Próximo Jogo

Próximo Jogo

02/11/2014

Para lá do futebol: alguns animais em Guimarães envergonham a sua cidade e o seu Clube

Desculpem antes de mais por alguns erros ortográficos ou de sintaxe ou até alguns excessos, já que sinto esta revolta muito "a quente", até fisicamente. Guimarães está longe de ser uma deslocação fácil, todos sabemos, inclusive eu quando comprei bilhetes para ir ver o meu grande amor conjuntamente com o meu pai que tinha chegado do estrangeiro. Mal chego ao estádio e assisto à chegada dos 2 autocarros, e já se estava a ver a "massa" de alguns vimaranenses, que procuravam agredir adeptos que simplesmente tinham batido palmas ao nosso autocarro.

Enquanto isto via-se um perímetro de 5 policias em pontos diversos, como se de um jogo entre Sporting e Sporting B se tratasse, portanto. Depois de algumas provocações ao longe, que eram endereçadas para mim e para o meu pai, como "juve boi" ou "lagartos filhos da p***", lá acabamos por nos encaminhar para a nossa entrada no estádio.

E eis que nisto, já perto da "nossa" porta 16, vemos um grupo de 30/40 adeptos da claque do Guimarães a correrem no nosso sentido mas noutro patamar junto às rouloutes do estádio, enquanto nós nos encontrávamos mais abaixo junto às entradas. Estes adeptos, de um momento para o outro vêem-nos e de repente num ápice, só consigo ver-los todos a descer a relva e a agredirem o meu pai sem mais nem menos. Não dando por isso, também eu sou agredido e enquanto gritam todos por eu levar uma mochila, acabam por tirar à força e sob puxões no pescoço a mesma mochila e o casaco da Juve Leo e cachecol e também a própria tshirt que nada tinha a ver com o Sporting. Convém dizer que nesta mochila, ia lá 2 carteiras (minha e do meu pai), as chaves do carro, e 1 telemóvel dele. A juntar a este acto de cobardia só faltava falar do facto de a polícia estar a poucos metros de nós e não ter feito rigorosamente nada, explicando-nos que nada podiam fazer. Nesta fracção de segundos também alguns Sportinguistas que se encontravam atrás de nós, também tentaram fugir para onde puderam, e outros adeptos do Vitória se aprontaram a tentar ajudar e a criticar o acto.

O alarido foi tanto que até o repórter da nossa Sporting TV foi perguntar o que se passava e depois de recolhidas várias declarações lamentou-se de não poder transmitir aquilo. As queixas foram alargadas a vários polícias, que pouco queriam saber, alguns mostrando-se mesmo arrogantes e ofensivos. Houve até um superintendente que lá chegou dizendo para irmos à esquadra mais próxima. Enquanto isto se passava, conseguimos reaver a minha carteira, que sem dinheiro mas com documentos, foi encontrada num caixote do lixo.

Já sem vontade nenhuma de ver o jogo, tentámos ficar à espera do inicio do mesmo para ir procurando em outros caixotes sítios onde eles pudessem ter deixado os bens, já que tinham sido interceptados alguns metros à frente de nos terem agredido. Mas não parava, viam-se adeptos do Guimarães a ir para a fila dos adeptos do Sporting, para irem roubar cachecóis e fugir. Continuava o medo de ser abordado e novamente agredido apenas por ter um cachecol duma cor diferente e apoiar outro clube, ouvindo ao mesmo tempo alguns adeptos do Guimarães a passar contando que a claque tinha roubado 400 euros aos Sportinguistas.

Dá se o inicio do jogo, e "felizmente" dirijo-me à entrada principal ou vip do estádio para contar a situação. Nisto 2 funcionários do clube foram bastante compreensivos e afáveis, tentando ajudar chamando o chefe da segurança no estádio, que mais tarde contactou um individuo chamado Rica, intitulado como "relações institucionais entre claque e clube" que ligou para o líder da claque vimaranense para vir ter com ele fora do estádio, onde já tínhamos revirado todos os caixotes do lixo sem sucesso. Nisto o tal líder da claque ligou para outro membro, acabando conseguir encontrar a chave do carro e o telemóvel, mas só no fim do jogo, já que estes bens estavam fora do estádio. Passando-se os minutos, continuámos a ser bem tratados por elementos do catering do clube, que nos convidaram a entrar para uma sala de jantar onde vimos parte do jogo pela televisão e onde conversámos também com algumas pessoas da direcção vimaranense que repudiaram o acto.

Passado vários minutos após o final do jogo, lá voltou o chefe da segurança do clube dizendo para irmos com ele reaver a chave do carro a um elemento da claque que também nos disse que a carteira do meu pai se encontrava num arbusto, o que acabou por acontecer.

Foi só um susto, mas ouvi hoje um adeus ao futebol por parte do meu pai.

É revoltoso, é vergonhoso que coisas destas se passem nos estádios de futebol. 
Partilhar:

37 comentários:

  1. Tal como já te disse no chat, quando cheguei lá(por volta das 17:20) havia pessoal na fila da porta 16 (sportinguistas) a falar sobre isto que aconteceu, estava longe de imaginar que seria alguém deste blog. Eu não tive nenhum problema, felizmente, mas depois do tudo o que já vi em Guimaraes nos últimos anos nunca mais levei nada do Sporting, embora nem isso às vezes sirva, porque há pessoal que não vai para ver o jogo mas sim para arranjar confusões e como tu dizes e bem a policia não faz NADA. Vergonhoso isto que se passa no futebol, nem dá vontade de ir ver os jogos.

    Tal como o teu pai, o meu também já disse adeus ao futebol algum tempo, é triste esta situação.

    ResponderEliminar
  2. Caro Ruben,

    lamento imenso que esse episódio se tenha passado consigo. Fico, por outro lado, satisfeito que você e o seu pai tenham reavido pelo menos parte dos vossos bens.

    Em jogos do Sporting em casa de equipas com claques muito 'expressivas', como é o caso do jogo de hoje, existe, claramente, maior perigo nas redondezas do estádio para adeptos sportinguistas. Fiquei muito satisfeito ao perceber a cordalidade com que os membros do clube visitado trataram da situação - conseguiram, com sucesso, diferenciar-se desses marginais que vos enfrentaram.

    Espero que todas as mágoas físicas e psicológicas sejam curadas no menor intervalo de tempo possível,
    SL

    ResponderEliminar
  3. Lamento imenso, tu e o teu pai forem vítimas de uns meros cobardes. Um forte abraço solidário a ambos.

    ResponderEliminar
  4. Quero aqui expressar-lhe a minha solidariedade sportinguista. Depois do susto que passei, há uns anos atrás, em Guimarães, juntamente com os meus filhos menores, num v.guimarães- Sporting (susto esse que nunca passei no Porto, na Luz ou em qualquer outro sitio) jurei que nunca mais iria a Guimarães por o considerar o sitio mais perigoso para um adepto de outro clube se deslocar. Curiosamente esta minha opinião é corroborado por 2 amigos benfiquistas que acompanham o seu clube para todo o lado, mas deixaram de ir a Guimarães. P.S- O CM no seu jornal online informa que 2 adeptos sportinguistas, após o jogo, um com 43 anos e outro com 21 foram esfaqueados estando o mais velho em estado grave! Sem mais comentários!

    ResponderEliminar
  5. Caro Ruben Ribeiro, a minha total e incondicional solidariedade, para si e para o seu pai. A minha posição pessoal, deixei-a há momentos em Leoninamente.

    Abraço e fortes Saudações Leoninas

    ResponderEliminar
  6. tambem lamento imenso mas agora tambem temos de olhar para nos entao quando é os casuais nao ahcamos aquilo fantastico? eish eles a dar porrada "que brutais e fantasticos",..... pois a violencia nao é desporto... mas nao podem criticar so os adeptos do guimaraes temos de olhar para a nossa casa tambem

    ResponderEliminar
  7. Jorge

    Parece-me que está a tentar (em vão) branquear uma acção criminosa, e a comparar o incomparável. Se se refere aos chamados casuais (se aquilo eram casuais?) quando foram ao Porto a época passada, o que eu e todos vimos foi um grupo de pessoas não identificadas a correrem (a fugir) e a levarem pancada de todos os lados. A única pessoa que achou aquilo fantástico deve ter sido você. Deveriam de ter ido numa caixa de segurança, mas não foram , por culpa própria ou de outrem. Agora o que se passou com o Ruben Ribeiro e seu pai, e os esfaqueados nada tem a ver com outras situações!

    ResponderEliminar
  8. Caro Ruben Ribeiro,

    Tendo em conta os acontecimentos que hoje a imprensa revela, ainda se pode afirmar que este lamentável episódio que relata foi bafejado com a sorte (parece ironia, não é? Ao ponto que este futebol português chegou…).

    Já ontem à noite o tinha lido, mas não consegui comentar. Mais do que a tristeza do relato é saber que estes episódios continuam a ser recorrentes e que gozam de grande impunidade.
    Não sei como me sentiria se me visse e, principalmente, ao meu pai numa situação semelhante. Acho que "revolta" é pouco. Ainda bem que, ainda assim, tudo acabou por se resolver, quer para si, quer para o seu pai, estando em segurança e bem de saúde.
    O desgosto pelo que se passou perdurará. E o "adeus" do seu pai é totalmente justificável. Quando é que será a nossa vez de seguir os seus conscientes passos?

    Um abraço aos dois.

    ResponderEliminar
  9. São ignorantes como este Jorge, que com certeza não sabe o significado da palavra desporto, que transforman uma modalidade bonita como é o futebol, num mundo de marginais fundamentalistas

    ResponderEliminar
  10. SlbSempre2/11/14 10:05

    O mais triste disto tudo, é que estas cenas violentas e degradantes acontecem, é quase sempre nos mesmos sítios (braga e Guimarães) e toda a gente assobia para o lado... e a policia é a pior!

    Abraço Solidário de um Benfiquista.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sou vimaranense e sócio do vitoria, repudio totalmente estes actos dos quais nao tenciono branquear pois ja assisti infelizmente a violência nas redondezas do "nosso" estádio! mas quero lembrar q nao venham aqui fazer de anjinhos pois parece q a memoria é curta.todos assistimos a morte de um adepto do sporting com um very light por isso e muitas mais irão acontecer se não limparem de uma vez por todas esta podridão que se alimenta do futebol para praticar crimes. todos temos um amigo adepto de outro clube e jamais pensaremos em agredir . o futebol move paixoes e é disso q deviamos estar a falar.acabem com claques mafiosas e criminosas pk como se pode constatar é o adepto anonimo q sempre fica desprotegido,as claques e os senhores do futebol sao sempre bem protegidas.identifiquem aqueles que com seus actos tiram familias dos estadios mas em todo pais.acabei de ver um video de adeptos sportinguistas a destruir um carro com benfiquistas dentro, imagens que desconheço se sao recentes ou nao mas serve como exemplo para alguns argumentarem e reclamarem vingança para mim e para muitos vimaranenses servem para nos envergonhar e refletir se é este o espectáculo que devemos continuar a alimentar com as nossas cotas e nosso amor pelo futebol da nossa terra.termino lamentando sinceramente aquilo q aconteceu na minha cidade espero que muitos outros façam o mesmo.

      Eliminar
  11. Ruben, espero que o seu pai volte ao futebol, mas que nunca regresse a Guimarães.
    A minha última visita a esse estádio deu-se há 3 anos.
    Estava a trabalhar na zona e acabei por ir comprar um bilhete na minha hora de almoço. Ao fim do dia despi a camisa e vesti a camisola do Maior. Saí do carro e dirigi-me à porta correspondente à minha entrada no estádio (não vi o jogo junto da claque). Ouvi algumas bocas pelo caminho, mas não mais que isso. Entrei no estádio sem problemas e vi o jogo sem que qualquer incidente se passasse, mesmo encontrando-me num local onde adeptos do Sporting e do Vitória se misturavam.
    O pior estava guardado para a saída do estádio. Insultos e empurrões no meu percurso de volta ao carro. Por sorte, fui interceptado por 3 adeptos do Vitória (estes sim, adeptos) que me vestiram um casaco e me 'escoltaram' de volta ao carro enquanto me contavam o meu destino caso não me tivessem acompanhado: seria perseguido até ao carro onde me teriam espancado e destruído o carro. Tudo isto é 'normal' em Guimarães. Foi a minha primeira e única visita àquele antro de violência.
    SL e um abraço sentido de um leão a si e ao seu pai

    ResponderEliminar
  12. ONDE ESTAVAM OS DIRIGENTES DO NOSSO CLUBE , ONDE ESTAVA O OFICIAL DE LIGAÇÃO AOS ADEPTOS DO NOSSO CLUBE , ISSO SIM OS SPORTINGUISTAS TEM DE PERGUNTAR , E A DIRECÇÃO DO CLUBE DEVE FALAR COM AS AUTORIDADES POIS ESSA DIRECÇÃO TEM DE DEFENDER OS ADEPTOS, TEMOS DE EXIGIR UMA EXPLICAÇÃO.

    ResponderEliminar
  13. Um abraço de solidariedade ao "nosso" Ruben, extensivo ao pai.
    Felizmente que os danos foram minimizados, mas este episódio deixará concerteza marcas para toda a vida.

    Choca-me particularmente a atitude das autoridades.
    Tratando-se de episódios recorrentes, a PSP deveria tomar medidas enérgicas para identificar os responsáveis por esta selvajaria, levá-los à Justiça e por côbro à mesma.
    Este estado de coisas exige forte vigilância policial e presença em força do pelotão de choque.
    Isto é holiganismo no seu estado mais puro e não se vê a ser combatido.
    Lamentável.

    Jarvalho

    ResponderEliminar
  14. Obrigado desde já ao Marcelo, Peyroteo, Silveira, Anónimo,Álamo, Jorge,Anónimo,Cantinho do Morais, Anónimo, SlbSempre (faz falta ao futebol mais adeptos assim) , grandeartistaegoleador e Anónimo.
    Agradeço as sinceras palavras de apoio e os lamentos, mas claro que vai ser dificil voltar a ir ver um jogo fora com normalidade.
    Pelos vistos em Guimarães já é um caso recorrente como disseram alguns users, mas a policia continua completamente a cagar-se e mesmo estando a poucos metros da situaçao , encolheram os braços.

    Já ha um bom par de anos que estas coisas tem acontecido, incompreensivelmente o perimetro de segurança é ridiculo e o escoamento dos adeptos não existe.
    As portas de entrada dos adeptos visitantes encontram se viradas para o bairro dos jagunços que é onde vários elementos da claque vimaranense moram e se reunem antes do jogo, toda a gente sabe disto nao é preciso ser se nenhum expert. Os próprios responsaveis pela segurança sabem no e continuam a ignorar , diria eu até propositadamente este facto só porque sim já que é sabido a "chuva de pedras" que muitos adeptos das claques recebem a passar por esse bairro para entrar no estádio.

    Mas apesar da falta de policiamento e da atuaçao deles (que até gozavam com a situaçao) acho que tem de haver o minimo de consciencia por parte dos adeptos.
    Roubar cachecois e casacos é até normal nas andanças do futebol, pior é partir pra a agressao cobardemente quando se está 40 para 2 pessoas tendo eu apenas 18 anos e roubar os nossos bens. Isso ja nao tem a ver com futebol mas sim com puro vandalismo.

    Pelos vistos, ontem no final do jogo foram esfaqueados 2 adeptos e agredidos alguns que tiveram de mostrar a carteira para provar que nao eram do Sporting.

    Ao que eu digo , até quando vão continuar as desculpas e as tretas que ouvi ontem de muita gente ligada ao clube e vulgos adeptos "Não deviam vir vestidos" "Quem anda à chuva molha-se" "Já se sabe que em Guimarães é assim" ?
    Será preciso haver mortes para parar com a palhaçada naquele campo ?
    No séc xxi já nao se pode ir vestido com as cores do meu clube para um estadio ?

    E Jorge, os casuals batem em casuals, os vandalos e cobardes dementes batem em pessoas que não estão à espera e que se encontram em minoria.

    ResponderEliminar
  15. os de Guimarães são os arruaceiros, têm muita fama, mas sinceramente, não somos todos santos, e como me disseram, e visualizaram ontem, o nosso sportinguista de mirandela, puxou de navalha, mas porquê? depois queixam-se que são esfaqueados!!

    ResponderEliminar
  16. Anónimo das 13:14
    Se está a justificar as agressões e esfaqueamentos criminosos, não passa de mais um jagunço de Guimarães. É uma vergonha o que lá se passou. Até quando a policia, o poder local e politico vão permitir a actuação impune destes CRIMINOSOS!!!

    ResponderEliminar
  17. Em Alvalade é melhor nem aparecerem....senão saem de lá com a espada do Afonsinho enfiada na peidola.

    ResponderEliminar
  18. o primeiro a meter a mão na minha mochila levava logo uma cabeçada....esses fdp de guimaraes mereciam era ser recebidos em alvalade sob chuva de calhau!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Es mesmo cobarde, entao vais atirar pedras?

      Eliminar
  19. Anónimo das 14:26
    sou totalmente, sem exceções desse tipo de agressões!! mas navalhas? que seja feito com as mãos, ou só as têm para esfregar o bicho?
    espero, sinceramente, que esses CRIMINOSOS sejam apanhados, e a meu ver, deveriam ser repudiados, a praça pública em Guimarães, que a nossa gente, tratava deles!!
    Anónimo das 10:51
    é muito feio dizeres isso e ficares escondido atrás de um computador..... vou a Alvalade ver o meu Vitória, pois acho que é das melhores deslocações, e dos melhores jogos para se ver, pois a festa não se faz só no campo, como é bonito ver o estádio todo a puxar pela sua respectiva equipa..... você neste caso, gostaria de o apanhar mano a mano, e ver se colocaria a espada no meu traseiro.... ou se ainda levava um encherto, e ainda me beijava o cu!!
    sabe que que me ensinaram, que quem quer respeito, tem de se dar ao mesmo!
    Saudações Vitorianas, e as melhoras para os vossos!!
    P.S. bom blog, e bem trabalhado que aqui está!! Parabéns!!

    ResponderEliminar
  20. Anónimo vimaranense :
    Está a partir de suposições que o adepto esfaqueado é que puxou da faca, para alem de nao saber se o fez a verdade é que toda a gente sabe que as revistas sao minuciosas nas claques visitantes e não nas da casa. Por isso duvido muito que ele conseguisse entrar com a faca.
    E também se foi um caso de 40 contra um pequeno grupo como no meu caso, só fez em bem para agir em legitima defesa. É mais cobarde 40 para 2 pessoas que nao tavam à espera, do que puxar da faca em minoria para se defender de um grande grupo de idiotas que acham que estão na selva. Mais idiota é pessoas como eu ouvi lá muitas que aceitam os atos sem problemas.

    O que são factos foi o que me aconteceu e outras coisas que vi como adeptos agredidos só porque sim e roubados os cachecois tambem sem motivo. Se calhar alguem quer aliar o rendimento de inserção à venda de cachecois ...

    Essas tretas das bandeiras nao sei se vao acontecer, mas se calhar algumas pedras vão rebolar enquanto as vossas camionetas tiverem a subir os montes para chegarem ao estadio de Arouca este fim de semana, e se calhar involuntariamente alguém vai comer com elas na cara ...

    ResponderEliminar
  21. Já agora se o esfaqueamento do adepto do Sporting era ele que levava a faca então e quando apareceram mais adeptos do Benfica esfaqueados no mesmo estadio , a culpa foi de quem também ?
    Dos outros claro ...

    ResponderEliminar
  22. Anónimo vimaranense das 19.43

    És um triste. É pena que aches que a porrada seja normal entre adeptos de futebol, facadas é que não. Foram pessoas como tu que me fizeram ver e achar que o Guimarães era um pequeno clube que para fazer ver que era melhor e maior do que na realidade é, em grande parte dos jogos uma parte dos adeptos molestavam (e continuam) e molestar adeptos de outros clubes. Enfim podes vir a Alvalade, és bem vindo . E assim aprendes o que é um Clube muito grande...

    ResponderEliminar
  23. Ruben, em Guimarães, não vai ah muito tempo, esfaquearam um adepto nosso, e não generalizaram como agora. mais, ainda bem que que já descobriram o animal, e melhor ainda, que já se encontra preso!!
    Quanto as pedras, isso já é o habitual, mas parece que vós achais isso uma grande coisa, o que é uma completa estupidez! isso, e muitas outras coisas, leva a serem odiados de norte a Sul! é pena, e como o rapaz de mirandela diz, isso não é futebol.....
    Anónimo das 19.43
    desculpe os meus termos, mas o Sr ou é burro, ou come farpos de palha às colheres.... isto, porque quem quer respeito, deve-se ao mesmo!!
    jamais sou a favor da porrada no futebol, mas também, duvido muito, por muito que me custe, acabar! em cima esqueci-me de um ''não'' mas logo de seguida, dei a entender o quanto sou contra isso!!
    Somos pequenos, amados por uns, odiados por outros.... mas falados por todos....
    é pena dizer isto aqui, mas não ganhe um torcicolo, de olhar tanto para cima, e fique mais estupido do que é, por ver um pequeno a dar-lhe banho de bola, chapa 3 e estar ah sua frente.... é pessoas como você que me faz cada dia gostar menos do sporting.... mas isso não chega, pois ainda tenho grandes amigos na TURMA LEONINA que levanta-me bem mais a mural do que um dia a sua estupidez contradiga!!
    porte-se e escusa de perder tempo a responder a um triste como eu ;)

    ResponderEliminar
  24. Bem, pela primeira vez senti-me revoltado com Guimarães! Juventude que mal sabe tomar conta de si, já ai anda a roubar, e esfaquear. Tudo para serem "ultras"?
    Não há justificação, mas há pontas para pegar e eu como grande vitoriano que sou, tenho que intervir.. Desde quando é que os problemas se passam só em Guimarães?? Se voces sabem que Guimarães é uma cidade perigoza ( não concordo ) porque cá vem?? Não somos os supostos perigozos há meia duzia de anos. E para que saibam quem esfaqueou os outros individuos não tinha qualquer ligação com a claque do Vitória, e ao que sei nem ao jogo ia. Querem mesmo falar de esfaqueamentos?? Querem comparar a criminalidade de Lisboa para Guimarães?? O que aconteceu foi mera coincidencia. O vitória e restantes adeptos não tem nada a ver com esse energume que esfaqueou os dois sportinguistas, desde já as melhoras para os dois! Outra coisa, e quando o vitoria for ai na segunda volta?? voces vao perdoar, ou fazer pior? Ah pois :) Afinal ainda podem vir a ser pior que nós, será??

    ResponderEliminar
  25. Antes de mais boa noite a todos.
    Sou Benfiquista natural de Guimarães sim porque cá ao contrário que muitos querem fazer passar somos muitos! Sou Vimaranense com muito orgulho, amo a minha cidade mais que outra qqr. O que se passou com alguns adeptos Sportinguistas também aconteceu comigo á uns anos atras, puro ato de cobardia e falta de segurança da policia. Mas isto acontece porque estes meninos quando vão a jogos fora vão sempre escoltados e saem praticamente dentro do estadio como acontece na Luz. Quero também dizer que infelizmente estes atos são comuns aqui embora por uma minoria de escumalha que no mano a mano cagam-se todos! As mais sinceras melhoras aos adeptos do Sporting isto não é futebol. E por ultimo dizer que estes atos n espelham as gentes de Guimarães. e já agora Carrega Benfica! CUMPS

    ResponderEliminar
  26. Bem , eu sou Vitoriano e fiquei muito revoltado com o que aconteceu. Apesar do sucedido ter sido extra futebol e já ter ouvido muitas versões, nada justifica agressões muito menos com armas. Agora é verdade que em Guimarães há problemas e em parte existe pq o estádio está junto a um bairro social e problemático. A polícia sabe disso e devia tomar outras medidas.Mas também há problemas em todos os estádios de futebol em Portugal. Na luz, no dragão, em alvalade infelizmente acontece isto e há sempre pequenas escaramuças. Ainda o ano passado assistimos aquele grupo de vândalos a distribuir pancada a torto e a direito antes do jogo no dragão. Infelizmente em Portugal e na maior parte dos países latinos, é muito dificil as pessoas irem à bola identificadas com as cores do clube que defendem pq correm o risco de de serem agredidas. É muito triste e revoltante o que se passou mas não generalizem. As pessoas de Guimarães são muito aguerridas mas pessoas de bem. Aliás os primeiros a socorrer a vitima de esfaqueamento foram elementos de claques do Vitória. Espero sinceramente que as pessoas envolvidas não só neste caso como noutros se encontrem bem.

    ResponderEliminar
  27. Sou de Guimarães, Vitoriano e este sábado fui ver o meu Vitória ao estádio (como em todos os fins de semana) à espera de un grande espetaculo (que na verdade aconteceu), pois juntavam-se as duas melhores claques do país e das duas melhores equipas futebolísticamente falando. Perto da hora do jogo cheguei aos arredores do estádio e vem um senhor (por volta dos 40's) à minha beira com um cachecol do Sporting pedir-me para o proteger pois tinha medo de ser assaltado e que viu que eu tinha bom aspeto e era jovem por isso protegia-o. Pois bem, assim o fiz mas com muita pena, no sentido em que acho RIDICULO ser preciso ser protegido para ir ver a própria equipa jogar. Tenho vergonha que gentalha como essa ande a estragar a imagem de Guimarães e a envergonhar as nossas gentes que não são como temos sido retratados nos últimos dias! Quem ja visitou a linda cidade de Guimarães sabe que esta e uma cidade de bem receber e onde qualquer pessoa que cá vem, quer voltar.
    É triste que essas pessoas envergonhem Guimarães e nos façam passar por uma cidade perigosa. As melhoras para ti e para o teu pai! Saudações Vimaranenses e Vitorianas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não te metas nisso porque se um vitoriano for a alvalade com um caxcol do vitória e igual infeslimente

      Eliminar
  28. infelismente em guimaraes a pessoas que nao sao sequer do vsc ou vao ver os jogos mas aproveitanse de tais situacoes para andar a porrada i nada mais.quanto a massa assosiativa em si nao somos ninhuns santinhos sei que membros da claque do vsc em qual eu tambem estou estiveram involvidos em alguns desacatos mas nos tentamos o massimo que os nossos membros do sector ultra se mantenham calmos sabe que nao e bem possivel controlar mais de 2000 pessoas i garantole que as pessoas que tiveram envolvidos em algu mais k alguns desacatos como facadas etc etc sao o lixo de guimaraes i maior parte deles nem pertence o sector ultra. por isso nao ponha as culpas todas nos 'ultras' de guimaraes porque ser 'ultra' nao e andar a chapada e apoiar i amar o seu clube em qualquer lado i em qualquer estadio eu vou a quaze todas as deslocaxoes do vitoria i raramente somos bem recevidos em todo lado luz/alvalade/porto/boavista/braga....


    ah i quero tambem acrescentar que foram membros dos white anges claque do vitoria sport clube incluindo eu que ajudamos os jovem do sporting i o senhor de mais idade!tambem ajudamos a policia a encontrar o suspeito! por isso nem tudo e como se diz meu amigo.

    ResponderEliminar
  29. Nunca ninguém do Sporting esfaqueou alguém? Nunca ninguém do Benfica esfaqueou alguém? Nunca ninguém do Porto esfaqueou alguém? Lembraram-se agora só porque foi em Guimarães? Quantas famílias do Vitória já foram agredidas em Braga, Lisboa e assim? Quem é que quis saber? NINGUÉM!!! 0 Comunicação Social, 0 Vídeos nas Redes Sociais, 0 Investigações e Procuras do Delinquente!

    ResponderEliminar
  30. Sou vimaranense e sócio do Vitória com orgulho. E Guimarães no geral é de gente boa. Mas há animais, muitos. E nessa zona que circunda o estádio eles abundam, porque moram lá. A saída da porta 16 é a entrada da casa deles. Estes episódios repetem-se sempre que joga cá o Sporting, Porto, Benfica e Braga. Já assisti a episódios como o teu, com portistas por exemplo.O máximo que se pode recomendar, infelizmente, é para não virem identificados ver os jogos. E quanto aos controlo dos animais um dispositivo policial bem planeado pode minimizar estes acontecimentos.
    Para além disso, resta apenas lamentar estes acontecimentos e dizer que animais são felizmente uma pequena percentagem da massa associativa.

    Massacre já tiveram que chegue dentro das quatro linhas :)

    A minha solidariedade.

    ResponderEliminar
  31. Ora bem a varias opiniões aqui mas todos falam sem saber. Não apoio violencia, e fiquei aliviada por o rapaz não pertencer a nenhuma claque do meu clube. Uma das situações que quero referir q nada a ver cm o esfaquiamento, e que eu acompanho uma claque quando vou ver o meu vitória a jogar, e ja aconteceu haver confusões e eu asistir q não gostei, comeca sempre por bate bocas fora do campo e acaba por agressões. Ma q ninguem me venha dizer q os vitorianos são os piores pq num jogo em Guimarães contra o Porto ouve um senhor de 40 e tais acompanhado por outro de trinta e pouco q levava o seu filho de 4/5 anos ao colo na rua dos bombeiros, e eu ia com 3/4 rapazes da claque e o senhor de 40 virou s pa traz a maltratar os vimarenenses e a chamar m d vaca, ouve logo desacatos e o senhor de 30 anos pousou o filho no chão e foi se meter ao barulho. Um dos rapazes q m acompanhava tirou logo o menino fali ficando com ele ao colo o menino traumatizado, e eu ao separar juntamente cm uma colega ainda leva mos e um deles cuspiu m lol. Acalmaram s e manda mos os embora, o rapaz q tinha o menino ao colo passou o menino ao pai e o pai em vez de agradecer ainda lhe deu uma patada. E nos e q somos os marginais em todas as situações lol

    ResponderEliminar
  32. Caros colegas, queria so comentar um bocadinho esta situação e a resposta de algumas pessoas a este post.

    Eu sou de guimarães e sou do Vitória de Guimarães antes de mais.
    (Após esta frase todos começam com questões!!!!)

    P: Achas bem o que aconteceu o pai e filho??
    R: Não, não acho... Sou completamente contra estes atos selvagens.

    P: E quanto ás facadas??
    R: Em todas as cidades infelizmente existe pessoas que não deviam existir...

    Estas são as duas perguntas que voces supostamente fariam, no entanto eu continuo a resposta delas com o seguinte:

    Só em guimarães é que isto acontece??
    Só os adeptos de guimarães é que agridem pessoas??
    NÃO, nao mesmo, isto existe em todos os clubes, PORTO, BENFICA, SPORTING, BRAGA,.. Não podemos continuar a apontar as culpas ao vitória de guimarães muito menos a seus adeptos, temos sim de julgar o NOSSO GOVERNO, por criar bairros sociais onde criam autenticos animais que se refugiam no futebol para soltar suas frustrações em pessoas que simplesmente apreciam o desporto REI, O FUTEBOL, agredindoas fisicamente, verbalmente entre outras atividades possiveis que cracterizem uma agressão. Caros senhores sejam homens e admitam,muitos nem sequer sabem o que é um fora de jogo, só percebem de bandeiras, cantigas, tochas e facas... Cumprimentos de um "Bairrista Vitoriano"

    ResponderEliminar
  33. todos os clubes tem os adeptos bons e os maus, todos os clubes tem pessoas capazes de tudo pa apoiar o clube e outros para arranjar confusões. Todas as cidades tem gentalha cobarde. Q ninguem m diga q e so Guimarães..

    ResponderEliminar
  34. Inês Vasconcelos5/11/14 19:13

    Eu vimaranense , venho pedir desculpa por todos estes atos, que sim aconteceram na minha cidade mas que Não têm nada a ver com os viamranesnes, digo habitantes dignos de Guimarães, não sócios ou sócios do Vitória de Guimarães. Envegonham-me até ao mais fundo da minha alma e pouco me importa o que se passa noutra cidades se é para desculpar o que se passou na minha. Acreditam que somos gente amável,afável e hospitaleira, por isso não deixem de vistar-nos ou de nos darem o valor que merecemos por causa de uns MONSTROS criados por esta máquina infernal a que chamam desporto!

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!