Próximo Jogo

Próximo Jogo

16/02/2012

Objectivo cumprido, futuro em perspectiva


Era difícil pedir mais à equipa. Atendendo à mudança de treinador na passada Segunda-feira, com uma viagem à Polónia pelo meio, com temperaturas bastante abaixo daquilo a que os jogadores estão habituados e com um relvado num estado deplorável, quer o resultado quer a exibição foram positivos.

Algumas notas do jogo:

- Sem ter visto os dados, arrisco dizer que a equipa teve mais posse de bola. O Sporting, durante todo o jogo, entrou sempre com a ambição de o querer dominar e controlar. Dada a dificuldade em fazer a bola circular e as outras condicionantes existentes – quer as temperaturas, quer sobretudo o pouco tempo de trabalho para RSP -, o Sporting apareceu mais ambicioso e mais dominador do que o que seria previsível.

- Dentro dessa ambição, a equipa teve dificuldades em ser competente. Isto é, nota-se que há uma maior preocupação em trocar a bola, especialmente de forma curta, haver mais apoios próximos do jogador que tem a bola e jogar apoiado desde trás, com critério, mas a equipa não o fez brilhantemente. Natural, reitero, dado o pouco tempo de trabalho do novo treinador e o baixo grau de praticabilidade do relvado do Legia.

- A maior proximidade entre os jogadores foi, para mim, um ponto importante, especialmente em termos defensivos. Os jogadores estavam mais juntos e, com isso, especialmente sem bola, havia uma melhor capacidade/qualidade na pressão, facto que também contribuiu decisivamente para que a equipa tivesse mais bola – além de a trocar com mais critério e segurança, claro.

- Individualmente, notas bastante positivas para as exibições do Rui Patrício (defesas de bastante qualidade a segurar a equipa), Oguchi Onyewu (muito bom preenchimento dos espaços defensivos) e do Stijn Schaars (não é criativo, vertical ou imprevisível, mas tirou sempre bem a bola das zonas de pressão). Os líderes da equipa em campo.

- Do banco, veio a resolução do resultado. Daniel Carriço num bom cabeceamento de bola parada (ele que foi colocado a médio, dadas as características do relvado e do momento, espero eu) e o médio André Santos, com um momento que define a sua sobriedade e qualidade. Entrou razoavelmente bem o Bruno Pereirinha - pese embora um passe falhado -, com um bom remate, um uso adequado da sua velocidade e uma confiança/personalidade (surpreendentemente) positiva. O que têm estes três jogadores em comum?

- O jogo de domingo, frente ao Paços de Ferreira, será, para mim, o primeiro teste à capacidade de Sá Pinto implementar, no grupo, as boas ideias que já aqui salientámos - atestadas pelas suas declarações sobre a forma de jogar "à Sporting" e, simultaneamente, pelo seu trabalho nos júniores. Casa cheia em Alvalade para apoiar a equipa no início de um novo ciclo, ambicioso e vencedor, é o que se deseja. 
Partilhar:

2 comentários:

  1. Eram muito importante não perder. A partir de agora, sim, começa nova era, esperamos!

    Não há varinhas mágicas!

    http://quintadelduque.blogspot.com/2012/02/o-positivo-que-se-pode-retirar-deste.html

    ResponderEliminar
  2. Acho que o Sá Pinto deveria espermentar um sistema tactico em 4/2/2/2. Nao que fosse o sistema principal porque neste sistema tanto Capel como Carrilo nao jogariam, mais testa-lo nao faria mal.
    Sairia assim:
    Rui Patricio
    J. Pereira, Xandao, Onyewu, Insua
    Rinaudo, Scharrs
    Elias, Matias
    Ribas, Wolfswinkel
    Esplico o porque. Sabendo que os dois laterais sobem muito teriam muitas bolas para cruzar, ai teria-mos sempre dois jogadores na area. deixaria-mos de ter alas puros e teria-mos um meio campo mais junto e coeso, com Rinaudo e Scharrs jogando no centro, quando um subice o outro ficaria, depois seria mais dois 8 do que 6, Elias e Matias fariam a mesma coisa, mais Elias que aparece bem na area para marcar, embora Matias tambem o possa fazer, mais ao Matias ficaria a missao de distribuir, Wolfswinkel teria compania e nao andaria a lutar sosinho, com este sistema penso que a bola chegaria com melhor qualidade aos avançados coisa que tem faltado.
    É o meu ponto de vista e gostaria que analisassem e fizesem as vossas criticas e sugestoes sobre isto.
    SPORTING sempre e eternamente nos nossos coraçoes.

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!