Próximo Jogo

Próximo Jogo

27/10/2012

Um poço sem fim, por Luís Pencas

Ainda não “batemos” no fundo do poço., mas já parece já nem conseguirmos ver a luz, de onde estamos. Toda a gente que percebe minimamente de futebol, sabia que o Sporting em que Sá Pinto pegou, com toda a qualidade do plantel e a motivação incutida por ele, não sabia mais senão jogar em contra-ataque. Contra City, Bilbao, Porto, Benfica, etc (...) o Sporting conseguia fazer bons resultados; já contra Clubes de menor expressão, incomparavelmente mais fechados, em nenhum jogo Sá Pinto conseguia pôr o “abre-latas” a funcionar. Com bola, a equipa era uma “desgraça” (passo a expressão); não me surpreende a sua saída.

Certos casos não têm sido abordados ou passaram despercebidos. E parece-me que os sócios andam a tomar alguma espécie de alucinogénio. Cito alguns:
  1. A saída de Onyewu
    • Inquestionavelmente um "patrão". Nesta altura contamos nós com Xandão que, qualitativamente, é tão bom ou pior que Daniel Carriço, à excepção da altura - e já se viu que nem por isso vale grande coisa no jogo aéreo. Como marcou um golo de calcanhar ao City quase tudo o que fez de mau foi ignorado. Dizia-se tão mal de Polga e com ele não sofríamos metade dos golos do que já sofremos esta época. Mandam embora provavelmente o melhor central do Clube (Onyewu) porque aufere um salário mais alto que outros? E deixamos um jogador experiente a ser suplente não utilizado no Málaga?
  2. Sá Pinto sai. 
    • Godinho Lopes vem dizer basicamente que o treinador que virá não é prioritário? O Presidente falava mais da Sporting TV do que do novo treinador e continuávamos sem novidades. Mais de 15 dias para arranjar treinador. E que bela gestão feita até hoje… Domingos com contrato de 3 ou 4 anos - sai ao fim de 6 meses; Sá Pinto fica temporariamente ao final da época e, em vez de renovarem por 1 ano (não se esqueçam que perdemos pontos inadmissíveis que nos deram o 4º lugar, abaixo do Braga, e que perdemos a Taça de Portugal…), renovam por 3 anos e ao final de 3 meses sai; passam 15 dias e Oceano permanece no “desenrasca” até dia 30 - data em que o novo treinador belga entrará em funções.
  3. Quem dá a cara sempre pelo Clube (e não falo só da equipa) é o treinador. Porquê? 
    • Desde Paulo Bento e até anteriormente que é assim. Que Direcções são estas que não conseguem diminuir a pressão no treinador a fim de se focar única e exclusivamente nos resultados da sua equipa? Até Domingos pediu, a certa altura, para “não falarem mal deste Clube, que não merece”...
  4. Pontas-de-Lança temos 1 (e meio); médios temos quase 1 dúzia.
    • Parece-me que, pelo que Viola mostrou, o argentino não é jogador para estar sozinho na frente, entre os dois centrais adversários. Rubio e Betinho não são opções e, aliás, estão a fazer um bom trabalho na Equipa B. Mas para quê tantos jogadores no meio-campo? Gelson, Rinaudo, Schaars, Elias, Adrien, André Martins, Labyad, Izmailov. Só jogam 3… e os meio-campistas da Equipa B, por muito bons que sejam, ficam sem perspectivas nenhumas de jogar pela A, como por exemplo, jogadores como João Mário u Zezinho Talvez o antigo internacional A brasileiro Elias tenha jogado pior que eles, em todos os jogos que realizou até agora!
  5. Que belo voto de confiança dado a Oceano!
    • Oceano é convidado a tomar conta do plantel Sénior e, imediatamente após, convidam Sá Pinto para a Equipa B. Caso Sá Pinto aceitasse para onde iria Oceano? Tapar outro buraco, talvez…
  6. Todos os trunfos de campanha de Godinho Lopes já se foram. Sem contar com os jogadores - cuja única promessa concretizada dava pelo nome de Alberto “flop” Rodríguez (não se esqueçam que Garay foi prometido e acabou no rival).
Resta saber, segundo afirmações de GL, se os desistentes são os outros e é ele o único persistente, lutador, ou se é apenas teimoso ao ponto de não ver que até agora o único resultado que carimbou no Sporting foi o igualar da pior série de resultados de sempre.

Sorte ao novo treinador Frank Vercauteren. Bem precisará! 

Titular do artigo: Luís Pencas
Partilhar:

1 comentário:

  1. Em relação ao Onyewu lembro-me de tanta gente que me criticou quando disse que era melhor que o Xandão na altura da saída do americano.Agora esses "papagaios" não piam porque vêm que não têm razão, é o mal do Sporting toda a gente fala sempre ouvi dizer que quando não se sabe o melhor é ficar calado e isso ajusta-se na perfeição tanto a adeptos como dirigentes no Sporting. Quanto à história de Oceano penso que se Sá Pinto aceitasse o cargo na equipa B o seu lugar seria como adjunto (o que de facto acontecerá agora com Vercauteren). Espero que agora com a reestruturação feita (regime presidencialista parece-me óptima ideia se resulta com os grandes clubes porque não connosco?) haja mais protecção ao treinador...

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!