17/07/2015

O substituto do General


William Carvalho é o líder do nosso meio-campo - quanto a isso não há grandes dúvidas. A sua insólita lesão, recentemente tornada pública, é um tiro no porta-aviões para a equipa de Jorge Jesus, bem como uma péssima notícia para o Sporting CP em geral. Contudo, foi por saber lidar com dificuldades deste tipo, entre outras qualidades, que o experiente treinador campeão nacional foi contratado. Servirá então este post como exercício de mera e amadora especulação, sobre qual será o jogador que substituirá William Carvalho e as suas funções de 6 na equipa principal do Sporting CP.

Após o falhanço da contratação de Danilo Pereira, assumo desde logo que não se irá recorrer ao mercado para contratar um médio-defensivo, não só porque tal foi noticiado, mas também porque me parece racional e lógico que assim seja. Assumo também que jogaremos com um verdadeiro 6 e não em duplo-pivot, uma vez que tem sido este o sistema com este treinador. Sendo assim, pensei em 9 possibilidades, umas mais prováveis que outras, mas todas quanto a mim plausíveis. Admito que hajam outras opções dentro dos quadros do Sporting CP que, por uma ou outra razão, me tenham escapado, e agradeço-vos desde já que indiquem quais. Aquelas nas quais pensei, com os seus prós e contras, foram as seguintes:
  • Oriol Rosell - Aquele que foi o substituto de William Carvalho durante a época de 2014/15 seria, à partida, uma forte possibilidade para o lugar. No entanto, o perfil deste catalão foge um pouco àquele que mais agrada ao treinador amadorense, uma vez que o ex-Sporting Kansas City não apresenta a forte envergadura física exigida por Jorge Jesus. Por outro lado, é um mal-amado por boa parte dos adeptos, que não lhe revêem qualidade suficiente para ocupar tão importante posição com a eficácia desejada. Quanto a mim, injustamente, visto que lhe revejo boas qualidades, sobretudo ao nível defensivo, na forma como corta linhas de passe e dificulta a posse de bola do adversário.
  • Wallyson Mallmann - Apesar de por ora se ter mostrado mais na posição 8, este talentoso médio brasileiro reúne, quanto a mim, todas qualidades intrínsecas necessárias para ser um 6 de eleição. Detentor duma técnica e visão de jogo apuradas, que lhe permitem errar muito poucos passes e até ajudar a construir/criar lances de perigo, é excelente com bola. Junta a isso uma notável qualidade ao nível da decisão e um "pulmão" invejável. Ou seja, se o treinador o ensinar a defender com qualidade, suprindo algumas (naturais) lacunas tácticas que ainda terá, poderá tornar-se num 6 de muita qualidade. No entanto, é mais uma opção que volta a não preencher o requisito que já mencionei - a altura, e precisará de algum tempo para aprender a (forte) componente táctica que a posição exige.
  • Adrien Silva - Mais um jogador que foge ao estereótipo físico no qual se enquadra o 6 de Jorge Jesus. Tem a vantagem da experiência, em geral, bem como a de conhecer a posição relativamente bem, visto que jogou ali nos tempos do Sporting CP de Paulo Bento. No entanto, nessa posição nunca se afirmou da mesma forma que o fez em terrenos um pouco mais adiantados, na posição 8. Resta saber se essse regresso ao passado poderá ser uma boa opção. Tenho sérias dúvidas, muito devido às limitações que considero que este jogador tem, nomeadamente a defender, falhando sistematicamente as coberturas. Mas, claro, como acontece muitas vezes, poderei perfeitamente estar enganado, até porque o nosso treinador tem conseguido verdadeiras proezas neste tipo de adaptações.
  • João Mário - Decerto que muitos de vocês estranharão esta sugestão, uma vez que o talentoso médio português foi utilizado na maior parte dos jogos de 2014/15 na posição mais ofensiva, muitas vezes quase como 2.º avançado. Mas é igualmente verdade que a posição mais recuada do meio-campo não é de todo estranha a João Mário, uma vez que foi aí que jogou durante praticamente toda a sua formação. Mais importante do que isso, parece-me ter qualidades fantásticas para desempenhar a função, nomeadamente ao nível da leitura de jogo, tanto com como sem bola. Isto apesar de ser mais um jogador que não apresenta as características físicas apreciadas por Jorge Jesus para esta posição/função. Sei que é improvável, mas gostaria de ver esta solução testada, nem que seja apenas na pré-época.
  • Simeon Slavchev - Depois de ter sido uma das grandes desilusões do Sporting CP 2014/15, este médio búlgaro terá mesmo de fazer pela vida, se quiser triunfar no nosso Clube. Tem a vantagem de, por ser alto e forte fisicamente, encaixar como uma luva no perfil preferido pelo treinador. No entanto, como é evidente, isso só não chega, e este jogador terá de mostrar mais do que fez até agora. Por ser tecnicamente interessante, e aliar a isso o que descrevi antes, parece-me uma possibilidade interessante para o lugar. Se e quando melhorar as deficiências tácticas que claramente ainda apresenta.   
  • João Palhinha - Jovem muito promissor que, segundo a comunicação social portuguesa, impressionou o treinador Jorge Jesus, devido ao poderio físico que apresenta. Infelizmente, contraiu uma lesão recentemente, o que provavelmente atrasará a sua afirmação na equipa principal. Será, no futuro, um sério candidato ao lugar, sobretudo se Jorge Jesus for o treinador de longa estadia e muitos sucessos que todos esperamos que seja. No entanto, num futuro mais próximo, penso que ainda não terá nível competitivo para ser titular na primeira equipa, ele que ainda nem na Equipa B se afirmou na totalidade. As limitações que apresenta com bola também dificilmente serão ultrapassadas, mas isso nunca foi um problema para Jorge Jesus quando apostou em Javi Garcia ou Ljubomir Fesja, por exemplo. Será sempre um 6 essencialmente defensivo, também importante no jogo aéreo, nomeadamente nas bolas paradas, tanto defensivas como ofensivas.
  • Fabrice Fokobo | Ramy Rabia | Rúben Semedo - Estas são três opções que me parecem improváveis, dada a falta de oportunidades que o treinador tem concedido a estes jogadores. No entanto, tratam-se de jogadores com o perfil físico-atlético idealizado por Jorge Jesus para a posição 6, e todos eles a conhecem relativamente bem, daí eu achá-las plausíveis. Nenhum destes jogadores me enche as medidas enquanto médio, como é fácil de perceber. Estas são soluções de recurso que dificilmente serão utilizadas mas, com o nosso treinador, nunca se sabe e, portanto, resolvi mencioná-las. Curiosamente, o egípcio Ramy Rabia até foi mais bem sucedido enquanto médio do que enquanto defesa-central, a sua posição de raiz, e talvez só possa ter sucesso no Sporting CP a 6. A ser considerada qualquer uma destas três possibilidades, provavelmente passará por um "crivo" dum período experimental na equipa secundária.
A equipa do Sporting CP precisa duma solução para esta posição, e há de facto vários cenários possíveis e plausíveis. Qual destas possibilidades vos parece que será a utilizada por Jorge Jesus nos primeiros meses da época? Será outra fora das que eu sugeri?

Um abraço e Saudações Leoninas
Partilhar:

10 comentários:

  1. neste momento,parece me que pela lógica e pelo que já conhecemos dos jogadores em causa,rosel será a 1ª escolha para substituir william.não sendo rápido em situações de recuperação de bola e não sendo brilhante na colocação,é um jogador agressivo qb sobre o adversário que tem a bola e sobretudo é um jogador capaz de lançar um contra ataque colocando com grande precisão e a grande distância,a bola no jogador que melhor se tenha desmarcado.esta é a principal qualidade de rosel na minha opinião-a qualidade de passe.

    João mario pode na minha opinião fazer o melhor que rosel faz sendo que na minha opinião é mais inteligente que rosel na ocupação dos espaços decidindo melhor qual o sector que deve devender a cada momento do jogo.

    Slavchev fisicamente é o jogador mais dotado para a posição 6.desconheço se em relação ás diversas funções atribuidas a um 6,quais as suas aptidões.

    Penso que slavchev é a grande incógnita neste momento mas penso também que é o jogador que jj irá testar ao limite para decidir quem será no imediato o substituto de william.

    Seja qual for a opção de jj,assim que Palhinha regressar...vai haver nova luta pelo lugar.

    Anibal777

    ResponderEliminar
  2. setaverde18/7/15 00:02

    na minha opinião, só existem três hipóteses:

    1ª Vamos ao mercado e o jogador adquirido não terá tempo para se integrar bem na equipa, o que representará sempre um risco, dada a proximidade temporal de alguns jogos extremamente importantes que poderão marcar toda a época.

    2ª Joga o Rosell. Fez alguns jogos na época passada, sem comprometer. Este ano poderá estar mais integrado no sporting e, sob a batuta do "mestre" Jorge Jesus, ainda poderá render muito mais.

    3ª Joga o Adrien, que chegou a recuar para essa posição num ou noutro jogo, em que o treinador Marco silva substituiu William por um segundo avançado e apostou no Adrien como se de um "Quarterback" se tratasse, passe a comparação com o futebol americano, para lançar o ataque de uma forma mais directa.

    A hipótese mais plausível é a 2ª, ou seja, jogava com o Rosell na posição seis. A hipótese nº 3 seria o meu plano B, para pôr em prática, caso necessitássemos de empatar, ou de ganhar um jogo. Quanto à primeira hipótese, ir ao mercado e adquirir um médio defensivo, não sou um grande adepto desta primeira hipótese, porque esse jogador necessitaria de tempo para se integrar, tempo que começa a escassear, porque temos a final da supertaça de Portugal e a pré-eliminatória da liga dos campeões num futuro muito próximo.
    Neste momento, é mais importante o "toca a reunir" com os que cá estão para os embates vindouros.

    ResponderEliminar
  3. Acho que sera Rosel, mais acredito que Slavchev depois ganhara o lugar ate o "General" William voltar, pois acredito muito no Búlgaro.
    Rambem sou da opinião que ir ao mercado nao vai adiantar pois seria ha meu ver um risco e dinheiro não podemos gastar em riscos.


    ResponderEliminar
  4. Slachev é o 6 substituto mais indicado para a maioria dos jogos na ausência de William.
    Rossell joga bem mas as suas limitações não serão suficientes para segurar um meio onde este ano apenas terá um apoio.
    Palhinha para mim a 3a melhor opção teve azar com o atraso de adaptação devido a lesão, más no futuro creio que evoluindo o seu jogo ofensivo será o dono do lugar.
    Slachev vejo nele um jogador mais completo para fazer a posição dado que tem o porte e capacidade física sendo também um jogador veloz e evoluído tecnicamente, para fazer de 6 tendo em conta que apenas terá um apoio a meio campo, o que exige que o 6 tenha capacidades ofensivas(ele que também faz de 8) e em simultâneo aguente segurar defensivamente o meio campo. Tem tudo para dar certo mediante um trabalho intensivo de pré época de adaptação e interpretação da posição 6 num 4 4 2.

    ResponderEliminar
  5. Off topic. Trazer Bryan Ruiz, Douglas e Mitroglou isso sim é que era fazer incursões cirúrgicas no mercado, e nos proclamarmos candidatos ao título.
    Saudações

    ResponderEliminar
  6. A solução pode ter chegado ontem, de seu nome Naldo ... Vamos ver se Douglas vem ou não.

    ResponderEliminar
  7. devera ser o ruben Semedo pois no jogo com o atlético ele jogou a 6

    ResponderEliminar
  8. luis vicente19/7/15 21:50

    Se o rubem estiver bem mentalmente e concentrado no sporting devia ser ele porque ë forte fisicamente e inteligente a jogar mas se nao fosse a lesao era o palhinha de caras

    ResponderEliminar
  9. Miguel Carmo20/7/15 11:10

    Eu aposto no Ruben Semedo, tem tudo para ser o homem ideal para a posição 6.

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!