Próximo Jogo

Próximo Jogo

04/11/2014

Assim, não há empenho que nos valha


Muito se tem falado da falta de empenho dos jogadores do Sporting CP como a principal causa da derrota por 3-0 na Cidade-Berço. Apesar de considerar que a agressividade e intensidade tem o seu peso (e não, não é correr só porque sim), há factores muito mais determinantes para que o Sporting CP tenha saído de Guimarães com 3 golos sem resposta. Factores esses que não dizem respeito nenhum ao tão falado empenho dos jogadores na disputa dos lances. Abaixo, uma pequena análise dos primeiros 20 minutos do jogo, que considero serem representativos do que aconteceu no decorrer dos 90 minutos. 









Em suma, e como é de fácil percepção, os erros defensivos e ofensivos cometidos nestes minutos analisados (como em praticamente todo o jogo), em nada se deveram à falta de empenho dos jogadores. Más decisões com e sem bola, gestos técnicos mal executados e as próprias deficiências do modelo de jogo de Marco Silva foram, na minha opinião, os factores determinantes para uma exibição demasiado fraca para uma equipa que se diz candidata ao título. 
Partilhar:

19 comentários:

  1. Honoris que achas que MS deva fazer para melhorarmos defensivamente? É que defensivamente somos massacrados em todos os jogos.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo

    Em 1º lugar devia sentar no banco os jogadores que cometem mais erros defensivos, que na minha opinião são Cedric e Mauricio.

    O resto, (espaço entre linhas, controlo da profundidade, da largura e etc) só se consegue melhorar com muito trabalho ao nivel do treino.

    Acho também que se passasse a defender com os 3 médios na vez de defender apenas com um duplo-pivot, a organização defensiva ia melhorar.

    ResponderEliminar
  3. epah ninguem acha que o arbito esteve tao mal como o sporting?????'

    ResponderEliminar
  4. Achas que com Sarr melhoraria em relação a Mauricio? Pior não deve ser claro. Ou estás a falar do Rabia?

    William está em má forma ou é o sistema de jogo que o está a prejudicar? Ou uma consequência das duas coisas. Não será melhor neste momento Rosell? Ou até os dois num duplo pivot e Mané a 10?

    Não existe diversas vezes falta de linhas de passes devido à equipa não jogar junta? Algo que foi evidente neste último jogo, mas falo em todos.

    ResponderEliminar
  5. elduke as arbitragens nós não podemos controlar, a nossa qualidade de jogo podemos e devemos melhorar.

    ResponderEliminar
  6. elduke,

    Obviamente, houve uma arbitragem muito má, como atesta aliás, o Jornal Record (e portanto, insuspeito) na sua ediçãod e Domingo (se quiser, pode conferir através da imagem: http://i.gyazo.com/8a0820eb0ff8de379b880ebb1a4be343.png

    Ainda assim, foi por demais evidente a incapacidade da equipa para sequer fazer frente à formação vimaranense, e, para além disto, nada apaga a sucessão e a recorrência de erros próprios neste jogo. Nem uma arbitragem verdadeiramente tendenciosa, como foi o caso...

    ResponderEliminar
  7. Anónimo

    Em relação à questão Mauricio, Sarr e Rabia, acho que Rabia é o central que podia acrescentar mais, Isto porque, mesmo não melhorando nada coletivamente, a velocidade dele ia ser importante, principalmente para controlar o espaço nas costas da linha defensiva.

    Quanto ao William, mesmo acreditando que não apresenta niveis de concentração tão elevados como o ano passado, acho que é o modelo de jogo que o está a prejudicar. O Marco pede lhe que participe mais no processo ofensivo, dá lhe mais liberdade ( e até aqui tudo bem) mas quando perdemos a bola, fruto da incapacidade da linha defensiva perceber quando tem de encurtar o espaço ( entre outras coisas) fica muito espaço para o William ter de ocupar.

    Por ultimo, as linhas de passe. O principal factor é mesmo esse que evidenciaste, ou seja, a pouca proximidade entre o portador da bola e os restantes jogadores. Na 1ª fase de construção, quando a bola circula pelos centrais e William é por demais evidente a falta de soluções proximas para se sair a jogar de forma apoiada.

    ResponderEliminar
  8. Honoris, não possuindo a sua bagagem técnica, o jogo de Guimarães "disse-me" duas coisas: a primeira, que a vitória sorriu a quem estudou incomparavelmente melhor o adversário, a segunda, que o Sporting, por razões que não serei capaz de explicar, atravessará um processo de estagnação táctica: os "estudantes" até poderão ser jeitosos e já apresentaram antes resultados agradáveis, mas o "professor" parece dedicar muito pouca atenção no treino, aos aspectos do jogo que tão exemplarmente descritos no post.

    Nesta condição o que pensar do treinador?! Distraído? Limitado? Stressado pela responsabilidade?Desmotivado por factores internos?!...

    Estou muito preocupado! O K.O. de Guimarães foi demasiado fulminante!...

    Parabéns pela "aula". Obrigado.

    ResponderEliminar
  9. O Tobias que é tecnicamente o melhor central do Sporting não conta ?

    Saída de bola , antecipação , jogo aéreo ??

    Qualidade a jogar do lado esquerdo , porque não conta ?

    O que tem Sarr que Tobias não tem ?? Dá mais segurança ao MS pela cara, pois só tem mais 1 ano que Tobias que joga 5 anos à frente dele ??

    Amanha se Marco Silva não o mete a jogar , mostra que é medroso , e isto será um grande retrocesso.

    ResponderEliminar
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  11. m1950,

    Primeiro e último aviso: tento na língua (ou nos dedos, neste caso), que há muitas formas de se expressar sem ter que tratar mal ninguém, muito menos os nossos próprios jogadores. Sejam eles quais forem...

    ResponderEliminar
  12. nao explico a nossa derrota com os muitos erros de arbitragem, mas devido a eles nao podemos ser tao criticos com os nossos jogadores, e muito menos por tudo o que se tem feito em causa. com uma arbritagem "normal" nunca teriamos perdido este jogo! os 3 golos sao irregulares! jogamos muito mal é verdade mas nao perdiamos!!! é issso que ninguem diz...preferem apontar erros a tudo e todos os que sao nossos....concerteza que erramos a isso chama se crescer!

    ResponderEliminar
  13. Lamento o excesso , de facto fiquei nervoso com a convocatória , pois não estava à espera , e senti-me à vontade pois estamos num espaço Sportinguista , jamais iria escrever assim num blogue com adeptos de outros clube (resumindo , a lavar a roupa dentro de casa , pensei eu). De qualquer forma não me expressei de forma moderada e cuidada como merece este blog pela qualidade , logo peço as minhas sinceras desculpas e vou retirar o comentário.

    ResponderEliminar
  14. m1950,

    Não era necessário retirar o comentário. Por alguma coisa foi aprovado. Só lhe queria fazer entender que aquele tipo de linguagem não era o mais correcto e que poderia ter dito o mesmo de outra forma, tão só.

    ResponderEliminar
  15. Honoris vi te no chat dizeres que o William foi o melhor da 1º parte quando quase toda a gente considera que foi horrivel e apenas cedric e mauricio estiveram depois, tu que reviste essa 1º parte, podes me dizer o porquê de william ter sido o melhor da 1º parte? Com isto não estou a dizer que não o foi, quero é saber.

    ResponderEliminar
  16. O William foi o melhor da 1ª parte porque foi o que decidiu melhor a maior parte das vezes que teve a bola. Foi o que conseguiu melhor retirar a bola da zonas de pressão do Vitória e defensivamente, apesar de ter cometidos erros foi em relação a Adrien o que ocupou melhor o espaço entre linhas ( como sempre ).

    ResponderEliminar
  17. Um dos grandes problemas que denoto desde a epoca passada na saida de bola, é que quando ela esta em posse dos nossos centrais ou laterais. o William nao é espevito e rapido a desmarcar-se para ser a grande referencia de passe nesta 1a fase de construcao, por isso quase sempre tem um adversario a cortar-lhe a linha de passe ou mesmo a marcar-lhe em cima, e o resultado é o chutao destes para frente.

    A outra situacao e que quando jogamos com um adversario que faz pressao baixa o William consegue ter espaco para ser o nosso municiador de jogo, no entanto o Adrien neste tipo de jogos distancia-se por demais dele, jogando praticamente na zona 10, facto que resulta em jogo mais lateralizado do que vertical deste, o que por varias vezes ja se conotou neste blog como um aspecto negativo do William, mas que a meu ver ha 50% de culpa do Adrien e Andre martins em tempos.

    A solucao deste xadrez a meu ver é aquando da posse de bola do Rui Patricio, ou centrais ou laterais, o ensaio de movimentos de desmarcacoes para criacao de linha de passe do 1o elemento do Xadrez o William, e depois para na mesma sequencia o ensaio de movimento de criacao de linha de passe do Adrien como o elemento que mais bolas deve receber deste, para na mesma sequencia o mesmo suceder no entendimento entre Adrien e Joao Mario.

    Em resumo penso que a lacuna esta na espinha dorcal, pois sao raras as vezes que vemos a bola transitar da 1a a 2a, da 2a a 3a fase de construcao protagonizada pelos trio central. E por mim é aqui onde falhamos porque sem ela ser automatizada teremos o problema de saida de bola em posse, que é que o coracteriza as grandes equipas das pequenas equipas.

    SL

    ResponderEliminar
  18. Olá Honoris, como estás?

    Só vi o final do jogo do Sporting em Guimarães, portanto não vou comentar mto o jogo. Mas de facto, eu acho que o maior problema do Sporting continua a ser ter uma linha burra na defesa. É mesmo horrivel a incapacidade daquela malta em apresentar comportamentos colectivos dignos do resto nos processos colectivos..
    O meu maior problema é que olho para a malta dos Bs e não me parece que a solução esteja lá, porque não reconheço grande qualidade a nenhum dos treinadores que por lá passou. Isto é, subir o Tobias ou o Rabia vai implicar ensinar tudo quase do 0. Ao passo que os que la andam, já levam uns meses de trabalho.
    Por outro lado, os que lá andam são mto pouco competentes (alguns).
    tens noção se o mika lopes ou o jonathan silva fazem a posição? é que parece-me que têm mto mais argumentos fisicos e técnicos que o Sarr e o Mauricio e, do que conheço, Rabia.

    ResponderEliminar
  19. Boas Gonçalo

    Eu duvido que tacticamente alguns dos jogadores da B acrescentasse algo ao eixo central do Sporting. Nenhum parece saber grande coisas dos comportamentos defensivos.

    Tecnicamente e fisicamente, sem dúvida que o Jonathan dava qualidade ao eixo central, mas no resto não acredito que acrescentasse algo. Rosell parece-me ser o jogador que mais qualidade ia dar à linha defensiva do Sporting, tanto tecnicamente como tacticamente.

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!