Próximo Jogo

Próximo Jogo

08/10/2011

Futsal: Clube Operário Desportivo - 2 - 4 - Sporting CP

O Sporting continua no topo do Nacional de Futsal, com uma vitória nos Açores frente ao Operário. Deo «bisou».
O Pavilhão Açor Arena, em Vila Franca do Campo, lotou os seus 2500 lugares – maioritariamente ocupados por adeptos «verdes e brancos» – para assistir à visita do Sporting ao Operário. Orlando Duarte – que lançou, como titulares, Benedito, na baliza, e o quarteto brasileiro Marcelinho, Caio, Buiu e Alex – viu a sua equipa dividir, nos primeiros minutos, oportunidades para marcar com o anfitrião açoriano, que adoptou uma postura mais de contenção e de transições ofensivas muito rápidas. O Sporting, no seu estilo habitual de posse e domínio dos ritmos do encontro, chegou à vantagem aos seis minutos, por Deo, num remate forte após iniciativa individual em que ultrapassou o seu marcador directo em drible. A ganhar, a equipa «leonina» não baixou o ritmo e, ainda antes do intervalo, Caio (12 m) e Leitão (15 m) obrigaram o guarda-redes Beto a apertadas defesas, enquanto o Operário apenas por uma vez esteve perto de marcar, por Oliveira (10 m) mesmo após de ter optado por colocar o guarda-redes avançado a três minutos do intervalo.

Na segunda parte surgiram mais golos para o Sporting, com Paulinho e Deo a marcarem logo após o reatamento, e Marcelinho, após iniciativa individual de Alex, a fazer o quarto da equipa (30 m), depois de João Benedito ter estado – por duas vezes e em tentativas de chapéu a Beto – muito perto de também fazer o «gosto ao pé» aproveitando o facto dos açorianos jogarem desde o minuto 24 com guarda-redes avançado.

O Operário conseguiu reduzir, com golos aos 31 e 34 minutos, mas os bicampeões nacionais souberam controlar o marcador até ao apito final – dispondo até de mais duas claras oportunidades para dilatar a vantagem – trazendo três pontos dos Açores, onde jogaram frente a um adversário de qualidade.




Marcadores Leoninos:
6'27 - Deo, na ala esquerda a driblar um adversário e a rematar para o primeiro golo do Sporting no jogo (0-1)
21'15 - Paulinho aproveita um ressalto na área para aumente a vantagem (0-2)
21'50 - Deo faz um chapéu perfeito a Beto e bisa no jogo (0-3)
30'00 - Trabalho fantástico de Alex, a oferecer o golo a Marcelinho que só teve de empurrar para o fundo da baliza deserta (0-4)
Partilhar:

0 comentários:

Enviar um comentário

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!