Próximo Jogo

Próximo Jogo

21/03/2014

De volta ao futebol: 17-3, voltar às vitórias no Funchal

O histórico de confrontos entre o CS Marítimo e o Sporting CP, no Funchal, para o campeonato, é-nos favorável (20 vitórias, 4 empates e 9 derrotas; 57 golos marcados e 32 golos sofridos); porém, nas duas últimas épocas não conseguimos vencer. Em 2011/2012, naquele que seria o último jogo de Domingos Paciência à frente dos desígnios dos leões, perdemos 2-0, e na época transacta não fomos além de um empate a uma bola.

Esta época, a equipa está melhor, mais confiante, mesmo perante as várias adversidades mas, ainda assim, tal não significa entrar em campo já a ganhar. Como já disse anteriormente, estes últimos 7 jogos são de uma importância superlativa, no que ao apuramento directo para a Champions League diz respeito - mesmo que, à partida para esta época, o objectivo primordial fosse o 3º lugar da tabela. E, para isso, neste momento o Sporting Clube de Portugal precisa arrecadar 17 dos 21 pontos em disputa para assegurar esse posto, matematicamente (apesar dos 5 pontos de vantagem para o FC Porto, estes detêm vantagem no confronto directo). E mais que esperar por deslizes do(s) adversário(s), Leonardo Jardim e a sua equipa só têm que contar com eles mesmos, jogo-a-jogo, sem pressões demasiadas mas sem desleixes também.

O egípcio Shikabala, contratado na janela de Mercado de Transferências de Janeiro, surge pela primeira vez na convocatória da principal equipa, depois de 2 jogos pela Equipa B, onde deixou bons indicadores técnicos. Ainda assim, fisicamente não estará nas melhores condições, por ora, pelo que o mais provável será começar o jogo no banco ou até ser remetido para a bancada - se bem que continuo sem perceber que terá feito Gérson Magrão para merecer tanta confiança de Leonardo Jardim. Tenho a convicção, quando em condições óptimas de trabalho, Shikabala será com alguma certeza um valor acrescentado à equipa, pela criatividade que tem de sobra.

Assim sendo, para Sábado, apostava num 11 constituído por: Rui Patrício (cap.); Cédric Soares, Eric Dier, Marcos Rojo e Jefferson; William Carvalho, Adrien Silva e Carlos Mané, Diego Capel, André Carrillo e Islam Slimani. Não sei se não será este o melhor 11 possível, neste momento, tendo em conta o rendimento individual e a qualidade subjacente...

Como afirmei aquando da recepção ao CS Marítimo, em Alvalade (jogo difícil, ganho por 3-2), a velocidade e mobilidade dos seus atacantes será sempre um problema a ter em conta - os laterais com certeza sentir-se-ão compelidos a não avançar muito no terreno, precisamente devido à velocidade dos adversários nas transições, pelo que os alas/extremos porventura estarão mais desacompanhados no que à função ofensiva diz respeito. Anulado o jogo lateral, o jogo interior será, a meu ver, a "chave" do jogo e, portanto, daí a minha escolha recair na inclusão de Carlos Mané, ao invés de Vítor ou Gérson Magrão - mais tácticos, pela velocidade e imprevisibilidade do jovem formando dos leões. Adrien Silva, como quase sempre esta época, terá também uma palavra importante a dizer. A batalha pela superioridade numérica nas várias zonas do terreno ao longo do jogo será preponderante para o desenrolar do mesmo, e a hipótese de poder ver reduzido o número de pontos a arrecadar, relativamente ao 2º lugar da tabela.

Enfim, que no final do jogo, mais mal ou mais bem, o Sporting Clube de Portugal volte a sair da Madeira feliz, com 3 pontos na bagagem.
Partilhar:

5 comentários:

  1. A grande novidade desta convocatória é mesmo do mágico Shikabala. Seria importante este jogador mostrar/acrescentar algo mais a equipa. Vamos lá ver se é mesmo aquele desequilibrador que tanto ansiamos.

    O caldeirão dos Barreiros sempre foi um campo difícil para qualquer equipa, mas acredito que vamos lá buscar os 3 pontinhos.

    Spoooooooooooooorting

    AC

    ResponderEliminar
  2. Também sou da opinião que deverá ser Carlos Mané a ocupar o lugar deixado em aberto pela lesão do André Martins. A outra solução seria a entrada de Montero. Embora a equipa joga-se no mesmo sistema, com Montero ou Carlos Mané no apoio a Slimani, são 2 jogadores totalmente diferente e isso influência o coletivo.

    A minha escolha recai em Carlos Mané por dois motivos: Criatividade e capacidade de fazer pressão.

    Com Mané no apoio a Slimani iremos ganhar muita velocidade naquela zona do terreno, que pode e deve ser aproveitada para realizar movimentos de rutura ( como André Martins fez e bem no golo contra o Porto). Mais do ponto de vista defensivo, Carlos Mané oferece mais disponibilidade para ajudar Slimani a pressionar a 1ª fase de construção do adversário.

    ResponderEliminar
  3. Ainda por cima o FCP vai jogar o proximo jogo sem 3 jogadores chave: Quaresma, Fernando e Danilo. Temos mesmo que ganhar ao Maritimo porque acho que o FCP vai perder pontos.

    ResponderEliminar
  4. Antes do mais, ter presente que tanto Porto como Benfica perderam esta época nos Barreiros.

    Depois, encarar o jogo como uma verdadeira final, pois que, a par do jogo com o Nacional, será dos dois mais dificeis que temos até final.

    Finalmente, manter a identidade do SCP, pois que a única vez em que tal não aconteceu, o SCP fez a sua pior exibição da época (na Luz, contra o Benfica).

    Algumas dúvidas na constituição da equipa:
    - Mauricio ou Dier na dupla de centrais? Penso que Jardim devolverá a titularidade ao "xerife", apesar da boa prestação de Dier no jogo com o Porto.
    - Mané, Montero, Vitor ou Magrão no lugar de Martins? Jardim deverá apostar em Mané.
    - Heldon, Carrillo ou Wilson Eduardo na extrema direita? Aqui a minha maior dúvida sobre qual será a opção de Jardim, mas tendo a inclinar-me para a hipótese Carrillo, embora não seja de descurar a aposta em Heldon, que tão bem conhece a equipa maritimista.

    Mas sejam quais forem as opções de Jardim, estou certo que serão as efectivamente melhores para a equipa, pois é ele que trabalha diariamente com os jogadores e é ele que tem os conhecimentos técnicos que lhe permitem ser o grande treinador que é.
    Qualquer um de nós somos apenas meros curiosos da bola, que pouco ou nada sabemos do que é treinar e orientar uma equipa de futebol.

    Jarvalho

    ResponderEliminar
  5. Rui Marcelo22/3/14 12:22

    Jogo que nos costuma trazer muitas dificuldades, não só a nós, mas normalmente é um campo complicado, lembro que o benfica já lá perdeu este ano!
    Espero acima de tudo um Sporting muito motivado depois da vitória no clássico e com a possibilidade de colocar em pressão os adversários diretos!
    Na minha opinião hoje colocaria o heldon e carrillo no 11 inicial, puxando mané para a posição deixada por martins, heldon e carrillo ficavam nas alas o que nos iria garantia muita velocidade e mobilidade no ataque!

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!