17/05/2015

Formação: Equipa B leonina deixa-se empatar ao cair do pano | Juniores leoninos deixam-se empatar no derby (1-1) e fecham campeonato no 2.º posto | Juvenis leoninos esmagam GRAP

  • Equipa B (Segunda Liga
O Sporting B recebeu o Marítimo B, esta manhã de Domingo, em jogo a contar para a Jornada 45 do Campeonato Nacional da Segunda Liga. O encontro terminou com um empate a uma bola, apesar da vantagem leonina ao longo de grande parte do encontro.

Nos primeiros minutos da primeira-parte, a partida foi muito equilibrada, com poucas oportunidades para ambas as equipas. Aos 17 minutos, na sequência de uma falta sobre Mica Pinto, Ousmane Dramé, do lado esquerdo, marcou um livre perigoso para os leões mas a defesa adversária conseguiu aliviar. A equipa verde-e-branca começava a organizar-se e a apostar nas jogadas construídas. Aos 31 minutos, Diego Rubio recebeu a bola de Cristian Ponde, arrancou em velocidade em direcção à baliza adversária, fintou o guarda-redes insular e fez o primeiro e único golo do primeiro tempo.

Dez minutos depois do reatamento, Ousmane Dramé, do lado direito, conduziu o esférico até à entrada da grande área adversária, com um passe para Mica Pinto que surgiu do lado esquerdo a rematar por cima da baliza do Marítimo B. Três minutos depois, o Sporting B voltou a perder uma oportunidade de aumentar a vantagem, com Ousmane Dramé isolado em frente ao guarda-redes adversário a falhar o remate. O Sporting B dominava por completo mas, em cima dos 90 minutos, e contra a corrente de jogo, António Carlos aproveitou uma grande penalidade cometida por Ramy Rabia sobre Marcos mas restabelecer o empate e dar contornos injustos ao resultado. Os leões ainda procuraram reagir mas já não foram a tempo de evitar a repartição de pontos na penúltima jornada da Segunda Liga.

Com este resultado, os comandados de João de Deus baixaram para o sexto lugar do Campeonato Nacional da Segunda Liga com 75 pontos, a dois do trio perseguidor do líder CD Tondela composto por SC Covilhã, CF União e GD Chaves.

Na próxima jornada - a última - os leões deslocam-se ao reduto da formação secundária do SC Braga, no próximo fim-de-semana, ainda sem calendarização definida.

  • Juniores (Campeonato Nacional - Fase Final)
O Sporting CP empatou com o SL Benfica na Academia, em Alcochete, num encontro em tudo semelhante ao da primeira volta, onde só os leões tentaram ganhar.

Para conquistar o Título Nacional de Juniores, a formação de Luís Boa Morte dependia de uma não vitória do FC Porto em Barcelos e precisava de bater o SL Benfica. Os leões empataram, o FC Porto ganhou, e o Sporting CP terminou, assim, em segundo lugar na tabela classificativa.

A precisar da vitória para ser campeão como quem precisa de ar para sobreviver, os leões entraram na partida com uma atitude dominadora. Muito pressionante, o conjunto de Luís Boa Morte encostou o SL Benfica ao seu meio-campo e tomou conta da posse de bola. Os encarnados limitavam-se a travar as ofensivas leoninas, não conseguindo avançar no terreno com a bola controlada, fruto da alta pressão exercida pelo Sporting CP, o que permitia aos leões um elevado número de recuperações de bola no meio-campo adversário. O primeiro lance de perigo até foi do SL Benfica, com Flávio Silva a cabecear ao lado, na sequência de um livre bombeado para a área leonina, mas a partir daí só deu Sporting. Na resposta, Bruno Wilson cabeceou ao lado do alvo, depois de um livre batido por Matheus Pereira. Pouco depois, Rafael Barbosa conseguiu um excelente lançamento para as costas da defensiva adversária, aproveitado por Lisandro Semedo, que recebeu a bola na área e atirou por cima, com muito perigo. Os leões não tiraram o pé do acelerador e demonstravam ser a única equipa interessada em vencer, perante um SL Benfica concentrado apenas em defender e reduzido ao seu meio-campo. Perto do intervalo, Matheus Pereira teve nos pés a melhor oportunidade do primeiro tempo, mas respondeu ao cruzamento de João Serrano com um desvio a raspar o poste. À descida para os balneário, o marcador registava o nulo de golos, mas não reflectia a superioridade leonina em campo.

O segundo tempo começou como o primeiro e Matheus Pereira deixou o primeiro aviso, com um remate cruzado que saiu por cima da baliza defendida por Rafael Lopes. À passagem do minuto 54, os leões materializaram, finalmente, a vantagem em campo, com Matheus Pereira, de livre directo, a bater o guardião encarnado. O jogo era verde-e-branco e Rafael Barbosa, cinco minutos mais tarde, obrigou Rafael Lopes à defesa da partida. O SL Benfica tentava reagir, mas raramente se aproximava com perigo da baliza de Pedro Silva. Do outro lado, os lances de golo sucediam-se, mas a bola não entrava: primeiro, Matheus Pereira desviou à boca da baliza, mas Rafael Lopes defendeu; de seguida, foi Lisandro Semedo a atirar, já no interior da área, com a bola a passar bem perto do poste esquerdo encarnado. O jogo estava controlado pelos leões, mas, a três minutos do fim, Ivanildo Fernandes viu o segundo amarelo e deixou o Sporting CP reduzido a dez elementos. Em superioridade numérica, o SL Benfica lá saiu do seu meio-campo e, numa jogada rápida pela esquerda, chegou ao empate, com Jesse Sekidika a bater Pedro Silva.

No final do encontro, os encarnados fizeram a festa com a igualdade, estando a desilusão e a tristeza estampadas no rosto dos leões, que mereciam melhor sorte depois de uma exibição digna de um Campeão Nacional.

Classificação & resultados aqui.
  • Juvenis (Campeonato Nacional - Fase de Manutenção - Série D)
A equipa de Juvenis do Sporting CP recebeu e venceu o GR Amigos da Paz, esta manhã de Domingo, em jogo a contar para a Jornada 12 da Série D da Fase de Manutenção do Campeonato Nacional da categoria.

Na primeira-parte, a equipa leonina cumpriu o seu objectivo: desequilibrar o encontro com um número elevado de golos. Jovane Cabral inaugurou o marcador aos oito minutos. 12 minutos volvidos, André Serra faz o segundo tento, para Hélder Almeida aumentar a vantagem para 4-0 ao minutos 24 e 25. A fechar o primeiro tempo, a equipa verde-e-branca ainda apontou mais dois golos por intermédio de Jovane Cabral e Rafael Leão.

No reatamento, o GR Amigos da Paz encontrava-se ainda mais desorganizado e menos motivado. Os leões aproveitaram esta partida frente a um adversário mais fraco para apostar tudo no trabalho ofensivo e na finalização. No segundo tempo, os comandados de João Couto aumentaram a vantagem para 15-0.

Rafael Leão e Mohamed Djamanca bisaram, Jovane Cabral, David Teles, Tiago Palancha, Leonardo Almeida e André Franco apontaram os nove golos do segundo tempo.

Com este resultado, o Sporting CP soma 76 pontos e mantém-se no primeiro lugar da tabela classificativa.

Na próxima jornada, agendada para as 11h do próximo dia 24, Domingo, os leões deslocam-se ao reduto da formação do SG Sacavenense.

Classificação & resultados aqui.
Partilhar:

0 comentários:

Enviar um comentário

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!