Próximo Jogo

Próximo Jogo

11/05/2014

Como estragar o final de época: parte 2

Não foi o final de época que todos os Sportinguistas desejavam, mas também não foi algo que os mais atentos não estivessem à espera. Tinha tudo para ser um final de época tranquilo, sem qualquer tipo de pressão e com a possibilidade de dar oportunidade a jogadores que pouco jogaram no decorrer da época, mas tal não aconteceu. À imagem do que sucedeu na Madeira ante o CD Nacional, voltámos a realizar uma péssima exibição a todos os níveis. Faltou tudo. Atitude, intensidade, dinâmica ofensiva, jogo interior (como sempre)...

No inicio da época, o jogo exterior foi a nossa maior arma ofensiva. As combinações entre o lateral e o extremo valeram muitas situações de finalização e muitos golos, no entanto não podíamos esperar que essa eficácia se mantivesse durante toda a época, por diversas razões. Infelizmente, nem para todos foi visível esta situação. Hoje voltámos a  realizar 90 minutos em que praticamente todas as movimentações ofensivas acabaram com um cruzamento para a área. A minha critica não é direcionada para o cruzamento em si mas, antes, para o facto de haver soluções melhores a cada momento do jogo, que não são aproveitadas porque a equipa está formatada para o jogo exterior. Não se conseguem adaptar ao que o jogo lhes dá, o único objectivo parece ser colocar a bola na área através de cruzamentos laterais. Entendo que a fraca qualidade da maior parte dos extremos (e a ausência de um médio ofensivo com outras características) prejudiquem a qualidade do nosso jogo interior, o que não entendo é como é que, passadas 30 jornadas, não vimos melhoria nenhuma, por exemplo, ao nível dos apoios frontais e linhas de passe mais próximas ao portador da bola.

Relativamente à organização/transição defensiva, e apesar de não termos permitido ao GD Estoril-Praia a criação de muitas situações de finalização, voltámos a apresentar os mesmos problemas.

Pressão: Ou é colectiva ou então nem vale a pena exercê-la. Qualquer equipa minimamente decente consegue sair de uma pressão se esta for realizada apenas por 2 jogadores, que no caso do Sporting CP são André Martins e Fredy Montero/Islam Slimani. Se o objetivo na próxima temporada passar por pressionar a 1ª fase de construção do adversário, terá de ser um movimento colectivo. Com os médios do duplo-pivot a aproximarem-se mais dos homens da frente e a linha defensiva a encurtar o espaço para a linha do meio-campo, de modo a formar um bloco mais compacto e coeso para que, caso a 1ª linha de pressão seja batida, a ajuda esteja perto o suficiente para não permitir ao adversário espaço e tempo para circular a bola com qualidade.

Para finalizar, a tão aguardada estreia de Shikabala com a camisola verde-e-branca. Foram poucos os minutos em que esteve em campo (ao contrário de jogadores que, mesmo sem jogar bem, continuam a jogar os 90 minutos praticamente todos) mas, ainda assim, foi possível observar algo novo no futebol ofensivo do Sporting CP. Maior qualidade técnica, melhor condução de bola e - principalmente - maior capacidade de realizar diagonais, da ala para o meio, com qualidade. É verdade que foi apenas um movimento, mas são esse tipo de movimentos que desorganizam a estrutura defensiva adversária. É o tipo de médio que pode melhorar e muito o nosso jogo interior, dando à equipa mais soluções do ponto de vista ofensivo. A ver vamos...
Partilhar:

1 comentário:

  1. Na teoria , o balanço global é tremendamente positivo pelo 2º lugar e pelos poucos pontos perdidos , mas isso é só teoricamente.
    Na prática a verdade é que o Sporting na 2ª parte da época tem se exibido a um nivel bastante mau , pouca dinâmica ofensiva jogo interior quase inexistente e além disso pouca vontade para mudar.
    Nos jogos fora , acho que posso falar mesmo em todos , o Sporting encontrou sempre várias dificuldades não conseguindo encontrar mais que 2 jogos em que o resultado foi justo e esclarecedor .
    Podemos nos queixar das arbitragens e que nos afastaram de uma distância menor do campeão , mas também temos de pensar que em muitos jogos tivemos a estrelinha da sorte conseguindo marcar nos
    últimos minutos o golo derradeiro . E a sorte não irá durar sempre .
    Podem me chamar ingrato com Leonardo Jardim que com um plantel mediocre e vindo de uma péssima epoca conseguiu lutar pelo titulo.
    Mas custa me perceber como é possivel em um ano de trabalho só se verificar um principio ofensivo da equipa de combinações simples entre o extremo e o lateral acabando em cruzamentos inconsequentes .
    E o mais engraçado é insistir nisto quando na área está um jogador baixo como Montero .
    O meio campo mantém se estático não apoiando o portador da bola e assim facilitando ainda mais a acção defensiva dos oponentes .
    Por muitos extremos que continuem a apontar para o Sporting , será dificil eles renderem enquanto o principio de jogo for limitado a simples cruzamentos e não tiverem linhas de passe disponiveis .

    Jardim pede condições para lutar pelo titulo , mas nem futebol este ano tem mostrado para isso e eu acho que no Braga jogava até um futebol mais vistoso e dinâmico.
    Depois de um ano ainda não percebeu que a jogar contra equipas que defendem em bloco baixo tem de pressionar alto ( e quando falo em pressionar , falo de pressão em bloco não Martins e Montero correndo desenfreadamente para nada que é o que tem feito) e jogar com a linha mais defensiva mais subida ?
    Se ele quer lutar para o titulo para o ano muita coisa tem de mudar , porque para o ano não estou á espera que caiam golos do céu do Slimani nos ultimos minutos .
    O carrillo ou muda o nome para Carrillo Mané , Carrillo Capel ou Carrillo Silva ou não terá sorte com alguns adeptos que vão para o estádio não sei bem para quê .

    Fica também a menção para o Estoril que conseguiu ganhar no Dragão e Alvalade , sendo a única equipa nos últimos tempos a fazer isso .

    Outlaw4776

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!