Próximo Jogo

Próximo Jogo

21/12/2014

Modalidades: Futsal leonino vence Belenenses | Andebol leonino perde Supertaça para o FC Porto | Hóquei leonino perde ante último classificado | Rugby leonino perde derby ante Benfica | Futsal Feminino goleia na Taça de Portugal e empata para o Campeonato | Basket Feminino vence Coimbrões | Judo leonino conquista bronze na Liga dos Campeões

  • Futsal (Liga Sport Zone Futsal - Fase Regular)
O Sporting CP presenteou os seus adeptos com uma vitória, no último jogo antes da quadra festiva. Esta tarde, venceu o CF "Os Belenenses", em Odivelas, por 3-0.

Decidida a despedir-se da melhor forma de 2014, a equipa Bicampeã Nacional entrou pressionante e decidida a inaugurar o marcador. O que acabaria de acontecer aos 4’, quando Pedro Cary, acabado de sair do banco, correspondeu da melhor maneira ao cruzamento de Paulinho, pela direita. O CF "Os Belenenses" esteve sempre mais preocupado em defender e apenas por três ocasiões criou perigo para André Sousa – que, ainda assim, só foi obrigado a intervir numa delas. Em sentido contrário, o Sporting CP dominava e podia ter dilatado o marcador, principalmente por Pedro Cary (7’ e 9’) e por Marcelinho (15’).

A vantagem era escassa e, no regresso do intervalo, era expectável que o Sporting CP assumisse as despesas do jogo, mas a primeira oportunidade pertenceu à equipa visitante, pelo pé de Paulo Major. O Sporting CP criava ocasiões que não concretizava, acalentando a esperança do empate junto dos azuis do Restelo – que, no segundo tempo, enviaram duas bolas ao poste. Mas quem marcou foi a melhor equipa em campo. A quatro minutos do fim, Marcelinho aponta o 2-0 na sequência de uma reposição de bola pela linha lateral e, quando faltavam jogar apenas três segundos, Alex fecha o marcador no 3-0, num belo golo de cabeça a passe de André Sousa.

Na próxima jornada, agendada para as 18h30 do próximo dia 3 de Janeiro, um Sábado, os leões deslocam-se ao reduto da formação do CCRD Burinhosa.

  • Andebol (Supertaça Nacional
O Sporting CP não conseguiu revalidar o título da Supertaça Nacional conquistado na última temporada, perdendo por 29-28 na Final que foi hoje disputada na Maia frente ao FC Porto.

E, à semelhança do que já tinha acontecido no encontro do Campeonato, os leões foram derrotados no último segundo, quando Rui Silva atirou um livre de sete metros ao poste.

Numa partida sempre muito intensa e bem jogada, o Sporting CP teve uma ligeira supremacia no resultado ao longo da primeira-parte, beneficiando de vantagens de um e dois golos em muitos momentos. No entanto, o intervalo chegaria com um empate a 13 no marcador. Rui Silva e Pedro Spínola eram os melhores marcadores do jogo com três golos cada.

Na segunda metade, a formação verde-e-branca começou melhor e conseguiu ‘cavar’ uma vantagem de três golos no marcador (16-19) através de transições rápidas concluídas por Pedro Solha e Pedro Portela. Todavia, os portistas beneficiaram de alguns erros individuais dos lisboetas para anularem essa diferença. Seguiu-se… o mesmo filme: os leões chegaram ao 20-23, o FC Porto recuperou para 23-23. A partir desse momento, nenhuma equipa voltou a conseguir disparar no marcador, antevendo-se mais um jogo definido nos últimos instantes.

No derradeiro minuto, e após um desconto de tempo pedido por Ljubomir Obradovic, o FC Porto fez chegar a bola ao pivot e ganhou um livre de sete metros convertido por Ricardo Moreira (melhor marcador da partida, com sete golos). A oito segundos do fim, Frederico Santos reagiu bem, pediu também um desconto de tempo mas gerou-se uma confusão com responsáveis portistas a invadirem o recinto argumentando que o tempo já teria chegado ao fim. Com toda a situação resolvida, o Sporting CP conseguiu ainda ir a tempo para libertar Pedro Portela mas o ponta foi alvo de uma falta merecedora de exclusão directa por Alexis Borges (ficou pelos dois minutos) dentro da área. Chamado para converter o castigo máximo, e com o tempo de jogo esgotado, Rui Silva acertou no poste da baliza de Alfredo Quintana e o Sporting CP não conseguiu revalidar o título.

Pedro Solha, Pedro Spínola e Pedro Portela foram os melhores marcadores com cinco golos cada, seguidos de Rui Silva e Fábio Magalhães (ambos com quatro).

O próximo jogo está agendado para as 18h do próximo dia 14 de Janeiro, uma Quarta-feira, na recepção à formação açoriana do SC Horta.

  • Hóquei em Patins (Campeonato Nacional - I Divisão)
O Sporting CP perdeu hoje em São João da Madeira, frente à AD Sanjoanense, por 2-1, num jogo relativo à Jornada 12 do Campeonato Nacional da I Divisão de Hóquei em Patins.

E se um(a) Barreira costuma ser difícil de contornar, duas ainda pior. Mas foi exactamente isso que os leões tiveram de enfrentar num dos encontros menos conseguidos da época: uma barreira defensiva, de seu nome Marco Lopes, guarda-redes que fez uma exibição quase perfeita na baliza do conjunto de São João da Madeira; e outra ofensiva, neste caso Chico Barreira, que fez jus ao nome e constituiu-se no carrasco verde-e-branco apontando os dois golos dos visitados. Com um visual novo (de cabelo rapado), o avançado da AD Sanjoanense inaugurou o marcador logo aos oito minutos, aproveitando da melhor forma uma boa defesa de Ângelo Girão para, na recarga em zona central, enganar o guardião leonino. Apesar do equilíbrio que se fazia sentir, até tinha sido o Sporting CP a beneficiar das melhores oportunidades (sobretudo quando conseguia sair em transições rápidas de 3x2) mas imperou a ineficácia na hora da finalização. Nuno Lopes pediu um tempo de desconto, a formação verde-e-branca reviu a matéria e Ricardo Figueira empatou aos 19 minutos, através de um autêntico míssil após recuperação de bola descaído sobre a direita.

Na segunda-parte, os leões voltaram a entrar melhor mas cedo a AD Sanjoanense equilibrou o encontro. Aos 35 minutos, João Pinto acertou no poste e, pouco depois, Chico Barreira atirou também ao ferro na sequência de um livre directo. O jogo entrara numa toada de parada e resposta e o golo poderia cair para cada um dos lados até que, beneficiando de novo livre directo pela 15.ª falta colectiva do Sporting CP, os visitados passaram de novo para a frente com golo do inevitável Barreira, a seis minutos do final. A partir daí, os leões lançaram-se no ataque para chegar pelo menos ao empate, tiveram algumas oportunidades flagrantes – a principal por Ricardo Figueira, que falhou um livre directo a um minuto e meio do fim – mas nunca conseguiram exibir-se ao nível habitual da presente temporada. A 45 segundos do final, Ângelo Girão ainda viu cartão azul e o Sporting CP ficou reduzido a quatro elementos, hipotecando qualquer reacção final para o empate. Zé Diogo acabou até por ser o jogador em destaque, defendendo mais um livre directo de Chico Barreira na sequência da 20.ª infracção colectiva.

Com este resultado, os leões mantêm-se na 3.ª posição do Campeonato Nacional com 25 pontos (oito vitórias, um empate e três derrotas)

Na próxima jornada, agendada para as 16h do próximo dia 3 de Janeiro, um Sábado, os leões recebem a formação do A. Juventude Viana.

  • Rugby (Campeonato Nacional - Primeirona - Fase de Apuramento)
E tudo o vento levou. Ou quase tudo. O filme do derby do Campeonato Nacional da I Divisão podia ter ficado resumido à primeira-parte, onde uma entrada amorfa e nervosa tornou-se demasiado pesada para o Sporting CP, que saiu a perder por 0-19 para o intervalo.

No entanto, há valores que não têm preço como a garra, a atitude e a honra. E foi alicerçado nesses mesmos valores que os leões reagiram, partiram para cima do adversário e conseguiram reduzir para 12-19, alcançando no último minuto a margem para somar o ponto bónus defensivo.

Logo aos dois minutos, Tiago Sá fez o primeiro ensaio do jogo, a que somou a conversão. Ainda antes dos primeiros dez minutos, novo ensaio de Narciso Monteiro a subir para 0-12. O encontro acalmou um pouco, apesar da vantagem dos encarnados pelo forte vento que se fazia sentir, até que, a dois minutos do intervalo, um erro desnecessário do conjunto verde-e-branco acabou por ser aproveitado da melhor forma para o 0-19 que se registava ao intervalo.

No reatamento, as características do encontro mudaram por completo e o Sporting CP instalou-se no meio-campo do SL Benfica, somando não só dois ensaios (de Guilherme Santos e Diogo Stilwell, com a conversão de António Trigueiros no primeiro) como outros momentos ofensivos em que, com um pouco mais de paciência ou experiência, os leões poderiam mesmo ter conseguido virar por completo o marcador da partida.

Com este resultado, num jogo a contar para a Jornada 9 do Campeonato Nacional da I Divisão, o Sporting CP passa a somar 21 pontos (cinco vitórias e quatro derrotas) e manterá o 4.º lugar da classificação.

A próxima jornada está agendada apenas para o fim-de-semana de 10 e 11 de Janeiro, na recepção dos leões à formação do Rugby Vila da Moita.

  • Futsal Feminino (Taça de Portugal)
A equipa feminina de Futsal do Sporting CP deslocou-se ao reduto da formação do GRF Murches, em jogo relativo à III Eliminatória da Taça de Portugal, 1-11. Ao intervalo, as leoas já venciam por 0-6.

Catarina (hat-trick), Marisa (bis), Sara Tavares, Eliana (bis), Mafalda, Tatiana e Inês foram as marcadoras leoninas desta partida.

Calendário & resultados aqui.

A equipa feminina de Futsal do Sporting CP empatou hoje na recepção ao UA Povoense por 2-2, num jogo antecipado da Jornada 12 da Divisão de Honra do Campeonato Distrital de Lisboa.

Nádia e Marisa marcaram os dois golos da formação leonina.

Com este resultado, o Sporting CP passa a somar 32 pontos (dez vitórias e dois empates) e mantém a vantagem de seis pontos para o 2.º classificado, precisamente o UA Povoense.

Na próxima jornada, agendada para as 19h do próximo dia 27, Sábado, as leoas deslocam-se ao reduto da formação do Sport Ereira e Benfica.

  • Basquetebol Feminino (Campeonato Nacional - I Divisão - Fase Regular)
A equipa feminina de Basquetebol do Sporting CP regressou hoje aos triunfos na recepção ao SC Coimbrões, vencendo por 57-51 em jogo a contar para a Jornada 8 da Fase Regular do Campeonato Nacional da I Divisão.

Apesar de terem saído para o intervalo a perderem por um ponto (25-26), as leoas tiveram um recomeço de partida fulgurante que permitiu chegar ao final do terceiro período já com sete pontos de vantagem (47-40). Com este resultado, o Sporting CP subiu ao 5.º lugar da tabela classificativa com 12 pontos (quatro vitórias e quatro derrotas).

Na próxima jornada, agendada para as 17h30 do próximo dia 11 de Janeiro, um Domingo, as leoas recebem a formação do Montijo Banda Basket.

  • Judo (Liga dos Campeões)
O Sporting CP conquistou hoje a medalha de bronze na Liga dos Campeões de Judo, que se disputou na cidade de Hoofddorp, na Holanda, naquela que constitui mais uma página histórica do Clube na modalidade.

Apesar de terem começado a prova com uma derrota frente ao Red Star (1-4), os comandados de Pedro Soares conseguiram dar a volta da melhor forma e eliminaram os italianos do Ceracchini (3-2), os russo do Edelweiss Grozny (4-1), os holandeses do Judoteam Bijsterbosch (4-1) e os georgianos do Sarajevo Superstars (3-2).

A título de curiosidade, o vencedor da competição acabou por ser o Fighter Tbilisi, da Geórgia, que derrotou na final os holandeses do Kenamju Haarlem.

Seis lutadores participaram nos combates leoninos: Sergiu Oleinic (-66kg), Miguel Guerreiro (-73kg), João Rodrigues (-73kg), Anri Egutidze (-81kg), Alon Sasson (-90kg) e Jorge Fonseca (+90kg).

O Sporting CP começou por perder o primeiro duelo com o Red Star. Sergiu Oleinic deu o primeiro ponto aos leões após vencer Predrag Nikolajevic mas os sérvios acabaram por ser mais fortes nos restantes combates: Anthony Zingg venceu Miguel Guerreiro; Nemanja Majdov bateu Anri Egutidze; Dmitri Gerasimenko derrotou Alon Sasson e Jorge Fonseca perdeu contra Abdullo Tangriev. A partir daí, tudo mudou e a chave do sucesso acabou por estar no confronto com os italianos do Cerecchini, que o Sporting CP venceu por 3-2. Antonio Chianese e o também português André Alves começaram por bater Sergiu Oleinic e Miguel Guerreiro, mas os leões deram a volta com as vitórias de Anri Egutidze (contra Gianluca Aracu), Alon Sasson (frente a Karolis Bauza) e Jorge Fonseca (diante de Gabriel Arteaga Risquet). Seguiram-se os russos do Edelweiss Grozny, que o conjunto leonino superou por claros 4-1. Sergiu Oleinic começou por vencer Ilias Dzaitaev, João Rodrigues perdeu contra Isa Mamuev mas Anri Edutidze (frente a Abas Azizov), Alon Sasson (diante de Khasan Idrisov) e Jorge Fonseca (ante Tamerlan Bashaev) não deram quaisquer hipóteses até final. Os holandeses do Judoteam Bijsterbosch foram os adversários seguintes mas o filme acabou por ser muito semelhante ao que tinha acontecido com o Edelweiss Grozny: Sergiu Oleinic fez o primeiro ponto diante de Krijn Schetters, Jaimy Bennett conseguiu o empate batendo João Rodrigues e o trio Anri Egutidze (frente a Wijnand Peters), Alon Sasson (ante Daan De Jonge) e Jorge Fonseca (contra Berend Roorda) carimbou o 4-1 final. No combate decisivo para a atribuição da medalha de bronze, o Sporting CP voltou a ganhar na ‘negra’: Sergiu Oleinic fez o 1-0 batendo Vazha Margvelashvili; Lasha Shavdatuashvili derrotou Miguel Guerreiro e empatou; Anri Egutidze recolocou os leões em vantagem após vencer Ushangi Margiani; Beka Gviniashvili superou Alon Sasson para o 2-2; e, na decisão das decisões, Jorge Fonseca ganhou a Levani Matiashvili.
Partilhar:

1 comentário:

  1. O futsal do Sporting depois do jogo contra o Inter perdeu algum gas, muito fracos na finalizaçao.
    No Andebol é mais do mesmo, um grande jogo, grande atitude, ganhar vantagens de 3 golos para as perder logo de seguida e azar no final.

    O hoquei foi uma desilusao, mas o ambiente naquele pavilhao tambem nao era facil, espero uma resposta no proximo jogo.

    Quero aqui deixar os meus parabens ao atleta do judo pela medalha e parabens tambem aos responsaveis pelos desportos de combate.
    Devemos ser, neste momento, um dos melhores clubes nessa area com diversas medalhas ganhas.

    SL
    MP222

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!