Próximo Jogo

Próximo Jogo

28/07/2015

OFICIAL: Naby Sarr vendido aos ingleses do Charlton

Já é oficial: o defesa-central francês Naby Sarr, de 21 anos e 1.96m (completa 22 anos no próximo dia 13 de Agosto) foi vendido aos ingleses do Charlton Athletic FC, 12.º classificado do Championship (II Divisão inglesa) da época transacta, Clube pelo qual assinou contrato por 5 épocas.

O Sporting Clube de Portugal informou, através de Comunicado no seu site, que a transferência se fez por valores até 2.5M €, salvaguardando uma percentagem não divulgada das mais-valias numa futura transferência.

Aos franceses do Olympique Lyonnais, de onde chegou Naby Sarr a Alvalade no final de Julho do ano passado, contratado por 1M €, caberão entre 300 e 375 mil € relativos a 15% desta transferência. Ao serviço dos leões, o francês alinhou em 18 jogos, num total de 1580 minutos, assinando 1 golo. O defesa-central completou ainda 90 minutos ao serviço da Equipa B.

Ultrapassado na hierarquia por todos os seus concorrentes directos no Sporting Clube de Portugal, e face às contratações de Naldo e Michaël CianiMouhamadou-Naby Sarr foi preterido do plantel 2015/16 por Jorge Jesus, rumando assim a Inglaterra, valorizado em 150%.

Boa-sorte, Naby Sarr!!!
Partilhar:

9 comentários:

  1. O prejuízo ao SCP já só se cifra em poucos milhões :)

    Bom negócio!

    SL

    ResponderEliminar
  2. Boa sorte Sarr!!

    ResponderEliminar
  3. Acostista28/7/15 22:10

    Mais um jogador que, não tendo valorizado, foi vendido por valor superior ao da compra. Notável!

    ResponderEliminar
  4. Sem dúvida Acosta

    quer queira quer não queira é/foi um negócio espetacular!

    abraço

    ResponderEliminar
  5. Analisando apenas a parte económica foi (e esquecendo o circo do golo de Maribor). Mas e desportivamente o que se ganhou? Nada.

    SL

    ResponderEliminar
  6. Boa venda de um jogador que era uma autêntica bomba relógio a jogar.

    PS: Ao ler certos comentários fica-se com a ideia de que Sarr foi a única contratação falhada na história do futebol do Sporting.
    Esquece-se que num passado recente as contratações falhadas não eram vendidas pelo dobro do preço, vinham ganhar salário milionários e tinham de ser indemnizadas para sair do clube.

    ResponderEliminar
  7. Caro Jarvalho,

    Enfiando de certa forma o barrete, o post é sobre o Sarr. Se for para fazer uma análise dos mandatos da história do scp cá comentarei e, já agora, de forma muito favorável a esta direcção.

    SL

    ResponderEliminar
  8. Caro JVB

    Há muitos jogadores contratados pelo SCP e pelos outros dois "grandes" que desportivamente pouco ou nada rendem, como bem sabe. Sucedendo que a grande maioria deles acarretam prejuízos monetários para os clubes, por vezes elevados ou muito elevados. Bojinov, Jeffren e Pongolle são alguns dos exemplos mais emblemáticos.

    O que sobressai no Sarr é que, apesar de nada ter dado a ganhar em termos desportivos, não foi de maneira nenhuma um negócio ruinoso para o SCP. Pelo contrário: a ser verdade que foi vendido por valores até 2,5 ME, proporcionou até um encaixe financeiro interessante.

    Daí ter criticado a referência ao rendimento desportivo deste jogador, que me soou, no contexto, a uma forma de desvalorizar o "espectacular" negócio realizado.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  9. Concordo em absoluto com o que dizes! Todos sabemos por onde andámos no passado e sem dúvida que 2.5M e grande venda. Mérito desta direcção que, concorde-se ou não com a política de transferências - eu prefiro a seguida este ano -, ainda não fez um mau negócio por culpa própria. O que pretendi era dar outro ponto de vista que as vezes é esquecido.

    Um abraço e SL

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!