Próximo Jogo

Próximo Jogo

02/07/2014

Crónica da noite passada

Durante o evento comemorativo de ontem, que registou os 108 anos do Sporting Clube de Portugal, várias pessoas proferiram por várias vezes a mesma frase: Há muito que o Sporting precisava de uma gala assim. A verdade é mesmo essa. O aniversário do Clube era passado mais ou menos de repente, sempre com algumas comemorações mas nada da envergadura que o Sporting Clube de Portugal merece. Ontem, por fim, aconteceu a I Edição da Gala Honoris Sporting. A primeira de muitas, espero...
  • A Gala Honoris Sporting
Para um evento deste calibre, a gala foi melhor que o esperado. Para quem lá esteve deduzo que melhor ainda.

Pode gostar-se ou não da extravagância/excentricidade de um evento destes, claro, mas reconheça-se que a gala foi bem montada, bem planeada e - dentro da magnitude de um evento desta ordem - simples!

O único senão terá sido a duração da mesma: as quase 7 horas, desde a hora marcada, às 19h, até perto das 2h da manhã terá pesado na hora de levantar de hoje. Afinal, era a I Edição da Gala Honoris Sporting, fez-se o esforço de boa vontade!

Uma última nota, de curiosidade algo mórbida: uma das grandes críticas que, ano-após-ano, servem de desculpa (algo esfarrapada, sublinhe-se) para não atender às Assembleias Gerais diz respeito ao dia da semana e à hora para que são marcadas.

Pois bem, eis que, em dois dias seguidos temos dois eventos importantíssimos na vida do Sporting Clube de Portugal; no dia 30 de Junho, pelas 20h (Segunda-feira), teve lugar a Assembleia Geral, que visava discutir e aprovar o orçamento do Clube para 2014/15 (entre várias outras coisas), e no dia a seguir, 1 de Julho, pelas 19h (Terça-Feira), a Gala Honoris Sporting, que assinalou o aniversário do Clube. Na AG estiveram pouco mais de 150 pessoas, no aniversário estiveram 1500 - e a gala acabou estapafurdiamente mais tarde que a AG!!!

Apetece-me dizer, como se costuma: para comer aparece toda a gente! Também esta falta de militância activa dilacera, aos poucos, um Clube já centenário, e nunca é demais sublinhar esta passividade que se apodera dos mesmos que, antes e depois, adoram apontar críticas por um de dois motivos: por tudo e por nada!...
  • A Sportingtv
A noite de ontem marcou também o arranque oficial da Sportingtv. Infelizmente, num misto de falta de profissionalismo e aselhice, ainda não nas tv's, como deveria ser, mas num webstream de alta qualidade (basta comparar, por exemplo, com as transmissões dos jogos do Sporting B, de há dois anos).

Foram mais de 6 horas de emissão inaugural que, no geral, correram bem. Durante as primeiras horas foi notório o nervosismo dos apresentadores e algumas falhas da realização, o que acaba por ser algo normal. Porém, ao longo da emissão, esse nervosismo foi-se diluindo gradualmente. As meninas, Janete Vigia e Sara Silveira - principalmente esta última - estiveram consideravelmente piores que os rapazes (Tiago Almeida e Paulo Fernandes), mas... talvez tenha tido a ver com a indumentária (sim, estavam muito bem vestidas, talvez demais). Este é - ou vai ser - o primeiro ano do canal, pelo que convém não esperar mundos e fundos e, muito menos, infalibilidade (lembram-se dos primórdios da Benficatv?!)...

Talvez não fosse má ideia continuar com as emissões em webstream, pelo menos até a ERC emitir a licença para a emissão em tv - e porque não depois também...
  • Os Equipamentos
Imagem retirada do Leão de Plástico - clicar para aumentar
Sim, confesso: fiquei algo defraudado com a imagem estética dos equipamentos apresentados para 2014/15, fora uma ou outra excepção.

A relutância mais óbvia, como expressa a imagem à esquerda, diz respeito à cor dos calções do equipamento principal - apresentados no mesmo verde da camisola: não é que o verde não faça sentido (a mesma lógica já foi feita noutras épocas) mas, para quem se habituou a reconhecer calções pretos ou brancos, na imagem Sporting dentro do campo, não deixa de parecer algo estranho e um tanto ou quanto inestético até. Os mesmos calções verdes fariam muito mais sentido junto do equipamento alternativo, que prima pelo amarelo.

Quanto às camisolas, per se, honestamente gostei, embora haja um ou outro pormenor discutíveis como, aliás, já é habitual de ano para ano. A caixa branca no patrocínio da MEO, na camisola principal, está mal conseguida, mas quase não se nota - seria mais simples a interrupção da lista onde seria depois estampada a marca. Sublinho o quasi-vermelho da camisola de guarda-redes de Andebol que, para mim, custa aceitar. O equipamento Stromp, como habitual, simultaneamente clássico e simples, é muito bonito.

Por fim, falar na mudança de sponsor. Mudámos da Puma para a Macron, num contrato de 3 anos que acabará no final da época 2016/17. Apesar de não serem conhecidos os valores anuais envolvidos neste novo contrato de patrocínio, podemos constatar algumas coisas, nomeadamente que i) apesar da Puma ser uma das 3 maiores marcas de equipamento desportivo do mercado, há muito deixou de tratar o Sporting Clube de Portugal com o respeito que merece, e quem trabalhou por dentro do assunto sabe do que falo, ii) a Puma pagava consideravelmente pouco (o Clube também se pôs a jeito para isso, muito devido às fracas performances desportivas dos últimos anos), e não acredito que a mudança fosse feita para pior ou sequer o mesmo, financeiramente falando, iii) o contrato com a Macron, como constatável ontem, engloba todo o universo Sporting, o que é sempre de sublinhar - mais uma melhoria em relação ao antecessor, e, por fim, iv) a qualidade, per se, não é assim tão pior quanto muitos querem fazer parecer - aqui, o estigma de uma marca "menor" serve para justificar tudo.
  • O Autocarro Novo
Foi ontem apresentado o novo autocarro do Clube, o que já estava semi-prometido desde Outubro último. Trata-se de um autocarro novo, de última geração, com todos os requintes, necessários e desnecessários, para o transporte da equipa nas suas deslocações.

Aqui, a Holdimo, de Álvaro Sobrinho, terá tido um papel fulcral, ao patrocinar a compra e respectiva imagem, numa quantia que não será de se desprezar. Se a isto juntarmos a construção (ou remodelação) do mini-estádio de Alcochete (CGD Stadium Aurélio Pereira), também pela parceria com a mesma entidade, percebemos o porquê da atribuição do galardão Parceiro do Ano à Holdimo. O agradecimento só fica bem...
  • Ryan Gauld
Foi ontem oficializada a contratação do médio criativo Ryan Gauld, de 18 anos, proveniente do Dundee United FC, da Escócia, por uma quantia (ainda não confirmada) de 2.5M € mais X, conforme objectivos colectivos.

Confesso que, quando antes de ontem surgiram os primeiros rumores acerca desta hipotética contratação, me pareceu completamente infundado, pelo perfil. Jogador (demasiado) jovem, adquirido por uma quantia (demasiado) alta, ainda por cima escocês (os Clubes portugueses não costumam apostar no mercado britânico), para uma posição que actualmente já praticamente não existe em futebol. Todavia, confesso também que, do pouco que vi (do recurso aos habituais vídeos do youtube) é um jogador que me empolga, apesar da tenra idade. Há que lhe dar, portanto, tempo e espaço para que possa fazer o seu caminho, ir evoluindo, a jogar ou não, tendo sempre presente que se trata de um jovem de futuro. Sem pressões exageradas!

A nova época está aí a chegar. Que por esta altura no próximo ano estejamos todos juntos a festejar uma época o mais feliz possível!

Partilhar:

14 comentários:

  1. Grande gala ao nível do que o nosso grande clube merece, os equipamentos são mais bonitos do que aquilo que eu estava á espera, só gostava que o verde fosse mais escuro, mas lindo lindo é o nosso autocarro novo, grande máquina. Quanto ao anão escocês, acho que vai ser uma mais-valia mas a longo prazo. Agora, que comece a época depressa que estou em pulgas para ver o Sporting jogar. Parabéns por mais um post de qualidade, que per se faz deste blog uma referência.

    SL

    ResponderEliminar
  2. Anónimo2/7/14 16:20

    "Ganda" Posta MS ;)

    ResponderEliminar
  3. obrigado mauro por este trabalho espectacular bom post

    ResponderEliminar
  4. parabéns pelo post disseste tudo,não há nada que possa acrescentar

    ResponderEliminar
  5. Depois 7 longas horas o que eu tenho a dizer sobre a Gala Honoris é que superou as minhas expectativas, boa logística e muito espírito leonino.
    Um clube ENORME como o SPORTING precisava de um evento onde fosse possível galardoar todos aqueles que elevam o nome do Sporting Clube de Portugal e também aproximar o clube dos adeptos.
    A Sporting TV também me surpreendeu pela positiva, depois de toda aquela historia do logo e do teaser estava a espera de algum amadorismo na produção do conteúdo mas tirando uma ou outra falha como por exemplo ir para intervalo e o som dos microfones continuar ligado estiveram bem.
    Quanto aos intervenientes da mesma gostava de destacar o Tiago pela a vontade e profissionalismo que demonstrou, o Paulo que tirando algum excesso de "emoção" também esteve bem e sobretudo o Pedro Fernandes que desde que tomou conta da situação o nível subiu consideravelmente com muito humor a mistura.
    Do lado feminino, tiveram um bocado nervosas mas a beleza das apresentadoras faz esquecer tudo o resto, aiiii SARA :)
    Quanto aos equipamentos tenho a dizer que adorei as camisolas mas fiquei um pouco desiludido com os calções e meias.
    No principal os calções como a foto do "Leão de Plástico" demonstra o preto da outra vida ao equipamento e afasta as colagens a certos clubes pequenos.
    No alternativo acho excessivo o uso do amarelo, talvez usando mais branco a coisa melhorasse.
    Mas como só compro a camisola estou satisfeito.
    O autocarro é um espectáculo a nível visual e depois de ver o seu interior fiquei a saber que é um autentico luxo, com acabamentos de grande qualidade, lugares individuais, muito espaçoso e pormenores como os ecrãs nos bancos que vai permitir um maior relaxamento nas enormes viagens.
    Um autocarro ao nível dos melhores da Europa, obrigado Holdimo !!
    Ryan Gauld apanhou-me de surpresa, nao estava a espera que se fosse gastar tanto dinheiro num jogador de 18 anos mas se pensarmos bem é a única maneira que o Sporting tem de contar com jogadores deste potencial, comprar quando são novos e relativamente "baratos".
    Tem magia nos pés e estou com uma enorme vontade do começo da época para o ver jogar.

    Resumindo, estamos no bom caminho para recuperar o lugar que é nosso por direito, o topo e o sucesso !!

    Parabéns pela cronica Mauro, muito bem conseguida.

    SL

    ResponderEliminar
  6. Anónimo2/7/14 18:39

    Sim, realmente estamos mais habituados aos calções pretos ou brancos, mesmo assim acho que o equipamento até ficou bonito. O alternativo também gosto, apesar de fazer lembrar um pouco as "equipas pequenas".

    ResponderEliminar
  7. Anónimo2/7/14 19:45

    Bello texto !
    como ja nos tem habituado, uma referencia na blogosfera leonina
    Anon15782

    ResponderEliminar
  8. O post ilustra bem o que se passou ontem na Gala. Bom portanto, o post e a Gala. Partilho a satisfação e deveria deixar todos os sócios e simpatizantes (que ainda não são sócios) satisfeitos e confiantes num futuro mais próspero e vitorioso.
    Se alguns criticam por criticar, se criticam quem faz, se criticam quem concretiza, se criticam tudo e todos.. deixo um apelo em jeito de desafio... cheguem-se à fernte façam melhor.

    SL
    Ruivox

    ResponderEliminar
  9. Bom post Mauro.

    Ontem fomos todos brindados com um excelente serão, uma gala a fazer jus ao nome, e que nos deixou a todos imensamente agradados. Foi a primeira e correu muito bem, respirou-se Sportinguismo durante umas horas. Fantástico.

    A transmissão não foi na tv como todos esperávamos, ainda assim, o stream estava muito bom, todos pudemos assistir sem problema algum. Houveram alguns deslizes, mas para uma emissão inaugural, esteve para lá de bom, não são os pequenos nervosismos a que assistimos que vão beliscar minimamente o espectáculo. (A única coisa que se pode apontar foi a duração excessiva da gala, but who cares?)

    Quanto aos equipamentos, não entendo o histerismo gerado à volta dos mesmos. Para mim o principal está excelente, já o alternativo não gosto tanto, detesto amarelo o que não ajuda muito, a verdade é que o alternativo foi o mais consensual, o que só prova o velho ditado: ''Gostos não se discutem'' (Não se deviam discutir).

    Não vou fazer qualquer comentário em relação ao novo reforço, nunca o vi jogar, como tal não tenho bases para o avaliar, o que posso fazer é desejar-lhe o maior sucesso, pois se ele for bem sucedido, significa que o Sporting também o é.

    Saudações Leoninas

    ResponderEliminar
  10. lionl0pes12/7/14 20:15

    Vi só o principio da gala e fez-me lembrar um pouco o amadorismo que existia e perdurou no outro clube da 2ª circular, no entanto não se pode pedir mais para começo de transmissões; achei que o período de preparação teria de ser alongado com cobertura de outros eventos para que os jornalistas ganhassem outro estofo, para que esta gala tivesse sido imaculada no que toca à transmissão. O aspecto da sala estava espetacular, o intervalo foi talvez longo de mais. Gostei do post e do resumo do que se passou na gala, na minha opinião estes eventos não podem ser tão demorados. SL

    ResponderEliminar
  11. Excelente Post, que de uma forma completa mas sem ser nada fastidiosa descreve bem o que se passou na nossa grande gala de ontem.

    Apenas não concordo quando se apelida o desempenho da Sporting TV como um "misto de falta de profissionalismo e aselhice". Nervosismo sim, mas com muito empenho e com uma enorme simpatia, principalmente dos elementos femininos.

    Quanto aos equipamentos, penso que se têm vindo a ouvir muitas ciriticas pelo facto de a Macron ser uma marca relativamente desconhecida. Ou, então, é o velho hábito de criticar tudo por tudo e por nada.
    Eu, sinceramente, gosto bastante do equipamento principal, com os calções verdes. Os calções pretos que se reclama em muito lado dão um "look" "demodé" e anacrónico ao equipamento, e estou convencido que no relvado, ao vivo e numa visão de conjunto, este novo equipamento de calções verdes vai transmitir um ar muito moderno e esteticamente bem conseguido.

    Quanto ao novo jogador, não o conhecia, mas gostei bastante do que vi nos videos. Parece-me um jogador muito personalizado que gosta de ter a bola, e com uma técnica claramente acima da média.
    Algo franzino, é certo, precisará de ganhar peso para se poder afirmar na equipa principal, o que não será seguramente para este ano. Fará algumas aparições, sim, mas estou convencido que Marco Silva não o lançará de imediato para o onze.
    E não creio ser exagerado o preço que se pagou por ele.
    Pelo contrário, o SCP dispendeu uma quantia perfeitamente razoável, dentro da bitola que tem norteado as contratações efectuadas por esta direcção, E bem longe das loucuras que se cometeram no passado com Pongolle e Elias, por exemplo, e das apostas cegas que foram as contratações falhadas dos coxos Jeffren, Bojinov e mesmo dos 4 ME que se gastaram em Viola, um valor exagerado por um jogador com tão poucas referências.

    Jarvalho

    ResponderEliminar
  12. lionalentejo3/7/14 04:23

    parabéns pelo post mauro... já pensas te na possibilidade de trabalhares na redação da sportingtv... tens imenso potencial e é de sportinguistas como tu que precisamos.

    ResponderEliminar
  13. lionalentejo,

    Agradeço o elogio, mas... não, obrigado! :)

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!