Próximo Jogo

Próximo Jogo

19/11/2011

UEFA Futsal Cup: Iberia Star Tbilisi - 5 - 5 - Sporting CP - Rumo à Final Four

Foram mais de 2000 sportinguistas que sofreram até ao último segundo para festejar a passagem do Sporting CP à final four da UEFA Futsal Cup. O Sporting CP entrou muito concentrado no encontro, consciente das responsabilidades, mas acabou por ser surpreendido ao minuto seis, por Bruno Melo que inaugurou o marcador. Luiz Negão aumentou, logo de seguida, aos 8 minutos, dando uma maior vantagem ao Tbilisi (2-0). Marcelinho tentou responder de imediato mas a bola não passou pelo guarda-redes Akopov. O jogo não corria de feição para os leões e, por infelicidade, ao tentar cortar um lace perigoso de Roninho, João Matos acabou por colocar a bola na sua própria baliza. Como Iberia Tbilisi a vencer por 3-0, o cenário começava a ficar cada vez mais «escuro» para os Sportinguistas. E se as coisas já não estavam a correr bem, pior ficaram quando Alex, aos 16 minutos, rematou ao poste. A bola não queria entrar. A segundos do final da primeira parte, ainda se gritou golo, mas tudo não passou de ilusão óptica, uma vez que a bola passou ao lado da baliza georgiana. Os minutos finais foram, aliás, de verdadeiro inferno para os rapazes do Iberia, mas o Sporting CP, apesar das investidas, continuava com muitas dificuldades em transpor a defensiva adversária. A diferença ao intervalo era de 3-0, para o Iberia Tbilisi.

No segundo tempo o Sporting CP entrou bem, com Marcelinho a marcar logo no primeiro minuto. Como na primeira parte, voltou a verificar-se um Sporting CP muito rematador, mas algo nervoso no momento da finalização. O que até se percebia, uma vez que se não vencesse o jogo não poderia realizar o seu sonho de continuar em frente na prova. O público, imparável, não parava de apoiar os seus leões, alto e bom som, para que estes se animassem rumo à vitória. Mas a sorte do Tbilisi era por demais. Bolas no poste da sua baliza, à figura, ao lado, e nada as fazia entrar. Ao contrário, o Tbilisi aproveitava melhor as suas oportunidades e, à passagem do minuto 26, Luiz Negão marcou o quarto golo dos georgianos (4-1).

Já com o guarda-redes avançado, o Sporting CP conseguiu apontar o seu segundo golo da partida, aos 28 minutos, através de Deo. Era o tudo por tudo dos leões e Alex, vestido de guarda-redes fez o terceiro, aos 29 minutos. As coisas começavam, finalmente e merecidamente, a correr melhor para os «pupilos» de Orlando Duarte e Deo, aos 31 minutos, igualou a partida (4-4).

João Benedito, aos 32 minutos, com uma defesa espectacular impediu que os georgianos voltassem a ficar na frente no marcador. Aos 37 minutos, O Tbilisi voltou a marcar, por Daniel Sakai que conseguiu roubar a bola a João Matos e surpreender Benedito. Aos 39 minutos, Alex, novamente na condição de guarda-redes avançado realizou uma grande defesa e logo partiu para o ataque, passando por tudo e por todos, deixando depois para Leitão marcar, a um minuto do fim do jogo. A partir daí foi gerir o resultado porque o empate bastava para seguir em frente na prova.



No outro jogo do Grupo C desta Ronda de Elite da UEFA Futsal Cup, o Gyóri Eto FC perdeu (3-8) frente ao City'US Targu-Mures (link). Nos restantes grupos (a última jornada disputa-se amanhã), Dínamo Moskva e Kayrat Almaty ainda disputam a passagem à fase final, no Grupo A (ambos com 6 pontos), no Grupo B, o Barcelona segue isolado com 6 pontos (10 golos marcados e nenhum sofrido) e, no Grupo D, Marca Futsal e ASD Città di Montesilvano disputarão entre si o 1º lugar na derradeira jornada da Ronda de Elite.

Ficha de Jogo:
Pavilhão Multiusos de Odivelas
19 de Novembro de 2011
Árbitros: Francesco Massini (Ita) e Borut Sivic (Esl).
Sporting: João Benedito, Leitão (1), Pedro Cary, João Matos (1 p.b.), Déo (2), Paulinho, Marcelinho (1), Caio, Alex (1), Buiu, Cristiano, Bruno dos Santos e André Galvão.
Treinador: Orlando Duarte.
Acção disciplinar: cartão amarelo para João Matos (36 m) e Deo (38 m).
Iberia Tbilisi: Toni, Betinho, Roninho, Bruno Melo (1), Romário, Akopov, Udu, Dzabiradze, Luiz Negão (2), Daniel Sakai (1) e Fufi.
Treinador: Oleg Solodovnky.
Acção disciplinar: Cartão amarelo para Betinho (11 m), Roninho (19 m) e Luiz Negão (22 m)
Partilhar:

2 comentários:

  1. E o Sporting é o nosso grande Amor!

    ResponderEliminar
  2. Gonçalo Correia20/11/11 15:57

    Ao intervalo do jogo, perdiamos nós por 3-0, disse a quem estava comigo: vamos empatar isto e vamos passar.

    O cenário afigurava-se difícil, mas por esta equipa/secção ponho as mãos no fogo (salvo seja).

    Já me deram razões para acreditar sempre neles, por mais difícil que a tarefa pareça.

    E por isso merecem (sempre!) o apoio.

    Demos uma grande resposta, dado que temos um plantel bastante inferior ao que possuíamos na temporada passada.

    Somos outsiders na final 4 (ao contrário do ano passado, por exemplo) dada a qualidade dos adversários. Mas termos chegado novamente até aqui deve encher todos os sportinguistas de orgulho.

    Um agradecimento a todos os intervenientes nesta caminhada (dirigentes, seccionistas, jogadores, equipa técnica, e público presente em Odivelas).

    SPORTING!

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!