Próximo Jogo

Próximo Jogo

10/02/2012

Comunicação Social: o trigo e o joio

Bernardo Ribeiro referia, na sua crónica para o jornal Record de ontem, que lhe faz confusão "a mágoa com a comunicação social" e que o Sporting "tarda em perceber quem deveriam ser os aliados e a confundir o trigo com joio" diagnosticando os porquês do Sporting não saber/não conseguir passar a ideia, da comunicação bipartida do Clube, etc...

Tenho nele um bom jornalista; no entanto, peca pela generalização. O Sporting não tem mágoa pela comunicação social, mas tem razões para ter mágoa de grande parte dos jornalistas. Os exemplos são mais que muitos, de Rui Santos a Luís Sobral, João Gobern, Alexandre Pais, Vítor Serpa, Joaquim Rita, etc, etc etc...

Bernardo Ribeiro subentende que o Sporting terá que dar o braço a torcer nesta matéria. Mas, porque não o fazem os jornalistas?! Porque é que, tendenciosos, facciosos como são, insistem em fazer do Sporting tema de conversa, pelos mais variados motivos (e nem sempre os mais substanciais)?! A demanda do jornal O Público quanto às imagens do túnel de Alvalade é, de si só, bastante elucidativa...

No mesmo jornal, o Record, um seu colega, Eugénio Queirós, escreve isto: "Pedro Proença fez na Choupana uma arbitragem à antiga portuguesa. O árbitro do momento reduziu desnecessariamente o Nacional a dez unidades no início da 2.ª parte e assinalou um penálti para o Sporting mais que duvidoso que só eu e o Jorge Coroado parece que vimos." - convém dizer que o Jorge Coroado foi o único que, ainda que admitindo a existência de falta, sublinha a "ratice" de Insúa!

Mas as frases "reduziu desnecessariamente o Nacional a dez unidades" e "assinalou um penálti mais que duvidoso" mostram categoricamente a isenção (e a intenção) jornalística de quem sabe, porque não há outra verdade, do que fala. Portanto, agora discute-se a necessidade de um cartão vermelho ou a dúvida na marcação de uma obstrução dentro da área de rigor... As regras aqui não valem nada?! Apetece perguntar...

Portanto, caro Bernardo Ribeiro, por melhor consideração que por si tenha - e tenho - talvez lhe fizesse bem olhar mais para dentro da "sua" própria redacção, diagnosticar os próprios erros antes de os apontarem a outrém.

Ah, e ter a comunicação social como aliada não é propriamente o melhor caminho.
O Sporting não compra nem quer comprar opiniões, quer apenas que os jornalistas cumpram o próprio código deontológico pelo qual se deveriam reger!
Partilhar:

9 comentários:

  1. grande post...e deviam mostrá-lo a essa corja jornaleira e de bandidos que com uma pena na mão ou de lingua afiada malham dia após dia no sporting. Fdsss em 4º lugar mas a incomodar tanta gente...

    ResponderEliminar
  2. josé mário10/2/12 10:10

    vocês têm noção que o Bernardo Ribeiro é sportinguista doente, certo?

    ResponderEliminar
  3. josé mário,

    É tão doente ele como o é Eugénio Queirós. Mas a questão nem é essa, é a questão jornalística, da tão auto-proclamada superioridade moral e isenção e tudo quanto suspostamente se aprende em jornalismo, que depois não é trazida para a prática da profissão!

    Se querem escrever opiniões e se as pretendem defender, que digam claramente que Clube defendem, para depois não se escudarem nos pergaminhos do jornalismo que não empregam...

    ResponderEliminar
  4. Grande Post! Em garnde mesmo

    ResponderEliminar
  5. Na mouche! Importa também sublinhar a absoluta falta de isenção do comentador residente da SporTv, para o qual faltas absolutamente iguais têm interpretações diferentes, face à cor das camisolas. Triste e confrangedor! Mas à semelhança do país, se temos dirigentes fracos, políticos fracos, etc., porque é que os comentadores haviam de ser melhores?!

    ResponderEliminar
  6. Os dois foras de jogo para golo esqueceu-se...

    Pedimos desculpa e agradecemos compreensão pela publicidade.

    Visite o novo Blogue Leonino e dê a sua sugestão para o primeiro post. Esperamos que goste. Obrigado!

    http://quintadelduque.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  7. Eu confesso que não tenho paciência para ler / ouvir a maioria do comentadores desportivos, pelo que nem sequer posso afirmar que eles têm critérios diferentes quando comentam situações idênticas em clubes distintos, mas das poucas vezes que os oiço / leio, fico com essa mesma sensação, que aliás é também traduzida em muitas tertúlias sportinguistas.

    Partindo do princípio que realmente existe essa "falta de ética jornalistica" (como tudo indica) sobra-nos a simple questão de obter provas e mostrá-las!

    Uma possibilidade é pegar em comentários que tenham feito sobre duas situações idênticas e publicá-las lado a lado...

    ResponderEliminar
  8. Ser aliado dos jornalistas, é bom para o nosso clube? ser aliado da comunicação socias, dos meios de comunicação? Julgo que sim. Porque os jornalistas ao escreverem artigos do sporting, ao comentarem temas ligados ao clube, estão a trabalhar a imagem do sporting. Muitas das vezes essas análises são prejudiciais ao bom funcionamento do clube. As analises são muitas vezes feitas para atacar quem dirige o clube. Tem um fim negativo, isto é, denegrir a imagem do sporting.
    O nosso sporting não tem passado por uma fase positiva e triunfadora! Logo o que é que dá mais jornais, revistas vendidos? e mais audiencias e share? Assuntos polémicos, analisar detalhadamente o trabalho do sporting. Vemo-los a criticar, a imagem sai distorcida, eu apenas queria que o sporting fosse bem conotado, com direito a paginas, mas onde se criticasse sem ofender e denegrir a imagem do clube com mais classe de Portugal. É loógico que muitos jornalistas sujem a nossa imagem, e façam cometarios tristes e pouco éticos ! SL

    ResponderEliminar
  9. E que tal o rascord de hoje? "Sporting em euforia".

    Se fosse os orc, era "manifestação de benfiquismo em terras de jardim", COMO É O SPORTING É "manifestação de euforia", os sportinguistas madeirenses que só vêem os seus idolos 1 ou 2 vezes por ano na sua ilha não podem estarem contentes por os terem ali à mão...

    Enfim! é a nossa comunicação social!!

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!