Próximo Jogo

Próximo Jogo

03/06/2014

Plantel 2014/15: primeiro esboço

Ainda faltam cerca de 3 meses para o fecho do mercado e, sendo assim, são muitas mais as dúvidas que as certezas quanto ao grupo de jogadores a apresentar na época que se avizinha. Todos sabemos que entre o dia de hoje e 31 de Agosto, com um mundial pelo meio, muita coisa pode acontecer. Não são surpreendentes, portanto, as inúmeras especulações sobre quais serão as opções para permanências, saídas e sobretudo entradas no grupo de trabalho do Sporting Clube de Portugal para 2014/15. Decidi então elaborar uma série de posts sobre o elenco 14/15, começando por este primeiro esboço do plantel. Seguir-se-ão mais 3 posts dos olheiros de bancada SVPN, sugerindo reforços para as posições para as quais há, a nosso ver, maior necessidade. Servirá então esta série de posts como exercício de adivinhação e wishful thinking sobre o plantel leonino.

Proponho um esboço relativamente plausível do que será o plantel 14/15 (ver imagem em baixo). Tem-se escrito na imprensa desportiva que Marco Silva quererá um grupo de 23 jogadores mas, tal como se verificou na última época, penso que esse número será ligeiramente ultrapassado. Aposto portanto num plantel de 25 jogadores: 2 guarda-redes, 8 defesas, 7 médios centro, 5 extremos e 3 pontas de lança. Tendo em conta os jogadores já pertencentes aos quadros do Sporting CP e as situações de mercado de cada um deles, os atletas já contratados (incluí Marko Petkovic) e o objectivo assumido de lutar pelo ceptro máximo do nosso futebol, calculei como necessárias mais 6 contratações. Vamos então analisar o plantel por sectores.


  • Guarda-redes

Parto do princípio de que a venda de Rui Patrício é improvável, admitindo que os 15M € exigidos por Bruno de Carvalho afastarão eventuais pretendentes, então as opções para a baliza poderão ser as mesmas das últimas três temporadas: o titular da Selecção Nacional e Marcelo Boeck, um verdadeiro esteio do balneário verde-e-branco. Claro que este princípio é discutível e se pode revelar errado no futuro. Nesse caso ter-se-á que contratar um guardião, mesmo considerando que o carismático brasileiro poderá assumir a titularidade.

  • Defesas

A lateral direita parece fechada com a contratação de Marko Petkovic, para fazer concorrência ao titularíssimo Cédric Soares, sendo a possibilidade de Ricardo Esgaio poder jogar aqui também algo a ter em conta. No lado oposto é necessária concorrência forte para Jefferson, que mostrou algumas limitações na segunda metade da última época (Reforço 1). Na zona central da defesa, seria excelente que Paulo Oliveira fechasse um quarteto juntamente com Marcos Rojo, Eric Dier e Maurício e assim ficasse resolvida a questão. No entanto, e infelizmente, a posição relativamente delicada que o Sporting CP tem em relação ao argentino e ao inglês no mercado torna provável que pelo menos um deles seja transferido, possivelmente Marcos Rojo. Nesse caso é fundamental procurar uma alternativa no mercado, de preferência com características semelhantes (Reforço 2), como são a velocidade e pé esquerdo (ou capacidade de actuar como central do lado esquerdo). No caso do promissor inglês sair, penso que a melhor opção para o substituir seria Tobias Figueiredo, jovem a quem se augura um grande futuro e que poderá também fazer alguns jogos na Equipa B.

  • Médios

Tenho profunda convicção de que já temos um valiosíssimo lote de médios, até mais do que o próprio plantel principal poderá comportar, principalmente para a posição 8 do meio campo. Sendo assim, acredito que William Carvalho, Adrien Silva, Simeon Slavchev, Wallyson Mallmann (não incluído porque deverá ser cedido) e João Mário constituem um lote que poderá conferir qualidade ao jogo da equipa nos seus vários momentos. Aliás, manter William é quanto a mim mais importante que qualquer reforço. Pelo discurso ambicioso do Presidente acredito plenamente que este portentoso médio ficará mais uma época, até porque não me parece que algum Clube bata a elevada cláusula de rescisão. É necessária, no entanto, uma incursão ao mercado para encontrar uma alternativa a William Carvalho na posição 6 (Reforço 3). No reverso da medalha, André Martins é um jogador ao qual não reconheço qualidade suficiente para jogar no Sporting CP, sabendo contudo que a sua presença no plantel é provável. Estarão eventualmente surpreendidos com a inclusão de Ricardo Esgaio nesta zona do terreno de jogo, até porque não jogou muitas vezes ali. No entanto, penso que interior direito é a posição à qual melhor se ajustam as suas características, na posição ocupada por André Martins durante a última época. Acredito que o treinador Marco Silva poderá partilhar desta opinião. Os extremos Shikabala e Carlos Mané poderão também eles actuar na posição mais adiantada do meio campo. Vítor deverá estar de saída.

  • Extremos

O Sporting CP necessita de um reforço de peso para esta posição (Reforço 4), tendo em conta o ataque ao título conjugado com o facto de nenhum dos nossos extremos ter tido um rendimento excepcional em 2013/14. Parece-me claro que se queremos ser campeões teremos de ter extremos desequilibradores, tanto em zonas exteriores como interiores. Deverá ser portanto aqui que haverão mais mudanças. Parece evidente que Diego Capel e Wilson Eduardo não estão nos planos para a próxima temporada, bem como que Carlos Mané e Shikabala (expectativa grande) continuarão. Mas há vários jogadores sobre os quais subsistem dúvidas em relação à continuidade no Sporting CP, entre os quais André Carrillo, Héldon e Valentín Viola. Destes três, pelo menos um deve sair, provavelmente dois. Não será de todo surpreendente que haja uma aposta em Ousmane Dramé, visto que esteve em excelente plano na equipa secundária em 2014. Aguardo com expectativa as opções tomadas em relação aos jogadores para estas zonas do terreno.

  • Pontas de lança

Mantendo Fredy Montero e Islam Slimani, será sempre necessário contratar mais um avançado centro, a meu ver. Penso que o perfil ideal seria um avançado rápido - visto que nem o colombiano nem o argelino o são (reforço 5). No entanto, e ao contrário de muitos Sportinguistas, sou da opinião que há uma grande probabilidade de Islam Slimani sair, tendo em conta a sua valorização exponencial nos últimos tempos e as ofertas tentadoras que Bruno de Carvalho já admitiu existirem. No caso dessa putativa venda ocorrer, será obviamente necessário recorrer mais uma vez ao mercado, recrutando neste caso um ponta de lança com poder de choque e elevada capacidade no jogo aéreo (reforço 6), que tão útil se revelou em 13/14.

O que pensam deste esboço do plantel? Qual a vossa visão? não percam os próximos posts com as sugestões de reforços por parte dos nossos olheiros de bancada!

Um abraço e saudações leoninas!
Partilhar:

9 comentários:

  1. Penso que ainda é cedo para garantir a continuidade de Patricio, William e Slimani, porque são jogadores com muito mercado, e vão estar na maior montra do futebol mundial, e se realizaram uma prestação razoável, podem sair.

    Penso que Jefferson não teve mal na segunda volta, mas sim num ou noutro jogo. Foi o melhor defesa esquerdo do campeonato, e é dos melhores jogadores na liga portuguesa a cruzar. A defesa do Sporting fo a segunda menos batida do campeonato, não muito longe da melhor defesa, e Jefferson, tem certamente, a sua quota parte de mérito.

    Não concordo com a avaliação feita ao André Martins, e penso que ele tem qualidade para jogar no Sporting, e quero dizer que foi dos pés dele que saíram os (excelentes) cruzamentos para os golos de Montero e Slimani frente a Benfica e Porto respectivamente. Acho que se melhorasse na finalização e no remate de meia distancia iria, certamente, ser mais reconhecido. Notar que defensivamente esforçou-se muito e isso prejudicou a sua produtividade ofensiva em muitos jogos.

    Nos alas, é onde o Sporting é, foi, mais fraco na temporada já finda.
    A falta de qualidade para decidir e empolgar os adeptos foi visível desde Agosto até Maio, e nem o aparecimento de Mané fez do Sporting um clube desequilibrador nas alas, se bem que Mané mostrou qualidades que o podem ser importante nesta temporada que se avizinha, mas para isso, tem de melhorar nalguns aspectos do seu jogo.
    Penso que Heldon também pode melhorar, visto que esteve algo apagado nos seus primeiros meses de Sporting, mas tem qualidades que , assim como Mané, podem-no levar a ser importante em 2014\2015.
    Mas o Sporting precisa de um extremo de categoria, isso é inegável!

    ResponderEliminar
  2. bom comentário, André

    Tens razão quando afirmas que é cedo para garantir a continuidade de quem quer que seja, muito menos dos nossos principais activos. Mas o teor do texto é aquilo que acredito vai acabar por por acontecer. Patrício até poderá ser vendido, mas William duvido, porque não vejo ninguém bater os exigidos 45M. Mas claro que posso estar errado.

    Na questão do Jefferson tenho mesmo de discordar, visto que na minha óptica ele se portou mal na 2ª volta, a defender sobretudo. Várias vezes Rojo actuou como um verdadeiro pronto socorro nas dobras aos buracos que o brasileiro abria pelo seu lado.

    Em relação ao André Martins, admito que tenho uma implicância com ele devido à sua incapacidade de disputar bolas fisicamente e sobretudo à sua fraca capacidade de remate. Para mim não é admissível que um médio ofensivo do SCP não saiba rematar. De qualquer forma, espero que o AM me cale já na próxima época.

    SL

    ResponderEliminar
  3. Como parece que Petkovic está complicado na minha opinião não se contratava ninguem para DD nem para DE pois temos a solução nos quadros do clube, basta que Miguel Lopes (que até é um grande Sportinguista) regresse porque ele faz os dois lados. Tem um ordenado alto? Talvez mas não se fazem 2 aquisições nem se pagam os 2 respectivos ordenados se calhar feitas as contas até fica mais barato.

    ResponderEliminar
  4. António Pereira

    Tenho dúvidas nessa opção, até porque como referi no texto, o DE a contratar terá de representar uma verdadeira alternativa para o 11 titular, para por o Jefferson "em sentido". Não me parece que a adaptação de Miguel Lopes constitua essa alternativa, ainda para mais com a carga salarial que este representa.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A pergunta k faço sportinguista é a seguinte:"pk é k a direçao leonina muitas vezes para nao dzer sempre nao consegue reter os seus jogadores d confiança?sera k o sporting é o mais vulneravel em relaçao os otros clubs k tdo fazem para impedir a saida d um jogador k lhes rende?ou dirigentes leoninos sao do tipo comerciantes informais k vem tdo k tem para dpois...!?"

      Eliminar
  5. Anónimo3/6/14 14:54

    A alternativa ao William é o Rossel.

    ResponderEliminar
  6. ILLUMINATOR3/6/14 16:56

    Excelente iniciativa apesar de faltar muito tempo para o início da pré-época (acho que para nós começa dia 7)...
    No geral concordo com esta visão mas como sou um bocadinho "sonhador" e acredito/quero/espero que não saia nenhuma peça vital!
    Patrício (15 M), rojo (15 M) e slimani(10 M) vão ter o efeito mundial e por isso nunca se sabe se alguém chega a estes valores (não acredito que paguem 45 M pelo william por isso ele fica mais um ano!) quanto aos outros só se não quisermos é que saiem!
    Quanto aos reforços se não houver saídas:
    -LE- marçal (nacional);
    -Mdf- rossel está quase confirmado;
    - Ext- é a minha grande dúvida mas precisamos de alguém acima da média
    - PL- rafel martins (setúbal) ou derley (marítimo)
    Ps: Será que conseguem fazer uma "especulação" da nossa equipa B? Fica o desafio...

    ResponderEliminar
  7. Anónimo4/6/14 02:02

    Bebe bem que podia ser o extremo acima da media, é um carrilo ja com experiencia, melhor acabado. O que acham?

    ResponderEliminar
  8. Mário Borges Ferreira6/6/14 02:27

    Não considero o Miguel Lopes uma opção porque não acredito que "entre" alguém no plantel a ganhar mais do que o tecto pré-estabelecido.
    Acredito que o Esgaio vai ser opção tanto a lateral como ao André Martins.
    Também termos de equacionar a vantagem de ter alguns jogadores que possam responder a mais que uma posição como são os casos de Rojo, Rossell, Mané e Esgaio, p.e. Isto é algo que qualquer treinador valoriza.
    Finalmente, nós (modestos treinadores de bancada) temos tendência para olhar para o rendimento dos jogadores de forma individual esquecendo o papel fundamental do sistema de jogo e de quem têm a apoiá-los na criação de oportunidaeis para esse mesmo rendimento ser potenciado.

    Parabéns pelo exercício. Isto sim são posts que me dão prazer em participar.
    Continuem. Viva o Sporting.

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!