Próximo Jogo

Próximo Jogo

21/07/2017

Andebol: Equipa técnica de Hugo Canela permanece de Leão ao peito

A 10 de Fevereiro de 2016, Hugo Canela substituiu Zupo Equisoain na liderança do comando técnico da equipa de Andebol do Sporting Clube de Portugal. Uma decisão temporária e interina, considerou-se quase unanimemente, que por via da competência do trabalho realizados e dos resultados obtidos mudou de carácter. Agora, pouco mais de cinco meses depois, o mesmo Hugo Canela prolongou o seu contrato de leão ao peito, bem como Luís Cruz e André Teixeira, respectivamente treinador-adjunto e treinador de guarda-redes dos verde-e-brancos.

"Felizmente ou infelizmente há muitas coisas na minha vida que me aconteceram e que não estava à espera. O caminho trouxe-me aqui, felizmente porque é algo que adoro, e foi o que fiz que me trouxe até cá. Estou muito feliz por isso", começou por dizer o técnico português, realçando que a próxima época irá necessariamente ser diferente da anterior, ainda que com as mesmas ambições. "Quando pegámos na equipa, talvez as pessoas não estivessem à espera que nos fôssemos mantendo, ganhando, e agora já o esperam. O desafio agora é muito maior. Queremos fazer melhor aquilo que já fazíamos e às vezes não é preciso criar grandes fórmulas. Se fizermos as coisas simples, a qualidade dos jogadores vai assegurar os resultados", afirmou, explicando também que as conquistas da temporada passada não se irão repetir sem trabalho.

"As expectativas estão muito altas. É óbvio que estou acostumado, mas gostava que as pessoas não pensassem que por termos ganho tudo agora serão títulos que podemos perder em vez de vencer de novo. Não! Nós temos de trabalhar para os conquistar e é isso que vamos fazer", prometeu Hugo Canela, tal como Luís Cruz, que sublinhou tratar-se de um dia especial. "Isto é sem dúvida o concretizar de um sonho, nunca o escondi de ninguém. Sempre ambicionei e sonhei estar onde estou agora. O ano passado foi um ano especial, muito atribulado, e agora é o concretizar efectivo do que sempre ambicionámos e desejámos, com uma equipa técnica fantástica, jovem e cheia de ideias".

André Teixeira, por fim, mostrou-se igualmente feliz pela que considera uma justa recompensa pelo trabalho realizado e falou no desenvolvimento de Matej Asanin e nas dinâmicas dos trabalhos dos três guarda-redes. "O Asanin foi elogiado nos últimos jogos porque foi quando tivemos mais atenção mediática, mas ele esteve a crescer a evoluir desde o início da época, e prova disso foi a convocatória à selecção da Croácia. Há muito mérito dele, que me ouve, mas não é o único que aprende, também eu e os restantes guarda-redes aprendemos bastante em conjunto", disse, finalizando: "Há uma boa relação que nos ajuda a melhorar".

Partilhar:

0 comentários:

Enviar um comentário

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!