01/12/2014

Case-Study

Imagem surripiada ao Leão de Plástico
É uma demanda muito minha, por gosto e por ideal, achar que um sistema que consagre dois avançados, em vez do típico ponta-de-lança sozinho, é bastante mais agradável, da perspectiva do mero adepto.

Ante o Vitória FC, em Alvalade, Marco Silva fez-me a vontade e decidiu apresentar um esquema táctico ligeiramente diferente do habitual, incluindo Fredy Montero e Islam Slimani na frente de ataque. Tratando-se de jogos em casa, ou ante equipas de cariz menos forte (como também é o jogo no Bessa, na próxima Sexta-feira - ainda por cima perante uma equipa desfalcada), esta seria uma ideia a praticar mais vezes. Não pela conceito erróneo de que com mais gente no ataque as chances de golo são maiores mas, antes, porque o avançado colombiano empresta uma maior dinâmica e imprevisibilidade à equipa - e jogadores destes são sempre precisos perante as muralhas defensivas que os adversários tentam erigir.

É verdade que o efeito-surpresa só durou uns "meros" 30 minutos, ante um Vitória FC, de Domingos Paciência, exibicionalmente irreconhecível (pouco afoito - para não dizer nada, ultra-defensivo e completamente anti-desportivo), mas, ainda assim, foi visivelmente notório o que o trio Nani-Fredy Montero-Carlos Mané almejaram, destruindo por completo a estratégia do adversário (tanto que se viu obrigado a reorganizar aos 30 minutos), só não concretizando uma goleada, logo nesse período, porque o argelino Islam Slimani esteve mais perdulário que o costume e Ricardo Baptista (ex-leão) parecia estar em noite de engate, como habitualmente acontece com os guarda-redes adversários nestes jogos.

O trabalho daqueles primeiros 45 minutos não foi, porém, em vão. O desgaste no adversário foi-se acumulando, e a 2ª-Parte veio confirmar a superioridade leonina em toda a linha, com dois bons golos, por Islam Slimani e Fredy Montero, de rajada, quais predadores dando a estocada final num adversário pouco mais que inofensivo. O argelino ainda viria a assinar o 3-0, fazendo alguma justiça ao placard, pecando ainda assim por escassez.

A dupla Slimani-Montero funcionou em pleno; por que não pensar repeti-la mais?

Um à-parte apenas, para referir o pseudo-protesto do Vitória FC: incoerente, ilógico, desprovido de qualquer senso-comum, ainda que legítimo. Estranho que em outros casos bem mais flagrantes, com outras equipas, não tenha sido sequer posta esta hipótese... ou nem por isso!

A SAD leonina conseguiu resultados positivos de ~24.6M €, no 1º trimestre de 2014/2015 (de Julho a Setembro), percorrendo firmemente os carris da recuperação económico-financeira. Fantástico!

Há que admitir: a «cartilha» que o digníssimo Eng.º Luíz Godinho Lopes deixou é mesmo fabulosa; por este andar, se calhar seria melhor o Eng.º candidatar-se ao cargo de Primeiro-Ministro. Talvez conseguisse idealizar uma «cartilha» tão boa quanto esta, elevando Portugal a um melhor estado financeiro e social...

Mais a sério: trata-se apenas de um trimestre, o primeiro (que engloba o Mercado de Transferências - e daí tão avultada soma), cujos resultados com certeza se irão diluir ao longo da época, não deixando de ser extremamente positivo. Será expectável que o terminus da época nos ofereça um resultado ligeiramente melhor que o da época transacta, sendo que tal depende também dos resultados desportivos, como é óbvio. Não querendo entrar por enfadonhas explicações financeiras - que nem sequer interessam à maioria -, e repetindo o que já escrevi em outras ocasiões semelhantes, é notório o esforço financeiro a que o Sporting CP está obrigado, como são constatáveis os resultados práticos dessa obrigação que, mais que isso, é um dever.

Nem tudo está bem; a gestão desportivo-financeira tem óbvias falhas, decorrentes de deficiente avaliação técnico-profissional (os tão falados flops) que obviamente têm impacto nas contas, por menor que seja. O importante aqui é que o Sporting Clube de Portugal está hoje muito mais desafogado e, por isso, consegue absorver esses casos, até porque o nível de encargos inerentes é consideravelmente menor.

Os meus sinceros parabéns a Bruno de Carvalho e Carlos Vieira pela imensidão de trabalho, o que já fizeram, o que estão a fazer e o que ainda terão de fazer. Um verdadeiro case-study...
Partilhar:

5 comentários:

  1. o trio nani-montero-mané ainda pode contar com slimani e carrillo; 2 dos gajos que maior facilidade têm em desiquilibrar a qualquer momento.

    Sr. Cascavel

    ResponderEliminar
  2. Quanto ao protesto, só poderia alguma vez ser aceite se todos os jogos em que as bolas são colocadas X metros mais à frente do sitio da falta, fossem repetidos.

    ResponderEliminar
  3. Quanto ao protesto só peço honestidade intelectual aos sportinguistas.
    Se isto se passasse com o slb, como teriam agido?

    Sr. Cascavel

    ResponderEliminar
  4. Sr. (só aos fins-de-semana) Cascavel,

    Da minha parte, que fui quem escreveu o artigo, actuaria d eigual forma. É um erro, sim senhor (mas só aos fins-de-semana), mas querer confundi-lo com um erro com influência directa no resultado é, aí sim, desonestidade intelectual. Qualquer dia, porque na marcação de um pontapé-de-baliza, a bola não chega a sair da área (o que é irregular), e na sequência, passados 56 passes, há um golo favorável a essa equipa, e ainda se diz que aquele erro alterou directamente o resultado...

    ResponderEliminar
  5. Da minha parte que defendo a utilização de Montero como 9,5 há algum tempo neste forum, regozijo-me com o sucesso desta medida óbvia, que foi testada o ano passado quando estes dois, retirando o início estratosférico de Montero, sempre foram mais fortes como dupla. Sendo Montero o mais evoluído tecnicamente, forte na distribuição e meia distância, não faz sentido tê-lo tanto tempo fora de campo. Apesar de já não haver A.Martins para sentar no banco, J.Mário poderá com algum tempo sentar o abnegado mas limitado Adrien. Nani e Mané são também opções fortes a esta posição. A equipa só irá crescer realmente com o crescimento de W.Carvalho e a eventual entrada do tal central. M. Lopes já deveria ser opção e apesar das assistências de Jefferson, Jonhatan dá outro preenchimento ao flanco.
    SL
    Miguelito75

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!