pela vingança, na altura que foi aproveitado pelo SL Benfica, pois penso que jamais dispensaria o protagonismo que o timoneiro leonino lhe deu neste início de época, e até o reconhecimento dos adeptos nesta última fase, caso não estivesse já "amarrado".

Nota Final: Há aqui um erro de análise que Bruno de Carvalho deve reconhecer, o de não ter percebido a diferença entre o rendimento, o talento e a margem de progressão de André Carrillo a tempo útil para a renovação (que, na minha opinião, 90% dos Sportinguistas teria cometido). Deve deixar-se de bate-bocas com o jogador (e, principalmente, com a sua entourage) que, como se sabe, é ainda influente no plantel do Sporting CP - ainda não há muito tempo, foi visto a almoçar com Cédric Soares e André Martins, sendo que Bryan Ruíz já se confessou seu amigo pessoal e também já teve a defesa pública de Freddy Montero. O Presidente deve perceber que os jogadores se relacionam pessoalmente uns com os outros - já teve declarações que certamente não lhes caíram bem enquanto colegas. Este é um tema que tem de acabar em Alvalade...

O Sporting CP tem sim de mostrar a Carrillo que ele errou, vencendo o campeonato, e tentar que saia sempre derrotado quando enfrentar o nosso Clube, que é e será sempre maior que qualquer jogador, empresário ou dirigente. Não vale a pena tentar humilhar o jogador convocando-o ou andar atrás dele com processos... Estamos em 1.º lugar sem o seu contributo (ou com um contributo insignificante), é para deixar passar para não desestabilizar ou fracturar o balneário, num momento em que temos de estar todos unidos. Os jogadores têm tendência para sentir as dores uns dos outros, pois sabem que um dia pode acontecer com qualquer um deles. Muito cuidado na gestão desta matéria!

A André Carrillo desejo o dobro do que ele deseja para o Sporting Clube de Portugal!

ADENDA: Como no SVPN todos podem participar , achei interessante anexar o link de uma entrevista de Bruno de Carvalho ao Observador a esclarecer esta situação , a partir do comentário do estimado leitor AC1906.

Podem ver [aqui]
Partilhar:
Ler Post

05/02/2016

Futsal: Treinador Nuno Dias renova por 3 épocas

O Treinador da equipa de Futsal, Nuno Dias, renovou o contrato com o Sporting CP por mais 3 épocas, seguindo as pisadas de Diogo, que esta semana estendeu o vínculo com o Clube por igual período. O técnico mostrou-se satisfeito com o “voto de confiança” e revelou que a sua prioridade era continuar em Alvalade para trazer mais troféus para os leões.

“Esta renovação é sinal de que as duas partes estão satisfeitas, que o Sporting CP tem vontade em continuar este caminho, reconhecendo o que foi feito para trás, e da minha parte significa que estou bem, no lugar certo, no sítio onde gosto de estar e onde quero continuar para conquistar cada vez mais troféus para o Sporting CP. A minha prioridade era ficar. Estou no melhor Clube, não vejo por que mudar. Se mudasse ia sempre mudar para pior”, afirmou Nuno Dias já depois de assinar o contrato juntamente com o Presidente Bruno de Carvalho.

“A experiência adquirida ao longo destes anos fez-me melhorar e crescer, ver as coisas de outra forma. Mas há coisas que não mudam: a minha ambição e vontade de ganhar, a minha dedicação ao trabalho e ao Clube, o meu empenho na organização e no método. Isso não vai mudar, nem hoje nem no futuro, porque faz parte de mim”, acrescentou ainda o técnico.

Nuno Dias considera assim que o prolongamento do vínculo traz mais tranquilidade para continuar a levar o Clube às vitórias. “O prolongar dos vínculos dá outra estabilidade porque há um reconhecimento, um voto de confiança de que o trabalho está bem feito e de que é para continuar assim. Da minha parte, vou tentar continuar a fazer o que faço, melhorar e aperfeiçoar-me ainda mais de maneira a que esta confiança não seja defraudada – e tenho a certeza de que não vai ser”, sublinhou Nuno Dias, que confessa que os pais, ambos Sportinguistas, ficaram aliviados com a renovação do técnico de 43 anos. “Andavam ansiosos porque não sabiam o que ia acontecer e tive de lhes dizer, apesar de pedir para que guardassem sigilo. Foi uma forma de os tranquilizar e dizer-lhes que vou continuar, que quero continuar e que a vontade foi de ambas as partes. Para eles foi um alívio”.

Nuno Dias chegou ao Sporting CP na época de 2012/13 vindo do CSKA Moskva, onde era adjunto de Paulo Tavares (hoje treinador do SC Braga), e logo para fazer a ‘dobradinha’ com um registo impressionante: 37 vitórias em 39 jogos oficiais, o recorde de pontos na fase regular do Campeonato (75) e a maior diferença de pontos para o segundo classificado (16). De lá para cá, Nuno Dias somou mais 1 Campeonato, 2 Supertaças, 2 Taças de Honra da AFL e a primeira edição da Taça da Liga, já este ano, tornando-se o primeiro treinador português a vencer todas as competições nacionais.
Partilhar:
Ler Post

04/02/2016

Haja limites!

Há declarações que não se devem fazer. Ou, pelo menos, não publicamente... mas Bruno de Carvalho teima em dar lenha aos jornalistas, já de si ávidos em vê-lo arder vivo atado a uma estaca no meio da Praça.

Bem sei que tolerar algum jornalismo em Portugal, especialmente o desportivo, não é tarefa fácil. Esta imagem à esquerda, retirada da 1.ª Página do Jornal de Notícias, é em si mesma um exemplo do que é expectável. Não bastava incluírem uma "notícia" cor-de-rosa, sem qualquer interesse, na secção de Desporto; ainda fizeram disso chamada de 1.ª Página, o que é, de todas as formas, um fabuloso exemplo de jornalismo de primeira água!

Os Sportinguistas são inteligentes o suficiente para perceber que o JN, outrora um jornal de referência, há muito se vendeu a outros interesses que não o jornalismo. E quem diz o Jornal de Notícias, diz o jornal O Jogo: estes dois andam sempre a par, qual casal de pombinhos.

O jornal oficioso do FC Porto traz hoje à liça o valor acumulado dos jogadores emprestados pelo Sporting CP: 11M €. Bem, comecemos pela matemática:

Imagens retiradas da 1.ª Página (Lisboa) e infografia do Jornal O Jogo

Ora, portanto, ficamos a saber que o rigor daquele jornal é de uma ordem tal que... se arredonda ao milhão. Não bastando, "esquecem-se", convenientemente, de fazer uma análise comparativa - porque, nestes exercícios, o rigor jornalístico exigiria que se fizesse a comparação com os rivais, FC Porto e SL Benfica - mas... reparemos na imagem abaixo e constatemos os valores.

Imagem retirada do blog O Artista do Dia

Aqui para nós, alguém me consegue dizer que não há aqui uma estratégia consertada para descredibilizar, apoucar, rebaixar Bruno de Carvalho? E já nem relevo muito, referindo, a diferença de tratamento com que tratam os Presidentes dos 3 maiores Clubes: enquanto que ao SL Benfica preside Luís Filipe Vieira, Filipe Vieira ou simplesmente Vieira e ao FC Porto preside Jorge Nuno Pinto da Costa ou simplesmente Pinto da Costa, ao Sporting CP preside, por norma, "o Bruno", ao invés de Bruno de Carvalho.

Retirem as vossas próprias conclusões.

Dito isto, devo voltar ao 1.º parágrafo: se é verdade que o jornalismo - repito, especialmente o jornalismo desportivo - há muito deixou de ter limites para o ridículo, comprovando dia-após-dia o seu sectarismo faccioso, Bruno de Carvalho não deve sucumbir a estas redes que os jornais lançam e deixar-se levar no arrastão. Especialmente enquanto Presidente desta grande e centenária Instituição que é o Sporting Clube de Portugal!

Posso compreender que, como eu, o cidadão se sinta atacado e no direito de se defender. Porém, os termos que utiliza, boçal e até mesmo insultuosamente, só lhe degradam ainda mais a imagem. Também entre nós, Sportinguistas... Há limites que não devem ser ultrapassados. Declarações ou comentários como os que lhe vi escritos, entre ontem e (particularmente) hoje não devem ser feitos publicamente. Como Presidente do Clube, o que não falta a Bruno de Carvalho são meios com que responder a estes constantes cotuques da imprensa. Tomá-los como ataques pessoais - ainda que também o sejam - e responder conforme tal, e através das redes sociais, afecta-o tanto a ele como ao Clube. E se há limites que devem estar sempre presentes, este é um deles...
Partilhar:
Ler Post

03/02/2016

Modalidades: futsalista Diogo renova por 3 épocas; Pedro Gil é reforço no Hóquei

O ala da equipa de Futsal dos leões, Diogo, renovou hoje contrato com o Sporting CP por mais três épocas, ele que reforçou a formação verde-e-branca na temporada passada, chegando do Sporting Clube de Paris com o rótulo de melhor marcador da liga francesa, com 45 golos.

“Fiquei muito satisfeito, porque sei que o meu trabalho está a ser bem feito e reconhecido pela Direcção. A minha vontade era ficar. Só se não ficasse é que começaria a procurar outro Clube, porque a minha intenção era sempre ouvir a proposta do Sporting CP, antes de qualquer coisa”, referiu o jogador depois de assinar o contrato, juntamente com Bruno de Carvalho, Presidente do Clube.

“O Sporting CP, para mim, não é só um trabalho, já virou uma paixão. Estou aqui há um ano e meio e acompanho o Futebol, o Hóquei, o Andebol, muitas modalidades, e fico muito feliz quando o Sporting CP ganha, chateado quando perde. Já me comporto como um adepto”, acrescentou.

Diogo considera que a passagem pelo Clube, hoje prolongada, tem melhorado as suas capacidades como atleta. “Hoje sou melhor jogador do que quando cheguei, sem dúvida. Como os treinos são muito fortes, mais competitivos do que os próprios jogos, a tendência é sempre melhorar”, rematou Diogo, que tem um objectivo claro para as próximas temporadas ao serviço do Clube. “Quero ganhar todas as competições”.

O internacional espanhol Pedro Gil já assinou contrato com o Sporting CP para a próxima época.

O goleador, de 35 anos, chega dos italianos do HC Forte dei Marmi, actuais segundos classificados no Campeonato transalpino (com os mesmos pontos do líder) e já apurados para os Quartos-de-Final da Euroleague Cup, onde podem vir a defrontar o SL Benfica.

Gil é o melhor marcador da prova europeia, com 13 golos (só no último jogo marcou cinco). Trata-se de um jogador bem conhecido em Portugal, que apesar de ter começado por jogar no Clube Infante de Sagres, aos 20 anos, acabou por fazer uma sólida carreira no FC Porto, onde esteve em duas ocasiões, conquistando vários títulos.
Partilhar:
Ler Post

02/02/2016

André Carrillo muda-se para a Luz

Já é oficial: o ala/extremo peruano André Carrillo, de 24 anos (completa 25 anos no próximo mês de Junho) assinou um contrato válido a parir do próximo dia 1 de Julho, por 5 épocas, com o SL Benfica.

O peruano chegou a Alvalade em Julho de 2011, proveniente do Club Alianza Lima, por valores a rondar os 700 mil €, numa altura em que se propalava o interesse por parte do FC Porto. Ruma agora à Luz, numa espécie de révanche pela contratação de Jorge Jesus por parte do Sporting Clube de Portugal, numa contratação de cariz "livre".

Esta época de 2015/16, André Carrillo alinhou em apenas 7 jogos, num total de 608 minutos (onde somou 1 golo e 3 assistências), devido a um processo disciplinar que lhe foi movido pela Direcção. Recorde-se que o jogador (e/ou o seu empresário) recusaram uma transferência para Inglaterra, no último dia do Mercado de Transferências do Verão passado, e, posteriormente, recusou todas as propostas de renovação, indicando claramente que a sua vontade não era permanecer de leão rampante ao peito.

No acumulado destas 5 épocas com a camisola verde-e-branca, o peruano soma 162 jogos (num total de 9645 minutos - correspondentes a 107,16 jogos), somando 16 golos e 39 assistências. Ajudou a conquistar 1 Taça de Portugal e 1 Supertaça Cândido de Oliveira.

De acordo com vários órgãos de imprensa desportiva, o SL Benfica terá garantido a contratação do internacional pelo Peru, depois de acordar o pagamento de cerca de 10M € (brutos) em prémios ao empresário (Elio Casareto) e ao próprio jogador. Na Luz, André Carrillo auferirá um salário a rondar os 4/5M € (brutos).

Trata-se de uma óbvia derrota do Sporting Clube de Portugal e do seu Presidente, Bruno de Carvalho - que, de facto, em 3 anos de mandato, não conseguiu assegurar a permanência do criativo em Alvalade -, ainda que André Carrillo não seja "o melhor jogador do Clube" mas, antes, um jogador que, aos 25 anos, tarda em ser consistente nas sua exibições, sem desfavor para toda a qualidade que sempre demonstrou.

Ao atleta, o SVPN reserva votos de boa-sorte, excepto quando em confronto directo com o Sporting Clube de Portugal!
Partilhar:
Ler Post

Salim Cissé a caminho do Vitória de Setúbal

É oficial: Salim Cissé faz o caminho inverso a Rúben Semedo e troca as riscas verde-e-brancas horizontais pelas verticais para servir as cores do Vitória Futebol Clube, por empréstimo até final da corrente temporada.

O avançado guineense de 23 anos, contratado à AA Coimbra em 2013/2014, por 750 mil €, nunca se impôs em Alvalade, demonstrando logo desde cedo não ter capacidade para sequer servir a Equipa B, nem sequer tirar proveito desportivo dos empréstimos a equipas de menor relevo.

Esta época, Salim Cissé alinhou em 9 jogos (num total de 146 minutos) pelo Sporting B, não conseguindo qualquer golo.

Boa-sorte, Cissé!!!
Partilhar:
Ler Post

01/02/2016

Tomás Rukas e "Neymar" Canhembe reforçam Equipa B

O Sporting Clube de Portugal inscreveu Tomás Rukas, jogador russo de apenas 19 anos.

O defesa, que tem também nacionalidade lituana, estava na Equipa B do Getafe CF, mas na época passada representou a UD Leiria. Agora regressa a Portugal, mas para o Sporting CP, com destino à Equipa B.

Esta época, o jovem contabilizava 9 jogos na II Divisão B de Espanha, num total de 687 minutos.

Também inscrito pelo Sporting CP, este Segunda-feira, foi Amânsio Canhembe, mais conhecido por "Neymar" Canhembe, avançado de 18 anos, que, em princípio, representará também a formação secundária dos leões.
Partilhar:
Ler Post

Fredy Montero ruma à China: Leões recebem 5M € por 80% do passe

É oficial: Fredy Montero está de saída do Sporting CP para o futebol chinês. O avançado colombiano ruma ao Clube de onde proveio Hernán Barcos, o o Tianjin Teda FC, que paga 5M € por 80% do passe do jogador. Especula-se que este será um negócio terá, por isso, a ver com a chegada do argentino a Alvalade.

Montero chegou a Alvalade em 2013/2014 contratado ao Seattle Sounders FC, da MLS, sendo na altura o maior investimento feito pela Direcção de Bruno de Carvalho - 3.5M €.

Dotado com uma qualidade técnica de um pré-destinado, o colombiano fez por várias vezes as delícias do adeptos leoninos com grandes golos de recorte técnico e foi responsável pelo arranque fulgurante na época de estreia com Leonardo Jardim ao comando. Mas, antes dos golos, é preciso olhar para Fredy Montero com mais atenção: o seu maior destaque era a inteligência com que se movimentava em campo e, claro, a sua criatividade entre-linhas.

Fredy Montero alinhou em 94 partidas oficiais pelos leões (5735 minutos), assinando 37 golos e 13 assistências.

Leia, abaixo, o Comunicado Oficial
Nos termos e para efeitos do cumprimento da obrigação de informação que decorre do disposto no artigo 24 8º, nº1 al. a) do Código dos Valores Mobiliários, o Conselho de Administração da Sporting Clube de Portugal – Futebol, SAD (Sporting SAD), informa que chegou a acordo com o Tianjin Teda Football Club para a transferência a título definitivo do Jogador Fredy Montero pelo valor de 5 milhões de euros, ficando a Sporting SAD com 20% dos direitos económicos do referido Jogador .
Boa-sorte, Montero!!!
Partilhar:
Ler Post

Labyad cedido ao Fulham: empréstimo até final da época, com opção por mais uma época

É oficial: o criativo marroquino Zakarya Labyad, de 22 anos, vai alinhar nos ingleses do Fulham FC, por empréstimo cuja duração se estende até ao final da presente época, com possibilidade de renovação do empréstimo por mais uma temporada - até ao final da vigência do seu contrato com o Sporting Clube de Portugal.

Fora dos planos de Jorge Jesus, o avançado alinhava na Equipa B leonina onde, este temporada, alinhou em 14 jogos (1057 minutos), assinando 3 golos e 2 assistências.

Desde 2012, o marroquino alinhou apenas em 27 partidas oficias pela formação principal (1312 minutos), conseguindo 3 golos e 2 assistências.

Boa-sorte, Labyad!!!
Partilhar:
Ler Post

Sacko emprestado ao Sochaux até final da época

É oficial: o avançado francês Hadi Sacko está de volta ao seu País. O Sporting Clube de Portugal chegou a acordo com o FC Souchaux-Montbéliard para o seu empréstimo, até final da presente temporada.
Recorde-se que Hadi Sacko chegou no Verão de 2014, proveniente do FC des Girondins de Bordeaux, por 1M €, e assinou contrato até 2020 com os leões.

O avançado fez apenas 4 jogos pela formação principal do Sporting Clube de Portugal - num total de 79 minutos, tendo alinhado também alinhado pela Equipa B, onde perfez 54 jogos (2265 minutos), assinando 10 golos e 5 assistências.

Boa-sorte, Sacko!
Partilhar:
Ler Post

Tanaka de regresso ao Japão, emprestado por época e meia

O avançado japonês Junya Tanaka, de 28 anos, está de volta ao seu País-Natal. O nipónico, contratado no Verão de 2014, por 750 mil €, aos japoneses do Hitachi Kashiwa Reysol, regressa ao Clube de onde saiu, por empréstimo de época e meia. Os japoneses ficam ainda com opção de compra (por valor não disponibilizado) sobre o avançado.

Refira-se que Junya Tanaka não tem tido grandes oportunidades, sob a orientação de Jorge Jesus. Esta época, o avançado alinhou em apenas 7 jogos, num total de 160 minutos.

No acumulado, o nipónico representou o Sporting Clube de Portugal em 35 jogos oficiais (1325 minutos), somando 7 golos e 6 assistências.

Boa-sorte, Tanaka!!!
Partilhar:
Ler Post

Hernán Barcos é reforço de Inverno: avançado de 31 anos assinou por época e meia

O internacional argentino Hérnan Barcos, de 31 anos (completa 32 anos no próximo mês de Abril) é o avançado escolhido!

O avançado, que se notabilizou no Brasil (ao serviço do SE Palmeiras e do Grémio FB Portalegrense) chega proveniente dos chineses do Tianjin Teda FC, para onde se transferiu em Fevereiro de 2015, por 2.65M €.

Hernán completou o último jogo no dia 31 de Outubro, dia da última jornada da Super League chinesa. No total, alinhou em 29 jogos, num total de 2582 minutos, assinando 14 golos e 10 assistências.

Apesar de não haver informação oficial, ao que tudo indica, El Pirata - como é conhecido, chega ao Sporting Clube de Portugal livre de encargos. O atleta assinou contrato válido por época e meia (até Junho de 2017) com opção por mais duas épocas. A sua cláusula de rescisão está fixada em 60M €.

Bem-vindo, Hernán!
Partilhar:
Ler Post

31/01/2016

SVPN Scouting - À procura do talento desperdiçado: Zinedine Ferhat

O SVPN prepara-se para apresentar uma lista de jogadores jovens de grande talento , que estarão porventura a ser desperdiçados e o Sporting CP poderia aproveitar essa mesma desvalorização para os contratar a baixo preço e depois valorizá-los em Alvalade em conformidade com seu potencial. Não serão apresentados apenas jogadores do mercado estrangeiro mas também um Scouting Inside. Os jogadores apresentados são todos dentro do perfil físico e técnico que achamos que Jorge Jesus pretende.

Zinedine Ferhat 
Muito se tem falado no Sporting CP sobre a falta de um desequilibrador , um jogador de mudança de velocidade e dribble em condução para o ataque aos autocarros que estacionam em Alvalade. Na Argélia mora um desconhecido , e isto muito por culpa do enorme talento que se tem vindo a encontrar neste país nos últimos anos , e só para a posição de extremos , há jogadores como Feghouli , Mahrez , e Yacine Brahimi , no entanto o talento não fica por aqui , Zinedine Ferhat , talentoso extremo/médio ofensivo parece estar destinado a seguir o caminho das estrelas , com uma facilidade para desequilibrar em velocidade notável , não joga apenas pelas alas , é muito forte no jogo interior onde mostra que poderá vir a ser também um médio ofensivo no futuro , dono uma completude física invejável com o 1.80 cm , poderá enganar pelas estatísticas onde se mostra pouco goleador mas é devido ao facto de procurar sempre o serviço da equipa, talvez a razão pela qual tenha feito a sua estreia ( e única participação ) pela seleção com a camisola 10. Depois do sucesso de Islam Slimani que acaba por ser a referência magrebina do Sporting CP , não seria complicado trazer este talento para Alvalade e ser um projeto de médio prazo , ainda para mais acabando o seu contrato com o seu atual clube USM Alger em 2016 , ou seja já é um jogador livre.

Partilhar:
Ler Post

30/01/2016

Cosme Machado tentou (penalty por assinalar e golo irregular validado)... mas não conseguiu: Leão defende a liderança após ganhar a Académica (3-2) num jogo em que o árbitro foi o homem do jogo

Liga NOS

Estádio José Alvalade
40 139

Assistência

Árbitro
Cosme Machado

Titulares: Rui Patrício; João Pereira, Naldo, Rúbe Semedo e Marvin Zeegelaar; William Carvalho e Adrien Silva (cap.); João Mário e Carlos Mané; Bryan Ruíz e Islam Slimani.
Suplentes: Ažbe Jug; Ricardo Esgaio e Ewerton; Alberto Aquilani; Gelson Martins e Matheus Pereira; Fredy Montero.
Fora da Ficha de Jogo: Nada a registar.
Treinador: Jorge Jesus.

Golos:
  • 8' - Golo de Rafa Soares (0-1). Leandro Silva bate o canto rasteiro, na esquerda do ataque academista, para o remate de primeira do colega, completamente solto, a abrir o marcador!
  • 30' - GOLO de Adrien Silva (1-1). Lance individual de Adrien Silva e grande golo. O médio passa por Fernando Alexandre em drible em, já de ângulo apertado, atira para o segundo poste. É o 6.º golo do capitão leonino na Liga NOS, e o 7.º em toda a temporada. 
  • 43' - GOLO de Bryan Ruíz (2-1). Asneira de Nuno Piloto que perde uma boa para João Mário à entrada da área. Carlos Mané aproveita o «brinde», desce até à linha de fundo e cruza para a finalização fácil de Bryan Ruíz. É o 2.º golo do costa-riquenho na Liga NOS, e o 7.º em toda a temporada.
  • 58' - Auto-golo de Ewerton (2-2). Golo mal validado aos academistas por offside de João Real, que interfere activamente na jogada! Livre da esquerda do ataque academista, Rui Patrício soca a bola, que ressalta num adversário e acaba por entrar na baliza dos leões.
  • 84' - GOLO de Fredy Montero (3-2). Cruzamento da direita, por João Pereira, e erro de Hugo Seco! O extremo (adaptado a lateral) falha o corte de forma incrível e Fredy Montero aproveita nas costas. Recebe e marca. O colombiano repõe a justiça no marcador! É o 3.º golo do avançado colombiano na Liga NOS, e o 6.º em toda a temporada.
Substituições:
  • 32' - Entra Ewerton, sai Naldo. Por lesão. 
  • 46' - Entra Gelson Martins, sai William Carvalho. João Mário deriva para o centro do terreno.
  • 66' - Entra Fredy Montero, sai Carlos Mané. Bryan Ruíz deriva agora para a ala.
Disciplina:
  • 13' - Hugo Seco empurra Carlos Mané, na área da briosa. penalty por assinalar a favor dos leões e cartão vermelho directo por mostrar ao estudante.
  • 41' - Cartão amarelo para Adrien Silva. Por marcar livre sem autorização de Cosme Machado. É o 8.º cartão amarelo do médio leonino na Liga NOS (fica, portanto, em risco de exclusão), e o 13.º em toda a época.
  • 42' - Cosme Machado expulsa o Treinador leonino, Jorge Jesus, do banco técnico. Supostamente por protestos. 
  • 47' - Falta dura de Rafael Lopes sobre Adrien Silva. Cosme Machado "guarda" a cartolina amarela. 
  • 50' - Primeira falta de Ewerton na partida, e... cartão amarelo para o defesa-central brasileiro. Por falta sobre Rafa Soares. É o 2.º cartão amarelo na Liga NOS e em toda a época.
  • 52' - Falta assinalada a Marvin Zeegelaar, na esquerda do ataque leonino, quando ia a ser puxado por Hugo Seco... 
  • 76' - Ewerton a  recorrer muita à falta. Com este árbitro, arrisca-se... 
  • 82' - Cartão amarelo para Marvin Zeegelaar. Por travar contra-ataque por Gonçalo Paciência. É o 6.º cartão amarelo do holandês na Liga NOS, e o 9.º em toda a época.
  • 88' - Nélson Pereira, Treinador de guarda-redes do Sporting CP, é também expulso do banco técnico, por Cosme Machado! Incrível, esta arbitragem...

Partilhar:
Ler Post

Oriol Rosell a caminho de Guimarães

Oriol Rosell é o mais recente reforço do Vitória SC. O médio-defensivo, de 23 anos, chega ao Minho cedido pelo Sporting Clube de Portugal até ao final da presente época, alargando as opções de Sérgio Conceição para o meio-campo.

De acordo com a imprensa desportiva, o Clube vimaranense com direito de opção para assinar com o jogador: este direito de opção pode ser exercido através de uma troca de jogadores (de acordo com a imprensa desportiva, os leões asseguraram a preferência sobre o guarda-redes Miguel Silva e o avançado - ex-leão - Xande Silva) ou por direitos futuros sobre Rosell.

Depois de na época passada ter sido utilizado em 22 jogos (1075 minutos), Rosell não conseguiu convencer Jorge Jesus da sua qualidade e não somou qualquer minuto esta temporada pelos leões.

Chega agora a Guimarães para relançar a carreira e ajudar os vimaranenses na luta pela UEFA Europa League.

Boa-sorte, Rosell!!!
Partilhar:
Ler Post

Et Pluribus Corruptus

Em bom momento me afastei da opinião pública Sportinguista. Não pelo Sporting Clube de Portugal ou qualquer um dos seus intérpretes, mas pelo estado do Futebol Português - que se aproxima a passo largo para um abismo de que dificilmente conseguirá sair. Ou, pelo menos, não sem a ajuda dos próprios Clubes, que terão que conseguir unir-se numa mini-revolução regulamentar...

Não vou sequer tentar elencar tudo o que se passou desde Junho do ano passado. Não tenho tempo nem sequer a paciência necessários para o fazer. Tenho a consciência - quiçá utópica - de que as pessoas não são todas esquizofrénicas nem paranóicas e que, portanto, observam o desenrolar da realidade dos factos com a mesma lucidez que um norte-americano que nunca cá pôs os pés nem, muito menos, conhece os corredores e os meandros com que se cose a Liga e a Federação. Se referi Junho de 2015 como ponto de viragem podia ter referido Junho de 1980; a única diferença é que o polvo mudou de mãos. E de nomenclatura. E não se chama Paul nem tem dons adivinhatórios; antes, o poder de um mestre titeriteiro, que subverte e antecipa os acontecimentos a seu favor. Sem pejo nem uma réstia de honra. Assim, à cara podre!

Olha-se para o Sporting Clube de Portugal, hoje, como uma doença venérea. Também muito por uma estratégia de manipulação operada em quasi-uníssono por muitos dos nossos inimigos - sim, inimigos mesmo; os mesmos que há um par de anos nos diziam que "um Sporting forte faz falta ao Futebol Português", naquele tom de velório em que toda a gente fala bem do falecido que, em vida, era um tremendo filho da p***. Oh, a hipocrisia onde por tantos anos esconderam o verdadeiro ódio com que sempre nos encararam!...

O que se diria de Roosevelt e Churchill hoje, se aquele acordo com Stalin não tivesse resultado e, hoje, estivéssemos sob a influência de uma Alemanha nazi?! Talvez não merecessem os pedestais em que hoje se os colocam...

Quem me conhece sabe que sou um homem de princípios e que, portanto, embarcarei sempre nessas naus, nem sempre seguras, onde se luta por ideiais puros. Excepção feita, claro, aos extremismos bacocos que não geram mais senão mais extremismo. Bem sei que se diz amiúde, sem se saber muito bem de onde e como surgiu, que alguém com princípios é um tolo. Mas também sei que o maior prazer de um sábio é passar-se por tolo diante de um tolo que se quer passar por sábio.

O Sporting Clube de Portugal sofre hoje as consequências dessa luta, utópica e nem sempre profícua. Bateu de frente contra um infindável muro de Berlim, incapaz de passar a grande muralha da China e conquistar o seu território. Incapaz não por culpa própria, mas porque os Deuses do Olimpo futebolístico português pararam no tempo, a meio do séc. XX. Nem Zeus já é Zeus; perdeu a omnipotência que o separava de qualquer um dos seus súbditos, e é hoje um servo do status quo. Nas ruas da Constituição (Porto) e Alexandre Herculano (Lisboa) só passa quem paga o dízimo.

Houve um dia "alguém" que disse, mal-entendido, que "tenho nojo do Futebol Português". Logo se levantaram as vozes de burro, sem perceberem que nunca chegariam aos céus, e as virgens ofendidas mas só das orelhas. Esquecendo-se, obviamente, que já outros antes ousaram dizer o mesmo, no mesmo exacto contexto: os tão idolatrados Presidentes dos nossos maiores rivais, Luís Filipe Vieira e Jorge Nuno Pinto da Costa. Os mesmos a quem, para minha profunda tristeza, até Sportinguistas acendem velas e rezam o Pai-Nosso a cada dia, como se se tratasse de 2 divindades terrenas - qual Jesus Cristo. As super-stars aqui são estas...

E o anti-Cristo, diz-nos o Livro das Revelações por que se regem, está identificado: Bruno de Carvalho. Um pária da sociedade desportiva, "fora do sistema", fora da mãe - como se costuma dizer. É nele que recai a soma de todos os males que vêm ao Mundo. Não só pelos demais, mas pelos que deviam ser de menos também, alguns dos nosso próprios sócios e adeptos. Não que se deva defender algo ou alguém porque sim, mas porque, notoriamente, há lutas, batalhas, uma guerra a travar.

Se há guerras que fazem sentido e valem a pena são estas, em que temos a certeza que guerreamos não pela destruição, mas pela defesa de um princípio básico, não só do Futebol mas do Mundo: a Justiça!
Partilhar:
Ler Post