18/12/2014

E agora, Marco?

Os seguidores deste blog sabem das minhas expectativas em relação a Marco Silva, bem expressas na carta aberta que aqui lhe escrevi no início da temporada. De facto, este treinador tentou e tenta ter uma equipa à imagem da grandeza do Sporting Clube de Portugal, ambiciosa em campo e com olhos na baliza adversária. Parece-me justo dizer-se que esta abordagem é muito diferente da do seu antecessor e, quanto a mim, faz muito mais sentido. No entanto, e para lá das virtudes, têm saltado à vista os defeitos colectivos deste Sporting de Marco Silva. É praticamente consensual a preocupação quanto à forma desorganizada e até desastrada como a equipa defende. Claro que a responsabilidade dos insucessos não é toda deste jovem treinador (abordarei os outros responsáveis noutra ocasião), mas é também difícil de dizer que este não a tem. Assim sendo, a comparação entre a minha previsão e a realidade encarregou-se de mais uma vez me dar uma valente chapada, o que não constitui nada de novo. Apesar disso, vou cair uma vez mais na esparrela de traçar cenários para o que aí vem.

E agora? O futuro imediato deste Sporting na Primeira Liga antevê-se complicado, nomeadamente até ao fim da 1.ª Volta, com 4 jogos contra equipas bastante competitivas. A deslocação a Braga, sendo contra um adversário directo na luta pelos lugares cimeiros, é neste sentido particularmente relevante. Sendo assim, a pressão sobre equipa, treinador e direcção está a um nível elevado. Neste quadro, a sensação com que fico é a de que se aproximam dias decisivos, não só para o que resta da época do Sporting, como também no que ao futuro de Marco Silva diz respeito. Digo isto não porque o deseje - longe disso - mas sim porque duvido que haja paciência/vontade por parte de quem dirige a SAD para aguentar o treinador, caso os próximos resultados sejam negativos. Espero no entanto que me volte a enganar na minha previsão pessimista e, nesse caso, cá vos terei para me confrontar com isso. Veremos o que acontece nas próximas semanas.

E vocês, Sportinguistas, o que pensam do trabalho de Marco Silva e do seu futuro ao leme da equipa? Acreditam que ele esteja em cheque ou nem por isso?

Um abraço e Saudações Leoninas

Partilhar:

7 comentários:

  1. Marco Silva tem feito um bom trabalho com o que tem, no seu todo. Cometeu alguns erros em alguns jogos especificos que nos custaram pontos, tal como jogadores o fizeram. Mas por mim, ele tem que ficar no SCP. Já chega de trocar de treinador todas as épocas.

    Em Janeiro tem que vir um bom central dê por onde der.

    ResponderEliminar
  2. Marco Silva é um projecto de um muito bom treinador. Um bom projecto, diga-se. O futebol que quer impantar é um futebol atraente, capaz de ser simultaneamente eficaz, como já kmostrou a espaços. Trata-se de um modelo de jogo adequado para uma equipa como o Sporting. O poblema de Marco tem sido a forma como a equipa (não) defende. Julgo que esse é o nosso principal problema e a principal limitação que Marco Silva evidencia. Um bom central - era grande a expectativa que ele tinha relativamente a Dier - um William e um Adrien ao nível da época passada, atenuariam muito os problemas, que agora estão a agudizar-se. Com Nani a jogar outro galo cantaria mas corremos o risco de aquando do seu regresso à actividade já tudo estar decidido.
    Sinceramente não me parece que trocar de treinador resolva coisa nenhuma. Neste momento as nossas aspirações são conquistar um lugar de acesso à Champions e a Taça de Portugal. Marco Silva precisa de ser mais interventivo no jogo, substituir quando os problemas ainda estão numa fase inicial, ser capaz de abanar a equipa, de a retirar da letargia em que parece ter caído. Tem que trabalhar mais para melhorar o processo defensivo. É curioso como antes do jogo com o Chelsea a equipa estava a evoluir e a mostrar um desempenho muito elevado. Nani outra vez e a sua influência muito elevada no desempenho da equipa.

    ResponderEliminar
  3. A intervir na equipa ainda peca um pouco... Mas é mister para ficar.

    ResponderEliminar
  4. Vou estar a repetir-me, face ao meu post (anterior a este), mas:

    Marco Silva tem notórias carências - não é preciso ser nenhum expert em Futebol para perceber que a organização defensiva, no seu todo, é deficiente, e que isso tem que ser, obviamente, trabalho do treinador. Porém, dentro desta mesma órbita, há factores que em nada têm a ver com as qualidades ou falta delas do técnico, nomeadamente o (des)controlo de profundidade, que resulta mormente de falhas e carências individuais, pese embora todo o processo defensivo ser, de si mesmo, deficiente. Serve isto para exemplificar que Marco Silva não carrega todo o ónus da culpa.

    Lembro-me de José Peseiro, e das loas que muitos ainda hoje fazem à qualidade do ex-treinador leonino que, com precisamente as mesmas qualidades e defeitos (mais ou menos assinaláveis) continua a merecer o favoritismo de larga margem de adeptos do Futebol em geral. Porquê? Pelo seu futebol ofensivo, tal como Marco Silva. Confesso que este desequilíbrio me irrita. Bastante. Uma equipa que seja toda ela préprogramada para o balnaceamento ofensivo não pode, ainda assim, descurar a vertente defensiva. Muito menos num futebol como o praticado pela generalidade das equipas portuguesas, sempre à espera de transições rápidas. Mas, simultaneamente, e ao contrário de José Peseiro, vejo em Marco Silva a capacidade para resolver estes problemas, assim tenha com que o fazer. Há opções discutíveis, claro, mas com que treinador não discutimos nós opções?! Há que entender que cada treinador tem as suas próprias idiossincrasias e os seus próprios maneirismos e que será sempre impossível ser consensual. Assim fosse possível a um adepto fazer um 11 (o que parece fácil, à partida) e pô-lo a jogar, e rapidamente se perceberia que o futebol está longe de ser isso...

    Custa-me admiti-lo, mas esta equipa, por todos os motivos e mais os que se quiserem explanar, está demasiado dependente da criatividade e equilíbrio táctico de Nani. Em alguns jogos, tal carência é disfarçável, tenhamos um Carrillo à altura ou outro qualquer jogador. A verdade, no entanto, é que o próprio meio-campo do Sporting CP está muito dependente do equilibrio que Nani proporciona.

    Voltando a Marco Silva, que tem contrato por esta e mais 3 épocas, quer-me parecer (e quero acreditar) que está dentro do tal projecto a médio-prazo de que falei. Para lá das questões burocrático-financeiras por detrás do contrato de longa duração estará também esse projecto que, sendo ou não preconizado por Bruno de Carvalho, terá que ser seguido para que não se destrua o que já se construiu.

    Bruno de Carvalho pode ser intempestivo, mas honestamente não me parece que ultrapasse este limite que, com certeza, daria um xeque (expressão do xadrez) à sua própria liderança. E se há coisa que Bruno de Carvalho não será é ignorante nesta matéria...

    ResponderEliminar
  5. eu resumo em 2 pontos a situação do Marco Silva a quem reconheço capacidade para evoluir e vir a ser um grande treinador:
    1ºnão tem culpa de não lhe terem dado um central de classe.um central á altura de um clube como o sporting.
    2ºtem culpa no atual estado do futebol do sporting,porque tenho a sensação que o Marco silva ainda não"caiu na real".cair na real é ter "noção" que treinar um clubezeco como o estoril,não tem nada nada a ver com treinar um Mega Clube como é o Sporting.o Marco que se comece comportar como treinador de um clube grande já,ou então pode ir preparando as malas.é que se não muda já....para o ano vai ser exatamente a mesma coisa.
    Ou seja,é uma questão de Mentalidade.sugiro ao Marco silva "passar uns tempos com o Alex Ferguson".penso que sabem o que eu quero dizer...
    Em relação ao impacto que BDC e Inácio possam ter no trabalho do treinador...bom,só se for pelo facto de não terem tido capacidade de entenderem que dificilmente o sporting ganhará alguma coisa com jogadores como o Mauricio,capel,heldon,andré martins,miguel lopes e sarr no plantel principal....
    Anibal1906

    ResponderEliminar
  6. Só não partilho da opinião de Miguel Lopes ser flop. O homem vem de longa paragem, esteve tambem parado num processo interno que afecta animosidade, mas já o vimos em grande então sabemos do que é capaz, precisa de tempo mas infelizmente apanhou o barco a meio, pessoalmente penso que só na época que vem nos calará.

    ResponderEliminar
  7. Marco Silva ainda recentemente era um herói em toda a comunicação social, quando foi buscar ao banco as soluções que resolveram alguns jogos: Carrilho, etc.
    Vamos ser racionais na discussão. Marco Silva foi convidado por quem para treinar o Sporting? Quem afirmou no inicio da época que estávamos na pole position para o titulo? Quando se fala em milagre de Gestão, quem gastou 16 milhões em reforços absolutamente medíocres ? Quem apresentou o Mini Messi como uma super vedeta promissora? Em que lugar está a Equipa B? Também é culpa do Marco Silva? Em que lugar estão os Juniores? Quem rasga contratos? È Marco Silva? Repito: sejamos racionais e não façamos uma gestão nem tenhamos opinião tipo chefe-de-claque a inventar inimigos em tudo quanto é sitio. Bruno de Carvalho está mais preocupado em inventar guerras ridiculas, do que gerir verdadeiramente o clube. Já agora, e porque se fala tanto das gestões anteriores: também foram Marco Silva ou Godinho Lopes que contrataram Shikabala? Esta é a minha opinião desde o inicio desta gestão. Não falo agora assim porque estamos em quinto lugar a 10 pontos do rival.

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!