Próximo Jogo

Próximo Jogo

08/01/2012

Curtas de um empate com gosto amargo


- O Sporting, hoje, fez um jogo razoávelmente bom. Melhor na segunda parte que na primeira, e sem um número enorme de oportunidades de golo mas, no geral, controlado e que, com um pouco mais de eficácia, nos daria a vitória.
 
- A equipa continua a revelar algumas dificuldades no processo ofensivo. Desta feita não houve o espaçamento em excesso na zona central (porque Wolfswinkel, fruto de uma linha defensiva adversária algo subida, foi obrigado a recuar ligeiramente, 'empurrando' também os médios-centro para mais perto do médio-defensivo), mas a equipa não demonstrou a paciência e o engenho necessário para construir muito.
 
- De qualquer forma, pareceu-me que o objectivo de Domingos foi o de entrar de forma algo expectante, com a equipa a ocupar bem o espaço e, quando se recuperava a bola, que esta fosse colocada rapidamente na frente, ora aproveitando as subidas de Álvaro Pereira, ora testando a falta de velocidade e capacidade de reacção de Rolando e Maicon.
 
- Em suma, um jogo razoavelmente bom, frente a um adversário com qualidade mas que não me parece, por ora, estar melhor que o Sporting. Veremos se os seis pontos para o Porto são recuperáveis (não me parece que possamos chegar ao Benfica), mas a equipa tem todas as condições para o conseguir, faltando ainda toda a segunda volta do Campeonato.

- Individualmente, destacar Patrício (é mesmo um grande guarda-redes), Insúa (quer a defesa quer mais adiantado, esteve sempre bem) e Schaars (foi importante na manobra da equipa, inteligente e forte). Wolfswinkel ficou a meio-caminho: com uma melhor execução final dos lances, marcaria pelo menos dois golos, mas tem perfume de grande jogador e isso nota-se sempre. Izmailov entrou bem!

- Negativamente, não me parece haver muito a apontar. O principal, talvez destacado de todos os outros, é Capel, porque foi o único que não apenas esteve algo 'desligado', como esteve verdadeiramente mal. Sem querer parecer ingrato, porque já teve vários momentos positivos esta temporada, parece-me que com os regressos de MI e JS deverá ser relegado do onze.

- Destacar, porque é muito importante, a estreia de Renato Neto. Foi uma aposta muitíssimo surpreendente, mas o jogador cumpriu. Mostrou, para mim, que é a médio-defensivo que pode ter sucesso no Sporting. Fisicamente muito forte (e a saber usar bem o corpo), sai também bem a jogar. Precisa de evoluir no aspecto táctico (coberturas, decisões tomadas, ocupação do espaço) mas terá futuro.

- Esta estreia marcará também o futuro de André Martins e, sobretudo, de André Santos. Com um Matías Fernandez a todo o gás, e esperam-se poucas oportunidades quer para um quer para o outro, parecendo também que para André Santos a vida no Sporting fica muito complicado (já foi relegado ao banco por três jogadores distintos do plantel, na posição de médio-defensivo).

- Quanto aos objectivos, parece-me que não se alteram muito. O realisticamente expectável é que a equipa lute pelo segundo lugar no Campeonato, tente vencer as Taças Internas (especialmente a Taça de Portugal) e tente chegar, após esta eliminatória (obrigatório passar), o mais longe possível na Liga Europa. Tendo em conta a temporada anterior, seria uma época já razoavelmente positiva. Há que tentar melhorar de dia para dia.
Partilhar:

6 comentários:

  1. Muito mal jogado, principalmente durante a primeira parte, muita luta a meio campo onde as equipas estavam muito encaixadas uma na outra e não conseguiam criar oportunidades de perigo. Apenas na segunda parte e com o Sporting a partir mais para o ataque para conseguir marcar, o jogo começou a ficar mais partido e mais interessante. A segunda parte foi, sem duvida, melhor que a primeira mas pedia-se mais num jogo desta importância.

    http://artigosdefutebol.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Gonçalo,

    Boas curtas.
    Gostei do Renato Neto. Lembrava-me de um jogador trapalhão e a querer fazer tudo rápido demais dos juniores, mas surpreendeu-me pela positiva hoje.

    Penso que o FCP conseguiu condicionar bem a saída do Sporting na primeira parte, ainda que me tenha parecido que o Sporting tenha arriscado pouco nesta fase do jogo. Na 2ªparte a entrada do Matias veio trazer, para além da criatividade, maior pressão sobre a posse de bola.
    Cada vez gosto mais de Ínsua, e já começo a achar porque não se joga com Evaldo+Ínsua de início. Não fosse o cartão amarelo do Carrillo, não me parecia haver dúvidas que o escolhido para sair para entrar Izmailov, era o Capel. Voltando ao miolo, penso que o Domingos devia trabalhar melhor uma espécie de dulpo-pivot com Elias e Schaars, com o Matias à frente. Acho que é algo que pode funcionar muito bem.
    De novo o Capel, acho que hoje ganhou ZERO duelos, e precisa de se re-motivar. Também acho que invariavelmente será suplente de Izmailov ou Jeffrén. É preciso é que eles não estejam sempre lesionados!
    Sobre o FCP, achei uma equipa com excessiva preocupação de lançar Hulk em velocidade, ou virar o jogo para o Cristian Rodriguez como segunda opção. E fui só eu que achei que estavam bafejadíssimos pela sorte a ganhar todos os ressaltos?

    Nota de preocupação: mais uma lesão de Izmailov.

    Nota "stand-up comedy": gajos do FCP a queixarem-se da arbitragem, então depois de ver o Hulk a agarrar o Onyewu com as duas mãos e a puxar os dois para o chão e ainda ganhar a falta, fico sem palavras...aquele bicho parece um ser humando geneticamente modificado para ficar com umas ancas de parideira...

    ResponderEliminar
  3. Anónimo8/1/12 22:34

    Individualmente destaco a grande entrada para titular do Médio recém chegado Renato Neto. Gostei bastante do jogador. Continuo a afirmar que o lugar do Daniel Carriço ou é no banco, caso deste classico, ou fora do sporting. O Renato mal chegou, chegou á pouco tempo, jogou pela primeira vez, e demonstrou valor. É cedo, mas acho que o Carriço foi praticamente atirado para a lista de dispensas.
    O Rui Patricio foi uma estrela. Brilhou. E teve uma exibição perfeita. Defendeu o que havia para defender, sem espinhas. Portanto há-que dar valor ao guarda-redes do sporting, e titular nas redes da selecção Portuguesa.
    Quanto ao Evaldo. Posso afirmar que podemos contar com ele. Não cometeu erros. Ajudou a defesa, a não perder nos contra-ataques portistas. Gostei. Não vacilou.
    O nosso Matador, designadamente, o Van Wolfsvinkel não fez o gosto ao pé. Foi um jogador completo, embora não tenha finalizado. Acho-o um pouco imaturo. Falta-lhe mais jogos pela equipa. Portanto nem pensem em vende-lo. Tenho a certeza quem no próximo jogo, irá voltar aos golos.
    O que eu gostaria de dizer é que apesar de não termos vencido o Porto, nota-se que a nossa equipa está mais forte. Bastante mais que nas epocas passadas. Pois em condições normais, olhem quando estava cá o Maniche e o Djaló, levavamos uns dois ou três golos, sem conseguir responder. Portanto é facil perceber que estamos muto mais seguros, e a nossa equipa é forte. É pena é que o Benfica soma e segue. O Porto soma e segue e nós ficamos atrás, a ver a caravana passar. Em destaque está também a situação de Izmailov. Não sou um apreciador das suas qualidades. Acho que temos melhor. Mas lá vai mais uma lesão.
    Sl

    ResponderEliminar
  4. ORafaelSCP8/1/12 23:43

    O resultado na minha opinião é injusto penso que mereciamos vencer.
    Esta época estou a gostar do Polga e do Evaldo , o Evaldo esta época é um bom suplente do Insúa e quando o Insúa não jogar o Evaldo é boa opção , FORÇA Evaldo e Polga esta época estou a gostar de vos ver jogar

    ResponderEliminar
  5. JPDB,

    Um obrigado pelo excelente comentário. Oxalá o continue a ver por aqui mais vezes.

    Anónimo,

    O Carriço? Duvido que volte a ser hipótese para a posição 6. Felizmente, acrescento (embora não veja o que o Neto fez de melhor ofensivamente, sendo que defensivamente o Carriço também é um trinco forte).

    A posição dele é a de defesa-central, lutando por um lugar ao lado do Capitão América, com o Anderson Polga. Uns preferirão um, outros preferirão outro. Eu tenho a minha preferência, mas há muito tempo que digo que são dois bons jogadores.

    Quanto á distância para os rivais... Parece-me que dificilmente temos hipóteses de alcançar o Benfica. Muito, muito dificilmente, pelo calendário que têm. Mas os seis pontos para o Porto não me parecem, de todo, irrecuperáveis.

    De qualquer forma, não nos devemos preocupar com os jogos deles. O objectivo é ganharmos todos os nossos jogos, no Campeonato. O máximo de jogos possível. Se formos tão competentes na segunda volta como acredito que seremos, pelo menos o segundo lugar não será uma miragem.

    S.L.

    ResponderEliminar
  6. A Cacholeira Gostosa!9/1/12 18:03

    Onde pára o André?!?

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!