Próximo Jogo

Próximo Jogo

02/06/2015

O Mercado e o Sporting: A Minha Revolução

Nas últimas semanas, temos sido bombardeados todos os dias por notícias que que dão conta de uma vontade do Sporting Clube de Portugal - da sua SAD, mais propriamente - em transferir vários jogadores no final da época.

A notícia mais fresca, por exemplo, refere que o Clube terá colocado todos os jogadores no mercado, mesmo à revelia dos mesmos:
O Sporting colocou, alegadamente, todos os seus jogadores no mercado de transferências, dando permissão aos empresários de fazer propostas mesmo sem o conhecimento dos agentes dos próprios jogadores.
A notícia é avançada pelo Jornal de Notícias, que refere que a tomada de posição dos leões causou “alguma estranheza” à sua fonte, mesmo que seja improvável que saiam por qualquer preço. O Sporting CP estará sim motivado a conseguir o melhor negócio possível ao receber várias propostas diferentes."

Como estamos fartos de saber, nem tudo o que sai na imprensa é verdade e, aliás, sabemos bem a agenda de alguns órgãos da Comunicação Social em colocar notícias que perturbam o plantel e o bem-estar do mesmo. Mas, logicamente, todas estas notícias que apontam para a saída de vários jogadores, têm de ter algum fundo de verdade, por mais ínfimo que seja...

Contextualizando, neste momento o Sporting CP tem um excelente plantel e, para além disso, também tem um excelente leque de jovens soluções internas a despontar, como é o caso de Iuri Medeiros, Ryan Gauld, Diego Rubio, Wallyson Mallman, Gelson Martins, Francisco Geraldes, entre outros... Todavia, continuamos uns furos abaixo dos nossos rivais, o que tem impossibilitado o tão desejado título de Campeão Nacional. Apesar de alguns jogadores do plantel já jogarem juntos há várias épocas, continuamos sem ter uma base sólida. Por exemplo, ao longo do ano vimos constantes trocas nos defesas-centrais, defesas-laterais, ou pontas-de-lança.

Para cimentar este "pêndulo", acredito que o Sporting CP deverá investir em 3/4 jogadores de qualidade imediata, capazes de agarrar a titularidade e que se possam tornar figuras de proa no Clube. Não podemos empurrar a obrigação de títulos a uma equipa formada apenas por miúdos, já que o nosso Clube exige resultados imediatos comparáveis aos dos rivais, sob muita pressão, tendo estes outras armas. Possivelmente Bruno de Carvalho também partilhará da minha opinião e, portanto, é bem provável que assistamos a uma "mini-revolução" no plantel.

Como é óbvio, para canalizar fundos para esses alicerces, é preciso vender. Felizmente, vários jogadores estão no limiar da valorização do seu valor de mercado. Porém, não acho que seja necessário mudar muito, por isso apresentarei os jogadores que entrarão na "minha revolução":
  • Rui Patrício
Antes de mais, convém dizer que não me incluo no grupo de críticos acérrimos do nosso guarda-redes. Muito pelo contrário, sou um fã, grato por tudo o que tem feito pelo nosso Clube. Apesar de tudo, não é para mim uma venda prioritária.

Ainda assim, acredito que esteja na hora de dar o salto.

Rui Patrício abdicou da saída por 3 anos consecutivos, e penso que a sua ambição já não é a mesma. Certamente, quererá ganhar mais e experimentar a sua sorte noutros campeonatos. E, convenhamos, está na "idade certa" (27 anos) para o Sporting CP encaixar o máximo possível com a sua venda. E interessados não faltam.

Portanto, considerar-se-iam propostas a rondar os 12M €. Repetindo: não é uma venda prioritária.
  • Jefferson
É bastante previsível - diria até quase certo -, que um dos laterais titulares irá abandonar o Sporting Clube de Portugal no próximo defeso. 

Considero que, ao contrário de Cédric Soares, Jefferson já é um "jogador feito", ou seja, já não vai oferecer muito mais em termos de qualidade do que oferece agora. Gabo-lhe alguns recursos ofensivos (como os bons cruzamentos) mas apresenta algumas lacunas defensivas, sobretudo no posicionamento.

A juntar ao supracitado, há uma clara deterioração da relação do jogador com o Presidente, devido ao caso que acabou por afastá-lo da eliminatória com o VfL Wolfsburg e do jogo no Dragão.

Num defeso onde se prepara para haver um show de laterais-esquerdos, com as possíveis vendas de, entre outros, Benoît Tremóulinas, Abdul Rahman Baba, José Luis Gayá ou Layvin Kurzawa, admito a sua venda por 8M €.
  • André Geraldes
Sempre fui um defensor confesso deste jogador. Pelo que conhecia dele, no CF "Os Belenenses", acreditava que podia facilmente lutar pelo lugar. Mas, tal como aconteceu com outros reforços, André Geraldes nunca contou verdadeiramente para Marco Silva, jogando apenas como defesa-esquerdo, onde, apesar de não ter jogado mal, não é de todo a sua posição.

Se não conta, tendo à sua frente, na hierarquia da ala-direita,  outros três jogadores, o Sporting CP deve tentar arranjar colocação para o (ainda jovem) jogador. Sendo Jorge Mendes o seu empresário, acredito que facilmente este encontrará, por exemplo, Clubes de linha média da Liga BBVA prontos para o receber.

Logicamente, o ideal seria uma venda, talvez com um valor próximo do meio milhão de euros. Contudo, um empréstimo com opção de compra, para rodar, também não seria de descartar.
  • Adrien Silva
Confesso: não sou o maior admirador do recém internacional português. Gabo-lhe obviamente algumas qualidades como, por exemplo, a capacidade de "comer linhas" em progressão ou mais-valias técnicas.

No entanto, e como os meus colegas de blogue têm demonstrado, Adrien Silva também revela muitas dificuldades tácticas, não compreende o jogo e, pior que isso, defensivamente é... mau.

Para além de tudo isto, há que ter em conta o seu (alto) salário, depois da renovação de contrato, conseguida ainda no mandato de Luiz Godinho Lopes - que procurou salvaguardar uma (especulativa) saída para um dos rivais.

Adrien Silva tem mercado, fruto das boas campanhas que Clube e ele, particularmente, fizeram nas últimas duas épocas. Com Wallyson Mallman a brilhar mais uma época na Equipa B e André Martins a dar cada vez mais provas de ser solução, não vejo por que não aceitar propostas à volta de 10M €, canalizando assim verbas para sectores mais débeis da equipa.
  • Diego Capel
Ninguém diria que aquele extremo entusiasmante de 2011 se iria tornar no medíocre e inconsequente jogador que, por vezes, até nos faz "esquecer" que ainda faz parte do plantel.

Diego Capel sempre revelou algumas debilidades no seu jogo mas, apesar de tudo isso, era um jogador que desequilibrava, um agitador de jogo que, a qualquer momento, podia ser "a" solução que a equipa precisava.

Desde a pré-temporada com Ricardo Sá Pinto - a pior que me lembro, desde que vejo o Sporting CP e que, na minha opinião, "acabou" com vários jogadores - o extremo espanhol não foi mais o mesmo. Não só naquilo que eram as suas mais-valias como também no que diz respeito à sua motivação. Aquele Diego Capel sempre alegre, que contagiava o público e a massa associativa, deu lugar a um jogador sisudo e conformado com o declínio da sua carreira.

Chegados a este ponto, a única solução passará pela sua saída. Necessária, também, pois é um jogador que tem um salário relativamente alto e Iuri Mdeiros, Gelson Martins e/ou Matheus Pereira estão à espreita.

Sobretudo Diego Capel precisa de voltar a dar um rumo à sua carreira. Pelo jogador que era no passado ainda é bem cotado no mercado, por isso passível de venda próxima de 4M €.
  • Islam Slimani
O argelino chegou como um desconhecido, cotado como um "pinheiro" que servia para empurrar bolas "despejadas", que entrasse em último recurso quando a equipa já não conseguisse marcar doutra forma. O tal jogo directo.

Mas, cedo se percebeu que era muito mais para além do "tosco" ou do "pés de chumbo". E sinal disso é a evolução tremenda que o argelino teve quanto ao seu valor de mercado.

Porém, sejamos honesto, Islam Slimani é apenas bom num momento do jogo. e o modelo de Marco Silva parece-me obrigar a um ponta-de-lança mais completo, que contribua mais em fase da organização ofensiva e não apenas na finalização.

Portanto, o nosso Clube vê-se numa situação de win-win. Se por um lado pode efectuar um lucro de valorização enorme com a venda do avançado, por outro pode ter a permissão para atacar um verdadeiro goleador no mercado, sem que este activo esteja a estagnar comercialmente.

Vejo as suas características melhor enquadradas na Bundesliga e na English Premier League, por isso acredito que "chovam" algumas propostas no Verão, que dentro de valores como 12M €, na minha opinião deviam ser tidas em conta.
  • Junya Tanaka
É uma situação um pouco ingrata. Não me esqueço da vitória que o japonês nos deu na "pedreira" nem do esforço incansável revelado em todos os minutos que teve em campo. É um jogador útil,confesso.

Dotado de um pé esquerdo fantástico, com alguns pormenores técnicos mas, para além disso, pouco mais... Por exemplo, é bastante lento a reagir ou e demasiado passivo no ataque às zonas de finalização.

Na minha opinião, trata-se de um jogador inferior a Fredy Montero ou até a Diego Rubio. Como acredito que este último fará parte do plantel na próxima época, o japonês perderá progressivamente espaço na manobra da equipa. A não ser que Marco Silva (ou quem quer que seja o Treinador) mude de esquema tático, ou enquadre o japonês noutra posição - aí já não me contrapunha à sua continuidade.

Neste momento seria muito mais condigno colocar Junya Tanaka no mercado, para que este possa alme3jar a mais que uma 3.ª aposta, até porque o merece. Interessados não devem faltar, acredito que valores na ordem do milhão e meio de euros, seriam bastantes aceitáveis.

Fundamentalmente, creio que não será necessária a venda de muitos jogadores, mas a "revolução" nas saídas, de forma estruturada e cirúrgica como apresentei, podem dar aso a outros objectivos, mais primordiais. Nomeadamente:
  • Manter William Carvalho, só pelo simples facto de ser o melhor jogador da equipa e um dos melhores do País;
  • Renovar com André Carrillo, que está cada vez mais "jogador" e menos "brinca-na-areia". Sem Nani, têm tudo para ser o principal extremo do Sporting Clube de Portugal - versão 2015/2016.
  • Contratar um ponta-de-lança de qualidade, que se enquadre ao máximo naquilo que é o modelo de jogo do Treinador.
E vocês, como acham que deve ser feita esta "mini-limpeza" do plantel? Concordam com os jogadores que referenciei? Que outros jogadores devem sair?
Partilhar:

22 comentários:

  1. Quase que concordo a 100% com o post.
    Mas eu queria que William fosse vendido, pelo simples facto que aqui vai estagnar pois este campeonato não lhe vai permitir evoluir muito mais. Ele precisa do campeonato Inglês.
    Venda por €30M já me deixava satisfeito.

    ResponderEliminar
  2. Pedro Pinto2/6/15 15:07

    Em relação ao post, concordo apenas com a venda de Capel. Está, de facto, irreconhecível, tem um bom salário e nada acrescenta ao colectivo. Jogadores para jogar a 10 minutos do fim temos muitos.

    Carrillo para mim é uma venda prioritária. É uma jovem com potencial, é certo, mas é profundamente irregular. Aprendeu com Marco Silva a ser jogador de equipa e a largar os dribles sem sentido, mas continua a ser um jogador desequilibrado. Capaz do melhor e do pior, algo de que uma equipa que aspira a ser campeã nacional não pode depender.

    Cédric é outro jogador que tem tudo o que é preciso para ser vendido. Cruzamento para as bancadas, larguíssimos, são o seu prato forte. Aliado a uma capacidade de decisão a roçar o 0, tem a porta mais do que aberta para sair de Alvalade.

    Rosell é outro que pode seguir viagem. Andou na escola do Barça mas deve ter faltado às aulas. Não é substituto de William, nem de ninguém.

    Naby Sarr é outro que pode ter guia de marcha. Fraquíssimo.

    Tanaka, se não for colocador a jogar a extremo (que é, para todos os efeitos, a sua posição, e não a de ponta-de-lança) poderá também sair.

    Falta um bom número 10 e um matador.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tanaka a extremo? Ahahaha
      Mais vale po-lo a central

      Eliminar
    2. Manel madeira, é a posição onde joga (quando joga) na seleção.

      Eliminar
  3. Anónimo2/6/15 15:37

    Para mim Carrillo é perfeitamente dispensável. Numa boa venda como é evidente. Sei que tem números muito bons esta época mas é um jogador extremamente atípico que na maior parte do jogo não está presente e consequentemente não ajuda a equipa a ter ascendente.

    Concordo com as saídas de Jeff, Cédric, Adrien e Slimani. Gostava que o Rui e o William ficassem.

    Nós "só" precisamos mesmo de um grande avançado (20+ golos numa época).

    Z

    ResponderEliminar
  4. Para mim o plantel do sporting era saidas:Tanaka 2M,Capel 5M,Cédric 9M,André Martins 4M Rossel 2M Total 22M
    Promover Wallyson,Ryan Gauld, João Palhinha faz a pré-temporada se convencer fica
    Regressos Iuri Medeiros , Zakaria Labyad , Ricardo Esgaio
    Contratações: um defesa central , um extremo dois se carrillo sair um medio defensivo, se João Palhinha não ficar, um ponta de lança

    ResponderEliminar
  5. Gonçalo Mano2/6/15 15:58

    Boa posta Rúben,

    Penso que o fundamental é diminuir a carga salarial.

    Eu pretendo, como todos, um Sporting cada vez mais forte, no entanto, não consigo de tirar o "peso" do Novo Banco e do Millennium da minha cabeça.

    A Vender:

    - Adrien
    - Capel
    - Labyad (a continuar burro, como tem mostrado, mais vale vender)
    - Slimani

    A comprar:

    - Ewerton (Não é bem uma compra, mas aqui vai)
    - Um ponta de Lança que esteja dentro da capacidade financeira do Sporting.

    Nunca gostei de grandes mexidas de uma época para a outra.
    1) Ganhamos uns patacos
    2) Pomos os putos no assador
    3) Em "teoria" o Marco deverá conseguir estabiliziar a defesa, com melhor conhecimento entre os pares e mais treino (A quebrar "coco" também se melhora, mas o Honoris sabe mais disso que eu)

    Weel, just my two cents.

    ResponderEliminar
  6. Mais rápido vendia o carrillo que o adrien,o 1o passeia em campo sendo o mané de características diferentes mas não inferior como se viu no final da taça, já o Adrien é jogador a Sporting come a relva se for preciso, não é de todo o melhor do mundo, mas é muito melhor do que diz a comunicação social e não é pelos outros o deitarem abaixo que eu vou deixar de enaltecer a entrega é a raça de leão dele, mas são opiniões, cada um com a sua... SL

    ResponderEliminar
  7. RuiPatrício12/6/15 17:41

    No meu entender, William Carvalho terá certamente muito mercado e será muito difícil não sair. Carrillo ao não querer renovar, não nos deixará outra possibilidade que não a sua venda(corremos o risco de o perder para um rival). Cedric, por pouco ou nada acrescentar ao futebol do Sporting também deverá ser vendido, possibilitando um encaixe. Capel irá certamente abandonar o Sporting, resta saber qual o encaixe financeiro neste negócio. Montero, também deverá abandonar o Sporting, restando saber qual o clube e a mais valia financeira que se poderá obter. Jefferson também deve sair, abrindo portas ao crescimento de Jonathan Silva.
    Quanto a Rui Patrício, é fundamental nas nossas aspirações no futuro próximo, é um símbolo do clube e a mistica leonina dentro do balneário. Adrien também por ser um dos capitães e pelo que dá ao clube, não deverá abandonar o cube. Carlos Mané, também não deverá abandonar o clube em ano que se preve de confirmação. Slimani pela sua entrega e importância também deverá ficar.
    Quanto ao resto, aguardo o regresso de um Labyad que nos deixou com o sentimento de que ficou algo por mostrar (pode ser o 10 que tanto nos tem faltado). Ricardo Esgaio e Iuri Medeiros também deveram regressar, assim como Gelson Martins e Wallyson que deverão subir da equipa B para a A.
    Em termos de reforços, acho que deveriamos tentar trazer Danilo Pereira (em caso de saída de William), confirmar Ewerthon, tentar mais um defesa-central (porque Sarr na minha opinião deverá ser emprestado), tentar um Avançado que seja significado de golos e um extremo de qualidade (2 caso se confirme a saída de Carrillo).

    SL

    ResponderEliminar
  8. Anónimo2/6/15 17:45

    Concordo que a única venda dos imprescindíveis que deve ser feita é a do William pelo alto valor de mercado. Pois desta forma não será forçosa a saída de mais nenhum imprescindível para se reforçar com qualidade o plantel. E até este valor servirá quiçá para o reforço das renovações contratuais.
    Deste modo apesar do William ser uma grande perda apenas será uma.

    ResponderEliminar
  9. Ruben, peço desculpa, mas devo dizer que discordo de quase tudo..

    Em primeiro lugar, quase todos os valores me parecem demasiado optimistas.
    Patrício não vale mais de 10M, Jefferson valerá 6/7M, Adrien também não vale 10M, Capel neste momento se for vendido por mais de 3M fico supreendido, Slimani só valerá 12M para uma equipa inglesa (tem características altamente valorizadas no futebol Inglês) e Tanaka não terá muito mercado (talvez apenas no Japão9.

    Em segundo lugar, espero que Patrício e Adrien fiquem. O GR gostava que fizesse toda a carreira em Alvalade sendo no plantel actual o maior símbolo do clube. Em relação ao médio, mesmo concordando com algumas das suas limitações, penso que é muito útil ao Sporting. Lembro-me de alguns jogos em que a rotação da equipa (principalmente do meio-campo) baixava quando este estava ausente ou começava no banco. Mesmo que não seja para ser titular (espero que a médio prazo Wallyson ganhe o lugar), seria sempre uma boa opção a partir do banco.

    Em terceiro, Cédric e Carrillo não me parece que renovem pelo que terão mesmo de ser vendidos. 7/8M pelo defesa e à volta de 15M pelo peruano eram bons negócios.
    André Martins não tem mercado e por isso, mesmo estando a entrar no último ano de contrato, penso que acabará por renovar e será mais uma opção a ter a conta para 8(!). Ainda assim, pela quantidade de opções para 8 (Adrien, Martins, Wallyson e até João Mário), entre Adrien e Martins, preferia que saísse o número 8..

    Por fim, desportivamente, adorava que William ficasse, mas a partir de 25M terá de ser vendido. Seria importante tanto para a saúde financeira do Sporting, como para a carreira do médio, que num clube do nível de um Arsenal por exemplo, tem tudo para evoluir e tornar-se num fantástico jogador.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São opiniões, cada um tem a sua.
      Os valores são uma estimativa apenas, como disse são valores a rondar os que escolhi.

      Patricio voltou a mostrar Domingo que é um excelente guarda redes, e por mim tem lugar em clubes de topo. E os clubes de topo tem de pagar bem.
      Jefferson, como referi vai haver um boom de laterais esquerdos no verão, é aproveitar e inflaccionar o preço do jefferson. Isto é apenas uma estrategia de mercado, que como vimos no último defeso relativamente aos centrais.
      Adrien, como disse não sou de todo fã dele, mas acredito sinceramente que pelas boas épocas valerá perto de 10M, sendo um jogador referenciado por impresas estrangeiras como um jogador a seguir.
      Pelo seu alto salario deve sair porque como disse existem muitas opções para 8.
      Slimani tem varios interessados na Premier e Bundesliga, as suas caracteristicas encaixam como uma luva nesses campeonatos. E esses mercados têm uma capacidade economica que lhes permite o tipo de investimento que referi.
      Os jogadores japoneses tem sempre interessados na Bundesliga, que detem direitos sobre jogadores da Jleague, e a suiça tem se revelado também muito atenta ao mercado asiático.
      Não baseio a minha opinião só em interesses referidos em jornais, porque esses muitas vezes até tem 2as intenções.

      Cédric na minha opinião tem de renovar, não só porque ficar desfalcado de 2 laterais seria mau, mas porque tem caracteristicas para ser um lateral de top. Mas pra isso precisa de um treinador que o forme, que lhe incuta critério a atacar e dinamicas defensivas.
      Carrillo é relativo, tanto pode ficar porque sai Nani e para tentarmos recuperar parte do passe como pode sair se continuar a pedir mundos e fundos.

      Eliminar
  10. Anónimo2/6/15 18:46

    Parei de ler quando disseste que o Adrien nao compreendia o jogo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque ? Em que capitulos o Adrien compreende o jogo, sr blogger ?
      O Adrien vale pelas qualidades tecnicas, nas taticas peca muito.

      Eliminar
  11. Antonio Rodrigues2/6/15 19:13

    Saudações a todos,

    concordo com grande parte do texto, sendo na minha perspectiva mais interessante vender jogadores que se valorizaram nestes dois anos tais como Jefferson e Slimani, e que pelas limitações apresentadas, juntando ainda a idade, são vendas lucrativas considerando valores (de 6 milhões e 12 milhões respectivamente). Temos ainda as situações de Capel e Labyad que a meu ver têm limitações do ponto de vista da tomada de decisão, que não corresponde obviamente ao vencimento. Penso que ainda temos o caso de Adrien que até fez uma época agradável mas que apesar de tudo não apresenta, na minha opinião, a mesma capacidade de João Mário e André Martins, tendo ainda Francisco Geraldes, Ryan Gauld e Wallyson à espreita. Relativamente aos suplentes crónicos como Boeck, Rosell e Tanaka, parecem-me bons elementos para ter no plantel. Quanto aos indiscutíveis Rui Patrício e William, penso que poderiam ficar mais um ano de maneira a serem vendidos (William já que considero o Rui Patrício um dos símbolos que só deveria sair para jogar numa equipa de topo) em ano de Europeu. Razão pela qual considero que vale a pena apostar em Jonathan Silva que já mostrou qualidade, tendo sido chamado à Selecção Argentina. Um dos factores a ter em consideração deveria ser sempre a possível valorização e consequente chamada à Selecção, vendendo preferencialmente em ano de grandes competições, que à semelhança da Liga dos Campeões dão visibilidade aos Jogadores (ver casos de Slimani e Rojo).

    Quanto aos casos de Cédric e Carrillo, considero que dependendo de propostas atractivas são bem vendidos, isto pelo contrato, já que poderiam ser apostas mas que parecem estar com a cabeça noutro sítio. Juntando ao facto de termos Miguel Lopes (que não fica muito atrás de Cédric) e Esgaio. Acho ainda Mané, Iuri, Gelson e Matheus com potencial para fazer dentro de pouco tempo épocas mais atractivas que o Carrillo (nas passadas excluindo esta última).

    Já no que toca ás compras gostei do Ewerthon, havendo ainda jogadores "atractivos" no Campeonato, casos de Marco Matias (extremo com golo), Rafa e Tiago Pinto. Juntando a dois jogadores de classe indiscutível, há possibilidade de montar uma boa equipa, que com o mesmo treinador poderia evoluir para uma equipa mais sólida defensivamente (em momentos chave) com uma melhoria no jogo interior que, sinceramente, me parecia algo limitado durante este ano (por termos jogadores como Slimani e Adrien a titulares???).

    Isto para dizer que considero extremamente importante criar estabilidade na equipa e através de sucessivas qualificações para a Champions, estar nas decisões das Taças, com jogadores no 11 inicial para estarem entre os convocados das Selecções (para posterior visibilidade e valorização) será possível lutar efectivamente pelo título dentro de 2-3 anos. Igualmente importante é vender os jogadores chave APENAS a equipas de top-10 Mundial. Há que criar a cultura de excelência no Sporting, já que uma equipa com o nosso historial (em todas as modalidades) não deveria ser trocada por equipas, que apesar de maior poder financeiro, como Galatasaray, Mónaco, Levante, Dínamo Kiev, etc

    SL

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A verdade é que para os jogadores, hoje em dia o dinheiro conta mais.
      A carreira profissional é curta e se puderem amealhar o máximo melhor.
      Por isso se interessar às 3 partes vender pra esses clubes, porque nao ?

      Eliminar
  12. Concordo com o que escreveste, mas receio que o Cédric saia já nas próximas semanas o que vai obrigar à compra de um lateral direito para concorrer com o Miguel Lopes (se este não sair tambem).

    E um ponto importante que venho falando desde o inicio da época e parece ser menosprezado: falta um 10. O João Mário é um 8 que pode fazer o papel de 10, mas não é jogador para aquela posição para um Sporting que se quer campeão. O Montero idem. Talvez Gauld, mas acredito que ainda não será a época de afirmação dele. Se o Adrien for vendido ficariamos com o João Mario e o André Martins para a posição de 8.

    O Tobias precisa de experiencia de 1º liga numa equipa menor para cometer os erros tipicos de um jogador jovem. Com isso e com a saida do Naby, precisamos de 2 centrais.

    Iuri Medeiros para o lugar do Capel. Carrilo e Nani sairão quase inevitavelmente... Precisamos de 2 bons extremos...

    Prevejo grandes alterações na equipe. Era bom tentar manter o Montero para cenários onde seja necessário jogar com 2 avançados. Vendemos o Slimani e contratamos um bom 1º avançado para o substituir. O Rubio seria o 3º avançado.

    ResponderEliminar
  13. Anónimo2/6/15 20:35

    Na minha opinião não haverá nenhuma revolução no plantel.porque motivo haveria agora uma revolução ou mini revolução no plantel????a haver revolução,será na mentalidade ou atitude do atual treinador caso fique no sporting.como já disse ontem,agora podemos olhar calmamente para o campeonato que acabou há pouco,e no meu caso,fico lixado porque com o plantel que temos,não vejo justificação nenhuma para os 10 empates,5 deles em casa,que aconteceram durante o campeonato,sendo que quase todos eles só aconteceram devido á incompetência do atual treinador.já que o treinador do porto revelou muitas fragilidades,tenho que dizer que este ano perdemos uma grande oportunidade de sermos campeões.

    Anibal777

    ResponderEliminar
  14. Se queremos ser campeões não podemos "despachar" 4 dos 12 titulares que temos.

    Por outro lado, pelos valores que propõe, despachamos é o Inácio e mudamos já de diretor desportivo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se acha que a equipa titular tem a mesma qualidade que os adversários, eu tenho é de deixar de ver os jogos errados.

      Por outro lado, se quer ir buscar dinheiro para reforços a vender os suplentes todos, despachamos o Inácio e vai o senhor para lá.

      Eliminar
  15. Ruben, o facto de Tanaka jogar a extremo na seleção não significa que essa seja a sua posição.

    Eu não acho que tenha características de extremo sequer.. Não é rápido, não tem grande técnica, não é explosivo, não é forte no um contra um.. É mais um avançado que foge muito para as alas a ir buscar jogo.

    ResponderEliminar
  16. Visconde de Alvalade3/6/15 11:00

    A vender
    Tanaka entra Rubio
    Capel entra Viola ou Labyad(perfiro ve-lo a 10)
    Montero Guidetti era um grande reforço
    André Martins sobe Wallyson
    Rossell entra Danilo Pereira mais forte a defender que William mas pior na construção é craque.
    Cedric devia sair ataca pior que Miguel Lopes e é preciso abrir espaço para ESgaio.
    André Geraldes e Naby-Sarr deviam ser emprestados para valorizarem.

    Iuri vai ser o substituto de Nani tem um talento incrível e este ano ganhou a intensidade necessaria para jogar no SCP.

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!