Próximo Jogo

Próximo Jogo

27/01/2014

Taça da Liga: Desorganização Profissional


Chama-se Taça da Liga, mas ao longo dos 7 anos da sua existência foi ganhando várias alcunhas. Para nós, Sportinguistas, esta Taça é e será sempre a Taça Lucílio Baptista, numa alusão à 2ª edição do troféu, perdido ante o rival SL Benfica à custa de um penalty assinalado (pelo árbitro auxiliar do meio-campo contrário, a uns bons 50 metros) por mão na bola de Pedro Silva, completamente inexistente. Sete edições da Taça da Liga depois, o Sporting CP, por demérito próprio também, esteve presente apenas em duas finais, ambas perdidas, para Vitória FC e SL Benfica. Resumindo, trata-se de um troféu que só ganha contornos de relevo pela polémica que cria, ano-após-ano. E cria muita...

Salvo erro, o Sporting Clube de Portugal foi um dos proponentes para a criação deste troféu, sustentando o incremento de jogos (até tendo em vista a redução de equipas nos campeonatos profissionais), a oportunidade de emprestar competição a jogadores mais novos e menos utilizados, e o incentivo financeiro que poderia proporcionar aos Clubes mais pequenos. O Presidente da Liga de Clubes era, então, Hermínio Loureiro. À altura, a implementação do troféu tinha a sua lógica.

Lógica essa que se perdeu há 2 épocas com a reimplementação das Equipas B, na II Liga. Basta referir que, neste momento, é possível um Clube da II Liga fazer 60 jogos numa época, o que, para Clubes de tão frágil saúde financeira, é uma aberração! Neste momento, a existência da Taça da Liga não faz qualquer sentido (...) nem o fará futuramente, com o alargamento dos campeonatos principais a mais equipas, a menos que os moldes das competições mudem. E mudem para melhor...

Por exemplo, para a próxima época, além do regresso da I Liga com 18 equipas, está aprovado o incremento de mais 2 equipas na II Liga, de 22 para 24 equipas, dividindo-se em duas zonas (Norte | Sul), onde os 6 primeiros classificados de cada uma das zonas disputariam uma 2ª fase de apuramento para a I Liga. Mas (...) em que regime se incluirão as Equipas B, visto que não podem subir à I Liga (por conflito com os Clubes-mãe)?! Se, por exemplo, o Sporting B e o Benfica B (que disputarão a Zona Sul) se classificarem dentro dos 6 lugares de acesso à fase de apuramento, seguem para essa fase seguinte ou ficam auto-excluídos por impedimento de promoção?! E se, neste exercício, se auto-excluir as Equipas B da fase final, disputarão a fase de descida ao Campeonato Nacional de Seniores (tendo-se classificado para a fase de subida), ou simplesmente cessarão a competição?! Como se demonstra, apesar das medidas já aprovadas em AG da Liga de Clubes, há muito por onde trabalhar, muitas arestas por limar, para que não surjam os habituais imbróglios dos campeonatos portugueses.

Subsequentemente a estes alargamentos das competições profissionais, a Taça da Liga (de que defendo a extinção, como já devem ter deduzido) depara-se com outro problema. Com a incrementação de equipas, é preciso alargar a competição e, nos moldes actuais, tal é virtualmente impossível. Esta época, 38 equipas participam/participaram nas várias fases desta competição mas, em 2014/15, haverá mais 4 equipas - 42, portanto.

Talvez a questão se possa resolver iniciando a competição com uma mini-copa com os 12 Clubes piores classificados da II Liga (para o caso, os 3 Clubes que sobem do Campeonato Nacional de Seniores juntamente com os 13º a 21º classificados da II Liga, inclusivé) divididos por 4 grupos de 3 equipas, passando o 1º classificado de cada grupo até sobrarem apenas duas equipas, que juntar-se-iam aos restantes 30 Clubes, iniciando então a fase principal da Taça da Liga, sempre disputada a uma só mão (com direito a prolongamento e grandes penalidades, se for caso disso), sempre disputados em casa do Clube da divisão inferior ou do pior classificado. Sem demais condicionantes ou salvaguardas para cabeças-de-série.

Já que os Clubes decidiram impedir a extinção deste troféu, faça-se dele, definitivamente, um troféu honroso, e não esta farsa que vigora, com moldes competitivamente horrorosos e regulamentos que existem mas que aparentemente não importa cumprir.


Partilhar:

1 comentário:

  1. o pior foi o caso do "goal average" há uns anos

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!