Próximo Jogo

Próximo Jogo

09/08/2014

Desilusão espanhola ante Gijón: defesa apática e ataque inconsequente ditam derrota (2-0)

Árbitro
José Luis González González

Titulares: Rui Patrício (cap.); Ricardo Esgaio, Maurício, Marcos Rojo e Jefferson; Oriol Rosell, Adrien Silva e André Martins; André Carrillo, Diego Capel e Fredy Montero.
Suplentes: Marcelo Boeck; André Geraldes, Cédric Soares, Paulo Oliveira e Naby Sarr; William Carvalho, Simeon Slavchev e João Mário; Héldon e Carlos Mané; Junya Tanaka e Islam Slimani.
Treinador: Marco Silva.

Golos:
  • 80' - Golo de Bernardo Espinosa (1-0). Na sequência de um lançamento longo de linha lateral, com a bola a pingar no coração da área, onde o colombiano consegue cabecear para o fundo das redes, sem hipótese para Rui Patrício, perante a apatia da defesa leonina.
  • 84' - Golo de Luis Hernández (2-0). Com a defesa do Sporting CP muito parada, Jara tem uma boa iniciativa individual na direita e coloca a bola no meio onde, tranquilamente, o homem que fez o lançamento para o primeiro golo assinalou agora o 2º.
Substituições:
  • 46' - Entram André Geraldes, Paulo Oliveira e Carlos Mané, saem Jefferson, Marcos Rojo e André Carrillo.
  • 63' - Entram João Mário e Junya Tanaka e Islam Slimani, saem Adrien Silva, André Martins e Fredy Montero.
Disciplina: Nada a registar.

Partilhar:

6 comentários:

  1. António Cruz9/8/14 19:54

    O que vimos hoje, a uma semana do início da liga, é muito preocupante sobre a capacidade da nossa equipa e da categoria de alguns jogadores, nomeadamente o Montero, o Paulo Oliveira, o André Geraldes, o Carlos Mané... para serem titulares em qualquer situação. Lentidão, falta de agressividade, total inoperância atacante, etc, etc e estávamos a jogar contra um adversário da 2ª liga espanhola... Muito preocupante!

    ResponderEliminar
  2. Anónimo9/8/14 20:19

    concordo com antonio silva!
    anon15782

    ResponderEliminar
  3. Peter Sousa9/8/14 20:51

    Perder jogos de preparação, ainda que este na antecâmera do inicio do campeonato, não devem nos levar à depressão, pois servem exatamente para isso, para errar, para experimentar, para testar novos modelos e competitividads.
    Não vi o jogo, fui apenas acompanhando, por isso a minha análise será mais geral, mais focada naquilo que me preocupa enquanto sportinguista.
    1- Marco Silva vs Leonardo Jardim. LJ foi o melhor que nos podia ter acontecido. O futebol das suas equipas não é muito vistoso, mas é eficaz. Apesar de não ser uma pessoa expansiva, é uma pessoa segura e confiante, que sabe o caminho que percorre, aliando todos os conhecimentos técnico-tácticos que possui. Recordo a promessa que fez à sua esposa, quando saiu da sua Madeira; o episódio já no beira-mar, no qual fechou os portões a cadeado do Mário Duarte, para trabalhar os seus homens sem distrações. As suas equipas raramente sofrem golos de bola parada. E é aqui que surge MS. Marco, fez um trabalho estraordinário no Estoril. Reconheço-lhe competências, e merece claramente a oportunidade que está a ter. Dentro das opções disponiveis no mercado, após a saída de LJ, dificilmente conseguiriamos melhor. Já consigo ver algumas coisas boas. Mais circulação de bola, mais envolvência na aproximação à área adversária, melhor colocação do 3º médio. Contudo, não esqueço os poucos jogos ganhos na Amoreira, quando tem a obrigação de procurar a vitória. Não esqueço os golos sofridos de bola parada neste pré-época, as distrações, do último terço do terreno, quando só perdemos Dier..
    Dier, muito lamento a sua opção de carreira. Este ano seria ele e Rojo. E enalteçamos Rojo, a ser verdade o que hoje vem nos jornais. Sair, sim, mas não para qualquer lado, nem de qualquer forma. É novo e um ganhador endinheirado acabará por o vir buscar. Inteligente. Dier, continuará a aquecer bancos, agora de forma mais efectiva, sem CL, agarrado a um clube que nada ganhará e que o vai prender, pois não precisa de vender.
    Preocupa-me uma frase de Dier. A entrevista ao Rascord mostra um Dier confuso. Da mesma, destaco a frase de que existe jogadores descontentes no Sporting, desde a equipa sénior às camadas jovens. E que os ordenados é uma das causas. Se é verdade que GL nos levou quase ao fecho de portas, BdC tem a mão demasiado fechada. Bruma, Ilori, Dier, Matheus. Existiram concerteza outros problemas, alguns conhecidos do público, outros que só quem está por dentro sabe. Contudo, foi as ofertas de salário pequenas, que os fez virar costas ao Sporting. E talvez merecessem, não por aquilo que jogaram até ali, mas por tudo aquilo que prometiam, pelos seus lugares já consolidados no plantel sénior, pela prespectiva de ganhos desportivos e financeiros com estes mesmos atletas.
    Posso afirmar de forma categórica, por conhecimento directo que o nosso lateral direito Cédric, dificilmente renovará, se não o premiarem com um ordenado de acordo com o seu estatuto de titular de um grande. Não exige o que o Shalke 04 lhe proporcionaria. Ama o sporting e quer ficar, mas não sem o que considera justo. Ele leva para casa cerca de 17 mil euros mês. Convenhamos que é algo curto para um titular do Sporting, e talvez já proximamente o dono da lateral direita de Portugal.
    Porque é que custou tanto Jonathan Silva a chegar?! Porque Kapino não chegou?!
    Temos que ajustar o orçamento aos tempos que vivemos, aos nossos compromissos, às receitas que conseguimos. Mas se não custa tanto perder algo que nunca foi nosso, já me custa um bocadinho perder alguèm que é dos nossos, que sente a nossa camisola, e que gostaria de ficar perante determinadas condições. BdC tem feito quase tudo bem feito, menos a teimosia de não dar margem de manobra a quem não aceita as suas condições. Estariamos melhor com estes miúdos, e eles estariam melhor connosco. Talvez hoje não andássemos atrás de extremos. Talvez nunca ouvissemos falar de Sarr ou mesmo Mauricio.

    ResponderEliminar
  4. Rise2Glory9/8/14 21:25

    Péssimo jogo.

    Uma derrota na pré-época não é nada de anormal, contudo uma derrota destas onde a equipa do SCP esteve francamente mal e a 1 semana do início do campeonato é caso para pensar.
    Hoje nem tanto pelo fracasso ofensivo e defensivo assistiu-se ao que eu chamo de Eclipse Leonino, se não reparem, qual temos um Adrien Silva e um André Martins a jogar mal, o SCP desaparece por completo!
    Espero que o Marco Silva tire as suas notas e anseio pelo jogo de amanhã para ver melhorias no conjunto leonino.

    Palavra de apresso para aquele que na minha opinião foi o melhor jogador do Sporting, com uma grande exibição, Ricardo Esgaio que de facto foi uma gota num oceano.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  5. Anónimo9/8/14 21:59

    Que saudades do Leonardo Jardim....

    ResponderEliminar
  6. Entendo que todos os sportinguistas têm o direito (e até o dever) de manifestar a sua opinião acerca dos atletas, mesmo quando tal opinião possa chocar com a da maioria dos adeptos.
    E a minha opinião sincera sobre Montero é a de que não é jogador para o Sporting. Então, em 4-3-3, não tem mesmo potencial para jogar no eixo do ataque. É certo que dizem (e muito bem) que é muito bom a jogar sem bola, de costas para a baliza, ocupa bem os espaços vazios, etc., etc., mas aquele ponta de lança que o Sporting precisa como de pão para a boca ele não é.
    É preferível Slimani para ponta de lança (a meu ver), apesar de concordar que não tem a técnica de Montero, mas, nesta posição, a técnica não é tudo.
    DUARTE

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!