Próximo Jogo

Próximo Jogo

04/11/2011

Notas gerais do futebol do Sporting


Acompanhei mais a primeira parte que a segunda (ou melhor, de forma mais atenta). Um mau jogo do Sporting, perante um adversário bastante acessível. Mas apenas isso: um mau jogo. Da mesma forma que outros jogos anteriores foram positivos. Há que ser racional: o Sporting está numa fase de maturação: não é tão brilhante como muitos apregoaram, nem tão mau como hoje apontam.

Agora, o que é preciso desmistificar é a poupança de jogadores. Sim, o Sporting jogou com alguns jogadores que, em condições normais, dificilmente serão titulares (cerca de cinco). Mas continuou a ter melhores individualidades que o Vaslui, pelo que o problema não foi da falta de qualidade deste ou daquele atleta (mesmo que isso possa, num caso ou outro, ter ajudado).

E coloco assim responsabilidades pelo mau jogo a Domingos (volto a frisar, “O” mau jogo; apenas). Não por ter escolhido este ou aquele atleta, mas pelo facto do colectivo do Sporting se ter apresentado menos forte que o do Vaslui.

A lesão de Rinaudo – qual o futuro?

Lesionou-se com bastante gravidade o médio argentino Fabián Rinaudo. É de lamentar seriamente a sua ausência, por ser um jogador de características ímpares no plantel leonino. Resta, agora, questionar: qual a solução, e qual o futuro sem ele?

Começando pela segunda questão: sou tudo menos fatalista e estou longe de acreditar que como o Rinaudo se lesionou, o Sporting não vai ter sucesso. Discordo. É um jogador que fará falta, mas não é o fim do mundo.

Quer André Santos quer Stijn Schaars são perfeitamente capazes de jogar como médios mais recuados. Não têm a presença física de Rinaudo (ou dos adversários que actuam nesse lugar), mas compensam como um óptimo posicionamento e uma excelente leitura do jogo (sempre atentos á movimentação dos colegas, em caso de necessidade de coberturas, e sempre fiáveis).

O que é importante é o tipo de jogador que deve jogar entre o médio mais defensivo e Matías Fernández (ou melhor, ao lado deste, mas com mais liberdade) – que tem características ofensivas ímpares no meio-campo leonino. Se Rinaudo, pelas suas características (“ia a todas”, saía muito com bola, etc) pedia um atleta como Schaars (que tem semelhanças a André Santos na forma de jogar) para ocupar o seu espaço quando este “saía”, um atleta mais posicional (como o holandês e o português o são) pede um jogador mais dinâmico e “intenso” por perto (Elias é-o).

Portanto, parece-me que, com a lesão do argentino, e pelas características que os médios que podem actuar na posição 6 no Sporting possuem, Elias Trindade e Matías Fernández são jogadores absolutamente indispensáveis e indiscutíveis. Resta saber quem os acompanha. Em termos característicos, quer Schaars quer Santos são indicados para actuar junto aos dois sul-americanos. Resta ver pela qualidade. Neste momento, optava por Schaars a 6, Elias a 8, Matías a 10. Mas saliento que A. Santos também me dá garantias no lugar.

Oportunidade para outros:

Ficando Schaars e Santos como principais opções para as de médio-defensivo, é notório que André Martins ganha uma revelância tremenda, ficando como principal alternativa quer a Matías Fernández quer a Elias. Tem características adequadas para actuar no lugar do brasileiro e também no lugar do chileno. E, parece-me, terá qualidade para tal estatuto.

Já dizia um ex-treinador que passou pela formação do Sporting (e pela equipa técnica da equipa sénior, posteriormente): às vezes, basta uma oportunidade. E parece-me que o André Martins tem condições para agarrar, com unhas e dentes, esta oportunidade que lhe surgiu do infortúnio do 21 argentino.

Desconfio, também, que o actual júnior João Carlos passará a ser chamado com mais regularidade aos treinos da equipa principal do Sporting, e quem sabe possa ter uma oportunidade com o decorrer da temporada, dada a maior escassez de opções actual.
Partilhar:

2 comentários:

  1. FORZA RINAUDO! ES DIFICIL PERO ESTAMOS CONTIGO, ES UN jUGADOR FENOMENAL!!!! FORZA SPORTING, sporting está com o Fabian Rinaudo, temos jogadores de topo e o Rinaudo é um deles, ele destaca-se dos outros pela garra, agressividade positiva, tecnica, e personalidade! É um dos pilares do sporting renovado, é único e admitamos que com este jogador nunca haverá chatices nem polémicas, espero que recupere, e que corra tudo plo melhor.
    SL

    ResponderEliminar
  2. Muito sinceramente nao vejo a. santos como uma alternativa fiavel, mas acredito que o pode ser, acho que com schaars a trinco perdere-mos muito nas transiçoes meio-ataque, mas é a opçao mais logica visto que a. santos é um 8 e nao 6, perde-mos o melhor jogador deste plantel a par de izmailov, quer queiram quer nao, pois a sua ausencia sera mais notada do que qualquer outro.
    Acho que Domingos deveria testar um onze diferente, num 4/2/3/1 com Scharrs e Elias a medio centro, Capel na esquerda, Carrilo na direita e Matias atras de Wolfswinkel, ai teria Matias na sua posiçao abitual, Scharrs e Elias sabem jogar bem como medios centro e ja o faziam nas suas equipas anteriores, nao teria necessidade de mexer no ataque.

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!