Próximo Jogo

Próximo Jogo

26/04/2015

Formação: Equipa B leonina derrota Oriental rumo ao pódio | Juniores leoninos vencem em Leiria e sobem ao pódio | Juvenis leoninos goleiam Portalegrense | Iniciados leoninos perdem derby ao cair do pano

  • Equipa B (Segunda Liga
O Sporting B recebeu e venceu hoje o Clube Oriental de Lisboa por 4-3, na Academia, em jogo a contar para a Jornada 41 do Campeonato Nacional da Segunda Liga. Com este resultado, os leões subiram ao segundo lugar à condição, aguardando os resultados desta tarde do GD Chaves (recebe o CD Aves) e do SC Covilhã (joga fora com o SC Braga B) para saber em que posição terminam esta ronda.

O Sporting B entrou com todo o gás no encontro e, logo aos dois minutos, Daniel Podence ficou a centímetros de inaugurar o marcador com um remate em jeito já dentro da área. Mais tarde, seria Janota a evitar com duas grandes intervenções o golo verde-e-branco, travando as tentativas de Gelson Martins e Francisco Geraldes após transições rápidas. Adivinhava-se o golo e a premonição não demorou a concretizar-se: depois de uma grande jogada pela esquerda, Hadi Sacko assistiu Francisco Geraldes que fuzilou a baliza do Clube Oriental de Lisboa para o 1-0. Um prémio justo para o início dos leões mas que não durou mais do que três minutos: na primeira tentativa à baliza de Luís Ribeiro, Tom empatou com um remate de fora da área. Um golpe que não foi acusado pelo Sporting B, de tal forma que, aos 18 minutos, Wallyson Mallmann recuperou uma bola na área e atirou cruzado para o 2-1. Os leões dominavam por completo, tiveram até mais oportunidades para aumentar a vantagem e viram o Clube Oriental de Lisboa chegar apenas por uma vez com perigo à sua área, quando Luís Ribeiro travou da melhor forma um cabeceamento na sequência de um livre lateral.

Após o intervalo, e com algumas mexidas devido à saída de Hadi Sacko por questões físicas (Sambinha entrou para o eixo central da defesa, Ramy Rabia subiu para ‘6’, Wallyson Mallmann passou para ‘8’ e Matheus Pereira avançou para o trio ofensivo), os comandados de João de Deus tiveram uma postura ainda mais dominadora e, aos 51 minutos, aumentaram o resultado para 3-1 com uma fabulosa jogada ao primeiro toque entre Matheus Pereira, Francisco Geraldes (que falhara aos 47 minutos só com o guarda-redes pela frente) e Gelson Martins, que atirou a contar para a baliza do desamparado Janota. Em desvantagem por dois golos, o Clube Oriental de Lisboa tentou esticar-se no campo mas acabou por ficar com as linhas demasiado separadas. O Sporting B aproveitou esse jogo mais partido para potenciar a velocidade e a criatividade das unidades mais ofensivas, chegando ao 4-1 ainda antes do primeiro quarto de hora do segundo tempo (58’) com um golo de Daniel Podence, a flectir da esquerda para o centro e a rematar em jeito sem hipóteses. A partir daí, o encontro perdeu alguma objectividade, apesar das boas combinações que o ataque leonino continuou a tentar, desta feita sem resultados práticos. O Clube Oriental de Lisboa só chegou à baliza de Luís Ribeiro através de remates de meia-distância mas sem perigo. A quatro minutos do fim, e quando o 5-1 parecia bem mais próximo, os visitantes ainda conseguiram reduzir num livre de Pedro Alves que desviou na barreira leonina. O Clube Oriental de Lisboa despertou e, em cima dos 90 minutos, ainda chegou ao 4-3 numa grande penalidade convertida por Daniel Almeida, por alegada mão de Mauro Riquicho que valeu mesmo o segundo cartão amarelo e consequente vermelho ao lateral direito.

Com este resultado, que repetiu aquilo que já tinha acontecido em Marvila na primeira volta, o Sporting B passa a somar 70 pontos (20 vitórias, dez empates e 11 derrotas), ocupando o quarto lugar.

Na próxima jornada, agendada para as 15h do próximo dia 2 de Maio, Sábado, os leões deslocam-se ao Olival para defrontrar a formação do FC Porto B.

  • Juniores (Campeonato Nacional - Fase Final
A equipa de Juniores do Sporting CP deslocou-se hoje a Leiria e venceu a União local por 1-2, num encontro a contar para a Jornada 10 da Fase Final do Campeonato Nacional.

Ainda no primeiro tempo, e num lance confuso que envolveu Abdoulaye Dialló, os leões chegaram à vantagem através de um auto-golo aos 32 minutos, resultado que se manteve até ao intervalo.

No segundo tempo, Leandro ainda conseguiu fazer o empate aos 58 minutos mas a formação comandada por Luís Boa Morte reagiu da melhor forma e somou três importantes pontos com um golo de Luís Elói, aos 66 minutos.

Com este triunfo, que ‘vingou’ a derrota na última jornada da Zona Sul da 1.ª Fase, o Sporting CP subiu ao terceiro lugar da classificação com 17 pontos (cinco vitórias, dois empates e três derrotas), a três do Gil Vicente FC e a oito do líder FC Porto.

Na próxima jornada, agendada para as 16h do próximo dia 1 de Maio, Sexta-feira, os leões recebem a formação do Vitória SC.

  • Juvenis (Campeonato Nacional - Fase de Manutenção - Série D)
A equipa de Juvenis do Sporting CP recebeu e venceu, esta tarde, na Academia Sporting, o CD Portalegrense 1925 num encontro a contar para a Jornada 10 da Série D da Fase de Manutenção do Campeonato Nacional da categoria.

Os comandados de João Couto dominaram durante todo o jogo conseguindo marcar dez golos.

A jovem formação leonina entrou muito bem na partida que foi de toada única. O Sporting CP enfrentava um adversário mais fraco e que não se atreveu a tentar chegar à baliza do adversário. Os leões foram os únicos a aumentar a vantagem no marcador, estando a vencer por 3-0 ao intervalo.

No segundo tempo, o objectivo seria manter a competitividade e continuar a apostar na finalização. E assim foi, o empenho e a concentração dos pupilos de João Couto manteve-se e surgiram muitas mais oportunidades das quais resultaram mais sete golos.

Rafael Duarte (hat-trick), Leonardo Almeida (bis), Gil Santos, André Serra, Luís Esteves, Djamanca e Rúben (todos com um golo) foram os marcadores leoninos.

Com este resultado, o Sporting CP mantém o primeiro lugar na tabela classificativa com 70 pontos.

Na próxima jornada, agendada para as 11h do próximo dia 2 de Maio, Sábado, os leões deslocam-se ao reduto da formação do Núcleo Sportinguista de Rio Maior.

  • Iniciados (Campeonato Nacional - Fase Final)
Os Iniciados do Sporting CP receberam o SL Benfica, em Alcochete, num encontro que terminou com uma derrota leonina por 2-3.

O conjunto orientado por Pedro Venâncio viu-se em desvantagem, deu a volta ao resultado nos minutos finais do primeiro tempo, mas, após o intervalo, permitiu nova cambalhota no marcador, desta feita a favor dos encarnados, que chegaram à vitória no último minuto da partida.

Cedo se percebeu que o encontro ia ser bem disputado, com nenhuma das equipas a conseguir impor o seu jogo ao do adversário. O Sporting CP, líder da tabela classificativa e a jogar em casa, assumiu mais a posse de bola, tentando encontrar brechas na muralha defensiva encarnada, mas deparou-se com um rival bem organizado e equilibrado defensivamente, o que dificultou as manobras ofensivas leoninas e afastou o perigo das balizas durante grande parte do primeiro tempo. Sem nada o fazer prever, o SL Benfica adiantou-se no marcador, ainda no primeiro quarto de hora: bola lançada para as costas da defesa verde-e-branca, o guardião Filipe Semedo tentou aliviar, mas o esférico embateu em Tiago Dantas, acabando por entrar na baliza deserta. Rapidamente, o Sporting CP tentou reagir, mas os leões continuavam com dificuldades na aproximação à baliza e as oportunidades de golo não surgiam. Perto do intervalo, o Sporting CP conseguiu uma boa combinação pelo flanco direito, que terminou com o cruzamento de Sérgio Velosa para corte com a mão de Mamadou Koné, no interior da área. Na conversão da grande penalidade, Diogo Brás fez o empate. Os leões aproveitaram o alento dado pelo golo e carregaram até ao descanso, chegando à vantagem no último lance da primeira-parte: Diogo Brás fez o cruzamento e Tiago Rodrigues, solto na área, cabeceou para o fundo das redes.

No segundo tempo, o SL Benfica tentou reagir à desvantagem, com uma entrada agressiva e com mais jogadores encarnados a aparecerem em zonas adiantadas do terreno. O Sporting CP conseguiu responder, levou o jogo para o meio-campo adversário, mas, permitiu demasiado espaço ao adversário. O SL Benfica aproveitou e, aos 50’, empatou a partida, por intermédio de Emanuel Serrano, que, solto na área, bateu Filipe Semedo. Os leões acusaram o golo e o desgaste físico, descendo de rendimento e permitindo um maior caudal ofensivo ao rival. O SL Benfica subiu as linhas, criou algum perigo e, no último lance da partida, chegou ao golo, na sequência de um pontapé de canto. Miguel Nóbrega ganhou nas alturas e deu a vitória aos encarnados com o 2-3 final.

Com este resultado o Sporting CP perdeu a liderança do Campeonato para o SL Benfica, que soma sete pontos. Os leões ficam, assim, em segundo lugar, com menos um ponto do que o rival.

Na próxima jornada, agendada para as 11h do próximo dia 3 de Maio, Domingo, os leões deslocam-se ao reduto da formação do Anadia FC

Partilhar:

1 comentário:

  1. São só derrotas ou empates consentidos "ao cair do pano", "nos últimos 30 segundos da meia final", "já no período de descontos", "para lá dos 90 minutos", etc. etc.

    Que sina esta!

    Jarvalho

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!