Próximo Jogo

Próximo Jogo

02/03/2014

Modalidades: Futsal leonino reforça liderança, como vitória ante Braga | Andebol leonino elimina dragões rumo à Final-Four da Taça de Portugal | Hóquei leonino respira, após derrotar Cambra | Rugby leonino perde derby | Futsal Feminino mantém senda de vitórias | Leoas do Basket iniciam Fase Intermédia com nova vitória | Atletismo: Manuel Damião e Equipa Feminina sagram-se Campeões Nacionais de Corta-Mato

  • Futsal (Liga Sport Zone Futsal - Fase Regular)
A equipa de Futsal do Sporting CP venceu o SC Braga, por 3-6, em jogo da Jornada 20 do Campeonato Nacional, que se realizou, este Domingo, no Pavilhão da Universidade do Minho.

Os comandados de Nuno Dias entraram muito bem na partida e nem precisaram de correr muito para chegarem ao primeiro golo. Caio Japa aproveitou uma falha defensiva dos jogadores da casa, fugiu-lhes sem muitas oposições e rematou para o 0-1, aos cerca de 30 segundos de jogo. O SC Braga respondeu, dispondo de duas oportunidades quase seguidas: uma foi ao lado da baliza de João Benedito, a outra ao poste. Sem ver as suas redes «furadas», o guardião leonino chegou-se à frente do terreno e portou-se que nem um jogador de campo. João Benedito deixou a baliza e apareceu, confiante, no lado direito do ataque leonino, rematando forte e em jeito para o 0-2. Os leões tentaram manter o ritmo, mas a equipa da casa, depois de entrar mal na partida, organizou-se melhor e aliviou de forma mais convincente as tentativas verdes-e-brancas. Assim, só aos sete minutos Paulinho, numa boa combinação com Marcelinho, fez o terceiro tento do Sporting CP. Até ao final da primeira-parte, assistiu-se a um jogo mais disputado, contudo o SC Braga não conseguiu transformar as oportunidades em golo e o intervalo chegou com o 0-3.

No recomeço da partida, o Sporting CP voltou a entrar a alta rotação, trocando bem a bola e chegando com qualidade ao ataque. E, aos 23 minutos, Caio Japa, que já tinha aberto o activo no primeiro tempo, abriu-o também na segunda-parte. Excelente remate, com o guarda-redes bracarense a tentar intrometer-se, mas sem hipótese e, assim, estava feito o 0-4. Vantagem folgada e justa, mas notava-se que o resultado não ficava por ali. Deo e Marcelinho, depois de algumas tentativas, também fizeram o «gosto ao pé» e concluíram as contas leoninas; enquanto, nos dez minutos finais, o SC Braga marcou por três vezes, uma delas de grande penalidade, mesmo ao cair do pano, mas a vitória já não fugiu.

Na próxima jornada, os leões recebem a formação do CF "Os Belenenses".

Classificação & resultados aqui.
  • Andebol (Taça de Portugal)
O Sporting CP recebeu e venceu o FC Porto, por 25-23, em jogo dos quartos-de-final da Taça de Portugal, que se realizou, este Sábado, no Pavilhão Municipal Eng.º Ministro dos Santos, em Mafra. Com este resultado, fruto de muita garra e qualidade, os leões seguem em frente na prova, onde só pensam em revalidar o título.

Os comandados de Frederico Santos entraram bem na partida, inaugurando o marcador ainda antes de cumprido o primeiro minuto. Os leões saíram ao ataque, os azul-e-brancos fizeram logo falta e Pedro Solha começou a construir mais uma excelente vitória. O FC Porto empatou logo a seguir, mas foi «sol de pouca dura». Muita organização defensiva e boas movimentações na linha ofensiva permitiram à equipa verde-e-branca, apesar de uma ou outra falhas na finalização, superiorizar-se minuto após minuto no campo e no marcador. No primeiro tempo, os visitantes não conseguiram nunca destacar-se no placard, apesar de o terem tentado. Assistia-se a um excelente jogo de andebol e a uma partida bastante partilhada, com intensidade dos dois lados, mas foi sempre mais fácil furar as redes azul-e-brancas do que as defendidas - e tão bem guardadas - por Ricardo Candeias. Assim, ao intervalo o marcador mostrava justiça e premiava a solidez leonina: 16-11.

Na segunda metade, os azul-e-brancos entraram dispostos a alterar o rumo do jogo e da vitória leonina. E assustaram! Até aos primeiros 12 minutos da segunda-parte, mais golos do adversário (6) contra apenas um do Sporting CP e, assim, se igualou a partida: 17-17. Podia dizer-se que voltava «tudo» à estaca zero e, por isso, o Sporting CP da primeira-parte exigia-se de volta. E, assim foi - ainda que mais tímido! Pedro Portela «imitou» Pedro Solha, no 1-0 inicial, e fez o 18-17 para os leões. Aos poucos e poucos, com muito apoio nas bancadas, o Sporting CP voltou a assumir o controlo do jogo, mas sem conseguir garantir a superioridade no marcador: 18-18; 19-19; 20-20… mas, à entrada para os dez minutos finais, Pedro Portela deu nova vantagem e renovou os ânimos (21-20). Francis Carol, Fábio Magalhães, por duas vezes, e Pedro Portela ainda marcaram e Ricardo Candeias, apesar de ainda ter sofrido três tentos, continuou exímio na baliza e, assim, o esforço, a dedicação e a devoção deram a tão merecida glória. Venham as meias-finais!

O próximo jogo está marcado para o próximo dia 8, Sábado, pelas 15h, na recepção ao AA Águas Santas, na jornada inaugural da Fase Final do Campeonato Nacional de Andebol1.

Calendário & resultados aqui.
  • Hóquei em Patins (Campeonato Nacional - I Divisão
A equipa de Hóquei em Patins do Sporting CP recebeu e venceu, este Sábado, a formação do HA Cambra, por 7-4, em jogo da Jornada 18 da I Divisão, disputado no Pavilhão José Gouveia em São João da Talha.

Os comandados de Nuno Lopes entraram bem e pressionantes na partida, mas não conseguiram, desde logo, espelhar a qualidade no marcador. E, assim, quem não marca acaba por sofrer e foi o que aconteceu, quando Viti, aos 17 minutos, surpreendeu Carlos Coelho. A formação leonina não ficou intimidada e continuou a procurar o golo, que apareceu logo a seguir numa excelente jogada individual do experiente Diogo Lã. 1-1 no marcador, mas que não durou muito tempo. Quatro minutos depois, Bruno Fernandes colocou, de novo, a equipa visitante na frente do marcador e o intervalo chegou, com um resultado injusto para o Sporting CP.

E, assim, na segunda-parte haveria que dar a volta. Cientes disso, os leões entraram muito bem na segunda-parte. A jogar bem e com insistência, as faltas foram também surgindo e foi na marcação de um livre directo que o capitão Ricardo Figueira empatou a partida (2-2). Um minuto depois, aos 32, Ricardo Figueira voltou a marcar e a colocar o Sporting CP, pela primeira vez, na frente do placard. Os visitantes quiseram responder e tiveram a oportunidade de marcar, numa grande penalidade, mas estava lá Carlos Coelho. Só que depois, Carrais fez mesmo o 3-3. Igualdade no marcador, mas sinal mais para os leões e, por isso, sem surpresas, Ricardo Figueira, aos 35 e aos 44 minutos, e Diogo Lã, aos 40, começaram a garantir o triunfo leonino. Bruno Fernandes ainda voltou a «intrometer-se» e fez o 6-4, mas o capitão verde-e-branco voltou a marcar, apontando o quinto golo da conta pessoal e o sétimo do Sporting CP, e selou o marcador numa vitória justa e folgada.

O próximo jogo está marcado para o próximo dia 5, Quarta-feira, pelas 21h, na deslocação ao reduto do CD Paço de Arcos.

Classificação & resultados aqui.
  • Rugby (Campeonato Nacional - I Divisão - Fase de Apuramento)
A equipa de Rugby do Sporting CP, na recepção ao SL Benfica, em partida a contar para a Jornada 14 da Fase de Apuramento do Campeonato Nacional da I Divisão, perdeu por 6-15.

Os leões entraram muito bem na partida, não permitindo que o adversário apresentasse grande perigo. Até meio da primeira-parte, o Sporting CP dominou, mas nos minutos finais falou mais alto a experiência da equipa encarnada, que aproveitou um erro dos comandados de Carlos Castro e fechou o marcador em 3-8.

Na segunda-parte, a história repetiu-se. Melhor o Sporting CP durante grande parte do encontro, mas não conseguiu traduzir a supremacia em pontos e acabou por sair do Estádio Universitário com uma derrota, por 6-15.

Nesta partida valeu a maior experiência da equipa encarnada, mas uma nota para a réplica apresentada pelo Sporting CP, que nunca baixou os braços e lutou até ao final por outro resultado. Uma palavra para as largas dezenas de sportinguistas que estiveram no Estádio Universitário a apoiar a equipa comandada por Carlos Castro.

Classificação & resultados aqui.
  • Futsal Feminino (Campeonato Distital - AF Lisboa - I Divisão)
Num Pavilhão de dimensões reduzidas, o Sporting CP levou de vencida por 1-4 o Sport Ereira e Benfica no Pavilhão do Pregança no Concelho da Lourinhã.

O Sport Ereira e Benfica procurou não perder por muitos, e para isso posicionou a sua equipa numa postura defensiva, apostava na tentativa de sair em contra-ataque, o que não conseguia devido à melhor posição das atletas leoninas. O Sporting CP, com muita paciência, foi pressionando o Sport Ereira e Benfica e, à passagem do 6º minuto, Catarina com um remate frontal inaugura o marcador. O Sport Ereira e Benfica continuou no seu jogo, o Sporting CP ia criando algumas situações que poderia ter marcado, mas Telma, aos 17 minutos, com um remate cruzado da direita, coloca o Sporting CP a vencer por 0-2, resultado com que se atinge o intervalo.

Na segunda-parte a toada continuou; o Sport Ereira e Benfica defendia na zona dos 10 metros e o Sporting CP, na expetativa, com paciência e controlando o jogo. Numa das poucas desatenções o Sport Ereira e Benfica reduz por intermédio de Lenia, que escapou pela esquerda, rematando com muita força não dando possibilidades à guarda-redes do Sporting CP, Juliana. Aos 50 minutos o Sporting CP beneficiou de uma grande penalidade, talvez mal assinalada, a jogadora do Sport Ereira e Benfica (Beatriz) joga a bola com a mão já perto da linha de golo, tentando evitar que a bola transpusesse-se a linha de baliza não o conseguindo, o árbitro assinala grande penalidade e expulsa a jogadora, o Sporting CP acabou por não beneficiar porque Ana Marques não acertou com a baliza, gorando-se a possibilidade de o Sporting CP aumentar a vantagem. O Sporting CP continuou a dominar e a criar situações de golo, sendo evitados pela guarda-redes do Sport Ereira e Benfica (Verónica) que evitou alguns golos certos. Marisa aos 54 minutos numa boa jogada de circulação rápida da bola, coloca o Sporting CP com dois golos de vantagem. A poucos minutos do fim um auto-golo de uma jogadora do Sport Ereira e Benfica, coloca o Sporting CP a vencer por 1-4, dando mais justiça ao resultado.

Não tendo sido um jogo brilhante, devido às reduzidas dimensões do recinto, o Sporting CP foi a única equipa a querer trazer os 3 pontos de Pregança, pelo que foi um justo vencedor.

Classificação & resultados aqui.
  • Basquetebol Feminino (Campeonato Nacional - II Divisão - Fase Intermédia)
A equipa feminina de Basquetebol do Sporting CP recebeu e venceu o Sport Algés e Dafundo B, por 67-44, na primeira jornada da II Fase do Campeonato Nacional da II Divisão, disputado no Pavilhão da Escola Secundária do Lumiar.

As comandadas de Luís Abreu sentiram algumas dificuldades para imporem o seu jogo, mas após os primeiros cinco minutos de jogo e depois de rectificadas algumas situações, as leoas entraram no ritmo, e no esquema táctico do Sport Algés e Dafundo B, e começaram a construir um excelente e claro triunfo. 37-16 era o resultado ao intervalo, apesar das investidas da equipa visitante.

No recomeço da partida, o sinal mais continuou virado para a formação leonina que, sempre compacta e lançada ao ataque, foi construindo uma vantagem cada vez mais confortável. Assim, o último período de jogo, onde a vitória parecia já não fugir, serviu para apostar nas atletas com menos minutos. E as leoas responderam bem e continuaram no rumo certo: uma vitória volumosa, que dá, ainda, pela qualidade as garantias necessárias para atingir a final-four. São agora 15 vitórias, em 15 jogos…

Na próxima jornada as leoas deslocam-se ao reduto do FMH.

Classificação & resultados aqui.
  • Atletismo (Nacionais de Corta-Mato)
Manuel Damião sagrou-se Campeão Nacional de Corta-Mato (12 km), na prova que se realizou, este Domingo, em Pombal. Também a equipa feminina do Sporting CP foi campeã, quebrando um jejum de 40 anos. Os dois triunfos foram completamente justos e sofridos, dadas as condições climatéricas e do terreno.

O atleta leonino alcançou o primeiro lugar com uma diferença de 30 segundos, em relação ao segundo classificado, e arrecadou o título pela terceira vez consecutiva. Por sua vez, o colectivo masculino do Sporting CP, sem poder contar com Rui Silva e António Silva, foi segundo classificado, alcançando 36 pontos, contra os 20 que o SL Benfica somou e que lhe permitiu sair vencedor.

No sector feminino, apesar do primeiro lugar ter sido alcançado por Dulce Félix, o Sporting CP dominou no colectivo com Salomé Rocha a ser segunda classificada, cedendo o primeiro lugar por apenas quatro segundos, Catarina Ribeiro a ser terceira (primeira em sub-23) e Ercília Machado a ser quinta. Assim, por equipas, o Sporting CP somou 23 pontos, contra 47 do SL Benfica que foi segundo classificado.
Partilhar:

0 comentários:

Enviar um comentário

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!