17/05/2016

Check Up


Finalizada a temporada, é tempo de fazer a devida avaliação e inferir daí o que se poderá fazer melhor para o futuro. E o futuro, em desporto, como todos sabemos, é já!

Esta temporada, infelizmente pudemos somar uma Supertaça Cândido de Oliveira ao palmarés - disputada e, portanto, decorrente da conquista da Taça de Portugal, na temporada transacta. Almejámos ainda assim, com estes dois troféus, a reconquista de Títulos que nos fugiam há 8 anos. Mesmo com um plantel de elevada qualidade, expressa dentro das 4 linhas, depois de alcançar o maior número de pontos (86) e de golos (79) alguma vez somados pelo Sporting Clube de Portugal, não foi possível conquistar o Título máximo, que fugiu para os rivais do SL Benfica. Um epifenómeno que dificilmente se repetirá, estou certo.

Na Taça de Portugal acabámos por cair em Braga, depois de eliminar o SL Benfica, num jogo fantástico de que todos nos lembraremos mas em que, mais uma vez, nos atiraram borda fora por factores externos ao jogo jogado. A Taça da Liga foi, novamente, um fiasco. É notório que a rotatividade do plantel, numa lógica de gestão algo levada ao extremo, não funcionou nesta competição.

A nível europeu, falhado o acesso à UEFA Champions League, no Play-Off frente ao CSKA Moskva (onde, aliás, tivemos "o pássaro na mão" por mais que uma vez), pela a inexperiência da equipa e pela canalhice da(s) equipa(s) de arbitragem, fomos relegados à UEFA Europa League. E, aí, apesar do percurso um tanto ou quanto titubeante, acabámos por demonstrar que éramos a melhor equipa do nosso grupo, caindo depois nos 16-avos-de-Final, frente aos alemães do Bayer 04 Leverkusen. Muito se comentou a estratégia de Jorge Jesus (e, consequentemente, do Sporting CP), mas a verdade é que acabámos por fazer uma campanha europeia consentânea com os resultados de épocas anteriores, pragmaticamente falando.

Apontando unicamente às conquistas, é fácil concluir que esta temporada foi um falhanço rotundo. Erguer uma "mera" Supertaça não é, nem de perto nem de longe, o desígnio de um Clube como este; principalmente quando recordamos um Campeonato como este, onde chegámos a ter 7 pontos de vantagem sobre o 2.º classificado (numa fase ainda embrionária, é certo) e vantagem no confronto directo. É estranho e absolutamente frustrante, aliás, que uma equipa que acaba a Liga NOS com vantagem no confronto directo sobre todas as equipas não consiga ser campeã.

Há quem deposite, hoje, as culpas em Bruno de Carvalho, em Jorge Jesus ou até - para meu choque! - em Bryan Ruíz. Não que me espante este individualizar de algo que deveria ser colectivo - faz parte desta psicologia tão Sportinguista fazê-lo, mas não deixo de o considerar injusto. Para todos e para cada um em particular...

A viragem da 1.ª para a 2.ª volta do Campeonato não nos foi favorável; a derrota na Madeira, vs. CF União, e o empate em Alvalade, vs. CD Tondela, são jogos onde não se pode perder pontos. Citando um nosso ex-jogador, Tinga, são jogos que «temos que ganhar nem que seja à cabeçada!». Independentemente de tudo o resto (e chamar-lhe "resto" é um eufemismo), foi nestas pequenas grandes fatalidades que ficámos para trás...

Aquela dupla jornada de que, agora, todos falam - vs. Vitória SC, em Guimarães, e vs. SL Benfica, em Alvalade - terá sido o culminar das fatalidades de que falo. Convindo e sublinhando que são sempre 2 jogos difíceis, contra 2 equipas difíceis, foram 2 partidas em que as oportunidades claras de golo aconteceram em catadupa. Os golos, esses, não apareceram. Todos nos lembramos do falhanço clamoroso de Bryan Ruíz, no derby - bastava esse!... Mas, por favor, livrem-me dos comentários absolutamente escabrosos sobre o costa-riquenho. É-me nojento recordar o que já li sobre um dos melhores jogadores que temos no plantel... but then again, o Sportinguista é assim mesmo, muito contra-natura.

---------------------------------------------------------------------------------------------

Uma palavra particular para Jorge Jesus: é absolutamente inegável o acrescento qualitativo que JJ trouxe ao Sporting Clube de Portugal, a todos os níveis. Com esta Direcção, também nisto, em 3 anos tivemos Treinadores sempre em crescendo de qualidade, desde Leonardo Jardim, passando por Marco Silva e, agora, Jorge Jesus. Este último está, ainda assim, muitos níveis acima de qualquer outro. Inclusivamente em relação ao Treinador que é, agora, Campeão Nacional. É arrogante, é ególatra, é o que quiserem, mas é bom. Muito bom!

O que conseguiu fazer este ano, numa época apenas, é absolutamente maravilhoso. Tem defeitos, como todos os outros - e todos teremos as nossas razões para lhe apontar, mas as qualidades que tem valem muito mais. Se ganha demais para o que conseguiu fazer esta época? Talvez... mas cada cêntimo depositado na conta dele foi demonstrado em campo. Jorge Jesus não será, com certeza, "a última coca-cola no deserto", mas basta fazer um pequeno exercício de memória para constatar que o tal deserto era, não há muito tempo, enorme!

Tenho uma forte e positiva convicção que o continuaremos a ver por cá na próxima temporada, ainda que não tenha certezas absolutas algumas, senão a de que Jorge Jesus é o melhor Treinador que podemos ter nesta altura. E que vamos precisar dele para o futuro próximo!...

---------------------------------------------------------------------------------------------

Faltam-nos agora as Modalidades; oxalá o Futsal confirme o excelente Campeonato que tem vindo a fazer e conquiste o Título e oxalá o Hóquei em Patins faça o melhor possível na Taça de Portugal e no que resta do Campeonato, qualificando-se para a Euroleague Cup. Quanto ao Andebol, terão que "rolar cabeças", tal foi o suplício horroroso de toda esta temporada.

Segue-se o Verão, e ainda temos o Futebol de Praia para seguir! Uff...

Ahh, e a habitual Silly Season, sempre emocionante nas redacções. Quem venderá mais jornais? E em que gaveta guardarão o jornalismo? Qual deles publicará a primeira "grande entrevista" de Luís Filipe Vieira? Ou de Rui Vitória? Ou de um qualquer opositor de Bruno de Carvalho? Digam-me depois, que eu já nem os leio...

Abraço leonino.
Partilhar:

15 comentários:

  1. A questão do bryan, é um facto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um facto que falhou um golo importante num jogo importante. Não é um facto que perdemos o Campeonato por causa disso. Não me faça escrutinar o Campeonato todo, para lhe provar por A+B que outros jogos houve, bem menos importantes e por isso de vitória bem mais imperativa, onde perdemos pontos bem mais necessários.

      Eliminar
    2. Empatar em Guimarães, um campo onde ganhámos 1-0 aos 92 minutos em 2013/14 e perdemos 3-0 em 2014/15 (antes disso nem sei muito bem quando foi a última vez que lá ganhámos) e perder um jogo para o campeonato contra o Benfica, tendo vencido os restantes 3 clássicos + 2 vs. o Braga, são resultados muito aceitáveis e até mesmo "bons".

      Agora, não podemos é de maneira nenhuma escamotear a infantilidade que foi contra o Tondela - a vencer por 2-1, com menos 1, não soubemos segurar a bola e obrigar, quando não a tivéssemos, o adversário a ter que organizar o jogo desde lá atrás. Relembro que no lance do golo do empate há uma falta (manhosa) a uns 30 metros da baliza que é cortada para o meio campo adversário. O Gelson devia ter feito tudo o que pudesse para impedir que a bola voltasse ao nosso meio campo; não o fez e mais uma vez, nem 3 semanas depois de ter sido comido de cebolada contra o Braga (e já há quase 30 meses que venho andando a dizer isto), o Jefferson deixa-se comer mais uma vez por um gajo que nem a limpar ruas tem contrato neste momento. Já nem falo do frango do Boeck.

      Falaste na tirada do Tinga e muito bem. Custa-me perceber como é que o JJ, que até estava a guardar uma substituição, não conseguiu pôr a equipa a jogar os últimos 10 minutos de forma mais compacta e a obrigar o Tondela a ter que estar em organização ofensiva desde lá atrás, com a nossa defesa bem posicionada e a não conceder espaço nas costas. Foi aí que perdemos o campeonato e disse-o logo na altura quando ainda estava a sair do estádio.

      Eliminar
  2. Muito bom comentário, gosto de ler as tuas análises parabéns. Foi uma desilusão não termos ganho o campeonato, agora há que esperar e ver se O Jorge Jesus se mantém. Estranhei a ausência ontem do presidente Bruno Carvalho no jantar de ontem com a equipa, espero que não haja nenhum desentendimento. Foi uma pena os falhanços do Brian Ruiz mas foi um dos melhores jogadores ao longo da época.

    ResponderEliminar
  3. Miguel Damas17/5/16 18:13

    O Brian Ruiz é, juntamente com o João Mário, os melhores jogadores deste Sporting. Não compreender isto, ou julgarem a capacidade de um jogador por causa de um lance infeliz num jogo, é perceber muito pouco de futebol.
    Este "check up" tem obrigatoriamente que falar em dois factos concretos e indesmentíveis: em primeiro lugar o facto de em três anos de presidência de BdC o SLB ter ganho três campeonatos. Coincidência ou uma incapacidade gritante para o presidente do Sporting Clube de Portugal disfarçar os complexos em relação ao rival e isso levá-lo sempre a agir como adepto em vez de agir como presidente? Bem, pelas "bocas" recentes não vai mudar a sua postura, e se calhar os resultados também não vão mudar.
    Depois, o milionário Jorge Jesus é (juntamente com o presidente) o grande derrotado. Praticamente abdicou de todas as competições para apostaras "as fichas todas" no campeonato, e não conseguiu?!? E mesmo assim não larga a bazófia (esta do eu crio os outros copiam não é só péssima, é triste...)?!? Falar nos confrontos directos contra FCP e SLB é patético... adianta alguma coisa ganhar os clássicos e derbies e depois perder com o União da madeira? Ou empatar em casa com o Tondela, Rio Ave e Paços de Ferreira? Só acredito no futuro imediato se tanto o presidente como o treinador mudarem de postura. Mas é ver para crer...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concretizando o que o Miguel quer (não o escrevi no post porque é um tema recorrente meu):

      A comunicação do Sporting Clube de Portugal é uma aberração, olhe-se para quem se quiser olhar. Mas também não era a comunicação que existia antes - e por antes não me refiro apenas à vigência de Godinho Lopes, para evitar confusões - que ia resolver o que quer que fosse. Nem tanto ao mar nem tanto à terra, como se costuma dizer. Algo tem que mudar, e mudar para melhor, obviamente!

      A simples constatação que o Miguel faz (com BdC, em 3 anos, o SL Benfica foi tricampeão) é, em si mesma, uma demonstração de anti-benfiquismo. Será que se fosse o FC Porto em vez do SL Benfica seria melhor? Ou se alternassem os 2, seria melhor? Não tenho paciência sequer para discutir isto. É só estúpido, e não faz qualquer sentido...

      Jorge Jesus não abdicou de "todas as competições"; essa é uma falácia muito própria de "alguns", com o alto patrocínio da conspurcação que os media fazem diariamente. Disputámos o Campeonato até ao final, saímos da Taça de Portugal como bem sabemos (ou não se quer lembrar?), fizemos uma campanha europeia condigna (embora, admita-se, se pudesse fazer mais) e na Taça da Liga, aí sim, fizemos uma campanha miserável!

      Patético é um pouco isto; insistir-se em vender ideias erradas...

      O Presidente tem que rever a sua postura - é, aliás, algo que digo desde o seu 1.º ano. O Sporting Clube de Portugal, todo ele, tem que rever a sua postura. E não tenho pejo em dizer que muitos Sportinguistas têm que rever, para muito melhor, a sua postura.

      Em mais de 3 anos é este o grande defeito desta Direcção. Até face às circunstâncias e ao contexto em que entraram no Clube...

      Eliminar
  4. M.Damas -- ""Ruiz....por causa de um lance infeliz num jogo, é perceber muito pouco de futebol.""
    Além disso, nao só falhou um golo feito contra o benfas senao e também, no jogo anterior a esse e alguns mais menos vistosos..


    Eu percebo pouco de futebol-- mas pode alguém ajudar nas estatísticas ??
    Passes certos %
    Bolas perdidas
    1 contra 1
    Duelos ganhos %
    Bolas recuperadas
    Remates à baliza e a % dos enquadrados
    Etc, etc...

    Nessa imagem de video, ve-se como ele é craque (LOL) mas, o que passou depois de ele fintar os rapazes?? Perdeu a bola, fez golo.. ou só valeu o driblinho, e o resto, nao importa !!

    M.Silva-- ""..fizemos uma campanha europeia condigna"" -- A sério ??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo,

      Por lapso, acabei de lhe apagar o seu comentário de resposta ao meu. Se o quiser repetir, força nisso.

      Só uma coisa:
      Quem sou eu? Sou o Mauro, tenho 31 anos, residente em Travassô, Águeda, Aveiro.

      E você, quem é? Alguém que percebe pouco de futebol (como admite, aliás)? Claro que quem percebe pouco disto arranja sempre o que criticar em todos os jogadores. Talvez por isso é que depois se bajulam Diegos Capel e Fabiáns Rinaudo (sem qualquer menosprezo para os jogadores) e se criticam Bryans Ruíz ou Sebastiáns Coates (como também já li por aí). O Sportinguismo é muito isto, também.

      Bem-haja(m)!...

      Eliminar
  5. Fizemos sim uma campanha europeia condigna. Da mesma forma que caímos no ano passado nos 16-avos da Europa League, caímos este ano na mesma eliminatória. A diferença é que no ano passado fomos directos à Champions League, e este ano houve vários erros de arbitragem (além dos próprios) que nos afastaram dessa competição. Há 3 anos não fomos a nenhuma, há 4 anos chegámos a uma meia-final da Europa League, há 5 anos fizémos uma campanha miserável. Está a ver o padrão, ou é preciso um desenho?

    Quanto ao Ruíz, para não correr o risco de o tratar como merece, nem digo mais nada. A sua opinião é suficiente...

    A propósito de estatísticas:
    2691 minutos (4º + utilizado)
    🔸 62 passes para ocasião (#1 no Sporting)
    🔸 12 assistências (#1 no Sporting)
    🔸 60 remates (45% enquadrados)
    🔸 8 golos (#3 melhor, a par de Adrien)
    🔸 52 dribles (55% sucesso)

    fonte: GoalPoint / Opta

    Negativo? As 12 ocasiões flagrantes falhadas pelo costa-riquenho, batido apenas por Slimani com 20 neste capítulo.

    ResponderEliminar
  6. E porque em outros anos se fez uma campanha menos boa, esta leva o rotúlo desenhado de condigna.. OK !!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Noutros anos"? Recorde-me lá quando é que fizemos campanhas excelentes europeias: quando ganhamos a Taça das Taças? Quando chegámos à Final da Taça UEFA? Quando chegámos às Meias-Finais da UEFA Europa League (sendo esta a mais recente)?

      Quem vos ler há-de pensar que o Sporting Clube de Portugal é presença habitual nas altas lides do Futebol Europeu, sinceramente...

      Mas já agora, não sei como quer rotular a campanha deste ano mas, se é essa a sua vontade, digo-lhe já "Amém" ao que quer que seja...

      Eliminar
  7. setaverde18/5/16 01:07

    Boa noite, Mauro. Gostei do post, que traduz na sua generalidade aquilo que eu e a esmagadora maioria dos verdadeiros sportinguistas pensam. Só venho escrever duas notas como complemento. A primeira tem a ver com o excessivo planeamento do jogo Sporting - Benfica, com a antecedência de um mês. Deixámo-nos cair na armadilha da comunicação social tendenciosamente vermelha e aumentámos desnecessariamente a pressão sobre os nossos jogadores, que já tinham conseguido com grande custo dar o salto mental qualitativo na regularidade das exibições que nos possbilitaram andar 15 jornadas em primeiro. Mas, com esse acréscimo de pressão, o "não poder falhar em casa", depois de três vitórias sobre os rivais encarnados foi demais para uma equipa ainda inexperiente em lutas pelo título palmo a palmo.
    A minha segunda nota prende-se com o desejo de ver a nossa nova equipa de ciclismo fazer uma grande volta a Portugal. Ganhar seria a cereja no topo do bolo, seja por equipas, seja na geral individual. Desejo-te a continuação de uma boa noite extensível a todos que me possibilitam expressar aqui a minha opinião verde e branca.

    ResponderEliminar
  8. Bom post, Mauro.
    Fico espantado pela forma como a Manipulação Lampiónica funciona naquelas cabecinhas sportinguistas que não têm noção mínima do passado do clube...
    Então a campanha europeia não foi "condigna"?
    Não passámos a fase de grupos da Liga Europa?
    Era suposto eliminar o Bayer Leverkusen, nós que NUNCA ganhámos na Alemanha?
    É preciso lembrar que pela primeira vez na história vencemos na Rússia (ao Lokomotiv)?
    É preciso lembrar que eliminámos o campeão da Turquia (o Besiktas que ficou à frente do Fenerbahce e do Galatasaray, adversário do SLB na Champions que acabou a competição no sexto lugar)?
    É preciso recordar que a Máquina de Propaganda Lampiónica atacou o JJ por ele ter feito exactamente o mesmo tipo de rotação que permitiu ao SLB chegar a duas finais europeias?
    Acham que foi uma casualidade nenhum dos 4 semi finalistas da Liga Europa estar a lutar para o titulo do seu pais?
    Acham que é uma casualidade os dois finalistas da Liga dos Campeões não o terem sido no seu país?
    Não há milagres, meus amigos...
    Depois também vejo muitos sportinguistas que engoliram aquela conversa do "ele falou demais e por isso é que eles se uniram e nos derrotaram"!
    Mentira!
    Eles uniram-se, sim senhor, mas sem a grande união apafiana jamais teriam conseguido fazer frente a um Sporting tão forte e espectacular.
    Sem o Colo-Colo (sem penaltis nem expulsões verdadeiras), e sem a roubalheira, seria impossível fazer a festa do Sport Lisboa e Ladroagem!
    O Jorge Jesus é um génio, um génio tresloucado e incompreendido (como são todos), um génio capaz de se autodestruir em nome da própria genialidade (trocar a defesa toda a meio da uma época quando essa mesma defesa era a menos batida da Liga nunca tinha visto!), mas um génio, o primeiro treinador genial que vi no banco do Sporting Clube de Portugal, é isso que ele é.
    PS: Façam um esforço, evitem a informação-carvão, e comecem a pensar pelas próprias cabeças, malta!
    Jaques

    ResponderEliminar
  9. Gosto de ler de alguns "sportinguistas", expressões como "treinador milionário" "o facto de em três anos de presidência de BdC o SLB ter ganho três campeonatos".É deste "sportinguismo" que não precisamos no clube. Estar a comparar os últimos 3 anos do Sporting e de BdC, em que este SALVOU claramente o Sporting, tendo vindo o clube a crescer tanto, financeiramente (reestruturação da divida, exercícios positivos e contrato com a NOS), como desportivamente (nas classificações em crescendo e títulos conquistados - Taça de Portugal, Supertaça - nesta época bastava em vez de um empate num jogo ter havido uma vitória, por ex. o jogo com o Tondela, e o Sporting era campeão, com o presidente/adepto) como no aumento de sócios 140 mil desde ontem, assistências em Alvalade- média - 41.017 espectadores, aumento das infraestruturas (Pavilhão João Rocha), e Sporting TV, mesmo assim apesar deste grande trabalho desta direcção, não é intelectualmente honesto comparar com outro clube que tem o mesmo presidente há 15 anos. E não é preciso dizer mais nada! Nem referi que esta época o futebol bateu todos os records de há muitos anos, em vários itens. Veja-se a classe com que se acaba o campeonato a ir dar 3-1 ao Porto no dragão, e 4-0 ao Braga!... Eu sei que para quem comemora as derrotas do Sporting...é duro. Agora a "famosa" estrutura lançou a atoarda que o Sporting perdeu o Campeonato por falha de comunicação e houve logo "sportinguistas/croquetes" e Sportinguistas que foram na onda - uma coisa é nós nem sempre concordarmos com timings de algumas comunicações ou até os seus conteúdos, outra é a falácia de que foi por isso que perdemos o campeonato. Isso é o que estrutura e croquetada lançam para atacar BdC/JJ, e para esse peditório eu não dou. Repito, bastava termos ganho em Alvalade ao Rio Ave em vez de termos empatados e agora era tudo M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O! E já nem falo nos lampiões. SL

    ResponderEliminar
  10. Sub 17 sporting nao meteu ninguem a titular, embora com 3 ou 4 no banco. A quw ter em conta a falta de qualidade. Que comeca a aparecer..... ja de algum tempo que os nossos rivais andam a produzir algo mais. Daqui a uns 2 anos ou 3 "ronaldos" passam a ser produIdos noutro lado. E nos metemos uns mais ou menos? So um pensamento sl

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!