Próximo Jogo

Próximo Jogo

21/04/2014

O Filho Pródigo...

O filho pródigo a casa torna, lá reza a velha parábola e, ainda que um "mero" segundo lugar classificativo não seja propriamente motivo de grandes festejos, o contexto faz o homem, e o Sporting Clube de Portugal desta época não pode passar ao lado das comparações com a época imediatamente anterior. Quanto mais não seja, porque se augurava um longo e penoso período de recuperação, talvez hercúleo mas necessário, e porque se constata agora o êxito do risco que se correu, esta época pelo menos, situando as mais razoáveis expectativas numa simples ida às competições europeias - Europa League, leia-se!

Ora pois senão que à Jornada 28, o Sporting CP tem já garantido o acesso directo à Fase de Grupos da Champions League 2014/2015! E pese embora por vezes nos irritemos com determinado jogador, determinadas escolhas do treinador, determinadas declarações do Presidente; ainda que critiquemos pontualmente algo, aqui e ali, questionemos e tentemos responder às adversidades que sempre surgem, a verdade inquestionável é que a equipa de Futebol do Sporting Clube de Portugal desta época provou ser a que melhor aproveitamento conseguiu desde a longínqua época de 1994/1995, incluindo as épocas dos três últimos títulos de Campeão Nacional. Em termos de Campeonato Nacional, registe-se.

Igualmente verdade é que o Sporting CP se viu prematuramente afastado de ambas as Taças internas, mesmo que possamos redigir algumas queixas pela forma com que delas fomos afastados, em ambos os casos. Sim, ficámos de fora "de tudo" cedo demais, mas a diferença maior para as últimas épocas consiste na firmeza e consistência com que mesmo assim disputámos o Campeonato. Até onde foi matematicamente possível, pelo menos, objectivo que só se esfumou ontem com a vitória caseira do SL Benfica ao SC Olhanense, patrocinado por duas "casas" oferecidas pelo Guarda-Redes dos algarvios.


Exibicionalmente falando, considero que todos os lugares de acesso a qualquer das competições europeias é perfeitamente demonstrativo da qualidade que as equipas exibiram ao longo da época (excepção feita talvez entre o FC Porto e o GD Estoril-Praia cujos lugares classificativos se podiam trocar com igual justeza). E por mais que me provoque alguma náusea sequer pensá-lo, a conquista do título por parte do mais próximo arqui-rival é merecida. Mesmo que considere igualmente que o Sporting Clube de Portugal não merecia tamanha distância pontual para o líder e que, objectivamente falando, entre o deve e o haver dos benefícios/prejuízos por parte dos senhores do apito, o SL Benfica foi beneficiado no mesmo rácio com que o Sporting CP foi prejudicado!...

Seguem-se os últimos dois jogos da época, na deslocação à Madeira, para defrontar o CD Nacional, e na recepção ao GD Estoril-Praia, para fechar oficialmente as contas da temporada. Em termos motivacionais, será difícil encontrar o espírito de união e sacrifício e a garra necessários para conseguir os 6 pontos em disputa, por já estar tudo perfeitamente definido. Mas Leonardo Jardim, mais que ninguém, é um profissional sério o suficiente para não abdicar de os tentar conquistar, ainda que possa estrategicamente proceder a algumas trocas e experiências, tendo já em vista a próxima época.


Há quase 4 anos que aqui escrevo, e só agora o SVPN vai ter a oportunidade de ver o Sporting Clube de Portugal disputar uma Champions League, numa época que se apresentará, com toda a certeza, muito mais difícil que esta que agora termina. Oxalá todo o sucesso desta época se comprove anti-infortúnios e que a gestão da próxima temporada seja feita à medida das dificuldades que com certeza iremos enfrentar. Não há que ter medo do Futuro, sob pena de se hipotecar o Presente!...
Partilhar:

1 comentário:

  1. Da leitura do último parágrafo do post, percebe-se quão mal andou o SCP estas útlimas épocas, pois foram precisos quatro anos de SVPN para vermos a nossa equipa entre os melhores da Europa.

    O que é certo é que, num só ano, deixámos de ser o 4º grande, atrás do S.C. Braga, como alguns já proclamavam, ou de estarmos a caminho da "belenensização", como outros apregoaram, e voltámos a estar no topo do futebol nacional.

    O nosso segundo lugar é inteiramente merecido e lamento que tenhamos sido claramente prejudicados de uma forma vergonhosa em jogos chave desta época, que cavaram um fosso pontual para o novo campeão e não nos permitiu lutar com este até ao final pelo título.

    Para o futuro, e mesmo que os titulos não apareçam no imediato, o caminho a seguir terá de continuar a ser este: aposta na formação, orçamentos baixos, pouco investimento em novos jogadores.

    Jarvalho

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!