Próximo Jogo

Próximo Jogo

13/03/2012

A Liga Zon Sagres vai mudar



Um regresso incompreensível a um Passado menos profissional e menos competitivo (da parte dos grandes e dos pequenos clubes).
Algumas questões que daqui decorrem:
1 – Que estudos foram feitos sobre o impacto deste alargamento na Primeira Liga? E quais foram as conclusões desses estudos?
2 – Se com 16 equipas já se incluem algumas com dificuldades para cumprirem as suas obrigações financeiras, como acontecerá com mais dois clubes na competição?
3 – Portugal tem habitantes e consumidores de futebol suficientes para acompanharem o crescimento na grandeza institucional de 15 equipas “não grandes”?
4 – Um crescimento dos clubes pequenos a nível de receitas e apoios não implica um menor apoio aos clubes grandes que, dentro das suas possibilidades, têm obtido feitos tremendos?
5 – A competitividade do Campeonato Português beneficia num único aspecto que seja com esta medida? De que forma?
6 – O que acontecerá ao futebol português se a um aumento de apoios financeiros externos aos pequenos – necessário devido ao alargamento do número destas equipas – corresponder uma diminuição de apoios a equipas com sócios, adeptos e simpatizantes de grandeza incomparável?
Qual é a ideia - tornar a Liga Zon Sagres uma espécie de Liga Orangina pobremente equilibrada mas "competitiva" (cá dentro, porque face ao que é feito lá fora, está a anos-luz)?
PS – Nem questiono o desvirtuamento desta competição na presente temporada. A única cujas regras se alteraram com o decorrer do ano. A verdade desportiva agradece.
Partilhar:

11 comentários:

  1. Na minha opinião em vez de se aumentar o numero de equipas para 18, deviam mas era reduzir para 12.
    Após as 22 jornadas os 6 primeiros lutavam pela Europa e os outros 6 lutavam para não descer de divisão.
    Seriam ao todo 32 jogos, teriamos um campeonato mais interessante, competitivo e seguramente com mais receitas.

    ResponderEliminar
  2. Pedro Amorim13/3/12 22:55

    Boa noite Gonçalo.

    Desculpa o aproveitamento, mas vi que fazes referência no post ao Bancada Nova e queria perguntar-te se sabes como posso pedir um convite.

    Obrigado.
    Pedro

    ResponderEliminar
  3. Pedro Amorim,

    O BN não está, neste momento, disponível?

    ResponderEliminar
  4. Gonçalo,

    Não, está só para convidados.

    ResponderEliminar
  5. Na época em que estamos a viver, parece-me absurdo tais mudanças. O alargamento para 18 equipas é ridiculo :

    Se com 16 equipas já se incluem algumas com dificuldades para cumprirem as suas obrigações financeiras, como acontecerá com mais dois clubes na competição?

    Portugal tem habitantes e consumidores de futebol suficientes para acompanharem o crescimento na grandeza institucional de 15 equipas “não grandes”?

    Gostei bastante do post, pois é objectivo e bastante agradável á leitura, bom post. Destaco os dois pontos atrás. Será que as desvantagens serão superiores ás vantagens? na fase em que vivemos. Outro ponto, das 18, nenhum clube tem mais classe que o sporting...

    ResponderEliminar
  6. Excelente Post amigos, continuem !

    Participe já na nova jornada de "Quem é o Puto ?" em contra-ataque1.blogspot.com

    Abraço

    ResponderEliminar
  7. Pedro,

    Foi só durante um curto período de tempo, então... Já retirei o link. Abraço.

    ResponderEliminar
  8. Eu acho que ficariam 16 equipas na mesma, só que em vez de termos logo dois clubes despromovidos, dividia-se o campeonato aos 20 jogos completados, e depois, os 4 primeiros lutavam pelo campeonato, os outros 4 lutavam pela Europa e os restantes 8 lutavam pela manutenção, isto é que dava um pica do caraças.

    ResponderEliminar
  9. Tiago Barbosa,

    Não acho minimamente viável. Se o Braga ficasse nos 4 primeiros, dificilmente seria campeão e não poderia participar nas competições europeias...

    Basicamente, só os Clubes com a ambição de se sagrarem campeões nacionais (os 3 grandes) se esforçavam pelos primeiros lugares. Todos os outros (Braga, Guimarães, etc) não quereriam ficar acima do 5º...

    Desvirtuava a competição.

    ResponderEliminar
  10. vejo muito pessoal dizer que é um absurdo aumentar o numero de equipas, mas um absurdo é diminuir para 10 ou 12 equipas como já vi pessoal dizer... Acho bem que se aumente para 18 equipas, mas o que acho mal é nao descer ninguem, vamos tar a premiar quem nao merece em vez de premiar quem se esforçou(3 e 4 da liga orangina que parace me que ficarao a 1 ou 2 pontos da subida)

    ResponderEliminar
  11. deviamos continuar com 16 equipas ponto final, por todas as questões que j+a levantaram anteriormente, acrescento ainda mais 2 equipas "autocarros", a única coisa contra é que neste formato actual de 16 equipas o sporting não conseguiu resultados desportivos, pode ser benéfico para nós, quem sabe, mas isto é incerteza, sou totalmente contra, a juntarem a ninguém descer..isto só fica pior, sem dúvida a pior época de liga de sempre, ha neste momento 11 equipas a jogar para cumprir calendário na liga, isto é as 5 equipas que estao em nos cinco primeiros lugares não me parece que nenhuma delas desça para baixo do 5ºlugar, do Guimarães para baixo(6ºlugar) até ao ultimo classificado o leiria jogam todos a feijões, isto com os 3 primeiros a terem de ir jogar contra essas 11 equipas que agora perder ou ganhar é igual pode correr o risco de alterar a decisão do campeonato, se queriam fazer isto anunciavam depois da época terminar, não agora, péssimo "timing", pessima liga 11/12
    SL
    playgraphic

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!