19/02/2016

Meu Querido Alvalade

O jogo de ontem não foi bom para ninguém. Bem, talvez haja três excepções, ladeadas por 8 jogadores apáticos - uns mais que outros, que conseguiram fazer uma exibição a um nível razoável. Curiosamente, dois daqueles que achei terem feito as melhores exibições são coincidentemente aqueles que, para mim, repartem culpas no golo sofrido: Rui Patrício e João Pereira. O outro é, sem margem para dúvidas, Bryan Ruíz.

A compreensível má forma de Jefferson fez-se notar, Sebastián Coates saiu com dores num dos joelhos e Rúben Semedo teve uma ausência momentânea de discernimento - sim, estou a ser lisonjeiro - como já teve outras, esta época e noutras anteriores.

No meio-campo, William Carvalho não conseguiu segurar as pontas de um Alberto Aquilani inexistente e, no ataque, Bryan Ruíz (melhor) e João Mário (pior) foram insuficientes para uma defensiva germânica "chata", que anulou completamente o colombiano Téofilo Gutiérrez. Ou será que o avançado se anulou a si mesmo? Carlos Mané ainda tentou remar contra a maré, mas sempre muito consequentemente.

Acontece que a equipa do Bayer 04 Leverkusen é forte. Muito forte. Mais forte que a do VfL Wolfsburg. Tão forte que perder 0-1 em Alvalade, face à (falta de) produção leonina, soa a lisonjeiro. E é!

A maldição de Alvalade perdura: esta época, já lá vão 3 empates caseiros para a Liga NOS e 2 derrotas para a UEFA Europa League. E à excepção do relvado, nesta época como praticamente desde a inauguração do novo Estádio José Alvalade, não há outra explicação para este bloqueio sistemático senão, talvez, recorrendo ao foro psicológico.

Já estávamos todos avisados para a menorização desta competição, em favor da luta pelo título entre-portas. Já o tinha referido antes, aliás, e volto a repeti-lo: o Sporting Clube de Portugal não tem ainda condições - e plantel - para discutir várias competições simultaneamente, sem claudicar umas em função de outras...

Porém, assim sendo, não deixa de causar estranheza que a gestão tenha sido feita com tantas pinças. De que serviu a titularidade de João Pereira, João Mário e Bryan Ruíz? São jogadores que têm feito 90 em cima de 90 minutos (e ontem, de novo) e, portanto, precisarão também eles de gestão competitiva. Ou não?


Notas:
  1. Apesar de ter tido (justificadas) esperanças quanto a Téofilo Gutiérrez, no início desta época, 8 meses volvidos posso dizer que mudei a minha posição em 180º. Dito isto, a minha posição em relação à "trupe dos assobios" e ao acto em si é conhecida. A menos que haja razões maiores (estou a lembrar-me do caso de Maicon, pelo FC Porto) não vejo qualquer utilidade nisto. Bem, há uma: o egoísmo de se desprenderem da razoabilidade em função da emoção.
  2. Também não sou particularmente adepto de Rúben Semedo. Tem surpreendido agradavelmente, neste seu regresso à casa-mãe mas, ontem, voltou a ter um daqueles momentos estapafúrdios em que prejudica a equipa por... razão nenhuma. Contudo, não consigo justificar de forma alguma que Jorge Jesus individualize nele uma crítica que devia ser generalizada para, logo de seguida, dar palmadinhas nas costas a Téofilo Gutiérrez. Não há aqui coerência alguma! Se consigo perceber que o Treinador "defenda" os seus pupilos, deve fazê-lo indiferenciadamente. E se os quer criticar, deve fazê-lo indiferenciadamente também. Caso contrário, corre o risco de perder o respeito e a autoridade perante o grupo todo.
Na próxima Segunda-feira, voltamos a Alvalade, frente ao Boavista FC - esperemos que, desta vez, com uma casa bem mais composta que a de ontem!, para mais uma das 12 batalhas que nos faltam até final do Campeonato. Contribuamos todos para mais uma vitória, sem excepções. E sem assobios. Pode ser?
Partilhar:

12 comentários:

  1. Téofilo Gutierrez - a história ensinou-me a ser paciente.
    Acosta no 1º ano até lhe queriam dar uma cadeira de rodas e no segundo ano foi o que se viu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. essa comparação tem muito pouca lógica. E digo isto porque tenho muito boa memória e me lembro bem da adaptação de Acosta à nossa liga, na primeira meia época que cá fez.

      Apesar de ter tido dificuldades, viam-se bem as suas qualidades a segurar a bola, ganhar faltas e até na capacidade de remate. Para além disto, sempre se mostrou excelente profissional (o que se torna muito mais relevante em trintões), e fazia um esforço tremendo em prol do colectivo.

      Nada disto se vê em Teo. É um jogador totalmente desfasado daquilo que é hoje em dia o nível competitivo do futebol europeu. Tem alguma qualidade técnica, mas nem a sabe utilizar (aquela pseudo-revienga que ele faz sempre é patética), porque a sua velocidade de execução é a de uma lesma, e o seu profissionalismo é inexistente. Ele que volte para os relvados onde se defende com os olhos e não é preciso correr. Quanto mais cedo melhor. Isto porque nem os chineses lhe pegam.

      SL

      Eliminar
  2. Bom ponto da situação, Mauro, devo dizer que as nossas opiniões coincidem na totalidade, relativamente a estes(s) assunto(s).

    Só um acrescento: infelizmente, parece-me que a razão pela qual JJ tem um tratamento desigual quanto à defesa dos seus atletas (Teo VS Ruben Semedo) é, uma vez mais, resultante do seu gigantesco ego. Digo isto porque o falhanço na contratação de Teo, que só um cego não vê, é indiscutivelmente um falhanço de JJ, ao contrário do "apenas mais um jogador da formação", como é o caso do central resgatado ao Vitória FC.

    De qualquer forma, e para concluir com positivismo, quero deixar claro que todas estas tricas e coisas menos boas desvanecerão com a conquista do campeonato, que espero venha a acontecer já neste Maio.

    SL

    ResponderEliminar
  3. Bom post, como é regra em Mauro Silva. Não compreendo, mesmo sendo uma ínfima minoria, que os melhores adeptos do Mundo assobiem um jogador que vista o Manto Sagrado, pela simples razão de estar a jogar mal! Só prejudica. Enerva o jogador, enerva a equipa e os jogadores no seu conjunto não apreciam tal atitude, pois sabem que hoje é aquele jogador amanhã pode ser ele. E é quando as coisas não correm bem que os jogadores/equipa precisam de mais apoio. Acho que não é de sportinguista assobiar um jogador! Só mais uma nota: Rúben Semedo ainda está muito cru, não tem nem pode ter, a solidez de P. Oliveira ou Naldo ou até Ewerton. O sair bem a jogar a bola é uma boa característica dele, mas o mais importante num defesa central é como o próprio nome indica defender e aí ele tem muito para aprender. JM SL

    ResponderEliminar
  4. Os adeptos nunca devem assobiar um jogador de leão rampante ao peito , em nada ajuda a equipa pelo contrário só piora porque esse jogador é desestabilizado , Carrillo foi o último exemplo , é preciso aprender com os erros , no máximo assobie-se no fim do jogo tal como qualquer espetáculo.

    Em relação ao JJ , não se aceita de qualquer forma a sua conferência de imprensa , a ele e a qualquer treinador que defenda as nossas cores , mesmo sendo contra os assobios , os adeptos são soberanos , são os adeptos que fazem a grandeza dos Clubes ( como ele mesmo frisa) o resto são funcionários , ninguém acima acima da crítica , não pode defender a sua opção técnica como quem defende todos os jogadores e logo a seguir meter as culpas da derrota noutro jogador e falar em tom de ameaça aos adeptos , nunca o fez no Benfica quando os adeptos atacavam o Cardozo - com menos motivos do que os sportinguistas em relação ao Teo , aqui também não o vai fazer porque não está em nenhum Clube inferior ( ainda para mais no que toca aos adeptos) , e se pensa isso está enganado.

    Em relação ao Teo sempre o defendi , mas estou convicto que não está de boa vontade no Sporting , e no mercado de Janeiro saiu o colombiano errado , porque em caso de lesão de Slimani não temos nenhum avançado em condições físicas aceitáveis.

    O importante agora é lamber as feridas e continuar o jogo de xadrez vencendo os axadrezados , os próximos 3 jogos são fundamentais para alcançarmos o nosso objetivo que é ser campeões.

    ResponderEliminar
  5. setaverde19/2/16 23:11

    Concordo com o teu post. Em relação ao Rúben Semedo, o Rui Patrício já foi expulso duas vezes e não o ouvi falar sobre isso. Sei que a única coisa em que estes dois casos se relacionam é ao nível estatístico. No entanto, compreendo o Jorge Jesus que, a meu ver, de uma forma atabalhoada, refere o caso do Rúben Semedo não no sentido de o culpabilizar pelo desaire no jogo, mas sim, no sentido do discípulo, do pupilo que ainda tem muito que aprender, apesar de mostrar potencial para alcançar um patamar competitivo mais elevado. Saudações leoninas e vamos todos dar as mãos, continuando a lutar e a resistir a tudo e a todos para sermos novamente campeões!

    ResponderEliminar
  6. É a primeira vez que comento aqui. Talvez não seja a ultima...

    O Teo está cá há 8 meses. Há 8 meses que aturamos tudo (ou nada) que faz em campo. É impressionante que um gajo que custou ao clube, entre passe e comissões, 5M€ e que custa quase 2M€ em ordenados por ano seja uma nulidade destas. Já disse noutros lados e digo aqui também, o gajo que preferiu este cepo ao Mitroglou é um olheiro do caralho!!!! Deve é ser cego! Ao fim de 8 meses a levar com "bola" do Teo em campo, que o gajo nem correr sabe, mais a histórias todas fora de campo que só demonstram o mau profissional que é, é perfeitamente compreensível que a paciência tenha ido embora. Jogar com o Teo é jogar com 10 e ponto! Se é verdade que chegaram a dar 3,5M€ por ele, foi um erro não terem aceite. Tinha ido este cepo e podia ter ficado cá o Montero - que já se percebeu que foi contra a vontade do Jesus. Eu não assobio ninguém que veste aquela camisola linda mas compreendo quem o faz neste caso. Por vezes é desesperante!
    Quanto ao Semedo, tem estado imperial. Ontem deve ter tido um bloqueio qualquer, que nele já deve ser para aí o 10º deste género. E o que o Jesus disse foi que isto não pode acontecer mas que acredita no miudo e que vai ser titular na 2ª feita. Não foi nenhuma critica de o mandar a baixo como parece que estão para aqui a comentar. Disse o que tinha de dizer e que TODOS nós sabemos: aquilo não pode acontecer e ponto. O Tobias´, que é outro que de vez em quando também lhe pára o cérebro, também já teve expulsões mas foram sempre em lances no limite, o que faz toda a diferença.
    Quanto ao jogo, só jogámos sem o Slimani e sem o Adrien. Os outros 9 eram os titulares. E a exibição foi fraquissima. Portanto, não foi a rotação de jogadores que nos fez perder o jogo e, para mim, a eliminatória. O que nos fez perder isso foi o discurso idiota do Jesus que passa para os jogadores a mensagem que "perder não faz mal". Foi isso também que nos fez termos sido afastados da Taça da Liga por o colosso Portimonense, que nem da 1ª Liga é! O discurso tem de ser sempre "para ganhar", para lutar, para dar tudo porque os 11 que entram em campo estão a representar o Sporting. Depois os 11 que entram em campo é ele que escolhe. Mas sejam quais forem, é para darem tudo e ganhar, se possível!

    ResponderEliminar
  7. (continuação)
    Finalmente o Jesus... Eu fui contra a saida do Marco. Ponto! O Marco era o treinador certo no Sporting e tinhamso conseguido até um contrato de 4 anos, o que é raro de acontecer. E por um valor que eu acho uma pechincha para um treinador da qualidade dele. E pior que mandar o Marco embora foi a forma como se mandou o Marco embora. Era preciso ter a noção que o Marco será, acho que a par do Jardim e do Rui Vitória, um dos expoentes máximos desta geração de treinadores. E a maneira como foi tratado inviabiliza a sua volta ao clube. Como o Rui Vitória também não virá, resta o Jardim, que eu acho que também não virá tão cedo porque se fala que teve vários problemas com o BdC. E o Jardim até é o que eu gosto menos dos 3. Portanto mandando embora o Marco, enfim, só podia mesmo ser para vir o Jesus porque nem eu acredito que a massa adepta aceitasse que o Marco fosse embora para vir outro que não fosse o Jesus. Eu não simpatizo com o Jesus. Acho que não é tão bom treinador como ele se julga, acho que não é tão bom treinador como as pessoas julgam, acho que como pessoa deixa muito a desejar, acho que é um convencido e gabarolas, e, finalmente, acho que ganha muito acima do que merece. Já achava tudo isto quando ele estava no Benfica e não mudei de opinião. O Jesus ganha 10 vezes o que ganhava o Marco e não vale 2 vezes o que vale o Marco. Valerá, actualmente, 1,1 ou 1,2 do Marco mas em 2 ou 3 anos o Marco valerá mais. O Jesus fez um bom trabalho no Benfica e fará, acho eu, um bom trabalho no Sporting. Não fará muito melhor que o Marco faria. Ninguém me convencerá disso! O Marco teve, dos 16/17M€ que se gastaram nesse defeso, 1 jogador para o plantel: o Paulo Oliveira. Mais o emprestado Nani. Tudo o resto foi tão lixo que nem sequer os conseguem vender pelo mesmo que custaram! Este ano gastámos mais ou menos o mesmo e estão todos na 1ª equipa e só o Teo é mesmo uma nodoa das grossas. E alguns pegaram de estaca, como se diz: Ruiz, João Pereira, Naldo, se bem que os 2 primeiros vieram para os lugares do Nani (e acho que ficámos a ganhar) e do Cedric (está quase ela por ela, depois de um começo dificil devido a ter estado quyase 1 ano parado). O Zeegelar e o Bruno Cesar vão ser muito uteis e o Aquilani e o Schelotto vão jogar uma vez por outra. O 11 não é muito melhor, até porque acabámos por perder o Carrillo, mas as soluções do banco não se comparam, até pela subida do Gelson e do Matheus. O certo é que com este investimento todo, com o cérebro a comandar tudo, já foi a CL (sabemos como mas já foi), já foi a Taça de Portugal (também sabemos como mas já foi), já foi a Taça da Liga, e para a semana vai a EL, ficando reduzidos ao campeonato. Ora no campeonato estamos na disputa com os 2 rivais. Taco a taco. Podiamos ter 10 pontos de avanço se temos ganho no Bessa, se temos ganho na Madeira ao União e se temos ganho ao Tondela. Já nem falo no resto. Esses 3 jogos, até com 10 e contra o arbitro têm de se ganhar! Quem quer ser campeão, quem ganha limpinho ao Porto, quem ganha na Luz por 3-0, não pode depois empatar ou perder com essas equipas. Mas aconteceu. E o nosso calendário é, dos 3, o pior. Portanto, se tivessemos 10 pontos de avanço a coisa estva relativamente tranquila, assim vai ser jornada a jornada no sufoco!

    ResponderEliminar
  8. (continuação)
    E se não ganharmos o campeonato, esta época reduz-se à Supertaça, o que faz com que seja pior que a anterior.
    É preciso perceber que o Porto, 90% de certeza que ganha a Taça de Portugal, e o Benfica, 95% de certeza que ganha a Taça da Liga. E podem os 2 ainda aspirar a ser campeões, tal como nós.
    Finalmente, é notório que o Jesus só pensa nele. Está-se a cagar para o Sporting. E se duvidas houvesse, para alguns, ontem na conferência de imprensa ele fez questão de colocar as coisas clarinhas: "não vou deixar que as coisas se compliquem para o meu lado"! Isto quando se sabe, porque ele também já deu isso a entender, que o objectivo dele é ir para o Porto. O BdC está a pagar a um gajo que faz o que quer, como quer, quando quer, no clube. E ele, que o ano passado tanto falou da "agenda" do Marco Silva, nem diz nada porque sabe que está nas mãos dele.
    Portanto, esperemos que o Jesus ganhe este ano o titulo para poder ir embora - não tenho duvidas que é isso que ele quer - para que alguém se chegue à frente e nos pague os 10M€ para o libertar. É preciso é começar a pensar em quem vem para o lugar do Jesus...

    ResponderEliminar
  9. Rui Marcelo20/2/16 14:38

    Bom post, Mauro.Com o Teo acho que temos sido exagerados, sou um defensor assumido dele, pela qualidade que eu vejo nele (ainda não demonstrou aquilo que vale). As coisas não tem saído bem é certo, mas este não foi de todo o jogo ideal para assobiar o jogador quando ele jogou praticamente numa ilha, a equipa em si pouco futebol produziu e a jogar assim não havia, Aguero, Benzema ou Lewandoski que nos valesse. Em tempos já tivemos um assim, que nunca foi querido, mesmo fazendo golos e ter uma equipa a jogar um futebol paupérrimo, falo de Ricky ! Teo não é um profissional exemplar, mas custa-me entender, como é que nós adeptos achamos que tudo aquilo nas marés do natal, foi falta de profissionalismo dele e a direcção nada fez. Ele estava ou não autorizado a ausentar-se? É que se estava não estou a ver o motivo dos adeptos de criticarem a atitude dele. Mesmo em campo ele não tem feito nada, mas também não o tenho visto a cagar no jogo, as coisas simplesmente não tem saído bem, ponto, mas como a ele e como o William por exemplo e não vejo ninguém (felizmente) a assobiar o mesmo.
    Depois o Semedo, o miúdo entrou e pegou de estaca, eu já lhe reconheço qualidades desde cedo e sempre acreditei que mais cedo ou mais tarde iria pegar o lugar na equipa A, tem qualidades necessárias para ser um central de respeito no nosso campeonato (Velocidade, saída de bola, jogo aéreo), mas continua a não conseguir controlar-se muitas vezes, a meu ver também fruto ainda da sua imaturidade, tem apenas 22 anos e falta de bagagem na alta roda do futebol, mas não é nada que não se possa melhorar, mas com recados em publico do nosso treinador não será de certeza!
    Por fim JJ, ele pode ser um treinador de excelência e um mestre da táctica, mas uma coisa ele não pode querer, dono do Sporting. Um treinador do Sporting não pode falar daquela maneira numa conferência de imprensa, e a menos que ele seja mesmo dono disto espero que tenha sido repreendido dentro da nossa casa, se ele acha que está aqui, a fazer um favor aos Sportinguistas mesmo ganhando o que ganha, então que seja campeão que é o mínimo que pode fazer, e que no final faça as malas e vá para onde quiser, que com o que ele ganha o que não faltam é treinadores capazes e que respeitem este grandioso e apaixonante clube e que não se acima de tudo e todos! SL

    ResponderEliminar
  10. Bom texto Mauro.
    Quanto ao Rúben Semedo e o Teo, o JJ treina com eles e saberá com certeza a melhor forma de os motivar. Quanto ao Rúben pareceu-me que foi uma forma de o espicaçar enquanto que ao Teo foi uma forma de não amuar.
    Gostei também da exibição do Coates apesar de ter saído col queoxas como referiste e quanto ao Teo foi um jogador que durante o jogo todo em vez de dar linhas de passe e ser a referência ofensiva que é Slimani, procurava sempre o espaço nas costas sendo que alguns passes dos nossos médios para ele se perdiam porque se tornava fácil para os defesas asversarios se anteciparem.
    Pinho

    ResponderEliminar
  11. Caros Sportinguistas:
    Em primeiro dizermos que o JJ pode arrumar as malas no fim da época porque tem demonstrado este ou aquele comportamento ( sempre soubemos que esse não é o seu melhor ), no entanto podem fazer a lista de quantos gentlemans já passaram por Alvalade nestes 13 longos anos, e quantos deles já deram certeza da capacidade de ombrear os 2 rivais em campo, lutar pelo título ficando a frente por várias jornadas consecutivas. Não há perfeição humana, não sei qual de vos adeptos que escreve o é, eu quero ganhar o título e por assumo que para isso até o mister vai falhar, pode se tomar uma medida mas nada de extremismos, como expulsão. E não esqueçamos que não temos orçamentos dos nossos rivais, por isso se não temos um Midas 'aí Jesus'.

    JJ Jesus quer ganhar o título, neste momento temos o Bruno César e o Teo para 2o avançado, ele não pode se dar ao luxo de abdicar do Teo embora este possa ter sido pouco profissional com seu clube, elê tem de ser razoável, só na abertura do mercado pode resolver isso, mas até lá precisa e muito dele.

    Quanto ao tratamento que Rúben Semedo terá tido na imprensa por JJ, sinceramente não vi nada 'gritante', penso que é o que deves ser dito aos jovens que estão em integração na equipa A, para que sejam mais profissionais e evoluam concentrados no que realmente precisam deles, agir de outra maneira seria como dar liberdade para situações de indisciplina.
    Não vejo necessidade de haver um tratamento tão igual para o caso Semedo e o caso Teo porque são situações de contexto bem diferente, um vem jogando mal e tem diferendo com a tribuna de Alvalade e outro vem jogando bem e vem levando elogios até da imprensa mas teve uma falha no momento crucial, mesmo como pais a que estudar como tratar os filhos sendo um drogado e outro não.

    SL

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!