Próximo Jogo

Próximo Jogo

04/06/2015

Marco Silva demitido por justa-causa

Marco Silva já não é Treinador do Sporting Clube de Portugal. Depois de Direcção e Treinador se terem reunido em Alvalade, esta Quinta-feira, os Leões comunicaram a rescisão com o agora ex-técnico do Clube de Alvalade.

Na nota enviada ao regulador das Sociedades Comerciais, o Clube menciona ter accionado a rescisão de contrato, gorada a possibilidade de acordo entre as partes envolvidas, alegando justa-causa para a demissão.

A argumentação leonina não é conhecida, pese embora as peças jornalísticas dos jornais Record e Correio da Manhã, publicadas ontem, Quarta-Feira, e que podem eventualmente estar na base da sustentação do Clube. Está assim aberta a vaga no cargo de Treinador principal do Sporting Clube de Portugal que, ao que tudo indica, será preenchida com a contratação de Jorge Jesus, ex-técnico das águias, cujos contornos estão ainda por confirmar

Abaixo, o Comunicado Oficial da SAD à CMVM:


SVPN: Independentemente do que se seguirá, esta é uma saída ingrata. Para ambas as partes! De qualquer forma, não posso evitar de pensar que, chegados a estes termos, com Direcção e Treinador tão díspares, seja porque motivos forem, a única saída possível teria obviamente que redundar na saída do agora ex-Treinador, Marco Silva. Em post posterior (ainda não sei exactamente quando), com certeza explorarei este assunto.

Resta-me a mim e - julgo - a todos os simpatizantes, adeptos e sócios, agradecer a Marco Silva todo o seu trabalho no Clube, a conquista da Taça de Portugal e... desejar-lhe a melhor das sortes na carreira. Excepto, é claro, quando tiver o azar de defrontar o Sporting Clube de Portugal.
Partilhar:

7 comentários:

  1. Anónimo4/6/15 17:35

    Nao me revejo minimamente neste tipo de decisões extremistas!

    Acho que isto não é o Sporting!

    BdC tem que explicar bem o que se passou... e este processo tem que ser obrigatoriamente ganho!

    Badeu

    ResponderEliminar
  2. Momento triste este

    Apesar de não ser fã do trabalho de ms, penso que poderia e deveria ter havido muito mais respeito pelo homem.

    Este caminho de rasgar contratos de bdc pode ser perigoso.

    Como li hoje um amigo escrever, como sportinguista sinto-me cansado de tantas guerras. É que umas são necessárias e até essenciais, mas outras nem tanto.

    SL

    ResponderEliminar
  3. Diogre,

    Subscrevo na integra.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo4/6/15 22:15

    rei morto,rei posto.
    não vou sequer tecer comentários acerca da forma como marco silva saiu do sporting.limito me a dizer que na minha opinião,já vai tarde...
    sinto me contudo na obrigação de alertar os sportinguistas que nesta altura condenam de forma feroz a direção do sporting pela forma encontrada para a saida de marco silva,que estão de forma precipitada a tecer juizos de valor em relação ao presidente do Sporting,Bruno de Carvalho.nem tudo o que parece,é.
    não se esqueçam que Bruno de Carvalho,tanto ou mais do que qualquer um de nós,quer o melhor para o sporting.marco silva foi contratado com as melhores das intenções pela direção do sporting,convencida que este seria o treinador senão ideal,o possivel para substituir Leonardo Jardim.se a direção do sporting decidiu substituir o treinador que tinha escolhido,não foi de certezinha absoluta por meras divergências de opiniões entre ,marco silva e a direção do sporting...se alguem acredita no contrário,é porque ainda não viu um porco a andar de bicicleta.gostaria imenso que refletissem no que acabei de escrever,e gostaria imenso que de uma vez por todas deixassem de fazer juizos de valor sobre Bruno de Carvalho,da forma "brejeira" como tem acontecido.o Homem que literalmente levantou o sporting do chão,merece mais do que nunca,todo o nosso apoio e toda a solidariedade que muitos sportinguistas,ou por inveja e sobretudo por uma questão de ódio pessoal gratuito,lhe têm negado.

    Anibal777

    ResponderEliminar
  5. Hélder Ramos4/6/15 23:15

    Acho vergonhosa a forma encontrada para retirar a pedra que BdC tinha no sapato, creio que é apenas uma forma de retardar o pagamento da indemnização. Sinceramente não me revejo neste tipo de procedimento e argumentação(falta de comparência a acção de formação).

    Após as presidências de JEBettencourt e Godinho Lopes fosse qual fosse o presidente creio que estaria sempre sobre vigilância permanente: enquanto fizesse bem todos estariam com o presidente (inclusive no esforço financeiro), quando fizer mal, ponha-se a andar!

    Mesmo que não fosse apreciador do treinador jamais aceitarei que a instituição SCP utilize esta forma de de actuação, que, para já e enquanto a direcção não presta mais esclarecimentos, me parece pouco adulta.

    Hélder Ramos

    ResponderEliminar
  6. Anónimo5/6/15 11:13

    BdC revela nestes pormenores o seu verdadeiro "EU" .
    Esta atitude é indigna para com " O SPORTING " , e só envergonha todos os sócios e adeptos que saibam o que é ter-se dignidade e honra . Fomos assim iguais aqueles que diariamente criticamos no mundo do futebol nacional .Para os que não sabem o que isso seja , e felizmente são uma minoria , não sabem nem nunca saberão o que é ser-se sportinguista .

    Justa Causa ?? Que vergonha !!
    O Presidente deu um tiro no pé , e de caçadeira , com esta sua atitude de mandar embora um treinador com quem a maioria dos sócios se identificavam . É caso para se dizer que BdC , nesta matéria , foi contra os sócios e adeptos do Sporting Clube de Portugal , e isso é muito grave .
    O Clube não é de um presidente .

    Paulo Vieira , há 50 anos adepto Sportinguista e filho de Sportinguistas. E mais uma vez triste , muito triste , não com o meu clube , mas sim com o seu presidente .

    Disse.

    ResponderEliminar
  7. MaestroVerde5/6/15 19:10

    Começo por dizer que partilho da opinião de muitos sportinguistas, não gostei da forma como tudo isto se desenrolou. Penso também contudo, que ainda existe muita informação que faz falta tornar de conhecimento geral para emitir um juízo de valor justo sobre este tema.
    Estou convencido que existe mais do que aquilo que vemos, não sei se isto não faz parte de uma estratégia que impossibilite o MS assinar contracto rapidamente pelo SLB. Mais que questões de dinheiro penso especulativamente que esta linha de ação pode ser um “matar de 2 coelhos de uma cajadada”. Por um lado mete um ponto final no ciclo MS, por outro, leva a questão da justeza da rescisão ter de ser esgrimida em tribunal e como tal adiar a assinatura de contrato de MS com outro clube, nomeadamente o SLB. Daqui até que jogue a taça da AFL e a supertaça falta muito pouco, e penso que até lá MS não conseguirá resolver a desvinculação do SCP se quiser lutar pela indeminização. Penso que desta forma o presidente serviu a sua vingança de forma fria e calculista. Se isto que disse for verdade, garante ao SCP uma vantagem importante na discussão dos dois próximos troféus, contudo, eu sou dos que acham que os fins não justificam os meios. Isso é coisa mais tradicional nos outros dois rivais, não é coisa que faça parte da cultura do SCP.
    SL

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!