Próximo Jogo

Próximo Jogo

01/12/2011

Sporting 2 - 0 Zurique: Missão cumprida com sucesso


A equipa foi aquilo que esperava, competente como de costume, e dentro de um registo propiciado em grande parte pelo tipo de jogadores disponíveis para o encontro. Analisando o onze inicial, apenas João Pereira e Diego Capel são desequilibradores puros, jogadores que gostam de se 'assumir', de individualmente procurar o desequilíbrio.

Com as substituições, a tendência para os jogadores mais equilibradores e 'pacientes' ainda se verificou mais: André Santos é um jogador bastante posicional e fiável, Bruno Pereirinha a mesma coisa, e apenas Rubio se pode considerar como um 'abre-latas' (sendo que saíram Wolfswinkel, Schaars e Capel).

Ou seja, o Sporting em campo foi, além da imagem do que tem sido esta época, a imagem dos jogadores que tinha disponível. Um conjunto calmo, seguro, paciente. A circular a bola de forma criteriosa e assertiva, sem permitir desequilíbrios aos adversários, e a trabalhar para que os desequilibradores pudessem arriscar.

Relativamente às unidades individuais, falar de algumas. A primeira é Daniel Carriço. A meu ver, dentro do tipo de posicionamento dos médios de Domingos, a solução para a posição 6, enquanto não há Rinaudo, só pode ser ele. Pela capacidade de luta, pela reactividade, pela intensidade.

A segunda, é André Martins. Há muito que venho alertando para o seu talento (tal como o de Cédric Soares, o de Nuno Reis e o de Adrien Silva). Hoje, creio que o confirmou. É fantástico na medida em que, além da qualidade técnica e da capacidade de desequilíbrio, percebe sempre o que a equipa precisa que ele faça. É um jogador pequeno, mas hoje foi enorme e comandou.

A terceira é Valeri Bojinov. É um jogador que é talvez a maior incógnita neste momento, no Sporting. Se o Clube o conseguir recuperar fisicamente (não está com mobilidade nem agilidade alguma!), será uma grande solução. Se não, terá sido um mau investimento. Mas a qualidade futebolística, essa, está toda ela. Falta-lhe é (neste momento) pernas que a acompanhem.

Por último, Diego Capel. É natural que não esteja a render o que já rendeu, porque Domingos está a trabalhar para que renda mais no futuro. Coloca-o por vezes na direita, para lhe criar rotinas na procura de espaços interiores para que o faça, depois, também na esquerda. Após isto, faltar-lhe-á apenas entender que nem sempre o cruzamento é a melhor solução. Insistir menos nesta opção. Se o perceber, será excelente.
Partilhar:

6 comentários:

  1. Gostei do jogo porque os jogadores nao inventaram, Marcelo parece que quando sai aos lances é muito certo, Insua defendeu atacou e embora em alguns momentos esteve um pouco trapalhao, nao deu oportunidade ao adversario, Polga teve um erro infantil, mais de resto esteve bem, Oneywu o patrao nao deu nenhuma chance aos adversarios, muitas vezes teve que vir a lateral colmatar a ausencia do seu lateral, e ainda teve umas subidas com a bola muito inteligentes, Pereira jogou muito subio driblou passou teve combinaçoes muito interessantes, mais muitas vezes estava desposicionado na defesa por estar mais tempo no ataque, Carriço foi um verdadeiro trinco esta a ganhar rotinas precisa de saber em que momento por o pé porque vontade la esta, para mim sera melhor adaptar-se a trinco tem melhores chances, Scharrs cauteloso classico inteligente e um verdadeiro craque foi mais discreto mais foi dos seus pés que sai a assistencia para o primeiro golo e um verdadeiro reforço, A. Martins o puto tem futuro, se a 7 tem maldiçao, ja a 28 parece que é abençoada, jogou como gente grande e nem se intimidou com os gigantes suiços que pelo seu caminho encontrava é bom de bola e de posicionamento, Bojinov precisa perder quilos e ganhar mais confiança meso nao tendo feito um grande jogo, marcou sim um grande golo e noto que sempre que erra se desculpa com os adeptos e quando marca festeja com os adeptos, temos que o apoia porque ele valorisa os adeptos, Capel mais esta nao sabe jogar mal? sempre a partir a loiça e os rins dos adversarios o suiço ainde deve estar com a lingua de fora de tanto tentar acompanha-lo, nao gostei muito da forma como encarou a sua saida mais nao lhe critico por isso, é o jogador que mais gosto de ver com a bola porquequando a tem sao momentos de tensao poque nunca se sabe se vai ligar o turbo ou se vai sentar o adversario é craque e nao ingana, Wolfswinkel ainda a duvida que temos avançado? por mim nao a classe como recebe a bola de pé direito e marca de pé esquerdo foi de um verdadeiro ponta, A. Santos entrou e quase marcou organizou e nao complicou foi muito certo e jogou bem, Pereirinha tem talento mais parece que nao se acredita teve uma arrancagem na qual passa como faca na manteiga pelo ala e lateral, precisa de ganhar mais confiança porque talento la tem, Rubio precisa de mais oportunidades.

    ResponderEliminar
  2. Distinguir a forma como se fala de bola neste blogue! Apesar de ser o mais acessivel para qualquer adepto, basta ver os jogos, não é muito vulgar na blogosfera leonina. Que na sua generalidade opta quase sempre por falar mais do que não sabe?! Um verdadeiro paradoxo leonino, quase sempre para dizer mal!

    E concordo com a análise, um jogo que deu muito mais aos adeptos do que seria até expectável, dado as várias viscissitudes, nomeadamente, lesões e o apuramento já garantido. Nem a falta de ritmo competitivo de alguns atletas, mais que natural quando a utilização escasseia, comprometeu o espectáculo. Em contrapartida para além de boas surpresas entre os menos utilizados, vai-se verificando cada vez mais um aumento de fiabilidade nos titulares indiscutiveis.

    Ter razões para congratular a equipa, assim como o nº de adeptos presentes, depois de um jogo onde se jogava mais o prestigio do clube que outra coisa qualquer, nem sempre acontece e acima de tudo é um sinal da maturidade que este plantel ostenta já nesta fase. Sem duvida, mérito do comando técnico, com certeza bem apoiado na estrutura do futebol do clube.

    Mais uma vez parabéns ao blogue.

    SL

    ResponderEliminar
  3. MINHA EQUIPA PARA O PRÓXIMO JOGO, COM OS JOGADORES DISPONÍVEIS, em 4-3-3:

    Patrício.
    João Pereira; Onyewu; Polga; Insúa.
    Elias; Carriço; Schaars.
    Capel; Wolfswinkel; Bojinov.

    DUARTE

    ResponderEliminar
  4. A nossa equipa perde muita consistencia quando metem o carriço como 3º central, ou como médio recuado. Na minha opinião é um erro. Pode ser a única solução, mas não concordo. O André Santos também é outro caso semelhante, não desgostando do jogador em particular, penso que não oferece qualidade á equipa.
    No entanto, tirando estes dois casos, acredito que temos uma equipa brilhante. O Capel é um grande jogador, o Insua, o wolfs tiveram muitissimo bem, assim venceremos qualquer equipa, e reparem o Benfica foi por muito pouco. Vencemos o Zurique, não fomos fizemos uma exibiçao de topo, mas fomos eficientes. O wolsvinkel, o Capel, o Boji9, o Shaars destacaram-se, agora como será quando tivermos o Rinaudo! Seremos cada vez mais fracos, e como o Domingos diz ninguem nos trava pá

    ResponderEliminar
  5. Gonçalo Correia3/12/11 22:16

    Anónimo,

    Posso só perguntar--lhe o que pensa do Javi Garcia do Benfica, se não é pedir muito?

    S.L.

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!