Próximo Jogo


04.04 vs 20h15

quinta-feira, 26 de março de 2015

Obrigado, Naide!


Naide Gomes anunciou, esta tarde de Quinta-feira, o fim da carreira como atleta da modalidade pela qual conquistou inúmeras medalhas nacionais, europeias e mundiais.

A despedida teve lugar no Hotel Fonte Cruz. “Todos temos de saber quando chega o fim da nossa carreira”, começou por referir a Campeã leonina. “Foi uma carreira de sucessos e insucessos, como todas. Alcancei todos os meus objectivos durante estes anos, todas as medalhas representam muito esforço e dedicação”, confessou de seguida.

Quero agradecer a toda a gente que me acompanhou ao longo destes anos, principalmente ao meu treinador que acreditou em mim em todos os momentos, mesmo naqueles em que eu própria não acreditava”, salientou Naide.

Em paralelo, a atleta não esqueceu a importância do Sporting CP ao longo da carreira, uma das maiores e mais apetrechadas no panorama desportivo nacional. “Todos tiveram um papel importante. No entanto, sem o meu Clube, sem o Sporting CP, nunca teria chegado onde cheguei, desde o apoio à oportunidade que chegou, aos 17 anos, por intermédio do Professor Moniz Pereira, a quem também tenho muito que agradecer”, admitiu.

Por fim, a atleta anunciou também que está grávida de 15 semanas, factor que foi de alguma forma uma alavanca para esta tomada de decisão. “Já andava a pensar em tomar esta decisão. A gravidez foi mais um motivo. Estou muito feliz com a maternidade. Este será o meu próximo salto, a minha maior competição”, concluiu.

A consultar: Naide Gomes - Wiki Sporting

Obrigado, Naide!

quarta-feira, 25 de março de 2015

Hóquei em Patins: Vitória tranquila do Leão nos Açores

Os candidatos venceram e, quando a jornada é parca em surpresas, pouco se altera no cimo da classificação.

O Sporting CP venceu a Candelária SC por 5-8, num encontro inteiramente controlado pelos pupilos de Nuno Lopes, mas mantém o sexto lugar, dado que OC Barcelos, AD Valongo e UD Oliveirense também triunfaram nesta 22ª jornada.

No Pico, Tiago Losna inaugurou o marcador logo no primeiro minuto, empatando Edgar Pereira um minuto depois. A partir daqui o Sporting CP partiu para uma exibição convincente e condizente com o resultado tranquilo que foi construindo. João Pinto voltava a dar vantagem aos verde-e-brancos ao minuto nove, dilatando quatro minutos depois. Ricardo Figueira e novamente o Mustang – ambos a cinco minutos do intervalo - colocaram o marcador em 1-5 para o lado forasteiro. Ao minuto 23 o internacional brasileiro Alan Fernandes reduzia para 2-5 mas Poka – recentemente chamado à Selecção Nacional para o Torneio Internacional de Montreux, juntamente com Ângelo Girão e o Palanca Negra João Pinto – voltava a colocar em quatro a diferença no resultado a dez segundos do descanso.

Na etapa complementar Tiago Losna voltou a marcar (27’) e dois minutos depois Rúben Sousa reduziu de livre directo, o mesmo lance que permitia a Poka bisar no encontro, ao minuto 21. Os últimos cartuxos foram gastos pelo argentino natural de Buenos Aires, Mauro Fernández, que marcou por duas vezes nos últimos dois minutos, fixando o resultado final em 5-8 a favor dos leões.

Na próxima jornada, agendada para as 16h do próximo dia 28, Sábado, os leões recebem a formação da UD Oliveirense.

segunda-feira, 23 de março de 2015

Iuri Medeiros e os empréstimos

Para começar, gostava de esclarecer que não sou contra os empréstimos - muito pelo contrário. Considero e sempre considerei, que em certas situações um empréstimo é o mais benéfico para o jogador, bem como para o Clube que o cede. Dar oportunidade ao jogador de ter minutos num contexto mais competitivo, sujeito a estímulos de maior complexidade é fundamental na evolução de um jovem atleta. Até aqui penso que estamos todos de acordo, 

No entanto, há uma premissa que, na minha opinião, deve ser sempre seguida quando se pensa em emprestar um atleta: o jogador em questão tem ou não tem mais qualidade que o(s) jogador(es) que disputam o lugar com ele no Clube de origem? É neste ponto que baseio a minha análise a todos os empréstimos que o Sporting CP faz. Não é a idade, nem a altura, nem os jogos que já fez como sénior que me fazem considerar um empréstimo uma boa ou má solução, é a qualidade que o jogador tem. Qualidade essa que não se "mede" em anos, metros ou jogos, mas na relação que o jogador tem com a bola, na sua inteligência, na sua criatividade, na sua tomada de decisão, entre vários outros factores. 

Posto isto, o empréstimo de Iuri Medeiros, foi a melhor decisão? Na minha opinião, não. Não é que o empréstimo não lhe faça bem, porque o faz. Tem minutos numa equipa que actua na I Liga estando por isso sujeito a estímulos de maior complexidade, factor esse que contribui para a sua evolução. O que eu questiono é: mas por que é que essa equipa não poderia ser o Sporting CP

Olhando para o actual plantel e para o 11 inicial, nenhum jogador (principalmente os que jogam no corredor central) se aproxima do perfil de Iuri Medeiros. A qualidade técnica com que conduz a bola, a inteligência e a criatividade com que descobre linhas de passe fazem dele um jogador acima da média. Ao contrário do que muita gente pensa, o Iuri é um jogador bastante inteligente na maneira como se relaciona com os colegas dentro de campo. Não foram precisos muitos minutos pelo FC Arouca para termos a confirmação do talento que é o jovem açoriano. E não, não foi na equipa comandada por Pedro Emanuel que aprendeu algo enquanto jogador; simplesmente tem tido algo que no Sporting CP não tinha: minutos de jogo na I Liga. Minutos num contexto de jogo motivante, estimulante e desafiante para as suas capacidades. 

Como é que num Clube que quer praticar bom futebol se emprestam jogadores como o Iuri Medeiros, e jogadores como Adrien Silva, Héldon e/ou Diego Capel têm minutos? Como é que num Clube que tem que assumir a maior parte dos jogos, que tem que desorganizar equipas com 11 jogadores atrás da linha da bola, se emprestam os jogadores com mais visão de jogo e com mais criatividade? Honestamente, não consigo compreender. Os melhores devem jogar, ponto. Independentemente da idade, da experiência, etc., quem tem mais qualidade deve ser opção. Sendo o Sporting CP um Clube mais limitado em recursos financeiros que os rivais, só tirando o melhor rendimento dos recursos humanos que tem ao seu dispôr (jogadores) é que poderá competir com eles. 

É preciso deixar de lado os preconceitos relacionados com os jogadores mais jovens e passar-se a olhar para o que realmente importa, a qualidade. E Iuri Medeiros é sinonimo de qualidade. Deliciem-se com a criatividade exposta nestas duas assistências da nossa jovem promessa, nesta última jornada do campeonato. Fantástico!



domingo, 22 de março de 2015

Leão vingou-se da derrota em Guimarães, goleando em Alvalade, por 4-1

Árbitro
Jorge Sousa
Assistência | Média (Fora)
35 979 | 31 113

Titulares: Rui Patrício (cap.); Miguel Lopes, Paulo Oliveira, Ewerton e Jefferson; William Carvalho, Adrien Silva e João Mário; André Carrillo, Nani e Islam Slimani.
Suplentes: Marcelo Boeck; Tobias Figueiredo; Oriol Rosell e André Martins; Carlos Mané; Junya Tanaka e Fredy Montero.
Fora da Ficha de Jogo: Nada a registar.
Treinador: Marco Silva.

Golos:
  • 14' - GOLO de João Mário (1-0). O Sporting CP marca no primeiro remate que faz à baliza! Tudo começa numa recuperação de bola de Miguel Lopes junto à área adversária, a abrir rápido na direita em André Carrillo, que cruza perfeito para a entrada de João Mário ao segundo poste, de cabeça, a finalizar com um excelente golpe! É o 5.º golo do médio no Campeonato, e o 7.º em toda a época. 
  • 34' - GOLO de Adrien Silva (2-0). Na conversão de grande penalidade (aparentemente mal assinalada) a castigar braço na bola de Josué, na área vimaranense. É o 5.º golo do médio no Campeonato, e o 7.º em toda a época.
  • 45' - GOLO de Islam Slimani (3-0). Miguel Lopes vai à linha e tira o cruzamento para a cabeça de Islam Slimani, que faz o terceiro do Sporting CP! É o 9.º golo do argelino no Campeonato, e o 11.º em toda a época.
  • 75' - GOLO de Nani (4-0). Na conversão de uma grande penalidade (desta feita, bem assinalada), a castigar falta de Nii Plange sobre Carlos Mané. É o 6.º golo do extremo no Campeonato, e o 11.º em toda a época. 
  • 82' - Golo de Kanu (4-1). Livre favorável ao Vitória SC, a bola desvia na barreira e vai para Kanu. Rui Patrício e Jefferson preferem ficar junto à baliza e deixam o central cabecear. O lateral falha o corte e a bola entra mesmo.
Substituições:
  • 72' - Entra Carlos Mané, sai André Carrillo
  • 78' - Entra André Martins, sai Adrien Silva
  • 84' - Entra Tobias Figueiredo, sai João Mário. Marco Silva reajusta a equipa.
Disciplina:
  • 19' - André Carrillo domina a bola para lá da linha lateral. O árbitro auxiliar deixou seguir o lance.
  • 20' - Cartão amarelo para Miguel Lopes. Pora falta dura sobre Sami. É o 2.º cartão amarelo do lateral no Campeonato, e o 3.º em toda a época.
  • 28' - Cartão amarelo para Adrien Silva. Por falta sobre Nii Plange. Lance dividido entre os dois jogadores, com mostragem (algo forçada) de cartão. É o 9.º cartão amarelo do médio no Campeonato (fica, portanto, de fora do próximo jogo, na deslocação a Paços de Ferreira), e o 11.º cartão amarelo em toda a época. 
  • 33' - Lance aparentemente involuntário de mão na bola, na áreavimaranense, de Josué após remate de Nani. Mal, Jorge Sousa na análise ao lance...
  • 36' - Canto favorável aos leões não assinalado. Ao invés, Jorge Sousa dá pontapé-de-baliza para o Vitória SC
  • 62' - Offside por assinalar ao ataque vimaranense. Alex recebe a bola em posição irregular, antes de centrar para a área leonina.
  • 67' - Cartão amarelo para Paulo Oliveira. Por falta sobre Ricardo Valente. É o 4.º cartão amarelo do central no Campeonato, e o 5.º em toda a época. 
  • 70' - Cartão amarelo para William Carvalho. Por falta sobre Bernard. É o 6.º cartão amarelo do médio no Campeonato, e o 8.º em toda a época. 
  • 81' - Segundo cartão amarelo (e consequente expulsão) de Paulo Oliveira. Por falta sobre Tomané. O central falha também a deslocação a Paços de Ferreira. É o 1.º cartão vermelho do central esta temporada. 
  • 90' - Cartão amarelo para Carlos Mané. Por jogo perigoso . É o 4.º amarelo do avançado no Campeonato, e em toda a época.
  • 90' + 2 - Jorge Sousa assinala o final da partida, quando Islam Slimani se isolava para a baliza de Douglas.

Modalidades: Hóquei leonino vence em Azeméis e está na Final-Four da CERS Cup | Rugby leonino vence Derby e marca encontro com Santarém, no Play-Off | Futsal Feminino entra a vencer na Taça Nacional | Basket Feminino perde frente a ES Amadora

  • Hóquei em Patins (CERS Cup)
O Sporting CP apurou-se em Oliveira de Azeméis para a Final-Four da CERS Cup, após vitória por 1-4 frente ao conjunto local. Na primeira-mão, os leões foram derrotados por 2-3.

Depois do equilíbrio inicial e do ritmo ameno, a eliminatória começou a ser igualada - e desequilibrada para o lado verde-e-branco - ao minuto 16, altura em que Ricardo Figueira fez o primeiro tento do encontro. O internacional português voltou a ser feliz em Oliveira de Azeméis – onde se sagrou Campeão do Mundo em 2003 – fazendo o segundo para o Clube de Alvalade que desta forma passava para a frente da eliminatória, ainda no primeiro tempo.

Na etapa complementar a UD Oliveirense reduzia para 1-2, por intermédio de Gonçalo Alves de livre directo. Nuno Lopes pouco mexeu na equipa - ao contrário de Tó Silva - e a hora da verdade começava a aproximar-se. As faltas de equipa também não estavam a favorecer os leões que estavam mais perto de proporcionar novo livre directo aos aveirenses do que o contrário. Assim, o terceiro golo marcado aos 12 minutos do segundo tempo por Poka acabou por fazer toda a diferença, voltando a colocar o Sporting CP nas ‘Meias’ da CERS Cup. Tiago Losna, no último minuto, completou a reviravolta e confirmou a passagem à Final-Four.

Em local a confirmar, é já certa a presença leonina que defrontará a formação catalã do Igualada HC, que venceu a eliminatória frente aos italianos do AP Follonica Hockey.

O próximo jogo, já referente à Jornada 22 do Campeonato Nacional da I Divisão da modalidade, está agendado para as 22h do próximo dia 25, Quarta-feira, na deslocação dos leões ao reduto do Candelária SC.

  • Rugby (Campeonato Nacional - Primeirona - Fase de Apuramento)
Não havia volta a dar. O Sporting CP tinha de conseguir um bom resultado para seguir em frente e foi isso mesmo que fez, e logo frente ao SL Benfica.

Num jogo muito disputado, o SL Benfica começou por cima do encontro na Sobreda, mas a equipa verde-e-branca manteve a calma e muita concentração e até chegou à vantagem a partir de um pontapé. Ao longo de toda a partida o marcador esteve quase sempre empatado até que o SL Benfica conseguiu a vantagem, estando o encontro a 9-6. Contudo, a equipa dos leões mostrou as garras e foi à luta pelo resultado e pelo apuramento e, com menos de 10 minutos por jogar, o Sporting CP chega à vantagem com o primeiro e único ensaio do jogo e consequente conversão, sentenciando o resultado final (9-13).

Com este resultado, os leões terminam a fase de apuramento no 5.º posto e defrontarão agora a formação do RC Santarém, no fim-de-semana de 11 e 12 de Abril.

Classificação & resultados aqui.
  • Futsal Feminino (Taça Nacional - Série G)
A equipa feminina de Futsal do Sporting CP começou da melhor forma a participação na Taça Nacional, conseguindo uma importante vitória na recepção à AAU Évora, no Pavilhão Paz e Amizade (Loures), por 3-1.

Catarina, Beta e Ana Marques apontaram os tentos do conjunto leonino, que continua a somar por vitórias todos os encontros realizados na presente temporada à excepção de dois empates consentidos na Divisão de Honra do Campeonato Distrital da AF Lisboa.

Com este resultado, o Sporting CP ocupa o primeiro lugar da Série G da competição com três pontos, os mesmos que a AAU Évora.

A próxima jornada desta competição está agendada apenas para as 16h do próximo dia 5 de Abril, Domingo, na deslocação das leoas ao reduto da formação do CDCC Posto Santo. Antes, pelas 16h do próximo dia 28, as leoas recebem a formação do CD Ourentã, em jogo relativo aos Quartos-de-Final da Taça de Portugal.

  • Basquetebol Feminino (Campeonato Nacional - I Divisão - Fase Regular)
A equipa feminina de Basquetebol do Sporting CP foi hoje surpreendida pelo CBES Amadora, na Escola Secundária do Lumiar, por 53-57, em jogo a contar para a Jornada 20 da Fase Regular do Campeonato Nacional da I Divisão.

As leoas estiverem quase sempre em desvantagem no encontro, saindo a perder por cinco pontos no final do primeiro período (15-20) e por nove ao intervalo (24-33).

Apesar do mau terceiro tempo (35-49), o conjunto verde-e-branco ainda esboçou uma grande reacção que reduziu os números da derrota e poderá ‘ajudar’ a equipa leonina em caso de empate com a CBES Amadora no final da Fase Regular.

Com este resultado, o Sporting CP mantém o primeiro lugar com 34 pontos, os mesmos que AD Ovarense e CBES Amadora.

Na próxima jornada - a penúltima, agendada para as 21h do próximo dia 4 de Abril, Sábado, as leoas deslocam-se ao reduto do Montijo BB.

Formação: Bis de Ponde em nova vitória da Equipa B leonina | Juniores leoninos cimentam 3.º posto após goleada ao Rio Ave | Iniciados leoninos perdem em São João

  • Equipa B (Segunda Liga
A Equipa B do Sporting CP voltou a somar três pontos no Campeonato Nacional da Segunda Liga, passando para nove o número de jogos sem perder. Os pupilos de João de Deus venceram o Atlético CP por 2-0, em jogo da Jornada 36.

Jogo de claro domínio leonino ainda antes da expulsão de Leandro Albano aos 35 minutos. O jogador do Atlético CP cometeu uma grande penalidade claríssima que Cristian Ponde concretizou com sucesso, fixando o resultado ao intervalo.

No segundo tempo o Sporting B continua a superiorizar-se, com muita posse de bola e algumas oportunidades de golo. Prova das dificuldades do clube da Tapadinha é a segunda expulsão, desta vez de Pierre, ao minuto 65. Três minutos depois Cristian Ponde bisava, com uma exímia marcação de um livre directo.

O encontro terminaria com um indiscutível 2-0, de completo domínio leonino e com um Atlético CP reduzido a oito unidades. Desta forma, o Clube de Alvalade subiu ao 4.º posto, embora que à condição - há vários jogos em atraso, a apenas 1 ponto do líder GD Chaves.

A próxima jornada está marcada para o fim-de-semana de 4 e 5 de Abril, na recepção dos leões à formação do SC Leixões.

Classificação & resultados aqui.
  • Juniores (Campeonato Nacional - Fase Final)
Os Juniores do Sporting CP receberam e venceram o Rio Ave FC por 4-1, na Jornada 5 da Fase Final do Campeonato Nacional de Juniores.

Os leões saíram para o intervalo a vencer por três bolas a zero, resistiram a um segundo tempo em desvantagem numérica e alcançaram uma importante vitória na Academia Sporting, em Alcochete.

Só deu Sporting na primeira-parte. Os leões entraram com garra e determinados a mandar na partida desde o apito inicial, empurrando o Rio Ave FC para o seu meio-campo defensivo. Desde cedo a equipa verde-e-branca tomou conta das operações e aproximou-se da baliza adversária com perigo. Matheus Pereira assumiu-se como o motor da formação leonina e desequilibrou as contas para os da casa. Sempre em alta rotação, o brasileiro esteve em destaque e foi peça preponderante nos três golos conseguidos pelo Sporting CP no primeiro tempo. Aos 20 minutos, o camisola oito conduziu bem a bola e entrou na grande área, onde acabou por ser travado em falta por Virgílio. Na conversão da grande penalidade, Rafael Barbosa não perdoou: bola para um lado, guarda-redes para o outro e estava feito o primeiro dos leões. O Rio Ave FC pouco conseguia fazer (o primeiro remate dos vilacondenses surgiu apenas aos 35 minutos) e o Sporting CP aproveitou para dilatar a vantagem. Matheus Pereira com um excelente passe lançou Lisandro Semedo, que cruzou atrasado para o remate certeiro de Rafael Barbosa. O capitão leonino bisou na partida e deixou os verde-e-brancos mais confortáveis. Sem conceder tempo ao adversário para respirar, os leões voltaram a colocar o pé no acelerador e chegaram ao terceiro golo, dois minutos mais tarde. Matheus Pereira, com mais uma grande jogada individual, correu metade do campo e rematou na direcção da baliza, mas a bola desviou num adversário e acabou à mercê de Lisandro Semedo, que de cabeça atirou para o fundo das redes. Ao intervalo, 3-0 para o Sporting CP e uma boa exibição do conjunto verde-e-branco.

O segundo tempo começou com um revés para a equipa leonina: Bruno Wilson viu o segundo cartão amarelo e deixou o Sporting CP reduzido a dez elementos. O Rio Ave FC aproveitou e subiu mais no terreno, nos minutos iniciais. Ainda assim, a formação vila-condense pouco perigo conseguia criar e, com o avançar do relógio, os verde-e-brancos voltaram a assumir as rédeas do jogo. Aos 68’, Rafael Barbosa – mais uma grande exibição do lado leonino – bateu o pontapé de canto e o estreante Aya Diouf ganhou nas alturas, batendo o guardião Maravalhas pela quarta vez na partida. Se a expulsão de Bruno Wilson deu esperança aos vilacondenses, o quarto golo dos leões acabou com esse alento. O jogo entrou numa toada mais lenta, com o Rio Ave FC sem ideias e o Sporting CP a jogar com o resultado a seu favor. Aproveitando um contra-ataque conduzido por José Postiga, os verde-e-brancos quase chegaram ao quinto golo, com Abou Touré a atirar à malha lateral. Antes do término da partida, o Rio Ave FC ainda conseguiu reduzir, por intermédio de Ernest, que fugiu bem na zona central, tirou Pedro Silva do caminho e desviou para a baliza deserta.

No final do encontro, o marcador registava 4-1 a favor do Sporting CP, que alcançou uma importante e indiscutível vitória. Com este resultado os leões ultrapassaram o Rio Ave FC e subiram ao terceiro lugar da tabela classificativa, somando nove pontos, menos três que o primeiro classificado FC Porto.

Na próxima jornada, agendada para o fim-de-semana de 4 e 5 de Abril, os leões recebem a formação do FC Porto.

~
  • Iniciados (Campeonato Nacional - Fase Intermédia - Série Centro)
A equipa de Iniciados do Sporting CP perdeu hoje frente à AD Sanjoanense por 1-0, em jogo a contar para a 9.ª e penúltima jornada da Série Centro da Fase Intermédia do Campeonato Nacional da categoria.

Com este resultado, os leões desceram à segunda posição da tabela classificativa com 19 pontos (seis vitórias, um empate e duas derrotas), a três do líder Anadia FC. No entanto, o conjunto de Pedro Venâncio continua a depender apenas de si para chegar à Fase Final do Campeonato Nacional de Iniciados porque, em caso de vitória frente ao Anadia FC, na Academia, na última jornada, assegura a primeira posição da Série Centro.

quarta-feira, 18 de março de 2015

Equipa B: Diego Rubio decide vitória leonina em Azeméis com novo golo e assistência

A Equipa B do Sporting CP deslocou-se a Oliveira de Azeméis para defrontar (e vencer) a UD Oliveirense, nono classificado, em jogo a contar para a Jornada 35 do Campeonato Nacional da Segunda Liga.

O jogo iniciou-se de forma lenta e muito repartida. Aos 14 minutos, Gelson Martins rematou para a defesa de João Pinho. Na resposta, a UD Oliveirense tenta criar perigo mas a defesa verde-e-branca impediu o perigo. Poucas foram as oportunidades criadas pelas equipas, num terreno tipicamente complicado para as equipas visitantes e chegou-se ao intervalo como se iniciou o jogo: a zeros.

No segundo tempo, o Sporting B entrou melhor e foi criando oportunidades de golo que, por falta de pontaria ou excelente trabalho defensivo da equipa da casa, impediu que a equipa leonina chegasse à vantagem. Contudo, aos 84 minutos, Diego Rubio, que já conta com 10 golos em 12 jogos, inaugurou o marcador e iniciou um final de encontro electrizante: dois minutos depois, Gelson Martins marcou (após assitência do mesmo Diego Rubio), dilatando a vantagem, mas em cima do minuto 90 Rui Lima reduziu para 1-2 e deixou o jogo em aberto até ao apito final, que viria quatro minutos depois.

O Sporting B somou assim mais uma vitória e aumentou para oito o número de jogos consecutivos sem perder. A equipa comandada por João de Deus está em quinto lugar à condição com 57 pontos e apenas a três da liderança.

O técnico João de Deus fez alinhar a seguinte equipa: Luís Ribeiro; André Geraldes, Sambinha, Nuno Reis e Mica Pinto; João Palhinha, Wallyson Mallmann e Ryan Gauld (Francisco Geraldes, 80'); Matheus Pereira (Cristian Ponde, 65'), Gelson Martins (Ramy Rabia, 87') e Diego Rubio.

Diego Rubio (a passe de WallysonManllmann) e Gelson Martins (a passe de Diego Rubio) foram os marcador leoninos desta partida, a passe de Wallyson.

(Em actualização)

Na próxima jornada, agendada para as 11h do próximo dia 22, Domingo, os leões recebem a formação do Atlético CP.

terça-feira, 17 de março de 2015

Bubacar Djaló renova até 2020

O Sporting Clube de Portugal chegou a acordo com o trinco Bubacar Djaló, de 18 anos, para a renovação do seu vínculo contratual até Junho de 2020. A cláusula do jovem luso-guineense fica fixada em 45M €.

Assim, o jovem jogador, classificado em Itália como "o novo Pogba", fica ligado aos leões por mais 5 épocas, depois de avanços e recuos no processo de renovação, que levaram inclusivé o seu empresário, Paulo Rodrigues, a criticar os dirigentes da formação do Clube de Alvalade

Post Scriptum: Segundo o jornal Record, o acordo só foi alcançado depois do de o futebolista natural da Guiné-Bissau ter rescindido contrato de representação com Paulo Rodrigues e ter passado a ser agenciado pelo próprio pai, que conduziu as negociações com os responsáveis leoninos.

"O pai queria que ele assinasse pelo Sporting, fizemos um acordo, devolveram-me o dinheiro que eu lhes tinha pago, são livres de ir à vida deles", explica o agente FIFA, que queria dar a Bubacar Djaló o mesmo caminho que indicou a Zé Turbo: o Inter de Milão. "Éramos para viajar hoje. Eles não quiseram e aceitaram as condições oferecidas pelo Sporting. Está tudo certo", acrescenta Paulo Rodrigues.

Refira-se que o médio não tinha qualquer vínculo contratual com os leões - tinha apenas a ficha de inscrição na Federação, como amador -, pelo que poderia deixar o Sporting CP sem qualquer compensação financeira.

domingo, 15 de março de 2015

Penalty de Adrien Silva vale 3 pontos em dia de aniversário, na Madeira (0-1); Leão cimenta 3.º posto na tabela

Árbitro
Rui Costa

Assistência | Média (Fora)
6 892 | 17 820

Titulares: Rui Patrício (cap.); Cédric Soares, Paulo Oliveira, Ewerton e Jefferson; Oriol Rosell, Adrien Silva e João Mário; André Carrillo, Nani e Islam Slimani.
Suplentes: Marcelo Boeck; Miguel Lopes e Naby Sarr; André Martins; Carlos Mané; Junya Tanaka e Fredy Montero.
Fora da Ficha de Jogo: Nada a registar.
Treinador: Marco Silva.

Golos:
  • 32' - GOLO de Adrien Silva (0-1). Na conversão de uma grande penalidade (bem assinalada) a castigar falta de Raúl Silva sobre Jefferson, na área dos madeirenses. É o 4.º golo do médio leonino no Campeonato, e o 6.º em toda a época.
Substituições:
  • 68' - Entra Carlos Mané, sai André Carrillo
  • 77' - Entra Junya Tanaka, sai Islam Slimani
  • 86' - Entra André Martins, sai João Mário.
Disciplina:
  • 5' - Offside mal assinalado a João Mário, que ficava em boa posição para a baliza dos maritimistas. 
  • 30' - Na sequência de grande penalidade assinalda a favor dos leões, Rúben Ferreira protesta com o árbitro Rui Costa, de forma menos aceitável. O árbitro mostra-lhe apenas a cartolina amarela... 
  • 72' - O árbitro mostra cartão amarelo a António Xavier por simular uma grande penalidade num lance com Cédric Soares. A decisão parece acertada. 
  • 86' - Cartão amarelo para João Mário. Por perder tempo aquando da sua substituição. É o 3.º cartão amarelo do médio leonino no Campeonato, e o 7.º em toda a época. 
  • 89' - Cartão amarelo para Cédric Soares. Por falta sobre Edgar Costa. É o 5.º cartão amarelo do lateral leonino no Campeonato (fica, portanto, de fora da recepção ao Vitória SC), e o 10.º em toda a época. 
  • 90' + 1 - Carga de Moussa Marega sobre Rui Patrício, na área de guarda-redes, não assinalada.
  • 90' + 2 - Cartão amarelo para Rui Patrício. Por demora na reposição da bola em jogo. é o 2.º cartão amarelo do guarda-redes leonino em toda a época

Modalidades: Andebol leonino marca passagem à Final-Four do Campeonato após 2 prolongamentos ante Sporting da Horta | Hóquei leonino carimba passagem aos "Quartos" da Taça de Portugal, após vencer Juv. Viana nas grandes penalidades| Rugby leonino volta a perder | Basket Feminino soma e segue

  • Andebol (Campeonato Nacional - Play-Off)
O Sporting CP garantiu hoje o apuramento para as Meias-Finais do Campeonato Fidelidade Andebol 1 ao vencer o SC Horta, após dois prolongamentos, por 39-34.

Um triunfo que acabou por carimbar o principal objectivo mas onde o resultado acabou por ser bem melhor do que a exibição produzida ao longo dos 80 minutos de jogo, que nada teve a ver com a primeira partida na Horta (23-31).

O Sporting CP não entrou bem no encontro, com alguns remates falhados em termos ofensivos e uma defesa menos sólida do que é normal. Por isso, e até meio da primeira-parte, o SC Horta, a jogar sem pressão e de forma desinibida, conseguiu sempre equilibrar a partida, sem que nenhuma das equipas 'cavasse' uma vantagem superior a dois golos no encontro. A meio desse período, um golo de Sérgio Barros – apontou seis nos primeiros 30 minutos em que foi o melhor marcador da partida – fez o 9-6 e lançou o encontro para uma fase distinta em que os açorianos somaram mais falhas técnicas e remates falhados no ataque. Ainda assim, os leões não conseguiram deslocar em definitivo e chegaram ao intervalo a ganhar por três golos de vantagem (15-12).

No segundo tempo, o Sporting CP pareceu apostado em conseguir a vantagem suficiente para depois gerir as incidências do encontro até final mas, entre o demérito da defesa e a ineficácia do ataque, o máximo que o conjunto verde-e-branco conseguiu foi mesmo manter os três golos à maior até pouco depois de meio da etapa complementar, altura em que o total eclipse dos leões permitiu que os açorianos passassem mesmo para a frente do marcador (25-26). Frederico Santos pediu um desconto de tempo, a equipa conseguiu acalmar mas, ainda assim, continuou a conceder demasiadas facilidades ao SC Horta no ataque (entretanto Frankis Carol já tinha sido desqualificado após três exclusões por dois minutos) e o máximo que os leões conseguiram, num epílogo impróprio para cardíacos, foi mesmo levar a partida para prolongamento, após o empate a 28 golos no final dos 60 minutos.

No prolongamento, o Sporting CP voltou a entrar mal e demasiado desconcentrado nas acções ofensivas. Os açorianos conseguiram de novo adiantar-se no marcador mas, a meio, a formação verde-e-branca já estava outra vez na frente (30-29). Apesar do evidente desgaste físico e da tarde menos inspirada, tudo apontava para um triunfo leonino quando, em vantagem e com posse de bola, Pedro Spínola perdeu a bola no ataque. Em contra-ataque, o SC Horta conseguiu marcar e forçar um segundo prolongamento, adensando as dúvidas em relação ao desfecho do encontro (32-32).

  • Hóquei em Patins (Taça de Portugal) 
Jogo de loucos no Livramento quando nada o fazia prever. O Sporting CP acabou por vencer por 6-5 nas grandes penalidades, depois de um empate a quatro verificado no final dos 50 minutos regulamentares e depois de os leões terem estado na frente do marcador por 3-0, ante a Assoc. Juventude Viana

A partida não podia começar da melhor maneira. André Moreira, aproveitando o balanço que levou da boa prestação frente ao CD Paço de Arcos a meio da semana, faz os dois primeiros tentos ao passo que Poka, de meia-distância coloca o resultado em 3-0, a seis minutos do intervalo. No entanto, no mesmo minuto em que o Sporting CP marcou o terceiro, André Centeno reduziu e demonstrou que a Assoc. Juventude de Viana não se deixava levar pela desvantagem que tinha no primeiro tempo.

Na etapa complementar os minhotos foram paulatinamente recuperando até ao empate, com golos de Luís Viana de grande penalidade e Nuno Félix na conversão de um livre indirecto. O Sporting CP voltou a colocar-se em vantagem com um golo de insistência de João Pinto mas, a quatro minutos do final, Gustavo Lima restabelecia o empate que levava o jogo para prolongamento.

Fora do tempo regulamentar, pouco há a acrescentar dado que nem a Assoc. Juventude de Viana nem Sporting CP arriscaram, dado o ponto de situação das faltas de equipa (14 para os nortenhos e 9 para os leões).

Chegadas as grandes penalidades, surgiu o herói improvável. Carlitos que nem é um habitual marcador de bolas paradas dos verde-e-brancos, concretizou duas grandes penalidades, enquanto Francisco Silva, também com duas tentativas, fez apenas um golo.

Resultado justo para o Clube de Alvalade, se tivermos em conta que o equilíbrio verificado durante todo o encontro nunca poderia ser espelhado no marcador do mesmo, devido ao formato da competição. Com o 6-5 final, o Sporting CP segue para os Quartos-de-Final da Taça de Portugal.

O próximo jogo, já referente à 2.ª-Mão da CERS Cup, está agendado para o próximo dia 21, Sábado, na deslocação ao reduto da UD Oliveirense.

Calendário & resultados aqui.
  • Rugby (Campeonato Nacional - Primeirona - Fase de Apuramento)
O Sporting CP não conseguiu confirmar desde já o apuramento para o top-6 da Fase Final, após perder com o RC Loulé, no Algarve, por 23-21, em jogo a contar para a 17.ª e penúltima jornada da Fase de Apuramento do Campeonato Nacional da I Divisão.

Apesar de terem estado quase sempre na frente, os leões perderam fulgor na parte final do encontro, saindo derrotados na ‘bola de jogo’ frente a uma equipa que, apesar de já estar matematicamente despromovida, nunca virou a cara à luta.

Com este resultado, e depois do desfecho dos jogos de Caldas RC (derrota por 20-17 frente ao RC Santarém, que confirmou o quarto lugar) e Rugby Vila da Moita (perdeu frente ao líder RC Lousã por 62-21), o Sporting CP mantém o quinto lugar com 34 pontos, mais dois do que os adversários directos pelas duas vagas em aberto para o Play-Off final.

Na próxima jornada, a última da Fase de Apuramento, uma vitória fora frente ao SL Benfica (que ocupa a terceira posição) garante desde logo a qualificação do conjunto leonino para a próxima fase. Caso contrário, está dependente dos resultados do Caldas RC (joga fora com o Vitória FC) e do Rugby Vila da Moita, que recebe o RC Loulé.

Classificação & resultados aqui.
  • Basquetebol Feminino (Campeonato Nacional - I Divisão - Fase Regular)
A equipa feminina de Basquetebol do Sporting CP conseguiu uma excelente vitória esta tarde no Pavilhão Municipal de Coimbrões, frente à formação local, por 63-67, numa partida a contar para a Jornada 19 da Fase Regular do Campeonato Nacional da I Divisão.

Em paralelo, a equipa verde-e-branca mantém a liderança da prova.

As leoas até começaram muito mal o encontro, saindo com uma grande desvantagem no final do primeiro período (28-10). Ainda assim, e ao intervalo, as comandadas de Luís Abreu já só perdiam por dez pontos (42-32), o que abria margem para a reviravolta.

Numa espectacular segunda-parte, o Sporting CP conseguiu reduzir para apenas quatro pontos de desvantagem no final do terceiro período (51-47) e chegou à vantagem nos últimos 20 segundos da partida, onde garantiu uma preciosa vitória na Fase Regular.

Com este resultado, as leoas mantêm o primeiro lugar da classificação geral com 33 pontos, mais um do que o SC Coimbrões e mais dois (à condição) do que a Ovarense.

Na próxima jornada, agendada para as 17h30 do próximo dia 22, Domingo, na recepção das leoas à formação do CBES Amadora.

Formação: Rubio e Geraldes valem vitória ao Sporting B | Juniores leoninos perdem em Guimarães | Iniciados leoninos goleiam no Entrocamento

  • Equipa B (Segunda Liga
Os pupilos de João de Deus subiram, este Domingo, para sete o número de jornadas consecutivas sem conhecer o sabor da derrota, ao vencerem o Académico de Viseu FC por 2-1.

Numa tarde de Sol e com muito público em Alcochete, o jogo iniciou-se de forma prometedora, com vários remates perigosos em ambas as balizas. No entanto, nos primeiros 45 minutos, só Diego Rubio conseguiu ser eficaz, num remate pleno de técnica à entrada da área ao minuto 28, fazendo o seu nono golo em 11 partidas disputadas - a melhor média nos dois campeonatos nacionais profissionais.

A etapa complementar começou com menos dinâmica, com os jogadores leoninos a dificultarem a sua própria tarefa ao optarem por lances mais individuais, tornando praticamente nulos os lances de perigo. Sem que nada o fizesse prever, o Sporting CP dilatou a vantagem numa transição rápida, finalizada com sucesso por Francisco Geraldes, ao minuto 58. E se as transições ofensivas foram o ponto forte leonino, as bolas paradas a favor do Académico de Viseu FC foram o seu ponto fraco. Foi precisamente nesta situação que os viseenses reduziram, pelo seu capitão Tiago Gonçalves, de cabeça, estavam jogados 72 minutos. A dez minutos do final a tarefa verde-e-branca complicou-se com a expulsão de Ousmane Dramé, mas os leões sustiveram a pressão e controlaram a partida - a espaços com alguma dificuldade - até ao apito final.

Na próxima jornada, agendada para as 15h do próximo dia 18, Quarta-feira, os leões delocam-se ao reduto da formação da UD Oliveirense.

  • Juniores (Campeonato Nacional - Fase Final)
A equipa de Juniores do Sporting CP não foi feliz na deslocação a Guimarães, perdendo por 1-0 frente ao Vitória local em jogo a contar para a Jornada 4 da Fase Final do Campeonato Nacional da categoria.

Hélder Ferreira, com um golo madrugador logo aos quatro minutos, acabou por decidir o encontro na Cidade Berço.

Desta forma, os comandados de Luís Boa Morte não conseguiram dar continuidade à série de dois triunfos após o desaire inicial com o Gil Vicente FC.

Com este resultado, o Sporting CP mantém o terceiro lugar da tabela classificativa com seis pontos (duas vitórias e outras tantas derrotas).

Na próxima jornada, agendada para as 15h do próximo dia 21, Sábado, os leões recebem a formação do Rio Ave FC.

  • Iniciados (Campeonato Nacional - Fase Intermédia - Série Centro)
A equipa de Iniciados do Sporting CP venceu este Sábado, no Entroncamento, o CADE por 0-5, num jogo a contar para a Jornada 8 da Série Centro da Fase Intermédia do Campeonato Nacional da categoria.

Num encontro fácil e onde os leões conseguiram confirmar o favoritismo teórico, os comandados de Pedro Venâncio não só venceram como superaram o score da partida da primeira volta (3-0, na Academia).

Com este resultado, o Sporting CP mantém o segundo posto da Série Centro com 19 pontos (seis vitórias, um empate e uma derrota), desta feita com os mesmos pontos que o Anadia FC (que empatou este Domingo em Coimbra, por 2-2).

Na próxima jornada, agendada para o próximo fim-de-semana, os leões deslocam-se ao reduto da formação da AD Sanjoanense.

quarta-feira, 11 de março de 2015

Hóquei em Patins: Leões vencem Paço de Arcos

O Sporting CP bateu o CD Paço de Arcos por 4-1 em jogo da Jornada 21 do Campeonato Nacional da I Divisão, regressando às vitórias no Livramento depois do desaire da 1.ª-Mão dos Quartos-de-Final da CERS Cup, frente à UD Oliveirense, por 2-3.

O resultado começou a ser construído logo aos quatro minutos, com o primeiro golo leonino marcado por Poka, em remate de meia-distância. Sete minutos depois Ricardo Figueira finaliza com sucesso um contra-ataque de três leões contra dois defesas forasteiros, o mesmo lance que acabaria por dar o golo ao CD Paço de Arcos, desta feita convertido por João Beja a 35 segundos do descanso.

Com a vantagem mínima verificada ao intervalo, o Sporting CP focou-se mais na sua defensiva no início da etapa complementar. Ainda assim, o CD Paço de Arcos ainda contou com algumas oportunidades que poderiam ter dado o empate, com destaque para duas delas oriundas do mesmo movimento ofensivo, com o pivot a rodar nas costas do defesa verde-e-branco e a dar um ligeiro desvio na bola. À primeira Guilherme Silva atirou ao poste, à segunda Ângelo Girão defendeu, a remate de Miguel Dantas. Numa altura em que o CD Paço de Arcos começava a superiorizar-se no encontro, André Moreira voltou a dar vantagem de dois tentos ao Sporting CP com uma finalização no interior da área, in extremis dada a fase menos boa que o Sporting CP atravessava. Com o 3-1, o Clube de Alvalade ganhou maior tranquilidade e geriu os restantes 10 minutos e no último aumentou para 4-1, na conversão de um livre directo por Tiago Losna, arrecadando três pontos que premiaram quem demonstrou mais argumentos, principalmente na defesa.

Na próxima jornada, agendada para as 22h do próximo dia 25, uma Quarta-feira, os leões deslocam-se aos Açores, para defrontar a formação do Candelária SC. Antes, pelas 16h do próximo dia 14, Sábado, os leões recebem a formação da Associação Juventude Viana, em partida referente aos Oitavos-de-Final da Taça de Portugal.

Classificação & resultados aqui.

Equipa B: Penalty cometido por Sambinha rouba 2 pontos aos Leões

O Sporting B empatou esta tarde de Quarta-feira na Trofa a uma bola, frente ao CD Trofense, num encontro relativo à Jornada 33 do Campeonato Nacional da Segunda Liga.

Os leões entraram melhor em campo e dominaram a primeira-parte. Depois de algumas ameaças vindas curiosamente de defesas (Sambinha, Ramy Rabia e André Geraldes), a equipa leonina colocou-se em vantagem com um golo de Diego Rubio - que apontou o oitavo tento em dez jogos e passou a ser o melhor marcador do conjunto de João de Deus - após assistência de Mica Pinto.

No segundo tempo, o CD Trofense, necessitado de pontos para sair da última posição da tabela classificativa, arriscou mais no ataque e teve algumas oportunidades. Ainda assim, Hadi Sacko podia ter dilatado a vantagem verde-e-branca antes do empate dos visitados, através de uma grande penalidade apontada por Hélder Sousa.

Com esta igualdade, o Sporting B passa a somar 51 pontos (14 vitórias, nove empates e dez derrotas).

Na próxima jornada, agendada para as 15h do próximo dia 15, Domingo, os leões recebem a formação do Académico de Viseu FC.

Licença de Conteúdos

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons.Quem copiar conteúdos sem especificar a origem está infringir os termos de copyright e fica sujeito a coima.
myfreecopyright.com registered & protected

Etiquetas

Tags:

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best Web Hosting Coupons