Próximo Jogo

Próximo Jogo

26/07/2017

Leão sofre derrota pesada em Rio Maior; Defesa leonina meteu água e ataque esbarrou em Miguel Silva

Amigável

Sporting CP - 0 - 3 - Vitória SC

Estádio Municipal de Rio Maior

Assistência

Árbitro 
Bento Teixeira

Titulares: Beto; Sebastián Coates, Radosav Petrović e Tobias Figueiredo; Jonathan Silva e Bruno César; William Carvalho e Adrien Silva (cap.); Iuri Medeiros, Mattheus Oliveira e Seydou Doumbia.
Suplentes: Rui Patrício; João Palhinha, Rodrigo Battaglia e Bruno Fernandes, Marcos Acuña, Gelson Martins e Daniel Podence; Gelson Dala.
Suplentes Não Utilizados: Nada a registar.
Treinador: Jorge Jesus.

Golos:
  • 14' - Golo de Óscar Estupiñán (0-1). Bola colocada no meio dos centrais leoninos por Raphinha, com Óscar Estupiñán a disparar forte remate da entrada da área e a fazer a bola entrar nas redes de Beto.
  • 22' - Golo de Paolo Hurtado (0-2). Jogada dos vimaranenses  pela esquerda, cruzamento para a área e toda a defesa leonina compromete, com Jonathan Silva a não conseguir acertar na bola antes dela chegar a Paolo Hurtado que fica sozinho na cara de Beto.
  • 83' - Golo de Raphinha (0-3). Jogada rápida de ataque dos vimaranenses com Raphinha a servir João Aurélio na direita. O lateral temporizou e devolveu para o avançado brasileiro que ao segundo poste, só teve que empurrar para o fundo da baliza de Rui Patrício.
Substituições:
  • 30' - Entra João Palhinha. Sai Radosav Petrović. Por lesão, após lance com Miguel Silva. Depois da expulsão, Jorge Jesus reorganiza o sistema da equipa em 4-4-1, com João Palhinha a fazer dupla com Tobias Figueiredo no centro da defesa.
  • 46' - Entram Rui Patrício, Rodrigo Battaglia, Bruno Fernandes, Gelson Martins e Marcos Acuña. Saem Beto, William Carvalho, Adrien Silva, Mattheus Oliveira e Iuri Medeiros. Rui Patrício é agora o capitão leonino.
  • 60' - Entra Daniel Podence. Sai Bruno César. Gelson Martins baixa no terreno para lateral-direito.
  • 74' - Entra Gelson Dala. Sai Seydou Doumbia.
Disciplina:
  • 24' - Cartão vermelho para Sebastián Coates, por fazer falta sobre Óscar Estupiñán, que seguia isolado para a baliza, após um mau atraso do uruguaio. Poderá "limpar" o jogo de suspensão no próximo Sábado, no Troféu Cinco Violinos, ante os italianos da ACF Fiorentina.
  • 63' - Grande penalidade favorável aos leões por assinalar, por falta do guarda-redes vimaranense, Miguel Silva, sobre Seydou Doumbia
  • 89' - Falta dura de Haashim Domingo dobre Daniel Podence. Bento Teixeira guarda a cartolina amarela. 
  • 90' + 3 - Falta não assinalada sobre Gelson Dala no ataque leonino.
  • Pré-Época 2017/18
  1. Sporting CP 3-0 Sporting CP B (à porta fechada)
  2. Sporting CP 2-0 CD Cova da Piedade (à porta fechada)
  3. Sporting CP 1-1 CF "Os Belenenses" (link)
  4. Sporting CP 2-1 Fenerbahçe SK (link
  5. Sporting CP 0-3 Valencia CF (link
  6. FC Basel 3-2 Sporting CP (link
  7. Olympique de Marseille 2-1 Sporting CP (link
  8. Sporting CP 2-1 AS Monaco FC (link)
Partilhar:

2 comentários:

  1. O Jesus tem destas coisas indecifráveis.

    Para quê "treinar" (diria antes inventar) um sistema de 3 centrais sem Mathieu e sem Coentrão, e com André Pinto lesionado? E com Bruno César a jogar à direita, pela primeira vez desde que chegou ao SCP?

    Não seria mais avisado jogar no clássico 4-4-2, que os jogadores mais antigos tão bem conhecem e que permitiria aos mais recentes reforços ganharem rotinas neste sistema que vai ser o principal?

    A segunda parte do jogo provou isso mesmo, que o SCP teria tido muito mais a ganhar se tivesse jogado com este sistema mais clássico: mesmo a jogar com 10 jogadores e com uma defesa de recurso, a equipa fez um bom segundo tempo.

    Assim o que temos é mais uma humilhante derrota por 3-0 contra o Guimarães, que mesmo num jogo treino causa, no mínimo, a indisposição dos adeptos e vai contribuindo para o desgaste do próprio treinador.

    Espero que Jesus não tente nunca fazer isto em jogos oficiais.
    Ou pelo menos que o faça apenas em jogos de menor importância e quando o SCP esteja já a ganhar por margem confortável, como a Taça da Liga.

    ResponderEliminar
  2. Não, o nosso maior obstáculo não foi Miguel Silva (ele está lá para quê, para as deixar passar?)
    O nosso maior obstáculo foi o que se viu o ano passado e é o que continua a ver-se este ano: graves lacunas no remate! Remates que ora são denunciados, ora saem frouxos, ora sem direcção -e isto treina-se!
    Ah, mas treinam meia hora diária?... Ai sim? Pois se não chega, vamos treinar uma hora. Ou duas, ou mais, até que os remates saiam espontâneos, fortes e bem dirigidos -é mau de mais o que vemos e incompatível com uma equipa de topo.

    JJ tem que meter na cabeça que as lacunas que detecta não precisam de novos jogadores, capazes de... porque os novos tapam este buraco e destapam outros.
    Por isso, que faça o que tem de fazer: treine! Ensine! Corrija! Ou, então, que aprenda a escolher jogadores ou... mude de clube, para um onde seja bastante dar a táctica.

    ResponderEliminar

O SVPN reserva-se ao direito de moderar sem aviso prévio, qualquer comentário abusivo/ofensivo ou insultuoso.

Qualquer comentário desenquadrado com o tema do post não será aprovado.

Para facilitar a discussão, agradecemos que assinem os comentários - quem não tem conta pode seleccionar o campo Nome/URL (o URL pode ser deixado em branco), onde podem assinar o vosso nome ou um qualquer nickname à vossa escolha!