Próximo Jogo

Próximo Jogo

19/04/2014

Um pastel para comemorar a ida à Champions

Finalmente podemos dizer com todas as letras: Estamos na Liga dos Campeões! Era o objectivo principal da corrente época e foi ontem alcançado no Estádio do Restelo graças ao penalty convertido por Adrien Silva. Não sendo nenhum título, é um feito de grande importância quer desportiva quer financeiramente. Tal irá permitir ao Sporting CP um encaixe certo de aproximadamente 8.6M € bem como uma maior visibilidade e projecção internacional dos seus jogadores. 

Um pouco à imagem do que aconteceu na jornada anterior ante o Gil Vicente FC, voltámos a realizar uma exibição de pouca qualidade. Ofensivamente fomos pouco dinâmicos e isso reflectiu-se no número de oportunidades de golo criadas. O nosso jogo interior voltou a ser muito limitado, e só quando Carlos Mané se deslocava mais dentro para receber a bola é que conseguimos criar algum tipo de desorganização no adversário, através do corredor central. O jogo exterior, que tão bons resultados tem dado esta época, não foi devidamente explorado. Iván Piris e Jefferson raramente se envolveram em combinações com os extremo,s para dar profundidade ao nosso futebol, e os próprios extremos foram pouco influentes na criação de situações de finalização. 

Defensivamente não estivemos tão seguros como no jogo anterior, e só terminamos o jogo sem sofrer graças à boa exibição de Rui Patrício. A pressão à 1ª fase de construção do adversário não foi tão eficaz como em outros jogos, e o duplo-pivot composto por William Carvalho e Adrien Silva não apresentou a agressividade e intensidade a que nos tem habituado esta época nas suas ações defensivas. No geral, fomos uma equipa demasiado passiva quando nos encontrávamos em organização defensiva.

Colectivamente não há muito mais a dizer. A equipa parece apresentar algum cansaço, principalmente quando se encontra sem a posse de bola, não apresentando a qualidade que foi visível em grande parte desta época, ao nível da pressão e recuperação. No que diz respeito à organização ofensiva, os problemas têm sido quase sempre os mesmos: i) poucos jogadores com grande capacidade criativa na frente de ataque, ii) extremos incapazes de ocupar zonas interiores e iii) ausência de um médio-ofensivo capaz de ocupar com qualidade o espaço entre-linhas do adversário, o que se traduz num futebol mais previsível e facilmente anulável. Não é por acaso que com o decorrer da época fomos marcando menos golos em contraponto com o início de época bastante goleador. 

Individualmente, na minha opinião, os jogadores que acho importante destacar são Rui Patrício, William Carvalho e André Martins, mas nem todos pelos mesmo motivos. O guardião português foi o principal responsável da vitória leonina, com algumas intervenções que permitiram manter a nossa baliza inviolável. William Carvalho, por seu lado, não apresentou o seu melhor futebol, nomeadamente ao nível do passe. Não teve o elevado critério em posse que costuma ter, errando mais passes que o normal. Por fim, a agradável exibição de André Martins. Foi dos poucos que conseguiu pressionar quando a equipa não tinha a posse de bola  (embora sem grande sucesso, dado que a pressão só resulta se for colectiva) e com bola foi dos mais dinâmicos. Realizou alguns dos seus movimentos de ruptura, ocupando o espaço vago nas costas do lateral-esquerdo adversário, e foi o responsável pela melhor oportunidade de golo durante todo o encontro, com um potente remate à barra da baliza adversária. 

Alcançada a qualificação directa para a Champions League, o objectivo deverá agora passar pela superação da melhor pontuação da história do Sporting CP desde que o campeonato é composto por 16 equipas, objectivo esse que está a apenas 2 pontos. Outro factor de interesse para as restantes duas jornadas que faltam disputar será a tão aguardada estreia do médio Shikabala com a camisola verde-e-branc , o que poderá acontecer já na deslocação à Madeira.
Partilhar:

0 comentários:

Enviar um comentário

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!