Próximo Jogo

Próximo Jogo

13/01/2012

O processo ofensivo do Sporting 2011/2012



Introdução:
Para mim, este é o principal problema da equipa, e por isso decidi tentar pensar em como se constitui o ataque do Sporting, os problemas e as dificuldades que tem tido, e possíveis soluções que o resolvam.

Primeira fase de construção:

A equipa começa a primeira fase de construcção nos centrais. Estes, por normam, tomam uma das seguintes opções:

1) Colocar a bola nos laterais. Fazer um passe curto e para o lado. Por norma, Onyewu fá-lo mais que o Polga. A partir daí, os laterais transportam a bola e sobem. Só a largam depois de ultrapassarem a linha de meio-campo, mais ou menos quando chegam á segunda linha do meio-campo.

- A saída pelas laterais no início da construção não é em si uma má solução. Só o é como o Sporting utiliza (isto é, como solução única para sair de forma curta). Mas há que ter sempre uma coisa em mente: o objectivo da equipa é, no final do lance, resolvê-lo nas zonas centrais (porque não vai rematar á baliza da linha). É preciso, portanto, na fase seguinte colocar lá a bola. Como tem corrido?

2) Passar de forma longa. Por norma, a bola é colocada no avançado-centro, que a tenta amortecer para os médios da segunda linha. Porém, também é ocasionalmente colocada nos extremos. Polga fá-lo muito mais que Onyewu, que, como já referido, prefere jogar curto nos laterais

- Salvo erro, foi o Mourinho que referiu que, por norma, a probabilidade de um passe longo sair bem rondava os 30%. É preciso portanto perceber que o Polga não é mau no passe - aliás, é incomparavelmente melhor neste aspecto que o Onyewu. A equipa, para construir pelo meio, só o tem conseguido fazer metendo directamente no RvW. Tem-se utilizado o Polga, mas a solução em si não me parece brilhante (ocasionalmente, talvez, mas solução única?)

O que a equipa não tem conseguido fazer é construir de forma curta, desde trás, sem colocar sempre a bola nas laterais. Recuar Schaars ajudaria. Porque se é um jogador que lateraliza bastante o jogo, não o faz sempre, nem o faz demasiado para um médio-defensivo.

Segunda fase de construção:

Atendamos então aos dois cenários que têm sido utilizados na primeira fase de construção.

- Caso a solução seja sair pelas laterais, a equipa tem obrigatoriamente depois de jogar para dentro (seja de forma curta, para os médios, seja de forma longa, em cruzamento para a área). E o problema é que a equipa tem sido incapaz de o fazer bem. Quando o adversário não bloqueia o passe para dentro (raro...), ou seja, quando a bola entra no meio, falta criatividade para, em espaços curtos, nessa zona ofensiva, conseguir desembaraçar-se da pressão e procurar a entrada da área. Elias tem tentado, Schaars poucas vezes recebe, e quando o faz volta a dar para a linha.

Colocar Matías Fernandez na segunda linha de meio-campo era capaz de ser uma boa solução para que a bola, conduzida pelos laterais, entre no meio e alguém lhe dê seguimento (não a voltando a esconder na linha). Ontém, por exemplo, notou-se que Bojinov sentiu-se mais acompanhado, que tivémos alguém capaz de vir buscar a bola á lateral e vir para dentro. A equipa ganha fluidez na segunda fase de construção com o chileno.

-em caso de saída longa, a situação é, logicamente, bastante diferente. A bola por norma é colocada em RvW. Quando este está em boa posição de discutir o lance, por norma ou consegue amortecer para trás, ou ganha a falta. Porém, muitas mais vezes são as situações em que a bola nem sequer chega com a precisão/força certa, ou que o defesa tem tempo suficiente para se colocar melhor que o Ricky e ganhar o lance. Perdem-se dezenas de bolas com lances destes. E esteticamente é deprimente para quem gosta de futebol apoiado.

Aqui, não me parece haver grande hipótese de melhorias. São raríssimos os centrais com uma capacidade e uma taxa de sucesso no passe longo que seja elevada. Aliás, até em jogadores mais ofensivos é difícil encontrar essa média (veja-se Capel, considerado um jogador que cruza bem - ou passa bem de forma longa... -, e que tem uma taxa de sucesso reduzida, não porque cruze mal, que não cruza, mas porque o cruzamento, como o passe longo, tem uma percentagem baixa de sucesso.

Conclusões:

- Neste momento, o processo ofensivo do Sporting parece-me claramente insuficiente. A meu ver, o recuo de Schaars para a posição de médio-defensivo, e a inclusão de Matías na segunda linha de meio-campo, parece-me ajudar muito. A equipa ganha capacidade de construção desde trás (e Schaars passa melhor que Polga, nas vezes - esperemos que bem menores - em que jogue de forma longa), e ganha capacidade de se soltar, de arranjar soluções diferentes, de ser imprevisível e de conseguir canalizar jogo pelo meio, sem o esconder nas alas, que não tem neste momento.
Partilhar:

9 comentários:

  1. O processo ofensivo é insuficiente, concordo plenamente, e acho que deve ser corrigido pela raiz. Como? Encontrando soluções eficazes. Como sabemos o sistema ofensivo do sporting funciona mal. Porque é que por exemplo do Classico em alvalade, com o Porto, para o Jogo da taça com o Nacional a equipa baixou os niveis de qualidade de jogo? Perdeu a qualidade, a pressão ofensiva, as trocas de bola, o rigor tático, os ataques e contra-ataques muito abaixo do jogo com o Porto.
    É apenas um bom exemplo disso. Do Porto para o Nacional esperava um resultado mais em conformidade com a realidade. O sporting é um clube grande. Não o tem demonstrado, apesar de estar bastante melhor que em temporadas anteriores, claramente melhor. Óbvio.
    Mas agora que temos um Diego Capel, ainda chegado do Sevilha esta época, e com tudo para dar! Um Ricky Van Wolfsvinkel, um Diego Rubio, um Jeffren, um Ex-AtlMadrid, o Elias, o Stjin Shaars, o Carrillo, tudo pérolas encontradas. Muito Valiosas. Estamos com dúvidasque não são bons? Temos jogadores de qualidade para construir um bom onze base, para qualquer jogo. Seja um jogo importante ou não, temos de criar formas de explorar da melhor maneira as halibildades, as skills dos nossos jogadores. Para o ataque funcionar em pleno, juntem os jogadores que deem melhor desempenho á equipa, e sigam um bom rumo. Sigam o exemplo do Porto, o sistema ofensivo funciona melhor do que o nosso, ponham os olhos no Porto. Digo no Porto, como digo mais clubes. De um jogo para o outro, não é fácil, mas também não é impossivel. Sigam exemplos de vencedores. Com um bom sistema tático, e com os nossos jogadores, podemos ir longe.
    Esqueçam o Bruno Polga, o Daniel Carriço para a defesa, para o Meio-campo façam desaparecer o André Santos, o Matias Fernandes(rende nada, rede o quê, nunca lhe vi nada), e o Izmailov(o doente crónico, dificil), no sector mais dianteiro, no ataque, o elo mais fraco é o Bojinov.
    Como disse, para funcionar há-que cortar o mal pela raiz! Ganhar é o que falta no nosso dicionáio!
    SL* Capel, Rinaudo, Shaars davam uns bons capitães, mudar de capitão era necessário, é importante ; )

    ResponderEliminar
  2. Adeptos como o de cima, podem ir apanhar onde as galinhas apanham, alias tenho quase a certeza que nao passa de um infiltrado a fazer se passar por Sportinguista.
    Olhar para o fcporco? Seguir exemplso de vencedores? Tu nao es do meu clube, ng do Sporting segue exemplos provados de clubes corruptos como o referido.
    Mais ainda se nota a falta de Sportinguismo, quando escreve varias vezes porco com letra grande, e Sporting com letra pequena ( ate nacional escreve com letra grande ).
    Um bem haja aos verdadeiros Sportinguistas.
    P.S. infelizmente nao consigo acentuar o que escrevo.
    SCPtheN1

    ResponderEliminar
  3. Gonçalo, no jogo com o nacional jogamos nada na primeira parte e a tactica era 4-3-3(a que sugeriste) na segunda jogamos melhor e a tactica era 4-2-3-1(a que sugeri) questionaste a minha tactica dizendo que o meio ficaria muito aberto. mais foi ai que jogamos melhor.
    Gostarias que viesses analizar a tactica que sugeriste e a tactica que sugeri, qual foi a que melhor?

    ResponderEliminar
  4. martucho,

    Eu acho que contra o Nacional não foi particularmente importante inverter o triângulo.

    Acho que o importante foi ter passado Matías para o meio e acho que, caso se tivesse mantido o 4-3-3, a segunda parte seria semelhante.

    Para terminar, acho que o perigo de abrir um buraco no meio está perfeitamente patente a partir do momento em que o Domingos só toma essa opção a perder, ou seja, a precisar de alterar forçosamente o resultado.

    A equipa criou mais situações de golo (como criaria num 4-3-3 com Schaars atrás, e Matías ao lado de Elias), mas o facto de só se ter apostado nisto quando se estava a perder refere que o risco existe.

    Duplo pivot ou um 6 e dois médios á frente não me importa assim tanto. Quero jogar com Stijn Schaars, Elias Trindade e Matías ao meio.

    Se for num 4-3-3 (como ainda não aconteceu), melhor. Se for com um duplo pivot, menos mau.

    Como começámos é que, perante blocos baixos, não resulta.

    Por isso, para concluir: acho que a melhoria que refere se deveu não ao duplo pivot, mas á passagem de MF para o centro, e á saída do RNeto.

    ResponderEliminar
  5. polga para passos longos, por favor... o homem nem a 1 metro da baliza acerta, a minha dúvida depara-se com a mudança de futebol desde a lesao de rinaudo, onde se começou a apostar mais no pontapé para a frente(deja vu de epocas anteriores), e cada vez mais abusam nisso até que vamos chegar ao ponto de o nosso jogo ser só isso(onde já vi este filme?), é triste vermos que falhamos nos momentos importantes(luz e em alvalade vs porto), desde a derrota na luz que a equipa anda um pouco a deriva, mas pronto até aceito que o objectivo deste ano não é ser campeão mas o troféu onde tínhamos mais hipóteses ficar comprometido em casa com um 2-2 contra o nacional..por favor..essa não aceito, além de ver um jogador chamado bojinov que para mim não tem o mínimo profissionalismo, acredito que ele tenha qualidade mas ele literalmente não se mexe..agora podemos dizer que ele joga fora da posição dele..mas se ele é mais extremo/ala e deveria ser um pouco mais irrequieto na frente, agora ficar estático..no jogo contra o nacional houve o descaramento de o elias está a servir de ponta de lança, só faltava o homem cruzar e ainda ter de correr para ir cabecear o seu próprio cruzamento, porque o bojinov nada fazia..e se vamos a braga jogar com ele, por favor..começamos com 10(agora podem vir os defensores dos oprimidos dizer que "ah se ele marcar depois quero ver o que dizes") sabem o que eu digo..nada..pois essa história da carochinha já eu ouvia com o postiga e djalo..
    Outra coisa é matias nas alas??? o que é isto? se não é inventar, é disfarçar uma invenção..polga a marcar 1 livre como já vi esta época?? carriço a trinco?? e que tal carriço a apanha bolas..mas que culpa temos nós adeptos que tenha saido uma fornada de jogadores da academia com um valor mais baixo do que estamos habituados e ainda termos de grama-los a vê los jogar, quando a qualidade deles é para clubes de outra dimensão menor? Foi feita uma limpeza no principio da época, dou os parabéns a direcção por isso, mas ainda falta limpar o resto..tenho esperança nesta equipa pois tem potencialidade, assim como a equipa de juniores (nada haver com a gerações carriços e pereirinhas), também quero acreditar no domingos(não sou como muitos que dizem mal dele por ele ser portista, acho que é profissional) mas ja me desiludiu esta época, surpreendeu me em outras coisas, mas poder acabar o campeonato com os mesmo pontos de Paulo Sérgio..com um plantel 3 x melhor..não abona a favor dele..fico a espera dos próximos episódios porque afinal nem tudo são espinhos, estamos em 4 frentes, quero acreditar e vou acreditar porque afinal isto é o sporting
    SL
    rumo as vitórias
    SPORTING SEMPRE

    playgraphik

    ResponderEliminar
  6. SCPtheN1,
    Na resposta ao que disseste, tenho de te dizer que estas completamente enganado. O meu comentário é o primeiro, o teu é o de baixo. Quero te responder porque estás a ser egoista, e pensas que só há exclusivamente um tipo de sportinguista. Repito, isso não é assim!
    Sou sportinguista, e a cada dia que passa sou mais. E não me venhas dizer que es mais do que eu. Não se trata de ser mais ou menos. Eu dei uma opinião. Sabes o que é um opinião?! Ser sportinguista, é aceitar os outros como são, e olha que eu quero ver o nosso sporting vencer e vencer. Não gosto de alguns jogos, e não duvides que há muito para ser corrigido.
    O Porto, é um clube que desde o 25 de abril é só ganhar. Eu disse, ponham os olhos no porto. Não sou nada do porto, apenas partilho a opinião de que eles ganham e ganham. Nos ultimos anos estão á nossa frente. Nós somos mais irregulares e não temos um trajecto de vitórias.
    Espero que o sporting ganhe titulos e assuma o estatuto de melhor clube portugues pela tradição, pela história, pelos nossos valores, por aquilo que queremos. Seguir o exemplo do Porto, ver como eles manteem uma extrutura coesa, são lideres, são um clube que de um jogo para o outro não baixa o rendimento. Por os olhos num rival, não é um erro, mas sim um trunfo...
    SL

    ResponderEliminar
  7. Em relação ao meu 1º comentário, ao qual acabas de retorquir, mantenho quase tudo, menos a primeira frase. Quanto ao fcporco, desde o 25 de abril que tem o sistema montado para poder ganhar consecutivamente, se é isso que invejas, se é essa a estrutura que queres, mais uma vez te remeto ao comentário anterior.
    Por os olhos nos rivais é obrigatório. Querer seguir exemplos como o do porco.... NUNCA.
    SCPtheN1

    ResponderEliminar
  8. acima de tudo tem faltado dinâmica nestes últimos jogos,tem de ser os dois pivôs do meio campo a transportar jogo e não os centrais,Polga é péssimo e toma quase sempre as piores decisões.

    O treinador do nacional fechou os laterais do Sporting para estes não saírem com a bola...e isso deu-lhe frutos,Elias e Schaars tem de assumir a bola e sair a jogar,ou o trinco(se este souber sair a jogar,rinaudo sabia), Nunca os centrais,isso geralmente dá bons resultados.

    ResponderEliminar
  9. queria dizer que raramente dá bons resultados,os çentrais sairem a jogar, desculpem pela gaffe

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!