Próximo Jogo

Próximo Jogo

23/10/2012

Era uma vez...

... uma maltinha que, não se conhecendo de lado nenhum, se decidiu algemar uns aos outros e, todos juntos, agrilhoarem-se ao Sporting Clube de Portugal, num projecto supostamente trienal.

Nomes fortes, conhecidos, pseudo-notáveis, ostentando o manto da competência e profissionalização, emulando união, eis que Luís Duque (e Carlos Freitas), Carlos Barbosa, Paulo Pereira Cristóvão, Nobre Guedes e Rui Paulo Figueiredo se juntaram a Luíz Godinho Lopes e à nau que haveria de ganhar as eleições do Clube e navegar então ao Novo Mundo que hoje conhecemos. Pena que esse Novo Mundo seja não mais que a posterior degradação do velho, do qual todos já nos fartámos. Depois das saídas de Carlos Barbosa - em claro choque para com quem escolheu juntar-se - e Paulo Pereira Cristóvão, o braço-armado do Presidente-sombra - ainda vamos saber em que moldes - Luís Duque e Carlos Freitas (este quiçá por inerência) acabam também por abandonar este barco em que já ninguém acredita. Nem eles próprios. E quem permanece?! O dueto-maravilha: Nobre Guedes e Rui Paulo Figueiredo, de calculadora na mão e saiote maçónico, respectivamente.

Nesta reedição do "Último a Sair", menos cómico e mais trágico, nem os treinadores escapam. Começaram com Domingos Paciência, o treinador para o triénio que, 8 meses depois, deixou de o ser; seguidamente deram lugar a Ricardo Sá Pinto, mais um treinador para o triénio que, 6 meses depois era carta fora do baralho; continuaram com o interino temporário-definitivo Oceano Cruz e veremos quem se segue! E depois de tantos nomes (...) qual é o projecto?

Quem me foi e vai lendo sabe perfeitamente que opinião tenho, há largos anos, acerca de Luís Duque e, portanto, escusando-me de a repetir só tenho a dizer que este senhor nem devia sequer ter voltado a pôr os pés no Sporting CP, enquanto dirigente. O Clube agradece, já Fernando Seara talvez não. Já quanto a Carlos Freitas, perdeu-se o melhor manager português, pura e simplesmente, mas sei que há quem se regozije achando que o problema também passava por ele, o belzebú das comissões. Bem, veremos que outra razão acharão agora para justificar as comissões, de hoje em diante.

Godinho Lopes sai, obviamente, enfraquecido desta situação de lone ranger em que acaba de se ver trilhado, desportivamente falando, mas (...) tem aqui uma oportunidade de tomar as rédeas ao Clube e, agora sim, sair da sombra de tantos egos que por ali gravitavam, puxando cada um a sua corda (que um-a-um vão roendo, quais ratos), toldando-lhe e moldando-lhe o juízo. Não nos enganemos, a situação é catastrófica mas, quão saudável seria sermos remetidos novamente a novas eleições?! E por aqui percebem que acho que o Presidente em vigência deve permanecer, pelo menos até final desta época, reestruturando o que entender necessário, rodeando-se - agora sim - de gente em quem possa confiar, e trilhando o próprio rumo de forma a que consiga o mínimo obrigatório do pódio no campeonato e algo mais na Europa League.

No futuro cá estaremos para decidir, ainda que nenhum dos hipotéticos nomes de candidatos (e consequentes projectos) para umas próximas eleições me transmitam a mais pequena das confianças num futuro proveitoso e minimamente sustentável. E aqui sim, esta ausência de alternativas capazes preocupa-me. Sobremaneira.

Mas, vá lá, pode ser que apareça aí o "afilhado do Edgar" a repetir até ao exagero que o Edgar Manaca dava um bom dirigente... Oh, wait...

Termino com um comentário meu a outro blog:
Para ser curto e conciso, para bater no Sporting 'bastam' os próprios Sportinguistas (muitos desses, sim, que nem merecem o Clube que têm) - dirijo-me, obviamente aos pseudo-notáveis que, de notável em notável mínimo histórico, vão relegando o Clube à parca imagem de si mesmo, cuja grandeza de outros tempos parece tornar-se uma utopia futurista pouco mais que inalcançável.
Os Sportinguistas têm que perceber de uma vez por todas que têm que deixar se reger por aristocratas de nariz empinado e vestir o fato-macaco do 'povo' que representam, nem sempre sábio, mas honesto e, acima de tudo, trabalhador.
Em prol do Sporting, em detrimento dos egocentrismos de que vivem actualmente e que só nos levam para cada vez mais longe do que devia ser o objectivo, no superior interesse do Clube.
Entretanto, José Alfredo Holtreman Roquette (José de Alvalade) vai dando voltas na tumba, incrédulo e indignado com as lides desta geração de "notáveis".
Partilhar:

21 comentários:

  1. Carlos Janela poderá ser o melhor manager português...
    Mas lendo o que se publica no blog Leão da Estrela...é necessário fazer um grende exercício de entendimento, para concluir tal coisa...
    Ou será que o home é mesmo bom...e o que dá azar é mesmo o Sporting...?

    ResponderEliminar
  2. Maximino,
    Antes de mais, fazer-lhe o reparo: Carlos Freitas e não Carlos Janela!

    Respondendo:
    É, antes de tudo, uma questão de temporização em relação a muitos dos nomes que esse tal blog enumera. Aliás, em muitos casos subverte os factos a seu bel-prazer (o que, aliás, nesse blog é normal), noutros nem sequer disfarça - mente - e noutros simplesmente exagera. E em quantas dessas contratações havia o dinheiro que houve estas últimas duas épocas. Há excepções, mas a qualidade normalmente paga-se...

    E não quero com isto tirar legitimidade nem ao blog nem especificamente ao post em si, é preciso é saber ler e saber as coisas sem ir demasiado em cantigas que outros cantam.

    De entre os portugueses, considero Carlos Freitas o melhor, e já o considerava antes. Se não errasse não estaria por cá, estaria num qualquer gigante europeu...

    ResponderEliminar
  3. Bom post Mauro, concordo com praticamente tudo o que expuseste.

    Quanto aos factos, realmente trata-se de uma boa e uma má notícia para o nosso Sporting:

    BOA - A saída de Duque é um alívio para mim e apenas peca por tardia. Nunca ninguém explicou convenientemente as suas funções e muito menos o principesco salário que auferia.

    MÁ - A saída de Carlos Freitas, porque foi ele que construiu este plantel, e sobretudo pela relação de proximidade que mantinha com muitos dos jogadores. Temo que os jogadores fiquem (ainda) mais desmotivados com esta saída. Preocupante.

    De qualquer forma, estas saídas entendem-se como o rolar de cabeças resultante do rotundo falhanço do futebol do Sporting.

    Uma pergunta: alguém sabe (factualmente) se LD e CF se demitiram ou foram demitidos?

    ResponderEliminar
  4. Parece que cada dia que passa o "abutre" por muitos assim apelidado, tem razão no que disse ao ter chamado a estes senhores de "SACO DE GATOS".

    Muitos egos juntos, e uma anarquia raramente vista, resultam no que temos assistido nestes ultimos dias que me vou excusar a comentar.

    Até quando a degradação vai continuar?
    Até quando estes senhores irão usar o Sporting para beneficio próprio?
    Até quando temos de aguentar esta ausencia de vários anos sem presidente?

    ResponderEliminar
  5. André,

    Antes de BdC ter dito isso, já muita gente o havia constatado e, portanto, BdC não fez mais que a figura de Captain Obvious, o que não lhe qualquer mérito senão conseguir discernir o que outros já tinham conseguido.

    E espero que aprofundes o resto do teu comentário...

    ResponderEliminar
  6. Aprofundar seria meter o dedo na ferida, e dizer aquilo que todos sabemos..

    Concordo que Godinho Lopes sai enfraquecido disto tudo e não me admiro que seja ele o próximo a ir na sangria...

    ResponderEliminar
  7. Caros amigos Sportinguistas!
    Como todos sabemos estamos mal!! Mas quero vos fazer uma pergunta!
    Todos ,ou quase todos querem que este presidente seja posto na rua!! Eu sinceramente não sei!!
    Se ele sair e houver eleições antecipadas e se ganhar Bruno Carvalho ou até pedro Baltazar ... Qual deles esta disposto a assinar que se responsabiliza pelos ordenados e despesas do clube? E que não sao 100 mil euros por mês nem 1 milhão !!
    Todos os meses sao pagos perto de 6 milhões em despesas !!
    Por isso este presidente por muito mau que seja consegue de forma milagrosa pagar os ordenados e despesas!!
    Queria ver os que querem o lugar dele logo no dia seguinte meterem 12 milhões a cabeça e darem garantias bancarias !
    5f ganhar e quanto antes um treinador, mas um treinador novo para que? Para lutar pela taça da liga? E que se perdermos 5 f que não acredito so a taça da liga poderemos vencer!!
    Falem do que sabem e não do que leram ou ouviram!!
    Brunos, Baltazares e todos ajudem o sporting e so assim unidos venceremos
    SL Sporting sempre !!

    ResponderEliminar
  8. Filipe Guedes23/10/12 13:01

    Realmente, nada que não se tivesse avisado há cerca de 2 anos atrás, na campanha que levou aquela fatídica noite de eleições. Pena que na altura, ninguém tenha levado a sério o "Captain Obvious", como hoje muitos ainda se esforçam para o descredibilizar e criticar a "seita" que o apoia... (mas esqueçamos por momentos Bruno de Carvalho, que está bem calado, para não ser mais um acusado de criar esta situação e acabar como o novo bode expiatório de Godinho Lopes).

    O que eu não consigo perceber é como ainda se consegue desculpar e tentar separar Godinho Lopes da equação. Quer dizer, mas não foi Godinho Lopes que escolheu e se rodeou destes "ratos" todos? O que diz isso então da sua capacidade de gestão e discernimento (analisar o melhor para o Sporting)?
    Ah... mas não foi ele (dizem agora alguns)... Quiçá foi o Ricciardi é que impôs os figurões todos, se calhar? E mesmo que fosse dessa forma, isso faz com que Godinho Lopes saia melhor da fotografia, ou seja, sendo um banana sem liderança e sem vontade própria a comandar um Titanic como um fantoche?

    Quanto ao Carlos Freitas, o "manager" que ganha milhares no salário + comissões apenas para andar na berlinda um par de meses por ano (só serve para comprar jogadores?)... e depois não sabe vender jogadores, não dá a cara nas alturas más, para já nem falar nos inúmeros erros nas contratações do passado (que indirectamente criaram as dificuldades financeiras actuais) ou mesmo agora - em tempos de vacas-mais-gordas, mas onde a responsabilidade devia ser maior e a margem de erro menor - com as caras asneiras de Bojinov, Elias e andar Wolfswinkel sem um necessário substituto (ou para ir buscar dois centrais quando havia Onyewu na equipa... etc).

    Enfim, Carlos Freitas, esse visionário que só é ardentemente desejado no Sporting. Já duas vezes no Clube (e pelos vistos, não haverá duas sem três...), de poucos ou nenhuns títulos para a desgraça de resultados que se vê hoje... será que o Panathinaikos não o quererá de volta?

    ResponderEliminar
  9. Caro NunoL, realmente devia seguir o seu próprio conselho informar-se melhor antes de falar e não divagar em pensamentos alarmistas injustificados.

    Godinho Lopes não é nenhum messias da credibilidade, das finanças ou da banca. Ele não era nem é o único que, se for caso disso, pode sentar-se junto dos bancos para falar ou renegociar. Os bancos não falam nem podem negociar sozinhos, negociarão sempre com o presidente do Sporting (seja ele quem for) ou com quem seja mandatado pelo Clube para isso.

    Quanto às despesas, se elas actualmente são elevadas, "agradeça-se" também a Godinho Lopes (que mais grave, já andou por dentro do Clube). E segundo se fala (e estou a falar de algo que não sei, mas muitos sabem melhor que eu), por acaso até há ordenados em atraso.

    Outra pessoa, ou o próximo presidente do Sporting, "só" precisa de reunir em si a Liderança e a credibilidade, seja sozinho ou com membros da sua equipa, que sustentados por um projecto e ideias, impeça a espiral negativa e abismo que o Clube está a cair e retorne o Sporting a um patamar de razoabilidade (algo que Godinho Lopes não conseguiu).

    ResponderEliminar
  10. O problema principal do sporting são os cancros que andam dentro do clube (veja-se o sr eduardo barroso por exemplo), temos de centralizar o poder numa só pessoa senão não vamos lá, no nosso clube toda a gente fala em vez de mandar 1 mandam 7 ou 10 ou mais e não se entendem!

    ResponderEliminar
  11. Uma precisão ao texto: o primeiro treinador de Godinho Lopes durante meia dúzia de jogos da época 2010-2011 chamou-se José Couceiro. Isso ainda torna mais surreal a escolha!

    ResponderEliminar
  12. Sou da opinião que as eleições agora eram um mimo! Está bem, que vai influenciar o resto desta época e isso tudo, mas dá perfeitamente para contratar quem quiserem em janeiro e preparar a pre epoca em condiçoes do proximo ano!

    ResponderEliminar
  13. muito se escreve e lê mas uma coisa digo-vos esta limpeza não pode acabar aqui tem que ser mais profunda penso que é só o comeco de uma nova era Carlos freitas? paguem-me metade do que ele ganha que faço o lugar dele em 10 meses comprou 40 jogadores só 3ou 4 é que tem qualidade portanto não precisava vir jogadores de fora comprava-se no paços ferreira beira mar etc... paulo pereira volta já e porquê mesmo mal a acabar o jogo para a taça foinos roubado um penalty qua so o arbitro não viu se foçe um clube que cá sei caía o carmo e a trindade não é desculpa mas ppc era o unico que falava em arbitragem mais ninguem fala porque é uma escumalha que tem que ser precionada vejam os outros quando perdem isso de santinho já não se usa

    ResponderEliminar
  14. Filipe Guedes,

    Sem entrar por grandes considerações, só frisar que eu não descredibilizo ninguém. Se é isso que consegue perceber de entre toda a minha extensa opinião descrita neste post, então sugiro-lhe, educada e cordialmente, que o tente reler da perspectiva da neutralidade (que sempre foi a minha opinião desde sempre) e perceba que eu por não gostar de peixe também não tenho obrigatoriamente de gostar de carne, se é que me entende!

    Segundo, separar e tentar retirar GL da equação?! Não, responsabilizo-o como chefe-maior que não foi até agora. De ora avante a ver vamos se o conseguirá ser. O que você não me consegue perceber quanto a este ponto, é que eu ainda não dou a época por perdida, ao contrário do que aparenta ser a sua opinião, e portanto considero que ainda há objectivos mínimos a cumprir; coisa que, no hipotético cenário de novas eleições, aí sim seriam hipotecados sob a capa da mudança de regência (e lembre-se que há sempre um período nunca antes inferior a 40 dias de hiato entre a convocatória para novas eleições até ao momento em que são sufragadas).

    Quanto a Carlos Freitas, já vinquei aquilo que é a minha posição pessoal e portanto, não acho que tenha que defender-me desse tipo de críticas. Ainda mais quando acha que é ele o único responsável por transferências e quando acha que só ele era pago a milhares de euros e comissões.

    A ideia de Duque e Freitas, juntos, julgo eu, seria aliar a sabedoria de um (Freitas) à rédea curta de outro (Duque), mas pelos vistos a soma de todos os males vai dar sempre às comissões do Freitas. Como digo no post e reafirmo, teremos oportunidade de discutir daqui para a frente a quem vão calhar em comissões os prémios de (des)empenho em contratações/vendas... e talvez aí se desmistifique essa questão...

    Já agora só lamentar a quase monopolização dos comentários em torno de Carlos Freitas ao invés do que o post intenta retratar, mas também sei perfeitamente que normalmente se pega pelo fundamento mais "atacável". Pelo menos que continuemos assim, discutindo saudavelmente.

    Um abraço...

    ResponderEliminar
  15. Ó Mauro, não dás a época por perdida?

    O que contas ganhar? A Taça da Liga e novamente o 4º lugar?

    O que é que o Godinho Lopes no ano e meio que faltam vai oferecer de tão bom capaz de apagar toda a sucessão de erros já cometidos, todas as vergonhas já vividas nestes quase 2 anos? De repente vai conseguir sacar da cartola o golpe de mágica e o projecto vencedor que não se lembrou antes?

    Pois, não se façam eleições... Vamos escondendo a cabeça debaixo da areia, esperando um bocadinho de sorte, um milagre... Adiando e tal... Como se 40 dias fossem mais importantes que o futuro a médio prazo do Sporting...

    ResponderEliminar
  16. Anónimo (23.10.2012),

    1- Não, não dou a época por perdida.

    2- Ainda temos Campeonato, Liga Europa e, sim, Taça da Liga (porque não?! Outros não fazem outra coisa senão ganhar a taça da Liga... sempre ganham alguma coisa! E o Sporting não ganha nem uma taçita vai pa 4 anos!...).

    3- Quer que eu dê uma de vidente e lhe responda? Não faço a mais pequena ideia... mas é ele o Presidente e portanto é ele que tem que tomar decisões, coisa que, finalmente, parece começar a fazer.

    4- Convenientemente esqueceu-se do que digo acima no post, que acho que o momento ideal para eleições, a existirem, é no final da época. 40 dias não são nada na vida de um Clube, é verdade, mas e a equipa, sustenta quase 3 meses completamente abandonada como?! Tem noção de que, não atingindo o 3º lugar no mínimo, no campeonato, venha quem vier vai ter ainda mais dificuldades em gerir o Clube?

    Da minha boca, ou das minhas palavras, não me ouvirá ou lerá escrever NUNCA que prefiro que a equipa perca em prol sabe-se lá do que é que você quer. Mas nunca mesmo...

    ResponderEliminar
  17. Mauro, é preciso viver numa ilusão muito grande. E, para o mal e para o bem, o Mauro continua mergulhado numa tal tamanha ilusão... que só lhe vai custar mais quando bateres na dura realidade (ainda mais dura que a actual, que pelos vistos ainda não chega).

    Pois, estamos para "adivinhar" onde Godinho Lopes de repente vai arranjar a borracha que apague a porcaria que já fez e a caneta certa para escrever a conclusão acertada para emendar e revirar o romance errado que ele próprio começou...

    E quanto aos 40 dias, não sei se inconvenientemente o Mauro não saberá, mas ninguém obriga a um demissionário a abandonar as funções até à data das eleições... Não se preocupe que os técnicos e os treinadores não encontrarão a Academia e o Estádio fechado para treinarem e jogarem... Assim como assim, nesses 40 dias, técnicos e jogadores serão tão apoiados ou defendidos como "o foram" até agora...

    ResponderEliminar
  18. @Mauro: esperar algo novo e melhor de quem já mostrou que não o consegue fazer, é preciso muita fé.

    Godinho é obviamente parte do problema. Agora vem aí o Couceiro e já vais com sorte. Burro velho não aprende línguas.

    ResponderEliminar
  19. Anónimo,

    A realidade é dura, e acredite que tem razão, vai sê-lo ainda mais. Mas isso seja com GL, seja com BdC ou com Nosso Senhor Jesus Cristo Redentor, não nos punhamos à procura de subterfúgios...

    Uma coisa é ter uma opinião contrária, outra coisa é nem sequer dar espaço à discussão e nem sequer tentar perceber o que a outra parte argumenta, como se só você fosse dono da verdade. O senhor tem a sua opinião, eu tenho a minha - concordemos em discordar e fiquemo-nos por aqui... já que o conceito de apartidarização, para si, parece ser demasiado difícil de assimilar...

    ResponderEliminar
  20. Mauro, o que eu estou a reparar em si, à falta de argumentos, é vir pessoalizar a questão. De repente, eu para si estou à procura de subterfúgios, não dou espaço à discussão, sou dono da verdade etc... Não tem mais formas subtis de tentar atacar-me? Olhe que devia-lhe incomodar mais a mensagem do que o mensageiro...

    A única coisa que podia tentar pessoalizar no Mauro é uma certa tendência para alguma vitimização e sentimento de estar a ser perseguido. Mas se calhar estou errado. Se calhar o que custa ao Mauro é apenas a realidade (custa-nos a todos) e que alguém o confronte com factos complicados de rebater (infelizmente para o Sporting).

    Mas deixe lá isso então. SL

    ResponderEliminar
  21. GODINHO LOPES O ÚLTIMO DE "LA FAMILIA"

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!